segunda-feira, agosto 22, 2005

Claro

Sem surpresas... Aliás, nem poderia ser de outra forma. Os contratos ainda são para se cumprir, especialmente quando a entidade patronal cumpre com o que neles está estipulado.

46 Comments:

At 8/23/2005 3:59 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Eu penso que o Benfica esteve bem na forma como lidou com o Miguel tirando o pormenor ridiculo da declaração de desculpas.

É que foi um acto da mais completa inultilidade. Era óbvio que o Miguel ia ler a declaração (e ainda mais agora que tinha contrato assinado) e que depois ia desmentir aquilo dizendo "toda a verdade".

Aliás, eu penso que se não tivesse havido o episódio ridiculo do "pedido de desculpas" as entrevistas do Miguel durante o fim de semana nem sequer teriam existido e o caso teria caido no esquecimento. Assim, o jogador perante a tentativa de humilhação publica pelo LFV & Co. contra-atacou nos media "amigos" e no fim a "verdade" definitiva que ficou foi a dele (atenção! Não estou a dizer que o Miguel tem razão).

Mais uma vez veio ao de cima a tosquice extrema dos dirigentes do SLB em lidar com a opinião pública, com os jornais e com as TVs. Ainda por cima num assunto em que tinha manifestamente razão! Pá, deixavem o homem assinar o contrato em paz e desejavam-lhe boa sorte e assunto encerrado.

 
At 8/23/2005 5:07 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Mas uma coisa é o que os não-benfiquistas ficam a pensar sobre o assunto. E outra é o que nós benfiquistas ficamos a pensar. E a verdade é que a enormíssima maioria dos benfiquistas gostou de ver o Miguel fazer aquilo, independentemente do que os 'experts' de opinião venham dizer agora.

Além disso, o que eu vi o Miguel dizer foi que tinha sido o Valência a insistir que ele lesse o comunicado, e não o Benfica (mas obviamente que o Benfica terá incluido isto na negociação com o Valência, e depois deixou que fossem eles a pressionar o Miguel, porque tinham interesse em fazer o negócio). E ele na altura em que leu a comunicação ainda não tinha o contrato assinado, porque o Valência não assinava se ele não cumprisse com aquilo.

O que tu sugeres que o Benfica fizesse não é aceitável. Isso era o mesmo que dizer que qualquer jogador se podia comportar como o Miguel se comportou sempre que quisesse sair do clube, e depois o Benfica ainda se despedia dele com uma palmadinha nas costas. Os próprios benfiquistas não aceitariam isso (aliás, os benfiquistas que conheço que não gostaram que as coisas se tivessem passado como se passaram não é por causa do comunicado; é porque preferiam que o Miguel tivesse passado três anos a treinar com a equipa B, e acham que o Benfica já cedeu muito ao deixá-lo sair por menos do que os €10M estipulados). E não te podes esquecer que para a direcção do Benfica, o mais importante tem que ser a opinião e reacção dos benfiquistas, não o que os adeptos de outros clubes pensam sobre o assunto.

Já agora, tu que gostavas de me chatear quando eu chamava o Miguel de MLDE, os media espanhóis foram mais longe e apresentaram-no como um dos melhores laterais do mundo. O presidente do Valência foi mesmo ao ponto de o chamar o MLDM ;)

 
At 8/23/2005 5:38 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 8/23/2005 5:59 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Para efeitos práticos o comunicado não significa nada para ninguém. Foi uma exigência inútil e ridicula. Se tu (ou qualquer outro benfiquista) acredita que o Miguel sentiu realmente aquilo que disse então o problema é vosso. Ora quando algo não tem utilidade pura e simplesmente não se faz nem se exige que seja feito.

aposto em como os gajos do Valencia nem perderam 1 minuto a pensar nessa condição para o contrato e em como o Miguel nem perdeu 30 segundos a decidir se queria ler ou não. As pressões do Valencia devem-se sobre o Miguel devem-se ter traduzido num dialogo parecido com o seguinte:

Gajo do Valencia: Pá, miguel, ontem estivemos a falar com o Veiga e com o LFV e aqueles palhaços querem que tu leias uma cena a pedir desculpa aos benfiquistas para podermos andar com isto para frente.

Miguel: O quê? Só isso? Então e a cena do guito?

Gajo do Valencia: O guito é exactamente o que a gente lhes ofereceu há 2 meses mas os gajos querem que tu leias um pedido de desculpas...

Miguel: Ok. eu leio-lhes lá essa merda. Não percebo para quê... se fôr preciso eu telefono para uns manos da SIC e no dia seguinte estou no telejornal das 8 a dizer que isso é tudo tanga.

Gajo do Valencia: Pois... tu fazes o que quiseres. A gente tambem achou uma exigencia um bocado esquisita. Ontem quando falamos com os dreads pensei que eles fossem pedir mais dinheiro mas afinal eles só querem que tu leias esta merda.

Miguel: Ok... envia-me um fax com essa merda que eu olho para isso amanhã depois de ir celebrar com os meus brothas de Chelas numa festa em minha casa. Queres vir?

Gajo do Valencia: Há mulatas boas?

Miguel: Ya. Há mulatas boas, cerveja fresquinha e um som do caraças.

Gajo do Valencia: Que som?

Miguel: A gente convidou o Helder, o Rei do Kuduro, os Da Weasel e o Alex e os Putos do Bairro.

Gajo do Valencia: Coool... esses não são aqueles do "Bow wow wow" com um sample sacado do primeiro album do Snoop Doggy Dogg?

Miguel: Ya, os gajos são muito fixes. E as mulatas, man... são do melhor que há!

Gajo do Valencia: Também curto bues os Da Weasel. Mas os gajos não são de Chelas, pois não?

Miguel: Não, os gajos são de almada mas dão cá um saltinho à party. E o Helder também tem um som incrivel. Aparece, bro!

Gajo do Valencia: Podes crer, meu, podes crer! Mulatas, cerveja e um bom som... é definitivamente a minha onda!

Não tenho acesso à verdade mas o dialogo não deve ter sido muito diferente deste.

PS. em relação a ele ser o MLDE ou o MLDM é óbvio que o Valencia nunca iria dizer que o Miguel era mau depois das alhadas em que se poderiam ter metido nesta história. Eu mantenho o que sempre disse: o Miguel é um jogador muito bom e com muito potencial para a posição de lateral direito. Mas ainda demonstrava falhas graves (especialmente a defendes que é a função principal de um LD). Acredito que agora a jogar num clube grande e numa liga competitiva ele tenha possibilidades de evoluir e de se tornar o verdadeiro MLDE (algo que ainda não é)

 
At 8/23/2005 6:23 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Acho que ainda não percebeste o cerne da questão... o que se trata não é o Miguel sentir o que disse, é precisamente o contrário: é não o sentir, e ter que o dizer devido ao facto de saber que não tinha razão no diferendo, e saber que se não se sujeitasse à humilhação pública estava lixado. Os 'amigos' dele deixaram-no de tal forma entalado que ele teve que se sujeitar. E isso é a maior admissão pública de que a razão estava do lado do Benfica no diferendo que pode haver.

Ele hoje já veio dizer que lhe tinha custado muito sair do Benfica, que era benfiquista desde pequenino, que toda a família era benfiquista e o pai é um benfiquista ferrenho, mas que tinha que olhar pela vida dele. Nós estamo-nos nas tintas para ele. A partir de agora, benfiquista ou não, o Miguel terá na Luz o mesmo estatuto que o Paulo sousa tem: persona non grata. Há maneiras de fazer as coisas, e o Miguel escolheu a pior, tudo por causa do empresário que tem. O Ricardo Rocha no início da época passada também andou insatisfeito, mas acabou por ficar e agora renovou até 2010. Não precisou de andar a faltar ao trabalho para conseguir o que queria.

 
At 8/23/2005 6:44 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Os benfiquistas são pessoas muito esquisitas. Um jogador ser persona non grata? E se daqui a uns anos voces tiverem oportunidade de o contratar a um preço vantajoso? Vão deixá-lo ir só porque é persona non grata? Porque estas declarações de honra é a isso que conduzem: à perca de opções para o futuro.

Aquilo foi das coisas mais ridiculas que eu alguma vez vi na minha vida. Foi mau porque o Miguel não sentiu o que disse e porque aquilo não tem qualquer significado. Se voces tivessem conseguido alguma compensação financeira ou alguma coisa do genero pelo facto dele ler aquilo... mas nem isso. Mais valia o Benfica ter aceite as condições do Valencia e pronto. Adios y buen suerte, muxaxo!.

Porque eu até acho (e jé me estou a repetir) que o Benfica conduziu todo o processo muito bem num negócio que nem sequer correu mal para voces.

Mas a vossa mania com a "moral e os bons costumes e da honra" (para voces o tempo ainda não deve andado desde 1926...) só faz com que voces façam figuras tristes e que percam pontos mesmo quando têm razão.

 
At 8/23/2005 9:58 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Paulo Sousa tinha tudo acertado com os dirigentes para voltar à Luz... só que quando os sócios souberam, o Sousa ficou a ver a Luz por um canudo.

A humilhação da leitura do pedido de desculpas serviu como castigo para a atitude do Miguel. Se fosse o PC a fazer uma coisas destas, toda a gente estaria a elogiar a 'disciplina férrea' do homem.

 
At 8/23/2005 10:15 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Wow, what a great blog! I'm bookmarking it. Keep it up.

I just got done putting the finishing touches to a new website about: Mesothelioma. It's got some
great information about Mesothelioma.

You should check it out sometime when you get time. :-)

 
At 8/23/2005 11:19 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Que castigo? Que humilhação?

O Miguel quis sair do SLB, apesar de não ter razões para isso, e saiu. Onde é que está a humilhação? Onde é que está o castigo? Ele conseguiu o que queria não conseguiu?

Castigo e humilhação seria se ele tivesse sido obrigado a ficar e a jogar no SLB.

Acontecesse que ninguem queria que isso acontecesse: nem o Miguel, nem o seu empresário nem especialmente a dupla VV (mais uma vez o vil metal a por-se à frente dos Grandes Ideais da Mistica Benfiquista). Get it?

 
At 8/23/2005 11:47 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Meu, das duas uma, ou não ouviste nada do que o Miguel disse sobre o assunto, ou estás intencionalmente a fazer-te desentendido. Achas que não custou nada ao Miguel fazer aquilo que fez? Achas que vir a público dizer 'eu sou culpado, o Benfica tinha razão, e os meus conselheiros são uma cambada de chulos' não é uma humilhação?

 
At 8/24/2005 8:56 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Não. Mantenho o que disse: humilhação era ele sair derrotado do processo.

Agora vir ler um documento que não foi escrito por ele e que ele foi obrigado a ler para sair do clube não é humilhação nenhuma.

Aliás, não entendo porque é que os benfiquistas insistem no facto da humilhação publica ser assim tão importante. Era assim tão importante para voces que o homem fosse humilhado? Voces, benfiquistas, são um bocado esquisitos...

Importante é o sitio onde o Miguel joga (no Benfica ou fora dele) e o dinheiro envolvido na transacção (que até foi bastante tendo em conta as circunstancias). Isso é o que conta. Agora declarações de honra e de arrependimento, lágrimas de crocodilo e grandes declarações de principios... man, who gives a fuck?

 
At 8/24/2005 10:09 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Mas ele saiu derrotado do processo. Ele disse que não tinha um contrato válido e afinal tinha. Ele foi jogar para onde o Benfica quis, num negócio conduzido pelo Benfica e não pelos seus capangas. O Benfica recebeu dinheiro por um jogador que, na óptica dos seus representantes, não pertencia ao Benfica. Ele teve que pedir desculpas publicamente e admitir que não tinh razão, porque sem ele resolver a sua situação com o Benfica o Valência não o contratava, porque não queria arriscar-se a ter chatices com a FIFA. Em que parte é que ele não saiu derrotado? Por ter saído do Benfica? Isso já era um dado adquirido, nem que fosse por ele ter que ir para a equipa B.

O Miguel ficou entalado, e ele só saiu para o Valência porque o Benfica quis, e quando o Benfica quis. Não há qualquer tipo de vitória do Miguel e dos seus amigos neste processo. O que deve haver da parte dele, neste momento, é um enorme alívio por o Benfica ter sido flexível. Até o suposto 'especialista' foi derrotado em todas as frentes: não só deu um triste espectáculo com a sua táctica de tentativa e erro, como ficou com a fama de desonesto ao entrar na cena das offshores, e ainda de burro por ter sido dada razão ao Benfica no processo de rescisão. Ou seja, para um especialista ele mais parece não perceber um boi daquilo que anda a falar.

 
At 8/24/2005 10:19 da manhã, Anonymous Anónimo said...

harry lime, o comunicado serviu para que toda a gente concluísse aquilo que LFV já tinha dito: que o Miguel e os amigos só queriam saber de dinheiro. E que leu uma declaração em que admitia ser palhaço e que os amigos são mercenários. Pergunto-te se tu farias o mesmo: renegavas os teus amigos e a ti próprio por dinheiro?

 
At 8/24/2005 11:18 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Uma nota divertida: ontem o clube oficial do Record foi posto fora da Champions. Hoje qual é a primeira página do Record a toda a largura? O Miguel a dizer que há mais casos no Benfica como o dele. Pelo que li, presumo que se esteja a referir à situação do Ricardo Rocha. Que acabou por se resolver devido a uma grande diferença: é que o Ricardo Rocha comportou-se como um profissional, e presumo que terá sido melhor aconselhado do que o Miguel.

 
At 8/24/2005 11:44 da manhã, Blogger tma said...

Em relação ao Miguel, e tal como já disse, o acordo a que se chegou provavelmente é aquele a que se chegaria de qq maneira tendo em conta que o Miguel estava insatisfeito e queria mesmo sair e que o Benfica precisa dos €€€, mesmo que o Miguel y sus muchachos não tivessem feito as tristes figuras que fizeram.
Quanto à ao interesse do Benfica na declaração que foi lida pelo Miguel, coagido ou não, estou totalmente de acordo com o D'Arcy: o Miguel portou-se mal e já que não se lhe pode dar "tau-tau" pelo facto de o fedelho se ter portado mal (aliás, o Miguel é que anda a dar muitos "tau-taus" aos jornalistas), a exigência no pedido de desculpas e o facto de o Miguel o ter feito formalmente (mesmo assumindo que não corresponde ao seu pensamento), serviu para que o país visse que o Miguel não tem caracter nenhum enquanto pessoa.
Ou seja, se algum jogador quizer seguir o "exemplo" do Miguel, já sabe que tem de afirmar perante os adeptos e a comunicação social que não tem espinha dorsal e que é um mero mercenário do pontapé da bola. Pelos vistos isso não incomoda o Miguel. Espero que não haja muitos mais como ele, pq caso contrário, estamos pior do que eu pensava.

 
At 8/24/2005 11:50 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O gajo não renegou coisa nenhuma.

Tanto que no dia seguinte disse que aquilo foi tudo uma encenação e uma palhaçada.

Consigo ver o que é o SLB ganhou com a venda do Miguel (dinheiro!!!). Consigo ver o que é que o Miguel ganhou com o negócio (saiu do Benfica e foi jogar para um clube de prestigio numa liga competitiva). Consigo ver o que é que o Valencia ganhou com o negócio (um bom lateral direito).

Não vejo o que é que nenhuma das partes ganhou com a declaração do miguel.

Acho que ninguem ganhou nada... Nem o miguel, nem o Benfica, nem o Valencia pelo que a exigencia foi completamente idiota. Se calhar o problema é meu que não partilho da visão romantica (ou otária) dos benfiquistas nestes assuntos...

Afinal o Benfica só queria a humilhação publica do homem? Não entendo. Para quê?

Só se tiver sido para satisfazer o ego dos sócios. Que é uma razão muito estupida (demasiado estupida...) fazer o que quer que seja.

 
At 8/24/2005 12:04 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Benfica queria sobretudo a humilhação/desmascaração pública dos que aconselharam o Miguel a fazer o que fez. Toda a estratégia do Benfica neste processo sempre passou por apontar baterias a essas pessoas, e nunca por hostilizar o Miguel. Aliás o Miguel nas declarações que li hoje até diz que estava de acordo com o comunicado que leu (a parte acerca do clube, adeptos, etc), e que só não concordava com 'três ou quatro linhas' do mesmo. As que precisamente se referem a 'sus muchachos'.

 
At 8/24/2005 12:32 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Afinal o Benfica só queria a humilhação publica do homem? Não entendo. Para quê? "
Acho que já 3 pessoas te explicaram, se não percebes ou és tonto ou não queres. Eu aposto na segunda.
Se houver mais algum jogador a querer sair desta forma, já sabe com o que conta: tem de renegar tudo e todos. É evidente que o Miguel não pensa o que leu. Mas é claro para todos (menos para ti, aparentemente) que o Miguel saiu com a imagem chamuscada (a imagem que fica é de alguém que faz tudo por dinheiro). Volto a perguntar (presumo que te tenhas esquecido de responder) se farias o que fez o Miguel.

 
At 8/24/2005 12:37 da tarde, Blogger tma said...

Harry Lime, é claro que, para além do dinheiro, o Benfica não ganhou nada com isto, em termos de prestígio.

Mas tu próprio escreves:
"Tanto que no dia seguinte [o Miguel] disse que aquilo foi tudo uma encenação e uma palhaçada."

Exacto, concordo que foi uma encenação.
E quem fez o papel de palhaço foi o Miguel que faz qq coisa que os outros lhe mandem, não olha a meios (deixar-se envolver por advogados rancorosos anti-benfiquistas e por empresários que são verdadeiros proxenetas de jogadores de futebol, ler qq declaração que lhe ponham à frente: será que se o obrigassem a confessar que era homossexual, só para que o acordo fosse estabelecido, ele o fazia?) para atingir os fins (que neste caso, era ir jogar para o Valência).
A questão é: haverá mais jogadores dispostos a fazerem figura de palhaço como fez o Miguel? Se sim, então isto está pior do que eu pensava... Nesse caso, tenho de concordar que esta encenação não serviu para muito. Afinal, é sabido que o Benfica bem precisa de dinheiro e não se pode dar ao luxo de ter um jogador valioso que não joga.

Já agora, um exemplo curioso foi o do Ricardo Carvalho no Chelsea. Até aposto que alguém do Real de Madrid ou outro clube qq lhe andou a zumbir aos ouvidos propostas interessantes, caso contrário, não se tinha "esticado" como o fez...

 
At 8/24/2005 12:51 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Pessoal,

A decisão da Comissão Arbitral (que eu não ponho em causa, continuo a ahcar que o Benfica tem razão nesta história!!) constitui jurisprudencia e eu acredito que daqui para o futuro um jogador de qualquer clube pense 2 vezes (ou 3 ou 4... ou 20 ou 30... ) antes de tentar uma golpada como a do Miguel por causa desse parecer.

A delcaração de arrependimento do Miguel não significa absolutamente nada. Se um jogador pensar que tudo o que tem de fazer para saltar de um clube à má fila é fazer uma declaração daquele tipo então não vai hesitar 30 segundos antes de o fazer.

A minha tese é simples: essa declaração de arrependimento não tem qualquer valor como elemento dissuasor quando estão em jogo contratos de milhoes de euros e uma possivel transferencia para um clube grande da Europa. alternativa. É dificl entender isto?

É dificil entender que o futebol em 2005 é uma coisa muito diferente (e muito menos hipócrita...) do futebol romantico e amador de 1925, ano em que a mentalidade dos benfiquistas aparentemente parou.

 
At 8/24/2005 2:00 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Harry Lime: se o Miguel não se tivesse importado de fazer a declaração não teria vindo posteriormente desmenti-la. Acredito que lhe custou fazê-la e que a imagem que passou para a opinião pública não foi a mais "simpática" para ele: "por dinheiro faço quase tudo, até humilhar-me publicamente".

Mas dizes algo que é paradigmático da diferença entre os nossos dois clubes:

Os benfiquistas são pessoas muito esquisitas. Um jogador ser persona non grata? E se daqui a uns anos voces tiverem oportunidade de o contratar a um preço vantajoso? Vão deixá-lo ir só porque é persona non grata? Porque estas declarações de honra é a isso que conduzem: à perca de opções para o futuro.

Quando vocês foram fundados não tiveram pejo em vir roubar jogadores ao SLB. Desculparam o Jardel durante uma época inteira à espera que ele marcasse muitos golos. No ano passado não se importaram com a chantagem do Liedson, desde que ele marcasse dois golos ao Benfica. São maneiras diferentes de ver as coisas. Para nós, benfiquistas, não basta um jogador ser "bom" para se lhe perdoar tudo e mais alguma coisa. Se tratam mal o clube, não há perdão possível. Por isso é que o Paulo Sousa nunca voltou e espero que o Miguel nunca volte também. Bons jogadores há muitos por aí, mas para serem pertencerem ao Glorioso SLB não basta só isso. Se isto são visões "românticas ou amadoras" de 1925 ou não, pouco me preocupa. Para nós, há valores que são intemporais e que se são adulterados o clube não vai a lado nenhum (como não fomos durante 10 anos, em que contratámos carradas de jogadores sem nível para o Benfica). Ou então, corre-se o risco de se permitir tudo no clube "a bem" das possíveis vitórias, como deixar que um jogador mande publicamente o treinador "tomar no c..." e ser titular no jogo seguinte... Não interessa, porque de qualquer maneira fica tudo muito contente porque têm o melhor futebol do mundo e arredores, mas troféus nem vê-los...

 
At 8/24/2005 2:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"É dificil entender que o futebol em 2005 é uma coisa muito diferente (e muito menos hipócrita...) do futebol romantico e amador de 1925, ano em que a mentalidade dos benfiquistas aparentemente parou."
Somos nós que detestamos o Simão, que se limitou a escolher o Benfica depois do Barça.
Ainda não respondeste à minha questão: farias o que fez o Miguel?

 
At 8/24/2005 2:15 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Sim.

Tendo em conta os montantes envolvidos e a hipotese de ir jogar para um dos clubes de topo em Espanha penso que qualquer um o faria.

Aliás, a exigencia do LFV foi estupida porque, em face do que havia a ganhar, não exigia grandes custos para o jogador nem grandes beneficiios para o clube. Foi, em suma, uma tolice.

 
At 8/24/2005 2:37 da tarde, Blogger D'Arcy said...

É por essas que provavelmente eles têm a mania que são um clube 'diferente'. Pelos vistos é anacrónico agarrarmo-nos a certos princípios que fazem parte da própria identidade de um clube.

De qualquer forma, conforme disse, isto é um assunto que diz sobretudo respeito aos benfiquistas. E parece-me evidente que os benfiquistas estão, regra geral, de acordo com a decisão tomada. Como tal, o facto de os não-benfiquistas criticarem o processo não tem grande importância. Porque a gente sabe que eles criticariam independentemente do que se passasse.

 
At 8/24/2005 3:14 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Errado, D`Arcy!

Eu mantenho que o SLB conduziu o processo muuito bem até à parvoice das desculpas. Porque ´mesmo uma coisa sem sentido.

 
At 8/24/2005 3:38 da tarde, Blogger D'Arcy said...

E, conforme já disse, é uma coisa sem sentido para ti, mas pelos vistos não o é para os benfiquistas. E isto é o mais importante, porque isto é um assunto do e sobre o Benfica. Aparentemente, as pessoas que eu vejo que ficaram mais incomodadas com o facto, são todas adeptas de outros clubes (o lunático José António Lima, como não podia deixar de ser, lá vinha hoje na sua crónica mostrar-se também indignado com o assunto).

 
At 8/24/2005 4:11 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Se eras capaz de ler um comunicado onde dizias que os teus amigos são pessoas pouco recomendáves só para ires ganhar mais algum dinheiro, estamos conversados. mas estás enganado: eu não o faria. Portanto podes dizer: "penso que qualquer um menos o lunático do João o faria;)
Mas se calhar por isso é que são diferentes. Só acho isso completamente incoerente com os insultos ao Simão que se vêm por essa blogoesfera fora.

 
At 8/24/2005 4:18 da tarde, Blogger tma said...

Harry Lime,
Cada um acha o que quiser. Se quiseres, podes até achar que a atitude correcta era o Miguel ter mandado a direcção ir toda tomar num certo sítio e fazerem de conta que nada foi, que tal como lembrou o S.L.B, é hábito naquele clube patusco que joga no complexo sanitário ali ao lado da churrasqueira do Campo Grande.

Para mim, e com esta "parvoíce", como tu chamas, a direcção que que ficasse demonstrado perante os benfiquistas (e não perante os que o não são - no entanto, o facto de não agradar os anti-benfiquistas até é bom sinal) que o Miguel é mesmo um indivíduo sem caracter, que não tinha razões nenhumas para estar em litígio com o clube e que foi totalmente manietado pelos seus representantes (e provavelemente seria capaz de declarar ser gay e baixar as calças em conferência de imprensa só para ganhar ainda mais dinheiro ou para ir para o R. Madrid, p.ex.).
Claro que isto não impede que outros façam o mesmo, mas contra isso, pouco ou nada pode ser feito (o Dias Ferreira continua a ir ao Dia Seguinte, a rir-se da mesma maneira que o Major Valentão, o Avelino Ferreira Torres e o Alberto João Jardim se riem de todos os que se indignam com as suas trafulhices)

 
At 8/24/2005 5:41 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Nada disso, tma!

Eu não disse que o Miguel fez bem. eu apenas disse que nas mesmas circunstancias (muito $$$$$$ em jogo) eu faria a mesma coisa (e voces muito provavelmente tambem).

Num cenário destes, como eu já disse e repeti, as grandes palavras e grandes declarações caem por terra. Aliás, foi isso mesmo que o LFV fez( e muito bem) : abdicou dos seus nobres principios e agarrou uma oportunidade de fazer um monte de dinheiro. E parece-me que esta história do pedido de desculpas foi apenas uma forma de atirar areia para os olhos dos adeptos. Porque a verdade é que tambem o LFV traiu os seus principios (e repito-o fez ele muito bem!)

 
At 8/24/2005 6:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O comunicado não teve como alvo o Miguel mas o seu "empresario" e o seu
homem "de lei".Somando a decisão da comissão paritaria (que já se previa,foi um tiro na "mouche" na credibilidade dos dois personagens.
Mais.Sabendo como funcionam "as massas adeptas" este foi o empurrão que necessitamos para que o homem "de lei" seja canonizado como futuro Presidente
do clube vizinho.O que seria optimo.
Não sou fervoroso adepto desta direcção,mas neste caso estiveram muito bem.Por razões que ainda não são visiveis, são de medio/longo prazo.

 
At 8/24/2005 6:53 da tarde, Blogger tma said...

Harry Lime,
É evidente que não aprovas a conduta do Miguel em todo este processo, não é isso que eu estava a pôr em questão.
Só estava a perguntar se achas normal que uma instituição que é insultada por um jogador se limite a ficar satisfeita pelo facto de se ter chegado a um acordo do ponto de vista financeiro, sem mais. "Recebemos os €€€ e não se fala mais nisso"...
Imagina que tu eras o presidente dessa instituição... Não te parece normal exigires desculpas de quem te insultou ou no mínimo, demonstrar a falta de credibilidade dessa pessoa?

No meu caso, o que o Miguel fez seria +/- equivalente a fornecer informações confidencias a empresas da concorrência, algo que eu nunca faria nem que me pagassem a fortuna do Bill Gates.
Claro que a questão já nem está na declaração que foi "coagido" a fazer (coisa que eu também nunca faria). Está no momento em que ele deixou de cumprir os seus deveres profissionais (faltando aos treinos) sem justa causa, assim que foi tentado com os €€€ do Valência.
E é logo nesse momento que seria incapaz de fazer o que o Miguel fez. Se o Miguel aceitou o contrato, tinha de estar consciente de todas as implicações (boas e más) e de o cumprir.

Por fim, não acho que faça sentido em dizer que a direcção abdicou dos seus princípios, pois quem os não revelou, neste caso, foi o Miguel.
Sendo que o Benfica foi lesado nos seus interesses desportivos e não tendo o Benfica faltado às suas obrigações (contratuais e morais) para com o Miguel, restava salvaguardar os seus interesses financeiros. Ou achas que o Benfica tinha o dever moral de ficar com ele, para o "endireitar"?...

 
At 8/24/2005 9:00 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Eu se fosse presidente do Benfica nessa situação fazia o negócio e depois dizia aos jornais que felizmente tudo acabou bem e a conversa acababava assim.

Tão simples quanto isso. Com esta história do "arrependimento" o Benfica conseguiu 2 coisas extremamante negativas:

-conseguiu que o Miguel ripostasse nos jornais e nas TVs durante um fim de semana fazendo o papel do coitadinho (ainda por cima sem razão!).

-conseguiu melindrar o jogador cortando com eventuais opções para o futuro.

pá, eu vejo esta história como uma manobra de negócios puros. O miguel viu uma oportunidade para sair e manobrou no sentido de forçar a sua saida e tudo o que disse foi nesse sentido. Agora o problema convosco, benfiquistas, é que acham que o que ele disse foi um ataque à instituição "Sport Lisboa e Benfica" em particular.

Voces já pensaram que se o gajo jogasse no Sporting ele era capaz de dizer a mesma coisa?

 
At 8/24/2005 9:49 da tarde, Blogger Harry Lime said...

E depois o Miguel não disse mal do Benfica, o Miguel disse mal de "pessoas dentro do Benfica" (depreende-se que falava da direcção).

O que não deixa de ser estranho convosco, benfiquistas, é que aparentemente um insulto aos vossos dirigentes é equivalente a um insulto ao clube. Por outras palavras, voces confundem fidelidade ao clube com fidelidade aos dirigentes...

Algo muito estranho, se eu fosse assim ficava melidrado de cada vez que alguem diz que o Dias da cunha é um parvalhão (um acto da mais elementar justiça). eu não fico assim porque não confundo o Sporting nem os seus adeptos com os seus dirigentes.

Mas para voces, aparentemente, uma ofensa ao "Kadhafi dos Pneus" é equivalente a uma ofensa pessoal a todos os benfiquistas.

 
At 8/25/2005 10:04 da manhã, Blogger tma said...

Harry Lime,
O facto de o Miguel ripostar nos jornais e TV's só serve para se "enterrar" mais. Ele não diz coisa com coisa, e por isso, o objectivo da direcção do Benfica em demonstrar que ele não tem qq credebilidade como pessoa foi alcançado.
O Miguel ofendeu o Benfica, sim: não cumpriu a sua parte do contrato e prejudicou a equipa em termos desportivos. As ofensas à direcção são o que menos me preocupa (espaço para lembrar que também não sou fã desta direcção e que me incomodam as acusações de que o LFV é alvo, não pelo LFV, mas pelo Benfica - já nos basta o JVA). No entanto, acho natural que a direcção, enquanto orgão com mais responsabilidades na gestão do Benfica, quisesse tornar evidente que a única parte incupridora foi o Miguel.
O facto de um jogador se movimentar para conseguir um contrato melhor é algo de natural (veja-se o Ricardo Rocha). O que para mim é totalmente inaceitável é quebrar o contrato que está em vigor (em que circunstância for, desde que, obviamente, o contrato seja legal e não seja lesivo para nenhuma das partes). Mas pelos vistos, para ti isso é normal e justificável pela perspectiva de ganhar mais €€€€.

 
At 8/25/2005 10:08 da manhã, Blogger JPC said...

A CONVERSA QUE TODOS GOSTAVAM DE SABER...

 
At 8/25/2005 11:06 da manhã, Blogger tma said...

João, esta "conversa" está demais!
Só não acho que o Hugo Viana fosse útil ao Benfica. Para fazer passes para trás e para o lado, já nos basta o Petit.

 
At 8/25/2005 12:28 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Olha que o Petit de vez em quando também faz passes para a frente... são daqueles que o Argel lhe deve ter ensinado a fazer ;)

 
At 8/25/2005 4:16 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O hugo viana estragou-se em Inglaterra. É pena porque é jogador que, nos seus momentos, consegue ser muito bom.

Outro assunto: com humilhação ou sem humilhação eu não me importava nada que o meu Guarda Redes se oferecesse para ir embora...

Benfiquistas, voces não querem o Ricardo? A gente até vos paga para voces o lá terem! A sério!!

:)))))

 
At 10/02/2005 5:27 da manhã, Blogger Steve Austin said...

Enjoyable blog. Please check out my mesothelioma doctor. It is all about mesothelioma doctor.

 
At 10/02/2005 2:19 da tarde, Blogger peritoneal-mesothelioma-ycg said...

I have a malignant mesothelioma peritoneal
blog here. It has information about malignant mesothelioma peritoneal
.

 
At 10/03/2005 4:17 da manhã, Blogger Adam M said...

Hey, I was just blogging around.
I have a site about mesothelioma attorney.
If you or someone you know have mesothelioma cancer, than you should check out our site for important information on mesothelioma attorney.

 
At 10/04/2005 1:16 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Hey, blogger. I was just blogging around and sharing some info about a site I have with others. My site is about mesothelioma lawyers. If you or someone you know have mesothelioma cancer, than you should check out our site for important information on mesothelioma lawyers.

 
At 10/06/2005 1:37 da manhã, Blogger Mesotheliomata Attorney said...

You have an interesting blog. I just put up a site about georgia mesothelioma lawyer. I know it's a strange subject, but I want to help end the pain and suffering mesothelioma victims face. You're welcome to come check it out when you get time.

 
At 10/07/2005 10:08 da tarde, Blogger Mesothelioma Cancer said...

Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a mesothelioma site/blog. It pretty much covers ##KEYWORD## related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

 
At 10/11/2005 9:25 da manhã, Blogger dot wop said...

What is mesothelioma?

Mesothelioma is a rare disease caused as a result of malignant cancerous cells lining the patient's body cavities such as chest, abdominal region or the area surrounding the heart.Your legal rights:

Corporations that manufacture asbestos products have known about the dangers of asbestos-related diseases for more than six decades. In an effort to increase profit, they kept this information quiet, putting workers and families at risk.

Working with asbestos causes serious diseases. Unfortunately, many corporations thought they would be able to cut corners and make a large profit at the expense of endangering workers. Fortunately, there are laws that help to protect those individuals that have been harmed by exposure to asbestos-related products.

Spread the information and help as many as possible.
Thanks
**Mesothelioma Informations**

 
At 10/11/2005 7:11 da tarde, Blogger Gordon said...

Hi, I was just blog surfing and found you! If you are interested, go see my Mesothelioma related site. It isnt anything special but you may still find something of interest.

 

Enviar um comentário

<< Home