segunda-feira, maio 08, 2006

Fim

E pronto, chegou ao fim o curto ciclo de Ronald Koeman no Benfica. Era previsível que isto acontecesse, dado o fracasso desportivo que esta época acabou por ser, salva apenas pela boa carreira na Champions League. Confesso-me algo dividido em relação a esta saída. Não vou dizer que estou cheio de pena por ver o holandês pelas costas, porque a qualidade do nosso futebol nos jogos nestas últimas semanas deixou-me muito desiludido, mas por outro lado mudar de treinador pode significar um recomeço quase do zero. E haveria sempre a esperança que este ano tivesse servido de aprendizagem ao Koeman para ficar mais familiarizado com o futebol português, pelo que a probabilidade de erro na próxima época, com uma equipa porventura construida mais ao seu gosto, seria menor. Além disso, e conforme já foi discutido, o holandês não é o único a quem se podem atirar as culpas pela má época realizada. O responsável máximo pelo nosso futebol não pode passar incólume.

Bem, ainda estamos no princípio de Maio, e faltam uns dois meses para o início da época. Ou seja, devemos ter uma novela à volta do nosso próximo treinador que vai dar para especular muito, e vender muito papel. Até porque, em relação ao preferido pelos benfiquistas, e a julgar pela amostra dos comentários já feitos neste blog, 'cada cabeça sua sentença'.

67 Comments:

At 5/08/2006 10:58 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É o fim de um ciclo e pela terceira vez em três anos o treinador sai no fim da época e é necessário começar do zero. Acho q isto reflecte a inteligência dos contratos q são feitos com os treinadores do benfica, pois nao faz sentido fazer um contrato por mtos anos com um treinador para dps o mandar lg embora caso as coisas corram mal e pagar uma choruda indemnização. Tb é verdade q depois nos sujeitamos a q tal como fizeram o camacho, o trapattoni e até o koeman apesar de ter mais um ano de contrato, estes treinadores prefiram outras paragens.Curiosamente dps de sairem do benfica mais nenhum singrou...vamos lá ver se o psv consegue defender o título.

Quanto ao reinado do koeman foi feito de altos e baixos como é óbvio e creio q o treinador tem tanto mérito na boa campanha europeia como tem responsabilidades no desastroso campeonato. Se nos lembrar-mos, o koeman sempre identificou bem as limitações do benfica portanto se ele nao resolvia os problemas era pq nao era capaz ou nao se sentia motivado para isso.Afinal de contas pq é q ele veio pro benfica para ganhar prestigio e conseguir projecção para eventualmente ir para um grande da europa...e isso consegue-se ganhando a liga portuguesa?Não!fazendo figura na champions e notou-se q aí sim os joagadores estavam motivados e nao adormeciam como nos jogos do campeonato.

Aliás o proprio treinador parecia desmotivado nos jogos da liga como haveria ele de motivar os jopgadores?Impossível!
A juntar a isto há ainda a natureza do koeman q nao é um treinador cuja personalidade se sobreponha à dos jogadores como é o caso do mourinho ou do camacho, o q permite o tipo de comportamento descansado a q assitimos em tantos jogos.tb é verdade q ele nunca teve a equipa q queria mas isto nao é o chelsea...

Enfim, para treinador eu escolheria o humberto coelho ou o camacho, mas acho q dificilmente um destes será o novo treinador do benfica, mas a verdae é q nao me lembro de mais ninguém com nome e disponível (só o erikson mas nao me parece possível).

 
At 5/08/2006 11:12 da tarde, Blogger dezazucr said...

Bom. Primeiro problema resolvido. Parece-me que o Koeman ficar criaría o efeito Peseiro dos lagartos no início de época. Toda a gente a fazer frete. Desta forma, saiu, sem mágoas para ninguém, a gente agradece-lhe a campanha na Champions (não fomos campeões, mas devolveu-nos a essa europa de elite) e ele agradece o facto de poder conhecer os melhores adeptos do mundo - nós.
Agora regressamos ao problema nº2 a que já estamos habituados, correr atráz de um treinador. Agora redirecciono as regras para que seja bem escolhido. Temos uma pré-eliminatória para passar.
O Camacho era o meu preferido, mas não me parece que com o Veiga ele regresse. O Erickson, desconfio. Convém que continue o perfil de alguém conhecido e respeitado (Camacho, Trap, Koeman), de forma a impôr algum respeito no balneáreo. E já agora, desta vez alguém que prime pela qualidade de jogo.

 
At 5/09/2006 4:34 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O efeito peseiro foi diferente, os lagartos não lhe perdoaram ter ficado atrás do Benfica e ter sido eliminado pelo Benfica da taça. Eles não se importam de serem segundos desde que o primeiro não seja o Benfica.

Vejamos qual a alegria que o Vieira prometeu que ia dar aos sócios. Alguns andrades mauzinhos que conheço sugeriram que ele estava apenas a falar da saída do Koeman.

 
At 5/09/2006 8:52 da manhã, Blogger Porco said...

O LeGuen já tem clube? Não sei se chegou a arranjar equipa durante esta época. Ouvi alguns rumores mas nada conclusivo. Deve ser é algo caro.
No caso de estar livre era para mim uma excelente escolha.

 
At 5/09/2006 10:03 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Pois é , já é altura de acabar com esta "instabilidade" no comando técnico do Benfica e tambem de reflectirmos o porquê da sua existência. Porque é que os treinadores que vêm para o Benfica ao fim de uma época já estão mortinhos por se irem embora?
Por outro lado penso que para qualquer treinador de top Europeu a Liga Portuguesa não é atractiva, quer pela sua competitividade, quer pela sua "estranheza", quer pela sua ecologia. Se o Benfica não tem assegurada a ida á Champions ainda menos hipoteses tem de ir buscar um treinador de top, até pelo aspecto financeiro e tambem pelas exigências em termos de jogadores.
Em termos de técnicos portugueses penso que só o Carlos Queiroz tinha nesta altura capacidade para liderar um projecto com pés e cabeça no Benfica, mas só se fosse parvo é que iria abandonar o Man, com as perspectivas de poder suceder a
Ferguson.Por isso inevitavelmente, o Benfica irá buscar um nome (em vez de
um projecto), que fará com que da sua avaliação da equipa resultem inumeras novelas de dispensas e contratações acabando no tradicional
mercado de inverno. Para o ano estaremos a viver o mesmo pesadelo.
Sinceramente, não vejo inteligência na actual gestão de futebol para serem capazes de ver para alem disto, por mim gostaria que o Benfica desse um salto em termos de estratégia p/o Futebol, resistindo a atracção por treinadores como Eriksson, H. Coelho e outros. O Benfica tem que inovar e ser inteligente, o resto é um desperdício de dinheiro e maracar passo. Até pode ganhar o proximo campeonato, mas depois voltará tudo ao mesmo, em termos de organização e estrutura.
Mas um clube como o Benfica não tem uma base de dados com treinadores e jogadores, que são seguidos atentamente? E os contactos resultantes da "epopeia" do ultimo defeso, não ficaram alguns em carteira?
Se isto não existe no Benfica, então o Dep. Futebol Benfica "não existe".
É claro que o Vieira e o Veiga já sabiam que o koeman se iria embora há algum tempo, a questão estava na negociação da indemnização, por isso
espero que não venham com as mesmas lérias do ano passado.

 
At 5/09/2006 11:08 da manhã, Blogger dezazucr said...

O Le Guen está a treinar o Glasgow. De qualquer forma não me parece que fosse o treinador certo para o Benfica.

 
At 5/09/2006 11:08 da manhã, Blogger antitripa said...

Foi bem pensado, contratamos um destreina para ganhar umas coroas na europa e agora aviamos o menino (com reembolso). Astuto! Obrigado P.S.V.

 
At 5/09/2006 11:23 da manhã, Anonymous Anónimo said...

É necessário um nome que além de provas dadas, esteja completamente por dentro do futebol português, das suas manhas e vielas escusas.

Tem de ser um projecto para os próximos três anos (duração da próxima presidência) e com objectivos perfeitamente definidos para esses três anos:

1- Campeão Nacional pelo menos duas vezes;

2- Chegar à final da Liga dos Campeões;

Para isso será necessário o Benfica dar garantias ao próximo treinador, quer no reforço real do plantel, com contratação de jogadores com provas dadas a nivel de qualidade e a nível de experiência nestas andanças por um lado e uma certa autonomia do treinador em relação à escolha e aquisição desses nomes.

Minha escolha para este ciclo:

Scolari

 
At 5/09/2006 11:27 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O problema com o Benfica neste momento é a Champiosn League. NBo principio de Agosto (daqui a 3 meses) têm de ter uma equipa em condições para passar a pre-eliminatória.

Isso implica para começar várias coisas: a escolha rápida de um treinador e a establização igualmente rápida do nucleo duro do plantel.

Tendo em conta as "comédias" do Verão passado (os famosos boatos acerca de contratações mirabolantes e a indecisão na contratação do treinador) não vos auguro nada de bom. ´

Muito provavelmente vão enfrentar a primeira eliminatória com o Chalana a treinar-vos a equipa e com o plantel meio completo. E o pior de tudo é que o adversário deve ser uma equipa de 3ª ou 4ª linha no futebol europeu.

Se tivessem hipoteses de apanhar um Liverpool ou um Man. Utd. ainda tinham hipoteses, agora contra um Velez Mostar ou um Dinamo de Tirana...

PS. Muito provavelmente a alegria que o LFV promete deve ser a contratação do Miccoli. O que é um passo na direcção certa mas claramente insuficiente.

 
At 5/09/2006 11:31 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Amigo D´Arcy concordo plenemente com o seu comentário que me parece correctissimo.
Koeman digo foi uma desilusão mas sinceramente e temos de ser realistas que não tinha condições para continuar.
A quando da sua contratação fiquei muito satisfeito pois enquadrava-se nos tecnicos mais promissores do futebol europeu, tinha feito uma trabalho de grande qualidade no Ajax e defendia um tipo de futebol atrativo, atacante e vivo precisamente o inverso de Trap, ou seja o ideal para um novo Glorioso.
No entanto foi uma autentica desilusão. Em primeiro lugar não se adaptou ao nosso futebol (com as suas caracteristicas muito proprias sem paralelo na Europa), mas pior que isso não fez um esforço para se adaptar e tentar corrigir os erros que cometeu, não quiz um adjunto português (o pequeno genial desculpem mas parece-me que era para fazer numero) que o enquadra-se na nossa realidade (lá está a velha raposa sabe muito e não prescendiu de Alvaro ao seu lado com os resultados que se conhecem), não consegui-o um sistema e modelo de jogo para a equipa (essa é imperdoavel pois começou com os 3 defesas ao estilo de Adrianse mas ao contrario deste ao 1º desaire mudou, uma constante ao longo da epoca, ou seja não teve personalidade forte e decisão para seguir o caminho que acha-se melhor), não aproveitou os jogadores que teve (por exemplo o tão criticado Beto é um jogador util que podia até enquadrar bem com a equipa em alguns jogos - lembram-se do Robocop Aguiar com Camacho e o util que foi inclusivé marcando golos decisivos - mas teria se saber utilizar e nas funções que está vocacionado e sabe fazer, agora inventá-lo a extremo direito, ou construtor de jogo? é o quê se não BURRICE), o pior de tudo destrui-o a união forte de balneário existente com a polémica do Moretto (foi a vergonha da epoca como se destrui-o o Quim, pagamos bem essa factura) e finalmente foi evidente a pouca disposição para estudar minimamente os seus adversários (coisa que e bem fez na Champions onde ai revelou as qualidades que de facto tem), como se nem fosse preciso nada para ganhar ao Gil Vicente, Paços, Guimarães, até aos lagartos (Levou lições tecnico tacticas principalmente de Paulo Bento).
Perante isto pouco havia que fazer se não a sua saída para bem de todos, pois caso começa-se a epoca voltariamos ao tempo dos despedimentos á 5ª 6ª e dos Artur Jorges, Manueis Josés, Henckeins, etc e as consequencias que se sabe que se seguiram.
Ao contrario de outros amigos benfiquistas, não creio pelo facto de nos ultimos 3 anos mudar-mos sempre de treinador seja mau. Vejamos há um fio condutor no futebol e isso tem a ver com a sua estrutura e plantel. Desde Camacho que a estrutura base da equipa mantem-se, o modelo de jogo (com varições este ano de Koeman) também, logo quem entra só tem de continuar o caminho já tracado (vejam que acabaram as revoluções de sairem cada epoca 15 e entrarem outros 15, isso sim mata qualquer projecto). Logo o proximo treinador tem que se enquadar neste espirito e projecto que o nosso grande presidente há 5 anos começou a construir.

PS- Já falei aqui de alguns nomes que estão em carteira (há 1 mês - depois da derrota em Camp Nou que a Sad mais ou menos sabia da saida de Koeman), mas continuo que o mais forte é mesmo um brasileiro em Portugal, vejamos.

O GLORIOSO

 
At 5/09/2006 11:59 da manhã, Blogger Quetzal Guzman said...

O Scolari é á hipótese mais viável.
Eu gostava de um treinador com escola, com princípios tácticos bem definidos, mas sem castrar o sentido técnico dos jogadores, e que tenha ambição. Há um nome que tenho aprendido a admirar ao longo dos últimos anos. O único problema é a bolsa... Mas vendo bem, o Benfica tem contratado, sempre, treinadores caros. Chama-se Luciano Spaletti e, actualmente, 'reside' no Olímpico de Roma.

 
At 5/09/2006 12:21 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Sinceramente, e tirando o Capello, não há muitos treinadores italianos que me impressionem por aí além. Aliás, neste momento um dos meus medos é precisamente que o Benfica ainda acabe por ir buscar um que anda no mercado há algum tempo, e de quem eu não tenho muito boa impressão: o Zaccheroni.

 
At 5/09/2006 12:51 da tarde, Blogger Porco said...

Eh pá, o zaccheroni é que não! Detesto o homem. Italianos só o capello, para mim o melhor do mundo a par do mourinho, e talvez o lippi.

Quanto ao scolari, tenho algumas duvidas. Conheço pouco o seu trabalho em clubes, e é bem diferente treinar um clube ou uma selecção. O que sei é da selecção portuguesa e brasileira. E aí, se por um lado tem o balneário consigo e não deixa ninguém se intrometer nas suas opções, por outro tem sido bem conflituoso com o exterior.

Também se fala bastante no Humberto Coelho. Gosto dele, até porque dele não há duvidas de que é benfiquista, mas também só lhe conheço a experiência como seleccionador.

 
At 5/09/2006 12:57 da tarde, Blogger Porco said...

Por falar em scolari, até que ponto será bom para a preparação da equipa contratar um treinador que vai estar envolvido no campeoanto do mundo? Isto significa que este só terá disponibilidade total no fim dessa competição. E nessa altura a pré-eliminatória está aí à porta.

 
At 5/09/2006 1:02 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O Scolari só vai estar solto no final de Junho.

Acham isso suficiente para ter uma equipa competitiva nos inicios de Agosto? E depois o problema do Scolari é outro: acham que o homem tem pachorra para aturar as pressões de 2 jogos por semana (com adversários lixados e adeptos sedentos de vitórias)quando está habituado à vida boa de jogos de 3 em 3 meses contra o Uzbequistão, o Liechenstein ou o Luxemburgo?

Um treinador velhote sem muito a provar (lembremo-nos que o Scolari já venceu Campeonatos brasileiros e estaduais, Taças dos Libertadores e um Campeonato do Mundo!) só abdica dessa vida boa por muito dinheiro ou por muito prestigio, algo que o Benfica não me parece estar em condições de oferecer neste momento.

Há poucos treinadores aventureiros por aí. O único que eu conheço é um sacana genial nascido em Setubal que treina um clube londrino que equipa todo de azul... E é o treinador mais bem pago do Mundo :)))

O que eu digo em relação ao Scolari, é igualmente aplicavel ao Ericksson. Que tem ainda um factor extra contra ele: as mulheres portuguesas são muito menos malucas do que as inglesas!

 
At 5/09/2006 1:40 da tarde, Blogger D'Arcy said...

A época começa em Julho, pelo que não vejo nenhuma incompatibilidade com o Campeonato do Mundo. O Trap também só veio para o Benfica depois do Campeonato da Europa acabar, e fomos campeões.

Pela tua lógica, então o Trapattoni não teria vindo para o Benfica. E chamar o Scolari ou o Eriksson de 'velhotes' não tem pés nem cabeça. Nenhum deles tem sequer 60 anos. Têm a mesma idade do Wenger ou do Lippi, e são mais novos do que o Capello ou o Ferguson, só para dar alguns exemplos de treinadores de top. Vais dizer que estes também são treinadores 'velhotes'?

 
At 5/09/2006 2:23 da tarde, Anonymous Anónimo said...

D'Arcy, o Trap foi eliminado pelo Anderlecht. Que era uma equipa fraca mas já tinha começado o campeonato. A probabilidade de nos acontecer algo semelhante é elevada.

Eu voto no Luís Campos, o génio incompreendido do futebol português.

 
At 5/09/2006 2:26 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O que eu escrevi acerca de treinadores velhotes é simples e está escrito ali em cima:

Um treinador velhote sem muito a provar [...] só abdica dessa vida boa por muito dinheiro ou por muito prestigio, algo que o Benfica não me parece estar em condições de oferecer neste momento.

O meu erro se calhar foi não ter posto a palavra velhote entre aspas.

O meu comentário não tem a ver com a idade dos treinadores, tem a ver com o que o Benfica tem para lhes oferece.

Da mesma forma, mesmo que estivessem livres nem o Cappello nem o Wenger seriam opções para o Benfica. São gajos que estão habituados a outros luxos. Tão simples quanto isto.

PS. O argumento do Trapp é puramente falaccioso. Toda agente sabe que ele veio para o Benfica porque já não tinha idade para treinar em Itália. Por outro lado, após o desastre da Itália no Euro ninguém o queria para nada. Por isso, ele estava disponivel e barato. No momento em que surgiu um convite de um clube alemão (ainda que de segunda linha) o Trapp foi-se embora. O Estugarda, 5º na Bundesliga, e na Taça UEFA demonstrou-se mais atractivo do que o Benfica, campeão portugues, na CL. Isto demonstra claramente o poder de atracção do Benfica (ou de qualquer outro clube portugues!)para treinadores "experientes".

 
At 5/09/2006 2:27 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Trap foi eliminado pelo Anderlecht por erros tácticos, não por a equipa estar mal preparada. Na primeira mão na Luz massacrámos durante a primeira parte, e na segunda em vez de continuarmos em cima deles o Trap resolveu defender a vantagem magra de 1-0. Na segunda mão resolveu inventar e meter uma equipa quase nova a jogar (deixou inclusivamente de fora o Zahovic, que estava na melhor forma de sempre desde que chegou ao Benfica).

 
At 5/09/2006 2:27 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Por umma vez na vida concordo com o JFilipe: Luis Campos é a solução!

 
At 5/09/2006 2:34 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Yuuupiii!! Welcome back Guy Fawkes!!


Xelb, repete lá isso pá,
Campeão Nacional 2 vezes e finalista da Champions League?
Tá bem, e depois o treinador perguntava: E o dinheiro?
Eh pá cai das nuvens, parece-me que andas a ver a repetição de "Um Anjo na Terra" com o Michael Landon.
Scolari? Eriksson? nada disso.Eu prefiro o gajo da Roma do que gajos que

 
At 5/09/2006 4:49 da tarde, Blogger Harry Lime said...

xelb,

As ambições que propões para o SLB para os próximos 3 anos são... como dizê-lo... pá... meu... o meu problema é que eu não me quero chatear outra vez com o D`Arcy, por isso não vou dizer o que penso dessas tuas ambições.

A única coisa que te digo, é que o Mourinho quando chegou ao Porto limitou-se a prometer o campeonato.

 
At 5/09/2006 5:07 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Guy, já reparaste que para ti existe sempre uma explicação 'lógica' para tudo, desde que essa explicação implique minorizar o Benfica? Sim, porque o Benfica só podia mesmo contratar um 'refugo' como treinador, daqueles que ninguém quer. Depois deve ser por artes mágicas que chega o fim da época e nunca faltam candidatos a quererem levar esse mesmo treinador daqui.

Esse argumento do Trap que utilizas de que ele não podia treinar em Itália e que ninguém o queria é que sim, é verdadeiramente falaccioso e foi lançado por aqueles que andam sempre a querer deitar abaixo o Benfica assim que se soube que o Trap vinha. O Trap podia treinar em Itália muito facilmente. O Carlo Mazzone é mais velho do que o Trap, e não foi por isso que deixou de treinar na Série A. Assim como o Paulo Bento não pode treinar na primeira liga e treina. E não foi por acaso que o Inter ou a Lázio estiveram interessados em levar o velho de volta.

Quanto à saída para o Estugarda, é óbvio que qualquer clube médio-alto da Bundesliga pode oferecer condições financeiras muito melhores do que qualquer clube português. Junte-se a isso o facto de o Trap poder estar mesmo encostado a Itália (onde ele continuava a ir regularmente quando cá estava), e ainda que ele tinha passado muito maus bocados enquanto cá esteve, que a saída dele não me surpreende.

Um treinador regra geral é mais fácil de contratar do que um jogador. Primeiro porque em média os ordenados são mais baixos. Depois porque os contratos deles por norma são feitos por objectivos, o que implica riscos muito menores para os clubes.

 
At 5/09/2006 5:29 da tarde, Anonymous Anónimo said...

(cont...)
Welcome back Guy Fawkes!!


Xelb, repete lá isso pá,
Campeão Nacional 2 vezes e finalista da Champions League?
Tá bem, e depois o treinador perguntava: E o dinheiro?
Eh pá cai das nuvens, parece-me que andas a ver a repetição de "Um Anjo na Terra" com o Michael Landon.
Scolari? Eriksson? nada disso.Eu prefiro o gajo da Roma do que gajos que venham só pelo Turismo Sénior.
Além do mais se o tecnico da Roma for amigo do Moggi, ainda melhor, porque se ainda pensam que os campeonatos e taças ainda se ganham dentro das 4 linhas e com tacticas, fair-play, dedicação , disciplina e outras coisas é melhor dedicarem-se ao rugby.
O que interessa hoje em dia são as "connections", se o Luciano Spaletti conhecer o Moggi e ainda por cima perceber um pouco de futebol e tiver um ar razoável, é optimo porque assim dizem logo que o gajo é o maior e um génio da tactica (que é o que os comentadores dizem quando um gajo não percebe nada do que está a fazer e ganha os jogos pelo lado mafioso), apesar de no aspecto não sermos tão exigentes como os "marqueses" (pode não ter olhos azuis, nem aquele ar apalermado e ausente que se convencionou cá em Portugal ser o "ar bem"), exigimos sobretudo que seja mafioso e alinhe no nosso sonho de gloria.
Agora discutir tácticas, bah... pré-eliminatorias!?!? isso é canja, basta um apito para o Moggi e deste para a Uefa e...já está.
Ou como é que pensam que o Barcelona
vai á final da Champions? Por causa do Ronaldinho e do Deco e do Messi e dos outros? O Tanas. Vai á final porque o M.Merck (UEFA)quis, aquele golo do Schev foi mais que limpo. E o penalty na Luz? Não brinquem comigo...A Champions League é um negócio, qual jogo, qual tacticas qual quê.
Se não tivessem "apertado" o Adriaanse alguma vez o gajo era capaz de ganhar um Campeonato?
E isso foi com quê, com tacticas?
E as namoradas do Pinto da Costa, vocês julgam que alguma vez levam alguma coisa de um tribunal? O juiz a esta hora já está borrado de medo e a pedir a mudança de comarca.
Futebol, tactica, justiça Portugal?
mas anda tudo maluco ou quê?
Após não sei quantos fóruns na TSF, opiniões publicas na SIC N e mais não sei quantas bancadas centrais , ainda pode existir um gajo que goste de desporto e pense que o que interessa são as tacticas ? Por amor de Deus, comprem mas é o Spaletti e vejam a questão da extradição entre Portugal e Itália, se não houver problema tragam tambem o Moggi.

 
At 5/09/2006 5:34 da tarde, Blogger D'Arcy said...

À partida não vejo qualquer relação entre o Spaletti e o Luciano Moggi. Até porque um est+a em Roma e o outro em Turim ;)

O Barcelona está de facto a ser escandalosamente empurrado até à vitória na Champions. As arbitragens nos jogos com o Milan e Benfica (embora neste caso nem sequer precisassem dela) foram incrivelmente caseiras. E já com o Chelsea não ficaram com motivos de queixa.

O jornal espenhol 'As' no outro dia é que dizia algo mais ou menos como isto: 'Em Itália desconfia-se que há algo mais do que amor entre os árbitros e Moggi; em Barcelona há sexo entre eles'.

 
At 5/09/2006 5:53 da tarde, Anonymous Anónimo said...

D'arcy, a relação se existe não a conheço porem, se non e vero e benne trovato. Mas hoje em dia existem telefones não?
E quem é que o sr. Moggi influenciava na UEFA? E quem é o principal rival da Juve? Milan, certo? e Quem jogava contra o Milan? Barcelona.
Apesar do Barcelona ter sido beneficiado desde o ínicio. Aposto que para o ano será o Chelsea a ganhar, porque o Mourinho já começou a estrilhar e convem não dar muito nas vistas, no ano a seguir aposto no Bayern ou no clube dos irmãos Glazer, não sei, cheira-me...
O dinheiro tem que continuar a correr D'Arcy.
Entretanto vamos ver como vão ser afastados cirurgicamente algumas selecções incómodas no Mundial da Alemanha. Para já é impensável a Alemanha não passar da 1ª fase, estava em causa a continuação da sra. Merkel no governo e a recuperação económica europeia:)
Mas que o rei vai NU, não duvides D'Arcy.

 
At 5/09/2006 6:20 da tarde, Blogger último! said...

Fui sempre um defensor do Camacho, Trapatoni e Koeman.
Acho que alterar todos os anos o treinador é má aposta, pois agora vem outro e terá que passar pelo mesmo período de adaptação do nosso futebol.

Por outro lado sei que o Koeman foi "queimado" com situações em que teria todo o direito de escolha ... enfim opiniões.
Por isso os exigentes adeptos benfiquistas não iriam perdoar e na primeira derrota "crucificavam" o homem.

Por mim tenho a suspeita que será mesmo o Eriksson e essa era a alegria que o Vieira prometeu a todos os benfiquistas.

Agora faço um apelo a todos os benfiquistas que não assobiem os jogadores ou treinadores do Benfica, já queimaram muitos jogadores com essas atitudes, acredito que o Beto pode ser mau mas tb tenho a certeza que com a pressão de 20 mil a assobiar, ele não melhora de certeza.
Outra coisa é o acreditarem nos disparates que a imprensa escreve!?
Sempre disse que os nossos piores inimigos são os Benfiquistas que só sabem dizer mal.

 
At 5/09/2006 6:24 da tarde, Blogger Harry Lime said...

D`Arcy,

Ao contrário do que pensas eu não penso que o Trapp fosse refugo. O homem é bom treinados: agarrou numa equipa da treta e fez deles campeões nacionais. O Trapp não é refugo e não sei onde foste buscar essa ideia.

O que acontecia com o Velhos Trapp é que, fruto das circunstancias (que ninguém pode negar), estava disponivel e barato. E voces fizeram bem em o apanhar. Seriam burros se não o fizessem.

É no aproveitamento de oportunidades destas de "bom e barato" é que está o ganho.

PS. Mais uma vez o que eu escrevo em relação ao Benfica aplica-se ao Sporting e a qualquer outro clube português. Nem o Porto com todo o seu dinheiro e a sua mafia conseguiu atrair um treinador de jeito.

 
At 5/09/2006 7:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Alem disso fazia parte da famosa Familia von Trapp (Musica no Coração),
lembram-se da sorella ?:)

 
At 5/09/2006 11:48 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Estou a ouvir o Humberto Coelho e o Toni na SIC Noticias e não consigo deixar de sentir alguma simpatia por eles e pela simplicidade com que eles falam da cena da bola. Sabem muito, estes ratões velhos!

Infelizmente não está lá o Rui Santos. Acho que o seboso se fartou de ser humilhado pelo Humberto Coelho e decidiu voltar para a casota dele com o rabo entre as botas.

 
At 5/10/2006 9:00 da manhã, Blogger Porco said...

Infelizmente não vi esse espectáculo que parece ter sido o bailareco que o rui santos levou do Humberto Coelho. Pelo que dizem, o seboso nem sabia onde se esconder.

Entretanto, cada vez mais se fala de scolari...

 
At 5/10/2006 10:28 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O Vieira disse que ele é que vai escolher o treinador, por isso preparem-se para o pior! Ainda por cima é uma surpresa!!!
Scolari é que não. Então antes do Europeu e para ficar bem visto fez uma peixeirada com o Benfica sem razão nenhuma e agora vinha para a LuZ?!
Turismo Sénior?! Vá-se inscrever no Inatel, ou então vá para Vila de Rei.Xunga!!
Aliás penso que o Vieira está a perder virtudes, 1º foi dar batatinhas ao presidente do Rio Ave (grande mânfio) acerca do que o Koeman disse, e aqui o Koeman revelou mais personalidade na defesa do clube que o Vieira, e agora se vier o Scolari, bem... é a capitulação
total e a inversão do "ser benfiquista".
Não tenho nada contra o Scolari, mas penso que num grupo de tres pessoas para as coisas darem certo, é preciso que pelo menos uma perceba de futebol. Agora digam-me se com o Vieira , o Veiga e o Scolari, se esta asserção é verdadeira. Não, claro. O máximo no Benfica que o Scolari pode aspirar é ser o Director de Merchandising, para fazer subir a venda de bandeiras, cachecois e camisolas, e não foi por acaso que o Florentino perez andou atras dele. Foi por perceber de futebol? o Perez? Qual quê o homem era um expert no marketing desportivo, e reconheceu aquilo que eu reconheço no Scolari, o melhor técnico do Mundo a vender merchandising desportivo.
Venha mas é o italiano, mas como já estou por tudo, tambem pode vir o gajo com a italiana. Scolari é que não!!!

 
At 5/10/2006 11:12 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Também eu, apesar da desilusão a nivel interno, esperava que esta época Koeman corrigi-se os erros, mas nao choro nem lamento a sua saída. Em relação`à nova época, á 2 caminhos a seguir: ou se aposta numa equipa experiente, com os Pires, os Ruis costas, os Karagounis e se aposta em ganhar todas as competições em que estamos inseridos, isto claro com um treinador também ele "velho" nestas andanças, ou apostamos num treinador com visão, jovem, que aposte em novas promessas e que tenha espaço de manobra para daqui a 2/3 anos ter uma equipa capaz de brilhar em todos os palcos. Um pouco à imagem de Rijkaard no FCB onde esteve um par de anos a construir e agora é o que é. Claro que esta minha ideia de Benfica passa por aí, mas também reconheço as limitações do clube. Lançando um nome para o ar, só para a discussão, apostaria no Humberto Coelho ou claro no SVEN!!!
Se bem que considero ser dificil um português ter sucesso no Benfica.

Saudações

Tiago Cunha Porto

 
At 5/10/2006 11:25 da manhã, Blogger Porco said...

E como será uma relação entre scolari e veiga, sabendo que scolari não gosta que se intrometam no seu trabalho...

 
At 5/10/2006 11:33 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Acho que a convivência entre o Scolari e o Veiga seria tão ou mais difícil do que a convivência entre o Veiga e o Camacho.

 
At 5/10/2006 12:17 da tarde, Blogger Porco said...

Exactamente por isso é que lancei esta questão D'Arcy...

Tendo como exemplos a (não) relação entre scolari e o fcp por causa do baia, e a relação entre veiga e camacho, não sei até que ponto scolari será uma boa escolha. Isto partindo do principio que veiga continua, já que nada aponta em sentido contrário.

Parece-me claro que por agora 3 nomes se destacam (isto porque no record ainda devem estar a fazer a lista de 45432 treinadores e 5423325 jogadores que o SLB vai contratar...): Eriksson, Scolari e Humberto Coelho.

Eu gosto do Humberto. Só me deixa um pouco de pé atrás porque só tem experiência de trabalho em selecções. Mas também, não se passava o mesmo com rijkard quando chegou ao barça?

 
At 5/10/2006 12:28 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Humberto já treinou clubes (pelo menos o Salgueiros) e esteve longe de ser um sucesso. Aliás, eu confesso que não tenho grande impressão do Humberto como treinador. Teve algum sucesso no Euro 2000, mas a fase de qualificação foi uma brincadeira, e além disso ele foi o introdutor da táctica de jogar sem pontas-de-lança. O que nos safou no Euro foi o Sá Rafeiro estar lesionado, o que o forçou a meter o Nuno Gomes a jogar.

 
At 5/10/2006 12:43 da tarde, Blogger Harry Lime said...

A questão das relações entre o treinador e o Veiga é uma questão muito importante. é que nos clubes normais as questões normalmeten estão relacionadas com dinehiros envolvidos ou plantel disponivel. Mas o Benfica é, de facto, um clube especial.

De facto, não há nenhum clube no Mundo que tenha um ex-agente à frente do Depatamento de Futebol (erro! acho que há um ou dois clubes do Paraguai, da Bolivia e da Nicaragua que o fazem)

O mais interessante é que os treinadores com mais prestigio parecem não se adaptar muito ao estilo do Veiga... I wonder why... Mais uma vez o Velho Trapp é a excepção porque era "refugo".

Podemo-nos também perguntar se o Ericksson está disposto a trabalhar com o Veiga. Será que está?

 
At 5/10/2006 12:47 da tarde, Blogger koelhone said...

Atenção que o Fernando Santos está livre!
:))

Agora mais a sério, fartei-me de rir com as exigências do Xelb.
Xelb, não me leves a mal, mas não te parece que estás a elevar a fasquia um tudo nada?...

Ora vejamos, equipas que nos últimos 3 anos tenham ganho o campeonato nacional 2 vezes e chegado 1 vez à final da Liga dos Campeões:
Para além do Barcelona, que conseguiu 2 dessas 3 coisas este ano, não existe nenhuma.
Espera. Existe. O FCPorto.
Mas estamos a falar de 2 equipas verdadeiramente excepcionais, convenhamos...
;)


Portanto, estás a dizer que seria mau conseguir o mesmo que nos últimos conseguiram as seguintes equipas:
- Mónaco
- AC Milan
- Liverpool
- Arsenal
- Juventus
- Inter Milan
- Valência
- Real Madrid
- Manchester United
- Bayern Munique
- Chelsea

Tudo equipas fraquinhas, como se pode constatar. Também, com treinadores tão fracos e com tão parcas condições de trabalho...
:))

 
At 5/10/2006 1:02 da tarde, Blogger D'Arcy said...

A questão do relacionamento entre o Veiga e um treinador é a mesma que se coloca no FCP com o PC. E o PC não é nenhum ex-agente de jogadores. Pára de ir sempre bater no mesmo sítio.

O Veiga, como director do futebol, acha que é ele quem põe e dispõe em tudo o que diga respeito à equipa de futebol do Benfica. O mesmo se passa com o PC no FCP. Por isso qualquer treinador que não goste de demasiadas ingerências nas áreas que lhe competem, não vai gostar de trabalhar nessas condições.

 
At 5/10/2006 1:03 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Fernando Santos, apesar de benfiquista, não me agradaria nem um bocadinho. Sempre o vi como um natural born loser.

 
At 5/10/2006 2:01 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O que é mais interessante em ti D`Arcy, é que tu pareces não fazer juizos de valor acerca dos dirigentes do Benfica.

Dizes coisas como o " Camacho não vem porque se dá mal com o Veiga" (apesar do Camacho ser um bom treinador que deixou saudades no clube) ou o "Scolari não quer vir porque se dá mal com o Veiga" (o Scolari tem muitos defeitos mas também tem muitos titulos...) e fazes de conta que é um problema de caracter dos treinadores.

Não é. O que voces reconhecem sempre que falam é aquilo que muita gente diz há muito tempo. O Veiga é um tipo esquisito para ter à frente de um Dep. Futebol. Suspeito que é por ser ex-agente, mas isso é uma opinião só minha...

O PC é um caso diferente. Para começar nunca foi agente....

Depois, o PC enquanto não atingiu a senildade só precisava de treinadores para treinar a equipa tudo o resto (escolher e comprar os melhores jogadores fazia ele porque tinha olho para o negócio e para topar bons jogadores. H´+a casos de pressão no sentido de por a jogar o jogador A, B ou C (o Baia, por exemplo) mas isso é já na fase de senildade dele.

Se o Veiga fosse um dirigente do calibre do PC antes de se passar voces não tinham problmeas nehnuns

Quando atingiu a senildade teve sorte, contratou o Mourinho (tenho certas duvidas que o PC se tenha metido muito no trabalho do Mourinho e quando se meteu foi o que se viu...).

Agora que está senil e que o Mourinho foi embora tem uma coisa que os outros grandes não têm: dinheiro. E isso é mais do que suficiente para vencer campeonatos em Portugal com regularidade. Mesmo com treinadores estupidos como o Adriaanse.

Além disso, , repito- o, o PC nunca foi agente. Mas isto sou eu a falar... a dar na mesma tecla :))))

Curiosamente outros escribas neste blog (bem benfiquistas!) já levantaram questões relacionadas com comissões de transferencia (e o seu não pagamento...) que me parecem mais cenas de agente do que director desportivo. Mas pronto, mais uma vez isto sou só eu a falar... a dar sempre na mesma tecla.

 
At 5/10/2006 2:03 da tarde, Blogger Harry Lime said...

N~so percebo porque é que o Fernando Santos é um natural born looser.

Ele venceu 2 campeonatos ao serviço do Porto sob a batuta do PC. Calculo que também o consiga fazer no SLB sob a batuta do Veiga...

E depois ainda vai à final da CL. em suma, é o treinador perfeito para o xelb!

 
At 5/10/2006 2:54 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Errado. O Fernando Santos venceu um campeonato apenas no FCP. Em três anos. E conseguiu a proeza de ser o único treinador em Portugal a conseguir não ganhar o campeonato tendo o Jardel em condições no plantel.

A questão do Veiga não tem nada a ver com o que dizes. O Veiga tem uma forma de gestão que implica controlar tudo o que diz respeito ao futebol, incluindo a formação do plantel. Há treinadores (como o Camacho) que não admitem isso. Quando o Camacho cá estava e lhe disseram que o Yannick já tinha sido contratado, ele disse logo que se isso era verdade então a pessoa responsável por isso devia ser despedida, porque o treinador não tinha conhecimento do assunto. Não se trata de nenhum 'problema de carácter' dos treinadores, trata-se sim de um problema de incompatibilidade de carácteres entre duas pessoas. O PC no FCP funciona assim. É ele quem forma o plantel, e o treinador é lá posto para treinar e mais nada. A excepção a esta regra foi o Mourinho, mas quando ele lá chegou o PC estava a entrar em desespero, e só podia ceder.

E já agora, o PC pode nunca ter sido agente de jogadores, mas quer ele quer diversos dirigentes da SAD portista já devem ter feito tanto dinheiro como o Veiga à custa de comissões. E isto não é dito por mim, é dito por portistas.

 
At 5/10/2006 3:08 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O problema não é do caracter dos técnicos, é do caracter do Veiga... que aparentemente se põe a braços com coisas que não sabe fazer.

O que é que um tipo que toda a vida foi agente (e agora é ex-agente) sabe acerca de gestão de planteis? Pode saber ou pode não saber. Neste caso particular não sabe!

 
At 5/10/2006 3:38 da tarde, Anonymous Anónimo said...

D'Arcy, então visto que o Veiga é que contrata os jogadores e controla tudo no Depº futebol, ainda achas que o Sven "priapo" Eriksson ia nisso?
O sueco olhava para o Veiga e mandava-o bugiar (para ser simpatico), não achas? Um gajo que manda na selecção inglesa, depois vem para Portugal aturar o Veiga?
Aliás o Veiga não julgue que manda naquele clube, se ganhou alguma coisa deve-o ao Trapp, ele que não embandeire (lá me veio outra vez o Scolari ao pensamento)em arco.Ontem
na SIC N via-se bem que tanto o Toni como o Humberto estão-lhe com uma sede do caraças. Não porque queiram ir treinar o Benfica ou por dor de corno, mas porque são Benfiquistas e não gostam da forma como ele conduz o Futebol, nem a falta de respeito que evidencia perante outros colegas de direcção.
Agora para treinador continuo a apostar no italiano da Roma com ou sem Moggi.Ou então ainda nos sai o Chalanix.

 
At 5/10/2006 4:21 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O Chalanix é um treinador do caraças. Fartou-se de ganhar montes de titulos no Oriental :)))

O Alvaro Magalhães também me parece uma boa hipotese que conseguiu promover o Naval 1º de Maio e foi adjunto do Velho Trapp.

E já agora, eu insisto na ideia proposta pelo JFilipe: o Luis Campos é que era mesmo o melhor!

 
At 5/10/2006 5:30 da tarde, Anonymous Anónimo said...

GF, quanto ao PC e seu génio. 1) Foi buscar o Futre ao essecepe. 2) "roubou" o Jardel ao Benfica, 3) manobrou para levar para lá Deco e Maniche. São os três momentos (mais o Mourinho) que definem os triunfos do fequepe. É mais espionagem industrial que olho para descobrir jogadores.

O ocaso do PC não tem a ver com senilidade, tem a ver com o facto do departamento de futebol do Benfica não valer grande coisa e não ter encontrado Jardéis ou Decos nos últimos anos.

 
At 5/10/2006 5:53 da tarde, Blogger Harry Lime said...

é interessante a quantidade de benfiquistas que partilham posições comigo. eu avento duas explicações para esse fenomeno:

1- essas pessoas deixaram de ser benfiquistas e passaram a ser sportinguistas como eu. Neste caso sejam benvindos! O sporting receb-vos de braços abertos!

2- deixaram as drogas e voltaram a ser pessoas normais (o que nos conduz à hipotese 1).

De qualquer forma, este bom senso é algo surpreendente num clube mundialmente conhecido pela imensa quantidade de poetas, de misticos, de Messias, de fanaticos religiosos e de escritoras light que nele militam.

 
At 5/10/2006 5:58 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O Fernando Santos saiu do AEK mas deve ser para trabalhar no Casino Lisboa.Após várias tentativas e como os gregos tambem já não papam grupos
achou melhor dedicar-se aos jogos de azar, porque a sorte não quer nada com ele .

É verdade pá o Luis Campos, por onde anda esse gajo? O gajo era "atrevido" e a falar ninguem o levava preso, que o digam os presidentes desses clubes mais pequenos como o Gil Vicente e outros, era com cada garruço, só em indemnizações deve ter sacado um Euromilhões. Não, chama-lhe parvo.
Já tenho saudades de alguns cromos que andavam pelo futebol nacional, agora todos têm a mania que são Mourinhos.Mas nós no Benfica ainda temos o Chalanix, o "six fingers" Magalhães, o "zarolho" Diamante e outras peças. É por isso que eu adoro o Glorioso. É o unico clube de bairro Universal. O MAIOR!!!
Viva o SLB, Viva Portugal!

 
At 5/10/2006 6:02 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Eu não vejo nenhum ocaso do FCP. Vejo o PC a ficar senil mas não vejo o Porto a ganhar menos campeonatos (o ano passado foi um soluço).

Este ano com um plantel completamente randomizado e um treinador idiota como poucos, o FCP foi campeão. Porque? porque tinha dinheiro para esbanjar em jogadores de qualidade aleatória.

 
At 5/11/2006 12:03 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O tipo de gestão que o fequepe tem só é sustentável indo aos quartos de final da CL todos os anos. O campeonato português não gera receitas para gastos da ordem de 50 milhões de euros por época, e os multimilionários russos não voltam a pagar os disparates que pagaram por Maniches e Costinhas.

No passado o fequepe usou a esperteza saloia para ganhar a primeira liga dos campeões (Futre), o penta (Jardel) e até nos anos Mourinho isso aconteceu (Maniche e Deco). Agora teve que realmente abrir os cordões à bolsa e mesmo assim foi à justa, bastava o Paulo Bento ter tido a sorte que teve contra o Benfica e Rio Ave para o campeão vestir de verde-ranho.

 
At 5/11/2006 10:54 da manhã, Blogger Porco said...

Bom... Parece que estavas a adivinhar... "O jogo" de hoje trás na capa como 1ª opção o Erikssoon, e como solução de recurso... zacheroni...
Não sei até que ponto será verdade, até porque este é dos nomes mais fáceis de lançar. está livre, já no ano passado tinham insistido nele. Enfim... Começo é a achar estranho como é que o "Record" ainda não lançou nenhum nome. A lista deve ser tão grande que nem sabem por onde começar. Mas não deve faltar muito até falarem em Luiz Fernandez...

Mas "o jogo" tb trás uma boa noticia. Ou antes, uma excelente noticia que espero que seja verdade. Robert para o rangers. O que no fundo não passa do reconhecimento do gigantesco flop que foi a sua contratação, ainda para mais nas condições que se conhecem...

Já agora, o Karadas tb vai regressar...

 
At 5/11/2006 12:58 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Zaccheroni já começa a ser um clássico sempre que se fala de treinadores para o Benfica... só não percebo muito bem porquê.

A Bola também fala da possível saída do Robert, por isso espero que seja mesmo verdade. Apesar de ter alimentado algumas expectativas aquando da sua contratação, acho que é evidente que se tratou de um flop, e é bom vermo-nos livres do peso que deve ser o ordenado dele. Pode ser que aproveitemos esse dinheiro para oferecer um contrato em condiç~eos ao Miccoli :)

Não vejo com muitos maus olhos o regresso do Karadas. Ele não é nenhum portento, mas é bom profissional e dá sempre o litro quando está em campo. Ainda acho que ele nos teria dado muito jeito em certos jogos esta época. Masi útil que foi o Marcel, isso seria sem dúvida.

 
At 5/11/2006 4:02 da tarde, Blogger Harry Lime said...

JFilipe,

Desde quando é que é "esperteza saloia" ver talento onde os outros não viram? O Futre foi um caso desses. O João Rocha (que os benfiquistas tanto gostam de citar)via mais futuro no Litos do que no futre. O PC viu a oportunidade e agarrou-a!

E esqueces que a equipa do Porto desses anos tinha mais gente muito boa. Ou vais-me dizer que o PC também teve esperteza saloia quando foi buscar o Madjer à 2ª Divisão Francesa? Ou o Celso às obras?

O Jardel tanto quanto eu me lembro não foi para o Benfica por migalhas, por meia duzia de contos que o SLB não queria pagar. O SLB não pagou, o Jardel foi para outro lado (que "por acaso" era o Porto). Queixam-se de quê?

E depois, em relação ao Maniche voces esquecem-se que o SLB o tinha na equipa B. Se calhar havia boas razões para ele estar na Equipa B mas a verdade é que ele estava lá, o Mourinho topou-o, apontou-o ao PC (que deve ter ficado deliciado pelo baixo preço do jogador) e o Maniche fez pela vida. Censuras alguma das partes envolvidas?

Em relação ao Deco, é verdade que o PC o "roubou" ao Benfica, mas o Mourinho é que o domou e o transformou num jogador da bola disciplinado e sólido.

E mais uma vez o Porto tinha jogadores muito bons (ou melhor, jogadores que funcionam bem numa equipa treinada pelo Mourinho) nessa altura: Costinha, Ricardo Carvalho, Jorge Costa, Derlei... Tanto quanto eu sei o Benfica nunca teve nada a ver com estes gajos.

E depois o Porto precisa de chegar todos os anos aos quartos de final da CL para se manter. Mas isso é algo que eu lhes vejo acontecer com alguma regularidade. Este ano não aconteceu (nem deve acontecer enquanto o Adriaanse lá estiver) mas com um treinador minimamente decente isso pode acontecer.

 
At 5/11/2006 4:06 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O problema com o benfiquistas estão a por a fasquia tão alta (Scolari, Ericksson, mesmo Zaccheroni...) que vão ficar desiludidos.

Cá para mim, ainda vos lá cai o Carlos Queirós ou então o Luis Campos... E voces vão fazer figura de ursos (para variar).

 
At 5/11/2006 4:10 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O Miccoli fica definitivamente se voces conseguirem o apuramento para a CL. Se não o conseguirem. Ele baza no Natal.

Apesar de mesmo o Natal ser tarde demais para mim. O Benfica com aquele gajo ao seu melhor nivel pode-se tornar uma coisa temivel.

 
At 5/12/2006 12:57 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Está tudo muito silencioso por aqui...

Acho que a grande surpresa do LFV é o anuncio do próximo mister do SLB: vais ser o actual treinador do Maxaquene (que por fala nisso também não se encontra muito famoso). Mas pronto o Maxaquene sempre foi mais famoso pelas sua equipa de basquetbol (entre as melhores de Africa!).

Talvez o novo mister do Benfica seja o técnico responsavel pelo basquetbol do Maxaquene. Acho que é um técnico jovem e e vencedor capaz de liderar o futebol benfica na sanha gloriosa ambicionada pelo xelb.

 
At 5/12/2006 3:07 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

Guy, és mesmo doente pelo Benfica, pá! Há mais coisas na vida, liberta-te dessa mania!

 
At 5/13/2006 2:48 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

Oh Guy Fawkes, o nome Carlos Janela diz-te alguma coisa?

 
At 5/13/2006 6:12 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Calro que há. Isto, por exemplo

 
At 5/13/2006 8:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Liverpool after Luisao

http://www.portuguesesoccernewslinks.com

 
At 5/14/2006 7:16 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Quem é o Carlos Janela? Eu deveria conhecê-lo?

 
At 5/14/2006 7:23 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Tendo em conta que os assuntos do Benfica aparentemente te interessam mais do que os do teu próprio clube, não, não creio que devesses conhecê-lo.

 
At 5/15/2006 9:11 da manhã, Blogger Quetzal Guzman said...

Pelos teus comentários, já tinha percebido que não o conhecias. Mas deverias. É que se o Veiga é um antigo empresário inserido num departamnento de futebol (no caso, o Benfica), o Janela foi um gajo que se tornou empresário enquanto integrava um departamento de futebol (no caso, o do Sporting). E que belas massas facturou ele nesse tempo.

 
At 5/15/2006 2:20 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Então e depois? Continua nos orgãos directivos do clube?

Essa é que é a questão. Ainda bem que só agora, depois de meses e meses, comigo a chatear-vos o juizo é que voces se lembram desse caso. Bom sinal.

PS. Por falar nisso sempre pensei que voces não se preocupassem cos verde-ranho (bonita expressão, sem duvida não admira que o D`Arcy a tolere)

 
At 5/22/2006 1:27 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

"Então e depois? Continua nos orgãos directivos do clube?"

Razão tem o D'Arcy quando diz que a tua argumentação só tem um princípio lógico: a fuga para a frente. Não fui eu que disse que o Veiga era a único pessoa a conciliar o facto de ser (ou ter sido) empresário e ser (ou ter sido) funcionário de um clube. Mais te digo: o Janela não é caso único no teu clube.

 

Enviar um comentário

<< Home