domingo, maio 07, 2006

Vergonha

Foi com uma exibição paupérrima, e um resultado vergonhosamente condizente com a mesma que o Benfica se despediu deste campeonato. O Benfica foi dominado em todos os aspectos do jogo por uma equipa que lutava para não descer, e apesar do resultado praticamente não interessar para nada fiquei envergonhado com a forma como jogámos. Em termos qualitativos, aliás, não foi muito diferente do que se passou na jornada passada.

A táctica apresentada começou logo a ajudar à festa. Mais uma vez apresentámos o remaldito 4-3-3 no qual o Beto faz o papel de médio direito. Isto não é um ataque ao Beto: todos sabemos que ele é um jogador limitado, pelo que a melhor forma de tirar partido dele é pô-lo a fazer aquilo que ele sabe, não é estar a atribuir-lhe funções para as quais ele não está adequado. Depois, não aceito que o Manduca seja um titular de caras no Benfica. É um jogador com algumas qualidades, mas é também lento a executar e um dos jogadores mais burros que já vi nos últimos tempos no Benfica. O Miccoli voltou a ficar entregue ao deus-dará lá na frente, sendo solicitado sobetudo através de bolas pelo ar (brilhante!). A equipa foi praticamente incapaz de alinhavar uma jogada com princípio, meio e fim durante a primeira parte. Da primeira (e praticamente única) vez que isso aconteceu, chegou ao golo, um bocado até contra a corrente do jogo, já que era o Paços quem fazia mais pela vida, correndo e atacando mais do que o Benfica. A nossa vantagem ao intervalo era claramente injusta.

Mas na segunda parte, quando se esperava que o Benfica gerisse a fortuna que era a vantagem no marcador, eis que surge São Moretto em auxílio dos pequeninos, dando um perú tão grande que até os meus olhos foram enganados. Eu só percebi o que é que se tinha passado quando vi a bola na baliza, porque pensava que ela estava nas mãos do Moretto e que este iria lançar o contra-ataque. Se a primeira parte tinha sido má, a verdade é que ela foi um autêntico recital de futebol benfiquista quando comparada com o que foi a segunda parte. Foi um desastre completo. Os jogadores pareceram esquecer-se que havia uma táctica, e andavam quase todos aos encontrões a correr atrás da bola pelo campo fora. Não foi surpresa quando o Paços marcou o segundo, e mesmo nessa altura eu pensei para mim mesmo que aquilo não ia ficar por ali. As substituições feitas também não ajudaram em nada. Quando se mete o Beto a médio direito, mesmo antes do jogo começar já sabemos todos que a primeira substituição vai ser exactamente aquela - o problema é que entrou o Marco Ferreira, que ainda foi pior que o Beto. Depois quando se quer marcar golos, tira-se o Miccoli e mete-se o Marcel, bem, isto é para mim um verdadeiro tiro no pé. Nem é apenas pela qualidade ou não do Marcel, é sim pelo facto de se estar em desvantagem e, ao fazer isto, estar-se praticamente a gritar a plenos pulmões para avisar a equipa que está em vantagem e defende essa vantagem: 'Ei! Nós vamos desatar a fazer chuveirinho para a área, OK?'. O Paços marcou o terceiro, conforme esperava, perdemos o jogo, e perdemo-lo bem. Se quiser escolher algum jogador que se tenha safo do descalabro total, só mesmo se for o Léo. Acho que o depósito da minha paciência com o Koeman está a acender a luz de reserva. Ou o homem ainda anda genuinamente às aranhas, ou então está deliberadamente a facilitar a vida ao LFV e ao Veiga para o porem a andar.

Os únicos factores positivos desta última jornada da liga acabaram por ser a descida do Guimarães (ou melhor, do palerma do Vítor Pontes) e do capacho do FCP em Lisboa (embora o FCP não deva estar muito preocupado, uma vez que já se assegurou que arranjou um novo capacho, que até lhe faz salamaleques depois de ser pisoteado e de limparem os pés na sua cara). Curiosamente estas duas equipas que desceram assumiram-se no início da época como candidatas à Europa.

46 Comments:

At 5/07/2006 10:30 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Também não é questão para exagerar tanto. Depois de o seportem ter marcado, os jogadores do Benfica estavam mais preocupados era em não se lesionarem, enquanto que São Moretto deu alento ao Paços para se safar da descida. Pelo menos o resultado serviu para levar o coiceiro para a segunda.

Para mim quem está a mais até nem é o Koeman. Afinal o homem "começou" a época com 8 pontos de atraso. Só com a entrada do Miccoli houve um mínimo de escolha. Quem é incompetente é o Veiga. Em dois anos não contratámos um único jogador de jeito e perdemos Tiago e Miguel.

Eu acho que se deve deixar o Koeman fazer a equipa dele, com uma pré-época a sério. Vê-se claramente que o homem não se revê no que tem entre mãos.

 
At 5/07/2006 10:38 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Mas é essa atitude de 'estarem preocupados em não se lesionarem' que me custa admitir em jogadores do Benfica.

O Koeman, mesmo ficando, duvido que alguma vez possa construir uma equipa com apenas jogadores escolhidos por ele. Se o Veiga não quiser, eles não vêm. Veja-se o caso do Diego: foi contratado, e está há um ano emprestado no Brasil porque o Veiga não quer que ele venha.

 
At 5/07/2006 10:59 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Sem Simão e Nuno Gomes o resto da equipa não mete grande medo aos adversários. (o que é verdade por exemplo também para esportem sem moutinho e liedson). Sem Alcides e Nelson nem defesas laterais temos. Eu acuso o Koeman no jogo com o esportem e nos jogos em que teve a equipa em condições, não nestes últimos jogos.

Quanto ao brio dos jogadores... Beto, Manduca, Miccoli, Karyaka, Marcel, Marco Ferreira, é o primeiro ano deles e não sabem se vão estar lá para o ano. O Marcel, Beto e Marco Ferreira devem ser emprestados ou servir de moeda de troca. O Karyaka deve ser vendido ou dispensado. O Miccoli não é certo que fique. O próprio Manduca vai depender do que se passar com Manu e Carlitos.

O Veiga sinceramente não percebo, não nos trouxe vantagem nenhuma. A equipa está mais fraca que nos anos do Camacho.

 
At 5/07/2006 11:25 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O Benfica é ridiculo. Não jogam nada e depois armam em bons. Depois dm jogo como o de hoje pergunto-me qual o sentido dum post a bater nos dirigentes de um clube que ficou à vossa frente 5 pontos (mas que não deixa por isso de ter problemas e defeitos muito graves!)

Nunca vi nenhum clube que tivesse tão pouca uva para tanta parra. A verdade da vossa época é simples: foi planeada tarde e às más horas. Jogadores comprados sem critério (alguins deles bons jogadores como o Miccoli) e um treinador inventor.

PS. Há apenas um aspecto claramente desgradavel (e revelador...) neste post, esta frase:

embora o FCP não deva estar muito preocupado, uma vez que já se assegurou que arranjou um novo capacho, que até lhe faz salamaleques depois de ser pisoteado e de limparem os pés na sua cara

Em priemiro lugar, seria boa ideia que o D`Arcy desse nomes. em segundo lugar que oferecesse provas. Como não faz uma coisa nem outra só posso atribuir estas declarações a ressentimentos causados pela derrota (vulgo mau perder). Esperemos que não seja mais do que isto...

PPS. Curiosamente não se encontram declarações deste teor no post homologo da época passada. No ano passado tudo foi lindo e limpo. Este ano há capachos, salamaleques e lamber de botas. Muito bem!

PPS. Este comentário é sério. Espero que o prefiram aos meus exageros.

 
At 5/07/2006 11:35 da tarde, Blogger D'Arcy said...

'Wooooshhh!

Este é o som do sentido da referida frase a passar por cima da tua cabeça. Se correres muito pode ser que ainda o consigas apanhar.

A tentativa de relacionar o post linkado ao jogo de hoje é hilariante. É como relacionar alhos com bugalhos, mas enfim.

 
At 5/07/2006 11:39 da tarde, Blogger dezazucr said...

O problema é que o Veiga ó aceita os jogadores que implicam comissoes para ele. O caso mais flagrante foi o do Diego que uma vez que não deu a comissão para ele, nem sequer teve a oportunidade de mostrar o que valia, ao contrário de cepos como Betos, Morettos e companhia. Este ano as únicas contratações de jeito foram o Léo e o Nélson, curiosamente os nossos 2 melhores jogadores este ano, um em cada metade do campeonato. É um bocado triste quando os nossos melhores jogadores são defesas.

 
At 5/08/2006 12:10 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Eu não acredito nisso. Porque o Veiga pode ser um crápula, mas sobre o LFV eu tenho poucas dúvidas. E não acredito que o LFV deixasse o Veiga estar onde está para se andar a encher à custa de comissões.

A questão é que o Veiga quer ter mão em tudo o que diga respeito à equipa de futebol (é por isso que o Camacho não pode voltar para o Benfica, dado que a política dele é a de que até o presidente do Benfica só entra no balneário para dizer 'bom dia'), e a contratação do Diego não teve o aval dele. Por isso duvido que o Diego algum dia vista a camisola do Benfica.

 
At 5/08/2006 12:17 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Ena, o GF a fingir que colocou um comentário sério.

Eu confesso que às vezes não percebo bem a táctica do Koeman, mas o Paulo Bento nem sequer finge que treina a equipa. O essecepe não tem fio de jogo, nem estratégia, é tudo ao molho e pontapé para o lado. A equipa limita-se a esperar pelo autogolo ou que um adversário acabe por meter a bola nos pés do Liedson. Isso surpreendeu o Koeman, e mesmo o Adriense só ganhou porque teve sorte. Hoje pelos vistos lá conseguiram um golito razoável.

Tenho uma grande curiosidade em ver o que isto vai dar na liga dos campeões. O fequepe do Mourinho era terrivelmente organizado e de certa forma previsível. O essecepe do Bento é o caos completo. A questão é se temos um outro génio, ou se se tratou tudo de uma sorte do caraças potenciada pelo namoro FSF/PC.

 
At 5/08/2006 12:30 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O dezazucr defende o que eu defendo há muito tempo. Ter um agente como director do departamento de futebol é algo que não lembra a ninguém. é uma situação que eu não gostaria nada de ter no meu clube.

Mas pronto, toda a gente acha que as pessoas têm intenções escondidas porque não sou adeptas do glorioso e depois descobrem estes factos básicos da vida tarde e ás más horas.

neste momento, a posição do D`Arcy em relação ao Veiga é baseada apenas numa curiosa presunção de inocencia que demonstra em relação ao LFV. Para o D`Arcy, o LFV continua o Grande Messias do Glorioso.

Meu, faz figura de urso o tempo que quiseres mas depois não venhas dizer que ninguém te avisou.

PS. Mais uma vez mantenho: há muito mau perder no que foi escrito neste post. o que é triste. E mantenho também: o que se passou no Benfica esta época tira toda e qualquer autoridade aos benfiquistas para falarem de alto acerca de qualquer outro clube.

PPS. Continuo sem perceber os teus problemas com o FJF. É ele o lacaio do PC? E é-o porque criticou umas afirmações cretinas do Koeman? O que tu chamas ao Koeman (aqui) não é muito diferente do que o FJF lhe chamou (de forma um bocado mais discreta e subtil, é verdade mas o fundo é o mesmo). No entanto, ninguém desconfia que tu sejas em um capacho [do PC], que até lhe faz salamaleques depois de ser pisoteado e de limparem os pés na sua cara... Ou serás?

 
At 5/08/2006 12:38 da manhã, Blogger Pedro Neto said...

Mau demais para ser verdade!

Só as descidas do Vitória, do Belém e do Rio Ave me "adoçam a boca".

Muita gente para ser corrida do clube a começar pelo Veiga e pelo laranjinha atrasado mental.

PS: Ó Marcel, o que é que é isso ó meu?

 
At 5/08/2006 1:03 da manhã, Blogger D'Arcy said...

1- O Veiga não é agente de jogadores;

2- O que o teu clube anda a fazer há décadas tiraria toda e qualquer autoridade para um dos seus adeptos tentar falar de alto acerca de qualquer outro clube, particularmente do Benfica. Isso não te impede de seres incapaz de fechar a boca, pois não? Vê lá se tens mais atenção às figuras de urso de que falas.

3- Continuas sem perceber, e eu não vou explicar. Não tem nada a ver com mau perder, escusas de te iludir, e tentares dar a ti próprio a satisfação de pensares que eu estou de alguma forma incomodado com o que quer que se passa no teu clube. Tens a mania que sabes sempre tudo. Queres perceber melhor, tenta descobrir o que o teu consócio (quer dizer, consócio não que tu não és sócio) João Rocha disse acerca do 'Projecto Roquette' para o teu clube.

4- Candidata-te à presidência do SLB. A tua visão, conhecimento, e sapiência sobre os assuntos do Benfica, e até mesmo a capacidade de prever o seu futuro são um bem demasiado precioso para se perder. E de caminho, faz um blog sobre o Benfica. De certeza que farás um trabalho melhor que o meu, já que em comparação contigo eu não percebo nada disto.

 
At 5/08/2006 1:20 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Subscrevo, quase a 100%, o comentário do D'Arcy. E, ao contrário de jfilipe, não me parece que o comentário tenha sido nem um pouco exagerado.
Discordo do D'Arcy da apreciação (quanto a mim...) muito negativa que faz do Manduca, que me parece uma mais-valia para o plantel, embora não me pareça que mereça ser titular "de caras". É portador de boa técnica, tacticamente cumpridor, embora, como foi referido, seja um pouco lento e, pior que isso, algo egoísta.
Quanto ao jogo de hoje, foi outra vez um sofrimento extremo. Não pelo que o resultado poderia significar (em condições normais nada adiantaria, a não ser para a estatística...), mas antes pela exibição e pela demonstração de uma pobreza de atitude e de postura que não se pode admitir em profissionais. Como tenho defendido desde o início da época, o Benfica foi, sempre (CL incluída...) uma equipa confusa, sem filosofia de jogo e sem rotinas (de defesa ou de ataque), vivendo das circunstâncias e das incidências de conjuntura, falhando sempre que era necessário assumir "as despesas do jogo". O que mais dói é que este é, na minha opinião, o melhor plantel dos últimos quinze anos.
O que nos recoloca na questão da apreciação do trabalho da equipa técnica e do elenco directivo para o futebol...
Primeiro: Koeman não é treinador. Demosntrou isso ao longo da época, à saciedade, em diversas e distintas ocasiões. Ou, pelo menos, não é treinador para o Benfica. E não é só em termos meramente técnicos: é, também, como líder, como condutor de homens, de um grupo. Talvez venha, até, a ter algum sucesso, algum dia, em algum lugar deste mundo. Não será, nunca, no Benfica. E, para infelicidade nossa, temo que não seja muito fácil livrarmo-nos dele...
Segundo: O gestor (?) para o futebol tem que entender que o seu papel é acrescentar valor e unidade ao grupo, e não dividir os atletas e impôr as condições que ele próprio entende, as quais, pelo menos aparentemente, dão a ideia de terem sempre por base critérios duvidosos e apreciações subjectivas e pessoais. Veiga parece-me uma pessoa extremamente impreparada para a função que desempenha, e tenta compensar essa lacunas com "mão-de-ferro". Essa é a pior combinação possível...
Terceiro: Estamos (parece-me...) a lavrar no erro de fazer do Benfica uma agência de jogadores, onde se compra mais a pensar nas mais-valias de uma futura venda, do que na construção séria e consequente de uma equipa para lutar e disputar as competições e os jogos, todos, com empenho e total entrega. No fundo, parece-me que estamos mais a gerir activos (Veiga não terá condicionado muitas vezes as opções técnicas? Parece-me que tem "estômago" para isso...) do que empenhados em fazer uma equipa. Veiga pode não ser comissionista, mas lá que parece, parece...
De outro modo, como se compreenderiam alguns empréstimos e posteriores contratações? Emprestar Carlitos e, depois, contratar Marco Ferreira? Emprestar Bruno Aguiar e ficar com Beto? Emprestar jovens como Hélio Roque e Manu, e ir contratar um "velhote" (declaradamente lento e muito conflituoso...) como o Laurent Robert? Emprestar Karadas e contratar Marcel? (Posso vir a enganar-me muito, mas tenho cá as minhas dúvidas...). Não precisaríamos de ficar por aqui, entenda-se...
Por outro lado, há jogadores neste plantel que, talvez pela ocorrência de situações anteriores mal geridas, veem o Benfica como "barriga de aluguer", ou seja, como um clube onde podem conseguir a visibilidade para darem um passo (quase sempre maior do que a perna...) e fazerem um contracto realmente milionário. Esses, muitos deles reincidentes, estão claramente a mais, e não têm tido resposta à altura da SAD!
Uma nota final (que o comentário já vai longo...) para o desempenho dos atletas em Paços de Ferreira. Com excepção de Micolli, Léo, Luisão e, talvez, Manduca, o restantes estiveram lá porque os mandaram... Até Petit, Andreson e Manuel Fernandes. E, claro, como vem sendo habitual desde há muito, R. Rocha (a excepção foi, mesmo, os desafios que fez na CL... Porque terá sido?)...

Por fim, e não tendo nada a ver com estas questões do nosso interesse, quando o D'Arcy respondeu a GF iniciando o comentário com a onomatopeia "'Wooooshhh!", fiquei convencido que ela representava o barulho da água ao ser puxado o autoclismo. Porém, enganei-me. Paciência....

 
At 5/08/2006 9:08 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Que grande confusão! Anda tudo a escoder o jogo. O Koeman está mortinho por se ir embora e o Vieira está mortinho para que o Koeman se vá.
O Veiga não sei bem o que ele pensa, mas deve ser o unico que quere que ele fique para não ter que "trabalhar" muito durante estes meses e não fazer
a porcaria que faz todos os Verões.
O que as pessoas não dizem é que o tipo de treinador que o Koeman é ,cultural e tacticamente, responsabiliza muito os jogadores.Não é o tipo de treinador português, para quem os jogadores são seres que não têm cérebro (tipo Liedson)e que não pensam pela propria cabeça, assumindo uma atitude paternalista e protectora.O tipo de futebol que Koeman quer praticar não se compadece com o "choradinho". E aqui
volto a Trappatonni, de quem os jogadores diziam que era "um segundo pai". Trap era esperto e sabia que o perfil psicológico (alem do seu proprio)daquela equipa não dá para muito mais, ferrolho atrás e Simão á frente.
Não pretendo com isto defender as opções de Koeman, mas trazer para análise escolas diferentes e abordagens diferentes ao jogo e á equipa. O que compete a um director desportivo na área do futebol é fazer esta análise. Ora como se vê, o Sr. Veiga não tem essa capacidade, e como resultado a equipa do Benfica
não tem um rumo. Deveria ser feito um estudo sobre o tipo de futebol que o clube quer praticar, depois arranjar um treinador e jogadores que o desenvolvessem.
Nesta altura o clube está numa encruzilhada. Se koeman continuar vão haver grandes mudanças na equipa,para daqui a um ano mudar tudo outra vez com nova mudança de treinador.Valerá a pena? Não creio.

 
At 5/08/2006 10:16 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O Veiga foi agente de jogadores durante mais de 20 anos.

O Veiga tem inumeros contactos junto de clubes, jogadores e federaçoes

O Veiga durante muitos anos trabalhou para um clube rival do Benfica.

Vais-me dizer que tudo isto muda de um dia para o outro só porque o LFV o fez ver a Luz e o tornou uma pessoa melhor?

Deixou de ter a licença FIFA. So what? Agora tem um "capacho" (para usar a tua linguagem) que trata dessas formalidades por ele.

Nada disso. O LFV contratou-o exactamente por causa da sua experiencia como agente e da sua habilidade para fazer negocios "manhosos". Cheira-me (mas não tenho provas) que o LFV é tão "crapula" como o Veiga. Só o facto de considerares o LFV como o Messiaa Benfiquista é que te impede de ver o que muita gente já viu.

Curiosamente, o PC sempre separou as águas. e tirando a famigerada Casa do Porto no Luxemburgo, o Veiga nunca teve cargos directivos no Porto.

O PC é que sabe como é que as coisas se fazem. Tem os seus amiguinhos, as suas preferências mas nunca deixa de controlar o essencial do process: ele é que escolhe os jogadores e ele é que selecciona as condições sob as quais eles jogam pelo Porto. Não delega essa função num qualquer ex-agente de jogadores de futebol.

Ou pelo menos era assim antes de ficar senil e do Mourinho lhe ter baralhado os esquemas todos do Porto.

 
At 5/08/2006 10:44 da manhã, Blogger D'Arcy said...

E toda a gente sabe que o teu 'olfacto' é a coisa mais fiável do mundo. Por isso o ideal seria o Benfica ser governado com base naquilo que tu cheiras. O Veiga é um profissional do clube. É um gestor profissional do futebol do Benfica, como qualquer outro gestor de uma empresa. Não viu 'luz' nenhuma, limita-se a tentar fazer o melhor trabalho possível, da maneira que ele julga ser apropriada. Se não consegue resultados é porque é incompetente, e como qualquer gestor deverá ser despedido.

A obra do LFV à frente de um clube que encontrou de rastos fala por si. A forma como ele tem incansavelmente defendido o Benfica (e é isto que te deve incomodar de sobremaneira) é motivo suficiente para pensar que seria muito estranho ele deixar que entrasse alguém no Benfica para se estar a encher à custa do clube. Até porque foi o LFV quem acabou com essas mamas, e afastou esse tipo de gente do clube. Seria muito estranho ele abrir uma excepção para o caso do Veiga. O LFV não é nenhum Messias. É sim um bom presidente. A tua incapacidade para reconheceres isto deve-se unica e exclusivamente à tua cegueira antibenfiquista, que tentas desesperadamente fazer passar por suposto conhecimento profundo da realidade do futebol benfiquista. Mas de uma forma retorcida, a forma como tu tentas falar mal do LFV não é senão um reconhecimento da capacidade dele. Porque tu nunca elogiarias algo que fosse bom para o Benfica.

A forma como continuas a cantar loas ao PC é mais uma prova que o tal ponto do projecto Roquette para o teu clube deveria ter aprovação incondicional da tua parte. Não passas de um dragarto.

 
At 5/08/2006 10:55 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Pessoal, o Guy vai deixar de nos incomodar por uns tempos. Fartei-me dos insultos, arrogância e desrespeitos. Ele terá que ir derramar a sua sapiência para outro lugar. Pode ser até que decida finalmente honrar-nos com a criação de um blog sobre o Benfica, onde nos poderá ensinar a todos como se deve comportar e sentir um benfiquista.

Neste momento a minha dúvida é se mantenho as coisas nestes moldes, ou se volto a liberalizar as caixas de comentários e depois apago tudo o que for postado por ele.

Para fazer a vontade ao Dias Pereira: FLUSH! (esta é a onomatopeia que desejavas).

 
At 5/08/2006 11:31 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Vocês estão a ver demasiado num jogo de final de época em que só havia motivação de um dos lados. Além disso temos que dar mérito ao Paços. Se no primeiro golo o Moretto ajuda, nos outros dois os remates foram muito bons. Eu só me lembro de 4 remates deles à baliza do Benfica. Se tivessem tido esta eficácia em todos os jogos teriam sido campeões.

Onde eu digo que o Koeman fracassou foi com o essecepe. Mas face ao que fez com o Porto dou-lhe o benefício da dúvida. Precisamos de um meio campo que segure a bola e não falhe passes. Até lá não vale a pena insultar o homem.

O próprio Mourinho anda a perder jogos deste calibre no final de época. Os jogadores arriscam menos se não está nada em jogo.

 
At 5/08/2006 11:47 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Obviamente que dou mérito ao Paços. Conforme disse, eles dominaram todos os aspectos do jogo.

Mas o Benfica pareceu (e isto não foi só ontem) perdido em campo. Os jogadores pareciam estar a jogar desgarrados, e sem um objectivo em mente. Além de que me custa muito aceitar que um jogador do Benfica não tenha motivação para ganhar seja que jogo for.

Neste momento o que me preocupa mais na permanência do Koeman é saber se ele tem ou não o balneário na mão. É que esta pareceu-me ser a maior falha dele durante a época. Nunca me pareceu que ele tivesse realmente conquistado o balneário do Benfica, e depois em Dezembro, com as novas entradas, pareceu-me que o perdeu em definitivo.

 
At 5/08/2006 12:44 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Aí é que está o grande problema, D'Arcy. Como é que o Koeman pode ter o balneário na mão, a colocar o Moretto a titular com 3 treinos e depois de o Quim vir de uma série de jogos sem sofrer golos, e a fazer aquelas declarações sobre o Mantorras?!

Ontem foi a gota de água, prefiro mesmo que ele se vá embora.

 
At 5/08/2006 12:51 da tarde, Anonymous Anónimo said...

So concordo na análise com o Guimarães, pois também não gosto muito do Vitor Pontes. E lembras-te do empate do Braga com o Guimarães aqui há unss tempos que fez a Académica descer , e como eles trocaram a bola nos ultimos minutos entre si pq sabiam que o empate lhes bastava.
Joao Dentuça

 
At 5/08/2006 1:42 da tarde, Blogger Radagast said...

Há algo verdadeiramente fundamental a dizer sobre o Koeman.

Tactica e tecnicamente não me sinto com capacidade para dizer que ele não percebe nada daquilo.

O que eu posso dizer é que jogando em Portugal, com os jogadores que o Benfica tem, é inadmissível que jogue com 4 defesas e 3 médios de contenção contra o Paços de Ferreira. O próprio espírito de abordar os jogos é errado e isso reflecte-se no campo.

 
At 5/08/2006 2:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O que interessa é se o Benfica fez ou não um campeonato melhor que o da época passada. Quer queiramos quer não a equipa fez mais pontos, apesar do início desastroso, e de termos tido lesões em elementos chave (Nelson, Alcides, Simão, Petit, Nuno Gomes, os dois guarda-redes titulares).

O Koeman apesar de tudo dá-me alguma esperança para a pré-eliminatória da liga dos campeões.

 
At 5/08/2006 4:04 da tarde, Blogger Superman Torras said...

Vou tentar não me alongar muito nos comentários. Quero dizer que, ao contrário do que sucedia há cerca de um mês, neste momento sou completamente a favor da mudança de treinador. A equipa não está com ele, e juntando a este facto uma série de opções muito discutiveis, factores aos quais se tem que juntar a minha ideia de que chegamos ao final da época sem um fio de jogo definido, a minha ideia só pode ser esta: mudança de técnico, JÁ.

Se fosse possivel até seria a favor do novo treinador estar presente em Moçambique para acompanhar a digressão de final de época que nos aprestamos para fazer. Embora compreenda que isto tivesse factores negativos entre os quais a extrema rapidez com que tinhamos que actuar para tratar da aquisição do novo técnico e acordo diplomático com o actual.

Não nos podemos no entanto esquecer que a presença na pré-eliminatória da Champions obriga a uma postura diferente daquela que tivemos esta época, em que os reforços chegaram a conta-gotas.

Confesso, e isto pode parecer um sacrilégio, mas não estou aqui para enganar ninguém, que acabei por ficar satisfeito com a derrota do Benfica em Paços de Ferreira.

Explicando (ou tentando): a vitória do Benfica poderia esconder muitas das insuficiências verificadas quer neste jogo quer ao longo de toda a época, e fazer surgir a ladaínha de que só não tinhamos conseguido o acesso directo à Champions porque o SCP até tinha ganho e o desgaste inerente à participação deste ano na Europa tinha levado a que a equipa se ressentisse na campanha interna.

Com isto iríamos deixar passar incólume tudo o que já acabei por referir, nomeadamente a nitida sensação de que a equipa não está com o treinador, a ausência de um esquema táctico que potencie a equipa nos jogos em que tem que assumir o jogo (cerca de 75% dos casos em que é chamada a actuar ao longo da época) e também esta sensação de que o treinador não está com a cabeça na Luz.

Assim, tenho fé de que este resultado obrigue à tomada de uma posição clara por parte de quem manda no clube, até porque estou certo de que a diferença do 2º para o 3º lugar se vai resumir ao acrescento de mais uma receita de bilheteira para os nossos lados, quando comparamos o nosso caso com o dos lagartos.

Deste modo teremos igualmente evitado incorrer num dos erros tipicos que são as chicotadas psicológicas a meio da época. A um treinador tem que ser dado tempo para impôr o seu trabalho e a sua filosofia de jogo, sim, mas se ao fim de uma época de trabalho o sumo retirado seja qualquer coisa de parecido com o que nos tem sido dado a observar neste ultimo mês do Benfica, então levem-me esta laranja pouco sumarenta daqui para fora e tratem de arranjar um substituto ao qual se devem dar todas as condições dadas a Koeman.

Ah, mas que os responsáveis pelo futebol do Benfica, Veiga à cabeça, não sacudam a água do capote porque quanto a mim um dos factores preponderantes para a época ter acabado como acabou foi a dança de entrada de jogadores em Dezembro/Janeiro últimos.

Nomes para o futuro próximo do meu/nosso, Benfica? Neste momento o meu fétiche é este: Humberto Coelho a director técnico e Scolari como treinador.

 
At 5/08/2006 4:22 da tarde, Blogger dezazucr said...

Ao menos serviu esta última jornada para descer à terra os belenenses, rios aves e guimarães que só fazem cordões humanos e dão o litro contra o Benfica, abrindo as pernas com frangos, auto-golos e fífias com os outros. Dessem o litro nos jogos todos e continuaríam na 1ª liga.

 
At 5/08/2006 4:24 da tarde, Blogger dezazucr said...

O maior problema do Benfica este ano é que nunca conseguiu fazer boas exibições. Houve jogos exasperantes e este foi mais um deles. É incrível a tendência para o pontapé para a frente, e mais incrível quando à frente temos um gigante de 1,50m.
Não há jogadas trabalhadas, nem lances de bola parada estudados, nada. Este ano até os livres do Simão fizeram falta, isto porque a cada livre a marcar eram sempre muitos cães para um osso... mal mordido.

 
At 5/08/2006 4:54 da tarde, Blogger antitripa said...

4-3-3???rsssss

4-1-1 foi a táctica....

 
At 5/08/2006 5:13 da tarde, Blogger Giovanni Falcone said...

Bom, terminou a época e é altura de aqui deixar a minha opinião sobre a época do SLB.

Estou basicamente de acordo com todos vcs. As vossas análises são lúcidas e espelham a realidade.

Nos tempos de Damásio e JVA descemos tão baixo na categoria dos jogadores que passaram a equipar à Benfica que a retoma teria que ser necessáriamente lenta, até por não haver dinheiro.

Com Camacho começamos a vislumbrar essa mesma retoma, quer em jogadores, quer em fio de jogo.

Com Trapp e RK regredimos. Por muito que se criticasse Zahovic e Nuno Assis, não temos nenhum jogador como estes (e isto diz tudo sobre a qualidade dos demais).

O ano passado fomos campeões (e como eu festejei) mas, meus amigos, não jogavamos a ponta de um corno. Fomos campeões porque os outros foram piores e porque nós, os adeptos, os obrigamos a ganhar.

Tinha alguma esperança que este ano começassemos a jogar futebol. Não avançamos nada, com a agravante de termos mais jogadores.
O Benfica é dos 18 clubes da Liga aquele que pior troca a bola. Não existem 2 ou 3 jogadas seguidas com princípio, meio e fim. É tudo aos repelões, a bola chora sempre. O tempo e a dificuldade que cada jogador do Benfica tem para dominar cada bola faz desesperar o mais santo.

O não haver dinheiro não é desculpa para tudo.

Culpados são, em doses iguais, os jogadores, os técnicos e o Veiga.

Os jogadores porque muitos deles não deram tudo o que sabiam e que podiam, os técnicos porque sempre mostraram estar em PTG a fazer um frete, treinando o SLB porque não tinham aparecido outros, o Veiga porque tem demonstrado que de futebol jogado nada percebe. É teimoso e arrogante.

Soluções? Novos treinadores, de preferência latinos, (avanço com Scolari), despedimento do Veiga enquanto manda chuva do futebol, dispensas de Manduca, Marcel, Beto,Giovani, Marco Ferreira e Robert. Moretto deve passar a 3º GR. Compra de 2 grandes médios de ataque, compra de jogadores desconhecidos mas com grande capacidade para progredirem rapidamente - aficanos e argentinos devem ser preferenciais.

Como é que é possível o Benfica que tem os melhores defesas que jogam em PTG e dos melhores da europa, ter sofrido num dos piores campeonatos do Mundo, quase 30 golos?

A razão está, desde Camacho e a saída de Tiago, em não termos meio campo, defensivo (que grande ilusão) e ofensivo. Aqui está a razão porque não jogamos nada. Sem meio campo não há equipa que resista. O ataque não joga e a defesa está sempre com o credo na boca.

Não se apostou nada em jovens e eu vos garanto que João Coimbra é 10x melhor que o Beto, dispensou-se Carlitos sem q ninguém se tivesse preocupado em ajudar o rapaz (que é mentalmente fraco) a perceber o que é jogar no SLB. Não se apostou em Hélio Roque que é 10 x melhor que Robert e Manduca juntos. Desperdiçou-se um médio excelente, Diego Sousa, porque o Veiga embirrou.

Se tiver que ser, venda-se Simão e RRocha. Compre-se Roberto Brum e Tony (Amadora). Regressos dos emprestados, nomeadamente Carlitos e Manu, João Pereira e Hélio Roque.

 
At 5/08/2006 5:35 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Para mim foi um dos melhores resultados desta época!
Eu explico:
Se ganhassemos ficavamos na mesma em terceiro... como perdemos o Koelman vai-se embora!!! Vamos ver se arranjamos um treinador que estejha ao nivel do Nosso Clube!

 
At 5/08/2006 5:43 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Antes do mais lamento que o Harry Lime, perdão o Guy Fawkes, esteja de quarentena porque apesar de ser chato, insolente, casmurro, lunático, provocador, contraditorio e (pior que tudo) sportinguista, acho que a sua presença no blog só o engrandece(o blog claro , quanto ao GF nada a fazer).Mas compreendo que o DArcy se "passe" de vez em quando e ligue o "anti-virus". Hasta la vista baby.
Mas alguns comentarios aqui deixam-me estarrecido. Então agora é que a maior parte está desiludida e envergonhada? Pelo menos desde o inicio da 2ªvolta isso era mais que visivel, mas quem o dissesse aqui era corrido e epitepado de anti-benfiquista. Desculpa D'Arcy mas envergonhado? Xiça envergonhado fiquei eu quando jogamos contra o Barcelona na Luz e na altura disse-o aqui.E adivinha a reacção?!!...adivinha?...Exacto, antibenfiquista e outras coisas.
Contra o Paços de Ferreira não é vergonha por aí alem, é um jogo de fim de temporada e nitidamente de fim de ciclo do Koeman. Até o karagounis fez o possivel para apanhar o amarelo na Luz para não ter que ir a P.Ferreira.
Mas agora que o Koeman se vai embora é que todos abriram os olhos?
Mais, vejo posts a pedir o Scolari mais o Humberto a director, mesmo o D'Arcy pede o Eriksson, mas tá tudo maluco? Vocês gostam mesmo do Glorioso?
E querem uma aposta em como a novela do novo terinador vai ser a mesma do ano passado? E com os jogadores tambem?
Aí é que reside o problema do Benfica, o Veiga não percebe nada de futebol, ele percebe é de dinheiro.
É um bom negociador, mas de futebol? Valha-me Deus. E o centro do Seixal? É desta?
Do que o Benfica precisa é de um técnico jovem lobo (tipo Mourinho) que perceba de futebol, e que não jogue com dois e tres trincos.
Precisa de não depender do Simão e do N.Gomes, precisa de crescer caraças!!
Mais, prefiro o Manuel Machado! Sim o do Nacional da Madeira, é um bom treinador e pelo menos a pre-eliminatoria da Champions é nossa, porque as equipas dele começam sempre bem as épocas. Prefiro esse gajo ao Scolari ou ao Eriksson e outros gajos já ultrapassados e com reformas douradas.Do que o Benfica precisa é de inteligência e juventude.

 
At 5/08/2006 5:45 da tarde, Blogger Nuno Gomes said...

O Koeman é um bom treinador que não soube compreender o Portugal futebolistico para lá das vedetas que jogam no estrangeiro.

Depois deu nisto. Pode ser que para o ano já não escorregue como este ano.

 
At 5/08/2006 5:51 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Em relação ao Centro de Estágio (que está pronto), volto a dizer que a história que eu ouvi é que só não estamos ainda lá porque o Koeman não quis alterar os hábitos da equipa a meio da época, o que até terá deixado o Veiga furioso.

Mas eu não coloco em causa que o Veiga trabalhou mal esta época. E sendo ele um gestor profissional, defendo que lhe deve acontecer o mesmo que acontece a um gestor cuja empresa não apresenta resultados: rua.

Já agora, o Manuel Machado (e o seu ódio doentio ao Benfica) representaria o regresso a um sistema ainda mais defensivo que o do Trapattoni. E farto de ver o Benfica jogar à defesa ando eu.

 
At 5/08/2006 5:56 da tarde, Blogger Giovanni Falcone said...

Manuel Machado? Pelo amor de Deus, tá tudo maluco?

Estou de acordo com um treinador jovem, que queira arriscar, português (excepto Mourinho) não! Não existe algum treinador ptg capaz de agarrar no Benfica

 
At 5/08/2006 6:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

OK! Tambem eu!!
E desde a saída do R. Costa não temos um gajo que distribua jogo, um nº10!
Mas se essa do Seixal é verdade, então o Veiga tambem devia ir embora.
Mas isso é mais dificil, não vejo o Vieira a despedir o Veiga. Já agora quem é que gostarias de ver como terinador do Benfica? Bem , fora o Eriksson. Eu gostava de um gajo que nos pusesse a jogar como o Lyon, nem mais nem menos, agora nomes....

 
At 5/08/2006 6:15 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Lyon trocou de treinador e continuou a jogar o mesmo estilo de futebol, por isso creio que os jogadores que tem e as contratações que vai fazendo têm tanta ou mais influência na qualidade do jogo deles do que o treinador. E o Houllier foi um treinador que se pode dizer que falhou rotundamente no Liverpool, onde o futebol jogado era tudo menos espectacular. Além disso eles têm o Tiago, que é o jogador que nos últimos anos mais saudades me deixou. Se há coisa que eu admiro num jogador é inteligência a jogar, e o Tiago é dos jogadores mais inteligentes que já vi.

Eu não sei quem seria a escolha ideal para o Benfica. Não considero o Eriksson ultrapassado, e vê-lo-ia com bons olhos (mas também é verdade que mesmo quando ele cá esteve da última vez eu ouvia sócios no 3ºAnel dizerem cobras e lagartos dele, porque é difícil satisfazer todos). O que eu em princípio não desejo é um treinador com mentalidade demasiado defensiva. O que logo à partida exclui italianos.

 
At 5/08/2006 6:23 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Em relação ao Harry/Guy, ele passou das marcas no que diz respeito aos insultos pessoais, por isso achei por bem deixar as coisas arrefecer um bocado (ou melhor, deixar-me a mim arrefecer um bocado). Não quero que as caixas de comentários deste blog estejam constantemente a ser palco de discussões individuais entre mim e ele, porque obviamente não é esse o objectivo deste blog. Preciso de tempo para conseguir ignorar o comentário que ele fez.

 
At 5/08/2006 6:31 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

"pelo menos a pre-eliminatoria da Champions é nossa, porque as equipas dele começam sempre bem as épocas"
Não era ele que treinava o GUimarães o ano passado?
Veiga não percebe nada de futebol? Não, foi só o empresário mais bem sucedido do mundo. Qualquer adepto percebe mais que ele.
De resto, o D'Arcy diz tudo em relação ao Lyon: Le Guen, Houllier e provavelmente Luís Castro e Couceiro (Ok, exagero) faziam daqueles jogadores campeões.

 
At 5/08/2006 6:37 da tarde, Blogger Porco said...

Já estava farto de Koeman desde à umas semanas/jornadas, e estas 2 ultimas só vieram reforçar a minha convicção de que é melhor substituir o treinador.

Como é possivel passar 1 época inteira a jogar com 4 defesas e de repente na penultima jornada passar para 3 defesas? Ou Karyaka cair do céu a titular depois de passar 4 meses sem tocar na bola? Enfim, cada vez mais acho que passou 1 época e Koeman ainda não sabe como deve colocar a equipa a jogar...

É óbvio que, como a maioria das opiniões, tb acho que Veiga tem alguma culpa no cartório. O timing das contratações no inicio da época, e em dezembro pesaram muito neste 3º lugar. Mas não vejo Vieira a mandá-lo embora. Acho que vamos ter que o gramar.

Quanto a hipóteses para novos técnicos, e sabendo que ainda existe a hipótese da continuidade de Koeman, ainda não ouvi nenhum que me seduzisse. Eriksson? Humberto Coelho? Camacho? Não sei, tenho as minhas duvidas. Novo e ambicioso? Não era esse o curriculum do Koeman? Vamos ver se há novidades...

 
At 5/08/2006 6:43 da tarde, Blogger Porco said...

"Futebol
Rádio anuncia «adeus» de Koeman ao Benfica
A Rádio Antena 1 acaba de noticiar o regresso de Ronald Koeman ao seu país, para dirigir o PSV Eindhoven. Terminará assim o ciclo do técnico holandês à frente do plantel dos «encarnados».

ASF
A reunião entre José Veiga e dirigentes do clube holandês decorreu até há momentos num hotel de Lisboa e, em questão, - referiu a Rádio pública -, esteve o valor que o PSV terá de pagar ao Benfica pois o holandês tinha mais um ano de contrato.

Tudo será explicado em conferência às 18h45 desta segunda-feira por José Veiga, o dirigente benfiquista que negociou o processo.

08-05-2006 17:41 "



Vou buscar uma garrafa de champanhe...

 
At 5/08/2006 6:49 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Segundo o Record, a saída do Koeman já é um dado aquirido. Lá para as 20:00 vamos ficar a saber.

 
At 5/08/2006 6:50 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É isso mesmo, o que se passa no Lyon é o que eu sonho que um dia se venha a passar no Benfica. 1º define-se a estratégia (tipo de jogo) depois a táctica(jogadores/treinadores)para alcançar os objectivos da estratégia, que é ganhar sustentadamente.
Era este o meu sonho de equipa, que parece fácil de construir mas não é, requer muita inteligência e paciência.
Claro que não foi o Houllier que fez a equipa jogar, mas aqui o que convem dizer é que até o Houllier fez a equipa jogar. O treinador não é muito relevante quando existe uuma estratégia sólida por detrás.
Agora enquanto o Benfica embarcar em aventuras personalistas em que a equipa vale o que o treinador A ou B
conseguir fazer dela, nunca mais saimos da cepa torta.
O Tiago para mim é o melhor jogador português, tem tudo, visão de jogo, remate, joga bem de cabeça, defende bem, ataca melhor e acima de tudo como disseste é muito inteligente. Ainda tem outra coisa, não é vedeta.
Por mim trocava o Tiago pelo Simão de boa vontade, embora esta comparação seja subjectiva e talvez injusta para o Simão.
Um meio-campo com o miolo Tiago e Manuel Fernandes seria por muitos anos um dos melhores da Europa.

 
At 5/08/2006 7:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Os adeptos do Benfica não deixam de me surpreender. Eu sempre fui crítico do Koeman e das opções dele, nunca gostei de uma certa falta de coragem que ele tinha, mas nunca defendi que saísse porque não arranjamos melhor. Ganhou dois jogos ao fequepe, ganhou dois jogos ao Liverpool, ganhou um jogo ao Manchester. O homem tinha potencial.

Vamos mandá-lo embora porque não conseguiu ganhar a equipas tipo Paços de Ferreira ou esportem. O homem nunca tinha visto equipas dessas, que não têm táctica nem fio de jogo, lá fora. De certeza que com uma pré-época bem planeada e reforços a meio campo aprendia a lidar com elas.

 
At 5/08/2006 7:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Será que Koeman vai, mesmo?... Só acredito quando já tiver, de facto, acontecido...
Contudo, como já muitos aqui já referiram, recentemente, falta também responsabilizar os dirigentes responsáveis (ou o dirigente responsável... isto é, José Veiga) pelo desastre que tem sido a gestão do futebol do Benfica. Penso, muito convictamente, que só mudar o treinador não chega.
Por outro lado, os jogadores têm que entender que ou querem estar no Benfica, e estão, efectivamente, de corpo inteiro e de alma cheia, ou simplesmente têm de mudar de ares. Já! E sem hesitações! Ou, então, ficam, e de uma vez por todas concentram-se e dedicam-se, como devem, ao Benfica.
Claro que ainda há a considerar a questão do seu real valor, mas isso é "outro filme"...
Quanto a um novo treinador, a seu tempo veremos. Contudo, como adepto e sócio, estou, realmente, farto, FARTÍSSIMO, de ver o Benfica à defesa, invariavelmente encolhido perante equipas sem expressão futebolística, "jogar" sempre muito pouco, ou NADA!!! Prefiro, claramente, quem tenha do futebol uma visão positiva e construtiva, que jogue ao ataque (Koeman, supostamente, era um técnico de filosofia atacante... mas era só supostamente!), que seja ambicioso e destemido, e, sobretudo, que seja um líder, real. Líder como Camacho, ambicioso como Erikson quando cá chegou, destemido como Mourinho foi, quando, chegado à Luz, com uma equipa em farrapos e um grande défice de valor, enfrentou os adversários sempre com o peito aberto.

Um àparte: muito obrigado, D'Arcy, pelo "FLUSH!" ao Guy.
Que nunca "se te avarie" o comando do autoclismo!!!
Tarde é o que nunca chega...

 
At 5/08/2006 7:43 da tarde, Blogger D'Arcy said...

JFilipe: Eu também não sou muito apologista de mudanças. No final da época passada até chegei ao cúmulo de querer que o Trapattoni ficasse, ele que deve ter sido dos treinadores que mais cabelos brancos me deram. O Koeman tem na verdade potencial, mas parece-me que ao fim de um ano já deveria estar mais bem ambientado à realidade do nosso futebol.

Além disso continuo a dizer que ele tem o problema de não ter conseguido unir o balneário. O Trapattoni era (a meu ver) mau, mas se ele não saiu a meio da época foi sobretudo porque os jogadores gostavam dele, e fizeram tudo para o segurar naquele jogo que para ele seria do tudo ou nada, a eliminatória da taça contra a lagartagem. A atitude dos jogadores do Benfica nestes últimos jogos convence-me do contráio, ou seja, que muitos dos jogadores o estavam a deixar cair. É uma atitude reprovável, mas a verdade é que os jogadores têm o poder de deixar cair um treinador. Esta época tivemos um exemplo flagrante aqui ao lado: eu não tenho muitas dúvidas de que o Peseiro se lixou porque os jogadores o quiseram lixar.

 
At 5/08/2006 7:51 da tarde, Blogger Porco said...

JFilipe:

Em Portugal os campeonatos ganham-se contra as equipas mais pequenas, e nesse sentido não me parece que seja muito diferente do campeonato holandês. De que me serve ir ganhar ás antas se depois fico em 3º. Aliás o fcp foi campeão e só ganhou 1 jogo aos contra SLB e scp. Na minha opinião 1 ano é suficiente para ver a evolução de uma equipa e a influência do treinador nessa evolução. Com Koeman não vi nada disso.

Agora é arranjar um substituo rapidamente. Temos pouco tempo até à pré-eliminatório. Esperemos que Veiga tenha aprendido com os erros da pré-época passada.

Quanto ao lyon mencionado mais atrás, parece-me realmente um bom exemplo de organização e estrutura. O treinador mudou mas a qualidade mantém-se. E isso foi construido com cabeça. Equipa base, vitória em frança e presença assidua na liga dos campeões. Um exemplo perfeito parece-me ter sido a venda do essien para o chelsea. Quem contrataram para o seu lugar? O Tiago, um jogador com as mesmas carateristicas. Sai um, entra outro, a estrutura e o estilo de jogo mantém-se. Perfeito.

 
At 5/08/2006 8:14 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Pronto saiu, mas não percebo o regozijo de alguns adeptos. O Koeman rendeu muito dinheiro ao Benfica na liga dos campeões, e valorizou muito alguns jogadores.

 
At 5/08/2006 10:00 da tarde, Blogger Nuno Gomes said...

é uma injustiça o que foi feito ao Koeman. Um treinador dauqela estatura moral que elevou o Benfica aos pincaros da europa, o lugar que lhe pertence por direito.

E as coisas que alguns como o dezazucr e o JFilipe têm escrito acerca do Veiga são igualmente vergonhosas tipicas de espiritos mesquinhos que assim só conseguem dar argumentos aos anti-Benfiquistas. Tenham vergonha, por favor. RRespeitem o gloriosos e todos os que, valorosamente, se sacrificam por ele.

Uma vergonha é o que se lê nestes comentários!

Koeman para sempre!

 

Enviar um comentário

<< Home