domingo, dezembro 04, 2005

Regresso

O Benfica regressou hoje às vitórias no campeonato, com uma exibição fraca mas q.b. para vencermos num terreno que nos é tradicionalmente difícil.

Não houve surpresas no onze titular apresentado. A única alteração em relação ao que é normal foi a entrada do Ricardo Rocha para o lugar do Anderson. Na direita, e face à não convocação do Geovanni, jogou o Alcides como lateral direito, com um Nélson mais adiantado. Pessoalmente não me agrada muito esta opção. Primeiro porque perdemos um excelente lateral, para ganhar um médio direito vulgar. Segundo porque o Alcides centra muito mal, por isso mesmo quando consegue espaço para cruzamentos, estes raramente resultam em alguma jogada de perigo. Quanto ao resto da equipa, foi a mesma que já tinha jogado contra o Belenenses.

A primeira parte do jogo foi bastante disputada, mas muito mal jogada. O Benfica foi melhor do que o adversário, que parecia estar satisfeito com o resultado, mas parecia pouco inspirado nas imediações da baliza adversária (a exemplo do que se tem passado nos últimos jogos). O mais rematador foi o Nuno Gomes, que dispôs de duas boas oportunidades, ambas defendidas pelo guarda-redes adversário. Preocupa-me a ausência de um estilo de jogo definido nesta equipa, porque me parece muito desorganizada em campo, e por vezes sem um objectivo definido. Voltámos a abusar de lançamentos compridos desde a defesa, quase todos feitos pelo Luisão, e que resultam quase sempre em bolas perdidas para o adversário, já que não temos uma equipa propriamente com grande poder aéreo.

Na segunda parte, as coisas animaram um pouco com a entrada do Mantorras. Praticamente na primeira vez em que ele tocou na bola, marcou, só que o golo foi bem anulado por fora-de-jogo. Conforme já disse, o Mantorras parece continuar a ter alguma dificuldade em compreender a Lei 11 do jogo. Mas alguns minutos mais tarde, voltou a marcar, e desta vez valeu. Foi após aproveitar da melhor maneira uma fífia monumental de um defesa adversário, colocando bem a bola rasteira ao segundo poste. Tendo em conta que o Quim não tinha feito uma única defesa digna de registro até então, fiquei relativamente convencido que, a não ser que houvesse alguma revolução no jogo, este estaria em princípio ganho. Tenho a impressão de que se o contrário se tivesse passado, ou seja, se fosse o Marítimo a marcar nalgum lance fortuito, não conseguiríamos evitar a derrota - o jogo estava a ser tão mal jogado que nenhuma das equipas parecia ter capacidade para chegar ao golo. A verdade é que apesar do Marítimo ter tentado aumentar a pressão, não conseguiu criar qualquer oportunidade de golo, pelo que o resultado ficou mesmo assim até final.

Não fiquei satisfeito ou confiante com a exibição, mas pelo menos o resultado foi agradável. Enquanto os 'artistas' estiverem lesionados, teremos que contentar-nos em ganhar jogos, mesmo que seja sem grande brilho. O melhor da nossa equipa hoje terá sido o Luisão, que mais uma vez esteve intransponível na defesa. Agora vou esperar por quarta-feira, e desejar que este resultado positivo sirva para motivar a equipa para um dos jogos mais importantes da época. Ajudava também se pelo menos o Simão e o Miccoli recuperassem totalmente até lá. Se for para jogarem a 70%, mais vale ficarem quietos.

27 Comments:

At 12/04/2005 9:50 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Não jogamos mal.Gostei da eficácia defensiva, onde o Luisão esteve muito bem.O busilis é do meio campo p/frente onde realmente nos falta definição. Acabamos por ter a "sorte" do jogo, mas caramba, já a mereciamos.
Sem Simão contra o MU, vamos ter que ganhar, ou fazer tudo para ganhar.
Prefiro (bem... isto é só uma figura de estilo) que o Benfica perca e dê tudo para ganhar.
Mas acredito que vamos ganhar,e prevejo que seja no ultimo quarto de hora,com "massive attack" e golo do Man(torras).
E como tambem sou um pouco(?) supersticioso e irracional, digo que como o Best faleceu (RIP), chegou a altura de revermos essa final, agora
com o resultado favoravel.Rewind and play, god (G.Best)is no more with them.
Era bonito os benfiquistas prestarem uma homenagem a esse grande jogador que foi G.Best. Afinal ele tambem faz parte da nossa grande historia.
Sãso assim os grandes Clubes, para o bem e para o mal, estão nos grandes momentos. Mais uma vez RIP George!

 
At 12/04/2005 8:14 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Pá, continuam em 6º lugar...
:)))))

PS .Peço desculpa por relembrar estas realidades dolorosas. Em resposta não espero muito mais do que desprezos olimpicos. Por mim tudo bem, eu consigo viver com os vossos deprezos se voces continuarem na bonita posição em que se mantêm.

 
At 12/04/2005 8:23 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Li agora o comentário do Anonimo e fiquei perplexo.

O que é que esta conversa de grandes clubes tem a ver com o Benfica.

O Man Utd é um grande clube e o Geoge Best foi um garnde jogador. O Benfica, pelo contrário foi um grande clube (da mesma forma que o Eusébio ou o Coluna foram grandes jogadores).

Espero sinceramente que os senhores do desprezo olimpico (que estão em 6º lugar no campeonato atrás do Vit. Setubal) saibam gramática suficiente para distinguir os tempos verbais usados nestas afirmações.

 
At 12/04/2005 9:03 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Por essa ordem de ideias, há quem nem sequer tenha alguma vez sido um grande clube. Nunca foi, nem nunca será, e estarão sempre condenados a viver na sombra de outros, e a repararem sempre no que os outros fazem, enquanto rangem os dentes de frustração. Por isso mesmo é que só merecem um desprezo olímpico. Dar-lhes atenção é reconhecer a sua existência, coisa que nem sequer gosto de fazer.

Tu, com a tua atitude de andares escondido quando o Benfica anda por cima, e mostrares a cara quando estamos em baixo só mostras de que cepa são feitos os adeptos desse clube. Não passam de cobardes, daquele género de pessoas que pontapeiam um canito quando o vêem coxo e esfomeado, porque sabem que está fraco e não pode morder. És o género de 'adepto' que quando a tua equipa ganha, andas a dizer orgulhosamente 'Ganhámos!', e quando a tua equipa perde dizes 'Aqueles gajos não jogam nada!'. As vitórias são 'nossas', mas as derrotas são 'deles'. Eu não sinto assim o meu clube. Poderíamos estar em último lugar, poderíamos descer de divisão, mas seremos sempre, sempre, sempre muito maiores e muito melhores que vocês. E terei sempre orgulho em ser do Benfica.

 
At 12/04/2005 9:57 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Harry lime, que se pode dizer de alguem que usa a despudor um nick que desmerece?Se fosse humilde pedia desculpa ao O.Welles.
Ou é só mania das grandezas?

 
At 12/04/2005 10:33 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Algumas notas:

-nunca ninguém me ouviu dizer que o Sporting era (ou alguma vez foi) um grande clube. à escala nacional, concerteza que é. Mas há clubes maiores (leia-se com mais titulos e mais adeptos)

-À escala europeia, tem uma Taça das Taças e uma presença na final da Taça UEFA. Não é suficiente para fazer um grande clube, concordo convosco.

-Não acho obrigatório que um tipo seja adepto de um grande clube. Num certo sentido até é libertador. Podemos ter a sombra dos outros mas não temos a sombra do passado.

-E com a sombra do passado dos outros podemos viver. Afinal de contas esses "Grandes Clubes" hoje em dia andam em 6º ou 7º lugar, passam 11 anos seguidos sem ganhar campeonatos e têm tido como dirigentes individuos de duvidosa estatura moral (padrão a que a actual direcção não escapa). É que não nos podemos esquecer de que estamos a falar de um "Grande Clube"... Acima de tudo e de todos!

-Pá, o que me chateia nos benfiquistas é não entenderem que isto é só futebol. Já o disse muitas vezes: chateia-me muito a vossa veia melodramática, a forma como falam da "História" (que acabou há uns 20 anos), da "Dignidade" (que já não possuem), dos "Pobrezinhos" (que devem ter deixado de representar há uns 50 anos) e da "Mistica" (mas isto é uma religião ou quê?).

-O curioso com esta retórica é que ela não só é chata para quem vos ouve como também é prejudicial para voces. É que voces têm uma certa tendencia a seguir cegamente (e a dar-lhe dinheiro) a qualquer palhaço que apareça na TV a falar da "Mistica Benfiquista" ou do "Benfica à Benfica" ou da "Operação Coração" ou duma qualquer emissão de acções

-By the way alguém me consegue dizer quanto é vale uma acção do Benfica? Se quiserem eu dou-vos essa informação acerca das do Sporting... Também é nestas pequeninas coisas (para voces!) que se vêm as diferenças entre os "Grandes Clubes" e os outros...

-Espero que percebam agora porque é que eu tenho orgulho em não pertencer à vossa seita. Eu sou o primeiro a reconhecer que a minha seita também tem muitos defeitos mas pelo menos o meu pessoal não anda para aí com retórica lacrimejante de telenovela venezuelana.

 
At 12/04/2005 10:42 da tarde, Blogger Harry Lime said...

D`Arcy,

Só mais uma aspecto: eu não fico escondido quando o Benfica está em cima, ok? Se eu não escrevi aqui quando o Benfica estava em cima foi porque isso, por puro acaso, coincidiu com um periodo em que andava a trabalhar (ainda mais) do que agora e não andava com cabeça para vir aqui (ou a outro lado qualquer).

Meu, que um dos tipos que aqui escrevem e que não me conhecem de lado nenhum venham com essas tretas até entendo. Agora tu?

Agradecia, que antes de mandares essas boquinhas foleiras à "politico dinamico do sec. XXI" (ou "chico esperto do sec. XX") te informasses um bocadinho. Algo que, no teu caso, está à distancia de um telefonema.

 
At 12/04/2005 11:05 da tarde, Blogger D'Arcy said...

É precisamente por não perceberes que para nós, benfiquistas, isto não é 'só futebol', e que o Benfica não é só um clube que voto os teus comentários a um desprezo olímpico. Porque tu insistes em tentar escrever sobre algo que não compreendes. Não vale a pena alguém que não é adepto de um clube estar a tentar discutir isto com pessoas que se sentem adeptos.

 
At 12/04/2005 11:07 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Anonimo,

Se percebesses alguma coisa de "Harry Lime" ou de Orson Welles rapidamente chegarias à conclusão de que a forma como eu penso nestas coisas é do mais "Wellesiano" que existe. Acho que, de futuro, deverias restringir as tuas intervenções à área futebolistica.

Em relação ao Harry Lime, ainda bem que reconheces que eu não tenho nada a ver com esse personagem. É que eu ficaria seriamente preocupado se alguém me comparasse a um "racketeer" de penicilina na Viena do pos-guerra. Um homem cinico, cruel e hipocrita. :))))))))))))))))

 
At 12/04/2005 11:15 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Estou satisfeito, em relão aos primeiros recuperamos 10 pontos.
A vitória é justa; apesar de termos tido a sorte do jogo.
A defesa esteve muito bem com destaque para Luisão (o melhor em campo). Bem vindo Mantorras!!!
O Marítimo também está de parabéns, pois tem uma boa equipa; só é pena tantos estrangeiros e provavelmente à nossa custa.
Estou muitopessimista para 4ª feira; mas a esperança é a última coisa a morrer.
Castela

 
At 12/04/2005 11:23 da tarde, Blogger Harry Lime said...

D`Arcy,

Um clube de futebol é um clube de futebol. Não é um partido politico, não é uma religião nem representa nenhuma forma particular de estar na vida.

Quando dizes que "isto não é só futebol" assustas-me! E eu dou-te toda a razão: não entendo o que vos move.

Nem, para falar verdade, quero entender. Toda essa conversa tens uns laivos de sobrenatural, religioso ou fantamasgórico que não é, de todo, o meu departamento. Eu não passo de um consultor de SI (vendido ao capitalismo americano) licenciado em engenharia.

Para entender essa cena talvez seja necessária a assistência do Dan Brown, dos padres do Exorcista ou da dupla Dana Scully & Fox Mulder. à falat de melhor, acredito que a Maya ou aquela tipa possessa com a Lady Di (que costuma ir ao Herman SIC) vos possam ajudar.

Só espero que não vomitem esparregado liquido para cima das pessoas quando estão possessos. É nojento demais :)))))

 
At 12/04/2005 11:37 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Dou mais importância a um clube de futebol do que a um partido político. Um partido escolhe-se, um clube sente-se. De partido muda-se, de clube não. E uma vitória do meu clube dá-me mais alegria do que todas as vitórias juntas do partido em que eu vote em qualquer eleição.

 
At 12/05/2005 12:07 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Harry Lime,
Reconheço que pode não tem perfil do personagem.Ao que me referia era ao Wells não á personagem.Mas caramba a sua mania de criticar tudo o que vem á rede é um pouco doentia, se não aditiva.
Chateie-se com o que quiser, mas não
chateie.Um clube de futebol para mim
ou qualquer outra pessoa é o que eu e essoutra pessoa quiser.
O futebol sociologicamente é muito mais que um jogo, é um alter-ego da vida, com leis, punições,rituais,vitorias,derrotas,
frustações (reconheço que mais no seu caso), tudo isso condensado em apenas 90 mts. Não conseguir compreender isto não é em si grave.
O que me parece grave é não conseguir compreender que outros o compreendam.

 
At 12/05/2005 12:20 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O futebol é como os desenhos animados. Não são para levar muito a sério.

É divertido? Claro que é! Um gajo fica feliz quando o seu clube vence? Claro que fica! É porreiro gozar com o pessoal dos outros clubes quando eles não têm a mesma sorte que nós? Ah! Pois é! Um tipo fica lixado quando perde? Pois fica!

Mas este é o limite para estas coisas. Mais do que isto não faz sentido. Pensar em "Misticas", em "Histórias" e em parvoices do estilo é tentar enganar o incauto. Acredito que, no tempo em que os clubes apareciam como representantes dum dado grupo social essas palavras fizessem algum sentido. Quando o Benfica e o Sporting foram fundados era óbvio que o Benfica era o clube dos pobres e o Sporting o dos ricos.

Mas agora pergunto-te, há quantos anos é que essas distinções deixaram de fazer sentido? Hoje em dia, há muitos milionários adeptos do Benfica da mesma forma que há muitos pés rapados adeptos do Sporting pelo que essas distinções deixaram de fazer sentido.

Hoje em dia, há os verdes, os vermelhos e os azuis (tal como nas corridas de quadrigas da Roma antiga) e as pessoas acabam por torcer por um deles por acaso ou por um qualquer critério de escolha.

Eu por mim falo: a minha vida não seria substancialmente diferente se eu fosse benfiquista. Da mesma forma, acredito que a tua vida também não seria muito diferente se tu, por um acaso qualquer do destino, tivesses dado em adepto do Sporting.

Dizer que um clube de futebol é mais do que isto cheira-me invariavelmente a esturro, qualquer que seja o clube em questão: o Benfica quando fala da Mistica, o Sporting quando fala do Sistema ou o Porto quando do Norte. Quando se chega a isso é porque há água no bico!

 
At 12/05/2005 12:29 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Anonimo,

Concordo contigo que o futebol serve como metafora para muitos outros aspectos da vida porventura mais dificeis de explicar. Além disso é um jogo bonito! Quando é bem jogado é muito belo e quando é mal jogado é sempre uma forma divertida de passar o tempo (nem que seja para dizer mal dos gajos que estão a jogar)!

Estou-me a repetir um bocadinho mas volto à mesma tecla: ir além disso é excessivo!

 
At 12/05/2005 7:21 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Mas o futebol e outras actividades modernas, ou pós-modernas, não são mais que a substituição de antigos ritos classicos e da necessidade humana de se ligar ao mistico e irracional. As festas da antiguidade em honra de baco ou dionisio, os proprios jogos olimpicos, em que os atletas que triunfavam eram considerados "semi-deuses", etc...
Isto não é só um passatempo, ou uns momentos bem passados, e o futebol é para levar a sério.
Alias não é por acaso que os politicos, sempre tentaram e tentam, se associar ao futebol.Num Campeonato do mundo de futebol, o que está ali em questão, uns momentos bem passados? Não. São as Nações a competir (a guerrear-se)entre si. A "força" que a Selecção conquistou no ultimo Europeu, foi devido aos momentos bem passados que proporcionou aos indigenas cá da terra? Não! Foi dizer que nós somos tão bons ou melhor que eles, e a todos os niveis. Não se extingue no lúdico, é muito mas muito mais que isso.
Para mim, quem não percebe isto não percebe "nada" de futebol.

 
At 12/05/2005 2:36 da tarde, Blogger Superman Torras said...

Vitória justa mas sofrida e só obtida devido a um erro juvenil do defesa do Maritimo, mas nesta altura do campeonato o que importa é conquistar os 3 pontos!

O Beto, bem o Beto...por onde começar? Começo pelo fim e por aqui me fico: a minha esperança é que ele se possa tornar no nosso Gattuso. Para isso acontecer é necessário que ele se aperceba, de uma vez por todas, das suas limitações e se abstenha de fazer coisas para as quais não está vocacionado.

O problema é que só há lugar para um Gattuso na equipa e se esse for o Beto como é que fica o Petit? É que quando o internacional português se lembra de se armar em organizador de jogo tambem sai pior a emenda que o soneto.

A defesa esteve impecável tanto assim é que nem valia a pena termos colocado o Quim a jogar. Discordo da opinião sobre o Alcides e digo mesmo que ele me está a surpreender bastante pois, tambem devido à sua morfologia, nunca imaginei que ele pudesse ser um lateral esquerdo às direitas. Alem de que, precisamente devido à sua constituição fisica, ganhamos centimetros preciosos na nossa àrea para contrabalançar com a baixa estatura do lateral esquerdo Leo.

O problema que se coloca é onde colocar Nelson. A médio direito não dá e as semelhanças do ex-boavisteiro com o nosso anterior lateral direito cada vez são maiores.

Por ultimo e em relação ao jogo de quarta-feira não estou com fé nenhuma mas a boa noticia é que tambem não estava para o jogo dos Barreiros e foi o que se viu. Tanto assim é que acabei por perder dinheiro atraves do maldito site do Betandwin pois havia feito uma aposta dupla com empate e derrota que, devido ao nosso querido Mantorras me viria a valer um misto de sentimentos de felicidade pela vitória alcançada e de tristeza pelo dinheiro perdido.

Claro que o dinheiro, até pelo montante envolvido, é muito menos importante do que a satisfação por verificar que continuamos na luta pelo campeonato e é nesse sentido que vos venho propor semelhante exercicio de (falta de) fé para o jogo de quarta-feira.

Bute todos apostar na derrota do Benfica e quem sabe não ficamos:

a) todos ricos
b) todos contentes


saudações benfiquistas

 
At 12/05/2005 2:38 da tarde, Blogger Superman Torras said...

ERRATA:
Obviamente onde se lê "lateral esquerdo às direitas" dever-se-ia ler "lateral às direitas".

 
At 12/05/2005 4:16 da tarde, Blogger T-Rex said...

Superman Torras

Nem pareces tu!
Só espero é que não nos encontremos novamente, pois a coisa não tem corrido muito bem...

De qualquer forma lembra-te que a falta de fé é a grande causa da ansiedade. Acredita como eu e venceremos!

E Pluribus Unum!

PS: Continuo sem perceber porque dão tanta importância aos adeptos do novo grande rival: o ANTIBENFICA...

 
At 12/05/2005 5:05 da tarde, Blogger Superman Torras said...

Ó T-rex, acredita que não foi nada que eu já não tivesse pensado! Os nossos encontros imediatos do 3º grau, ou mais, têm se revelado nefastos para o Benfica!! Xiça penico, é que só se safou a jantarada na Catedral e mesmo aí acredito que se o Benfica tivesse jogado, tinhamos lerpado...

Só para esclarecer, vais lá na quarta? Se sim, diz-me que não vais para a SAPO ADSL 3º piso superior... (glup)...

 
At 12/05/2005 5:27 da tarde, Blogger João Tomaz said...

não acho que tenhamos jogado assim tão mal. Não foi bonito, mas teve atitude, solidez defensiva, controlo do jogo e mais importante o reecontro do Mantorras com os golos. Se fosse como no ano passado, tinhamos ganho aos pastéis, ao Lille e à Naval pelo menos

 
At 12/05/2005 7:38 da tarde, Blogger T-Rex said...

Na 4ª Feira vou para o Porto, mas conto voltar a tempo do jogo. Se (vou conseguir!) chegar a tempo vou para a Sagres.

 
At 12/06/2005 3:41 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Gosto de dar boas noticias:

Benfica condenado a pagar 7M€ a Vale e Azevedo

O Supremo Tribunal de Lisboa condenou esta terça-feira o Benfica a pagar 7 milhões de euros a Vale e Azevedo. Os magistrados deram razão ao antigo presidente encarnado num processo que reclamava uma dívida nesse montante.



João Vale e Azevedo tinha colocado o Benfica em tribunal por considerar que tinha a haver sete milhões de euros que dizia ter lá investidos. Uma quantia que a decisão do STJ obriga agora o clube a pagar.

 
At 12/06/2005 8:10 da tarde, Blogger Harry Lime said...

T-Rex,

O pessoal dá ouvidos aos adeptos do ANTI-BENFICA (as palavras são tuas, não são minhas) porque os adeptos do ANTIBENFICA são criaturas que, apesar de tudo, ainda apresentam alguns vestigios de bom senso e de racionalidade. Não são uns aluados alucinados com acabeça cheia de benfiquismo.

Os adeptos do BENFICA pelo contrário andam sempre envolvidos numa nuvem poética de "Mistica", de "História" e de "Pobrezinhos", dentro da tradição milenar duma boa telenovela venzuelana.

 
At 12/07/2005 10:39 da manhã, Blogger Jorge said...

Acho que já aprenderam a lição e não vão jogar... :-P

Cumprimentos

http://j-eagle.weblog.com.pt

 
At 12/07/2005 10:52 da manhã, Blogger T-Rex said...

Sabes que mais Harry Lime?

"...bom senso e de racionalidade" é uma disciplina que muito apregoas mas que felizmente não praticas, e digo felizmente pois é com pessoas como tu que realmente me divirto. Eu e todos os outros que adoram ver-te qual D. Quixote a travar uma feroz batalha com... moinhos de vento! És realmente um poeta, mas dos beras...

 
At 12/07/2005 12:52 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Bom senso e racionalidade num texto sobre futebol...imagino que seja racional perder horas aqui a comentar, não é Harry? Imagino que a tua vida conjugal/sentimental seja interessantíssima.

 

Enviar um comentário

<< Home