segunda-feira, outubro 30, 2006

Patético

E eis que os patetas que elaboram os comunicados do FCP nos presenteiam com mais uma obra de arte cómica. Agora sairam-se com uma acusação de premeditação na lesão do Anderson. Este comunicado é uma autêntico manifesto da arte da hipocrisia, da mentira e da pequenez. Além de que tem partes que me levam a duvidar se os seus autores estariam num estado pleno de lucidez quando o elaboraram.

"O futebol é um desporto que costuma destacar os melhores artistas, aqueles nos surpreendem repetidamente e enchem estádios, reforçando a magia do espectáculo. Anderson é um desses craques. O prodígio do F.C. Porto diverte-se com uma bola nos pés e encanta quem dirige o olhar para a sua arte. Anderson é um valor que o jogo deve proteger."

Estranhamente, nunca vi tais preocupações da parte das agora virgens ofendidas em relação à protecção de, só para citar alguns dos nossos jogadores tradicionalmente mimoseados pelos 'artistas' que sempre grassaram pelo plantel das Antas com marcações especialíssimas, Simão ou JVP. Eu percebo até que estejam à viva força a tentar criar um 'prodígio' (cujas maiores contribuições durante a meia-hora que esteve em campo foram esbugalhar os olhos de cada vez que fez um passe, e atirar-se para cima do Léo e sacar uma falta perto da área), à custa de muito repetirem a palavra 'magia' de cada vez que o jogador em questão cospe para o lado ou efectua um lançamento de linha lateral, mas este tipo de discurso vindo de quem vem nem sequer chega a soar a falso. É pura e simplesmente risível.

"Este sábado, porém, Anderson foi vítima da violência de uma equipa que, a ter em conta a folha disciplinar, não é propriamente bem comportada. Os dados da Liga Portuguesa de Futebol Profissional não mentem: Mesmo com um jogo em atraso, a tal equipa «vítima» já somou 25 cartões amarelos e cinco vermelhos e tem o segundo pior registo do campeonato 2006/07. Sintomático."

Exacto. Sobretudo quando se recebem arbitragens encomendadas (vá-se lá saber por quem) que em jogos sem qualquer espécie de violência conseguem mostrar um total de dezoito cartões, é fácil ter um registro disciplinar péssimo. Enquanto uns são expulsos por bater palmas, outros há que se viram para o mesmo juíz e o saúdam jovialmente com um 'Vai tomar no cu, seu filho da p...' e seguem cantando e rindo dentro do campo. A diferença parece ser que o vermelho das nossas camisolas estimula a agressividade e intolerância dos juízes, enquanto que o azul os acalma e suaviza, deixando-os mansos como cordeiros, e cegos e surdos para o que os rodeia.

"O que se passou ontem no Estádio do Dragão foi mais um atentado ao futebol espectáculo, uma coincidência lamentável que roubou ao desafio um dos seus maiores pólos de interesse. Precisamente como na temporada passada, no mesmo local do terreno, no meio-campo, junto aos bancos de suplentes, o jogador que mais podia desequilibrar foi intencionalmente atingido com violência por um grego, confirmando a teoria de quem vê estes casos como manobras planeadas. Há um ano foi Lisandro Lopez, derrubado ao minuto 21. Desta vez foi Anderson, ao minuto 31. E o cenário de coincidência sai reforçado com nova constatação: o árbitro era o mesmo e a opção de não sancionar o lance e o agressor, da mesma nacionalidade e adquirido na respectiva época, foi decalcada..."

Aqui eu acho que os autores foram demasiado ambiciosos. Quiseram ser tão irónicos, tão irónicos que acabaram por escrever algo que ninguém percebe. O que é que eles querem dizer com isto? Que existe alguma vendetta por parte dos futebolistas gregos contra os jogadores do FC Porto? Será recalcamento pela eliminação do Panathinaikos há três anos? Porque é que o facto de ter sido um grego a lesionar o Anderson confirma '
a teoria de quem vê estes casos como manobras planeadas'? Será que os gregos contratados pelo Benfica têm uma cláusula no contrato que exige que mandem um jogador portista para o estaleiro, senão não recebem? Ou será que o Benfica, sabendo do temperamento explosivo e agressivo dos gregos contra as camisolas azuis (é preciso ver que nenhum dos clubes de topo na Grécia equipa de azul, apesar das suas cores nacionais serem o azul e o branco), os contrata já na premeditação de que quando chegar o jogo contra o FCP, é certo e sabido que eles vão à viva força tentar chacinar os artistas portistas? O facto de ser junto ao nosso banco de suplentes também não é inocente. Porque como é óbvio, a brutalidade grega por si só não é suficiente: eles ainda por cima são incitados pelo nosso banco a fazer aquilo mal a vítima potencial tem o azar de passar ali próximo. Aliás é pena que a SportTV não tenha mostrado uma imagem do nosso banco antes do lance, onde o Veiga e o Fernando Santos agitavam panos azuis com a foto do 'prodígio' na direcção do Katsouranis (e o ano passado do Karagounis). E depois em câmara lenta é possível ver o efeito que isto teve no nosso jogador: de dentes cerrados e olhos vermelhos de raiva, ele investiu sobre a pobre criança indefesa que brincava pacíficamente com a bola, com a intenção específica de lhe partir o perónio (são muito cirúrgicos estes gregos: basta encomendar a lesão desejada que eles entregam-na na hora). E depois ainda a pièce de résistance: há um ano o Lisandro era o jogador que mais podia desequilibrar. Fica assim justificada a derrota do ano passado. Ah, valentes! Para terminar em beleza:

"Estas sim são situações que devem ser definitivamente banidas do futebol. Se, todavia, continuarem a repetir-se, sem a resposta célere e adequada dos órgãos competentes, ninguém poderá acusar o F.C. Porto de deixar de apostar em artistas que ajudam a encher o campo dos adversários, para passar a apostar em atletas robustos capazes de resistir à violência e dançar ao som da mesma música."

Sim, porque a história recente do FC Porto está recheada de florzinhas de estufa. Jogadores como André, João Pinto, Fernando Couto, Jorge Costa, Paulinho Santos, Costinha, e tantos, tantos outros que se os fôssemos recordar ficaríamos aqui a noite toda eram nada mais que 'artistas' do mais fino recorte técnico. Porque o Porto nunca, nunca (homessa!) usou nem abusou da intimidação física a adversários e árbitros. O Porto nunca moveu "marcações" (assim mesmo, entre aspas porque aquilo assemelha-se mais a caças ao homem) especiais a jogadores influentes do adversário. O Porto sempre foi um exemplo de fair-play e correcção, e sempre desejou ver todos os 'artistas', mesmo dos adversários, em campo. Tem piada, não os vi muito preocupados com a ausência do Miccoli neste jogo. É que por exemplo, há um par de anos, quando o Deco ficou suspenso para a Luz, lembro-me do Camacho vir dizer que achava um exagero e esperava que ele pudesse jogar. Mas parece que a definição de 'artista' que está em causa aqui inclui uma cláusula em letra miudinha que diz 'por artista, entenda-se qualquer jogador que jogue de azul e branco'. Pensava que era difícil haver situações mais caricatas a envolverem o FC Porto do que o seu presidente a apelar à pacificação do futebol português, e a tentar acusar outros de corruptos. Afinal enganei-me, a hipocrisia parece fazer parte dos estatutos deles.

Eu até sei onde é que eles querem chegar com isto. Querem obviamente ver se conseguem suspender o Katsouranis. Mas só uma pessoa tresloucada consegue ver naquele lance qualquer premeditação do nosso jogador. O lance é duro, e isso é inegável, mas lances duros há-os em quantidade durante um jogo. O Katsouranis entra ao lance com a intenção de jogar a bola, e consegue-o mesmo, infelizmente atingindo o Anderson (depois ainda me pergunto como é que uma equipa médica manda um jogador com a perna fracturada de volta para dentro do campo, mas enfim, os nossos médicos é que são mesmo maus). Mas eles, talvez habituados à mentalidade que grassa naquela casa, não conseguem conceber que um jogador não queira lesionar um adversário intencionalmente, e que não queira mesmo é pô-lo fora do jogo.

É nestas pequenas coisas que se revela a pequenez daquele clube. Porque por mais que ganhem, ainda não sabem ganhar.

49 Comments:

At 10/30/2006 2:45 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Em primeiro lugar, quero aqui lamentar a lesão do Anderson que, estou em crer, a maior parte dos benfiquistas não desejaria.No entanto, lesões mais ou menos graves acontecem e nunca irão deixar de ocorrer (Veja-se o jorge Andrade, o Petr Cech, o Owen, só para citar os mais recentes). Lamenta-se mas é futebol.
Sobre o comunicado do Porto, é absolutamente patético e surrealista, atestando bem da debilidade mental que grassa por aqueles lados. De facto, esta é de mais... não há pachorra.

 
At 10/30/2006 3:19 da manhã, Anonymous Anónimo said...

A besta que escreveu (ou teve a ideia) o comunicado devia estar muito bêbada ou então enganou-se no cigarrinho.

D'Arcy, junta lá ao teu rol o maior bandido em campo de todos os tempos; o Rudolfo.

A jogada é rijinha, mas leal e dentro das normas do futebol. Azar do puto e mais nada.

Estou de acordo contigo. Ainda não vi nada do puto que o ponha nos pincaros. Aliás como o Quaresma. Mas este já eu percebi que não vai longe, o outro ainda não se sabe.

Mas esta cambada corrupta de jornalistas desportivos que andam há anos a mamar viagens e dinheiro à custa dos Filhos da Corrupção têm de justificar os "empréstimos" , vai daí promovem a mentira e, já agora, o produto.

A GRANDE PUTA QUE OS PARIU A TODOS!

 
At 10/30/2006 4:16 da manhã, Blogger Super Esbutenado said...

D'Arcy, parabens e muito obrigado por teres escrito este post. Alguem tinha que desmascarar este comunicado completamente idiota. E espero bem que o Benfica nao fique calado e responda a letra a esta cambada de fdp.
A entrada do Katsouranis e' normalissima, nem sequer foi falta, azar do Anderson, sao coisas que acontecem. Bem pior do que esta lembro-me eu de o Marco Tabuas e o ano passado o gajo do Belenenses terem posto o Nuno Gomes no estaleiro, com entradas, essas sim, bem violentas.
Clube regional, clube bordel, fc porco... A pequenez daquela gente nunca vai desaparecer, ganham os titulos que ganham porque Portugal e' um pais miseravel na justica, so assim eles se safam com o mar de corrupcao e putedo com que corrompem arbitros para ganharem jogos. Nunca serao honestos, nunca saberao ganhar, nunca. Encontrar um tripeiro com coluna vertebral, fonix, e' mais facil encontrar notas de 500 euros no passeio.

 
At 10/30/2006 4:55 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Super Esbutenado concordo com quase tudo menos com isto:

"Encontrar um tripeiro com coluna vertebral, fonix, e' mais facil encontrar notas de 500 euros no passeio."

Há muitos tripeiros com coluna vertebral, o que não falta no Porto são benfiquistas. Acho que querias dizer portista.

A história dos gregos é de morrer a rir. Vejam lá a sorte que eles tiveram de não jogar também o Karagounis.

 
At 10/30/2006 9:55 da manhã, Blogger Porco said...

Quando li este comunicado, 1º fiquei de boca aberta, depois desatei a rir...
Depois do teu post não há muito mais a dizer. Eles fazem questão de continuar a provar que são um clube pequeno e regional.
No entanto, quero realçar dois pontos do teu post. O titulo, perfeito para a natureza do comunicado. E a frase de conclusão, que encaixa que nem uma luva como resumo do comunicado.

 
At 10/30/2006 10:32 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Não há nada a acrescentar ao teu post, apenas queria que me fizesses um favor... tens o link que fala das duas lesões do Anderson na perna esquerda? eu vi isso no jornal mas queria guardar no meu pc... Obrigado

 
At 10/30/2006 10:34 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Custa-me comnetar sem dizer 500 asneiras e ofender aqueles filhos da p@!!! Pelo Anderson enquanto ser humano tenho pena, por aquela gente reles daquele clube fico muito feliz que percam a estrela durante 3 meses, para ver o que nós sentimos. Na minha opinião não é lance de falta, sequer, apenas um choque natural depois dum corte limpo. Agora o teor do comunicado consegue fazer parecer o antigo Ministro da informação do Iraque uma pessoa extremamente lúcida...

 
At 10/30/2006 11:13 da manhã, Blogger tma said...

Eu ainda não tive a oportunidade de ver o lance com detalhe (praticamente só vi o resumo dos golos), pelo que comento com base no que tenho lido e ouvido.
Ao que parece, a entrada do Katsouranis foi à bola, mas foi mais do que isso... Lembro-me da entrada do Nuno Gomes sofreu no ano passado no Restelo (também lateral). Mesmo tocando primeiro na bola, acho que estas entradas deviam ser punidas com falta e, no mínimo, amarelo.
Mas ao ponto de achar que a intenção do Katsouranis era de lesionar só pode ser para rir...
E como referiste, nem é preciso recuar mto no tempo para lembrar os Paulinhos Santos, Jorges Costas e Costinhas desta vida (para não falar de Decos, que me recordo de ter lesionado com alguma gravidade o Figo, qdo jogava no Real Madrid e o Petit, qdo ainda jogava no Boavista) que vestiram as camisolas parecidas com barracas de praia e que não perdiam a sua oportunidade para dar a sua "porradita" da praxe, muitas vezes (na maioria) ficando impunes.
Atenção: não aprovo em nada o que o Katsouranis fez (ainda que não tenha visto o lance) e lamento com toda a sinceridade a infelicidade do Anderson. Mas tenho a certeza que já houve entradas bem piores (muitas vezes nem sequer à bola) em que os jogadores se safam incólumes.
Quanto à questão disciplinar, convem lembrar que entrámos condicionados à partida pela ausência do Miccoli, que foi afastado deste jogo de forma vergonhosa.
A prova que este "comunicado" do site do Fócúlporto só pode ser para rir é a tentativa de encontrar um paralelo entre as lesões ocorridas no ano passado (Lisandro) e este ano (Anderson) e o facto de terem sido provocadas por gregos...

 
At 10/30/2006 11:48 da manhã, Blogger antitripa said...

Mesquinhos, nojentos e sem espelhos. Já se esqueceram do pauladas santos, do andré, do couto, do benny macaco, do ussunção, do próprio quaresma, do moço que jogava no estrela que no ano passado atirou o petit para o estaleiro e que é formação deles, etc,etc,etc. Falam em "planeamento" quando metem um saguí lesionado a jogar? E mais, que departamento méRdico é aquele que à força tenta pô-lo a jogar com uma fractura?

 
At 10/30/2006 12:05 da tarde, Blogger bailarino said...

É um comunicado para rir, de quem tem um ódio de estimação pelo Benfica. Ainda devem tar a pensar como ganharam o jogo, depois de uma segunda parte tão patética e agora mandam isto para o ar para ver se o pessoal se esquece. Mas quarta há bola, e no proximo fds tambem, e aí vão ter de arranjar outra desculpa.

 
At 10/30/2006 12:34 da tarde, Blogger tma said...

Esqueci-me de mencionar o "mestre André"... Lacuna grave, pois esse é o primeiro nome que normalmente me surge à cabeça quando se fala em sarrafada. Aliás, se havia especialista em sarrafadas premeditadas era precisamente o "mestre André"...

 
At 10/30/2006 1:11 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Ninguém esquece o André. Até porque depois de se retirar fomos honrados com o prolongar da sua arte nos campos, atrávés do seu discípulo Paulinho Santos.

 
At 10/30/2006 1:12 da tarde, Blogger S.L.B. said...

A desfaçatez não tem de facto limites e eles devem achar que nós somos todos descerebrados. Eu diria de outra forma, D'Arcy: enquanto eles continuarem com este nível (?!) de dirigentes e mentalidade NUNCA saberão ganhar.

Nós é que sabemos COMO é que eles têm ganho...

 
At 10/30/2006 2:30 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Desfaçatez é, de facto, a adjectivação mais adequada para um "comunicado" com semelhante teor. Quando se se julga ser impossível descer mais baixo na escala da má fé, da rasteirice, da mentira, os representantes da andradelandia são infatigáveis em demonstrar que - nisso sim - são verdadeiramente insuperáveis. Ide bardamerda, gentinha fétida e rançosa! E levai convosco o veiga, essa besta entre vós nada e "educada", e que não cessa de conspurcar e envergonhar o nosso emblema !

 
At 10/30/2006 2:32 da tarde, Blogger tma said...

Exacto, D'Arcy. E a minha utilização do termo "mestre" foi precisamente tendo em mente o seu fiel discípulo, Paulinho Santos, que efectivamente se referia ao André como sendo o seu "mestre", quase num sentido religioso (na verdade, estará algures entre o "buda", a julgar pela sua actual aparência física e o "guru espiritual").

 
At 10/30/2006 3:55 da tarde, Blogger último! said...

Quanto ao nível acho que vindo de onde vem nada mais há a acrescentar

Depois mostra o desespero por uma dependência enorme num só jogador, que embora tenha qualidade está só no inicio da carreira fazer dele um Deus acaba por ser mais negativo do que positivo.

Faz-me lembrar o Trapa com "graças a Deus que temos o Simão" ou o estado de ansiedade sempre que o nosso capitão se lesionava hoje em dia penso que já não é tanto assim.

De qualquer maneira acho que estes comunicados ficam bem ao Porto e são mais negativos do que positivos logo... continuem

 
At 10/30/2006 3:57 da tarde, Blogger Joao said...

D'Arcy, concordo contigo 100%

A minha reaccao inicial foi de rir as gargalhadas, algo q nao fazia ha uns tempos, ate pensei tratar-se de uma piada de mau gosto. Ve la q ate fui ao site 'deles' (sacrilegio total) para confirmar a autenticidade.

O Anderson tem caruncho, parece q afinal tem tres lesoes na mesma perna e mesmo assim os medicos mandaram-no de volta para o campo a pensar q ele so tinha uma entorse.

Por um lado isto e' daquelas coisas q nem se deve dar muita importancia, por outro estes Porcos sao especialistas em repetir uma mentira tantas vezes q ate aposto q daqui por umas semanas o Katsouranis sera pior q o Materazzi e ve amarelos so por olhar para o arbitro. Impunha-se ao Benfica convocar uma conferencia de imprensa unicamente para passar um video com os melhores momentos de algumas vedetas azuis e brancas: assim de cabeca occorre-me uma entrada a pe juntos do Couto ao Isais no Jamor, dois ou tres momentos Paulinho Santos vs Joao Pinto, a cotovelada do Valente no Geovanni, o pontape do Maniche no Aguiar, um best off do Andre, e claro aquelas entradas por tras do Jorge Costa ao Whea. ninguem do Benfica aparecia na sala de imprensa e o video ficava la a passar em repeat ate os jornalistas se fartarem...
Simultaneamente o Benfica divulga no seu site q contactou uma casa de apostas em Londres a perguntar qual o retorno numa aposta em q na epoca 06-07 o Papadoupolos parte o terceiro metatarso do Vieirinha aos 41 minutos de um Porto-Benfica em frente ao banco de suplentes encarnado. Parece q esta em 1,000,000,000 para 1. O mantorras foi o primeiro a entrar com todas as suas poupancas.

www.eusebiomais10.blogspot.com

 
At 10/30/2006 4:47 da tarde, Anonymous Anónimo said...

E pensar que nós fomos achincalhados por termos pedido para que "deixem jogar o Mantorras!"

É caso para dizer: "Doi, não doi?"

As melhoras para o Anderson, que é um senhor jogador!

 
At 10/30/2006 4:52 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O que os gajos querem é que o Katsouranis fique de fora tanto tempo como o "prodígio". NOJOgo hoje:

Conhecimento
Paulinho Santos pede castigo

Os gajos estão todos borrados por terem ficado sem o puto. Na verdade percebo-os. Já se tinha visto contra o essecepe que a equipa deles não vale um corno, e se não fosse a sorte que tiveram nestes dois jogos estavam bem abaixo na classificação. Precisam mesmo de um salvador da pátria.

 
At 10/30/2006 4:54 da tarde, Anonymous Anónimo said...

só tenho uma dúvida: quem é vomitou este pedaço de humor refinado? o secretário e a carolina?

 
At 10/30/2006 6:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O que é impressionante é o apoio que estes suínos ainda têm por parte da "Imprensa", todos lhes prestam vassalagem é impressionante, os deptos. de desporto das televisões são todos dominados por portistas e sportinguistas estando estes ultimos em maioria mas sempre a favorecerem o Porto. Quero ver o que diz o Seara diz hoje à noite, não espero muito porque não tem perfil para aquele tipo de debate, mas ao menos que não fique a rir patéticamente como é costume.
Desde as análises ao jogo, aos patéticos directos do Hospital onde o Anderson foi operado, a genuflexão por parte da imprensa e dos comentadores é atroz, e é aí que está a luta. Continuo a não perceber como o Benfica um clube com milhões de adeptos ainda se conforme com as manipulações que nos são servidas pela maior parte das Tvs...Ugh!!

 
At 10/30/2006 6:33 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Paulinho Santos a decretar que um jogador seja punido por eventual comportamento violento é do mais anedótico que há. Até onde isto chega... O que é que veremos a seguir? Os Super Dragões a apelarem ao respeito pelos adeptos adversários?

Por falar em respeito pelos adeptos adversários, só de pensar no que os adeptos do Celtic estão a preparar para o jogo da Luz, até fico arrepiado. É assim que se conquista o respeito e a admiração por parte dos adversários. Depois dos seus adepots fazerem uma coisa daquelas, não creio que seja capaz de fazer outra coisa à equipa do Celtic senão aplaudi-la.

 
At 10/30/2006 6:53 da tarde, Blogger Superman Torras said...

Eu hoje não tive um dia especialmente famoso (2ª feira e basta), mas acreditem que o momento alto foi mesmo quando li este comentário.

E com isto, digo tudo.

Priceless.

 
At 10/30/2006 6:58 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Parece que mesmo na terra do Anderson eles acham o comunicado e comportamento do fóculporto ridículo (reparei neste artigo agora graças a um comentário do Bakero no BnRB).

 
At 10/30/2006 7:35 da tarde, Blogger tma said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 10/30/2006 7:36 da tarde, Blogger tma said...

Falando em Paulinho Santos (e passe a publicidade a um blog que não é obviamente meu): http://pequenostugas.blogspot.com/2006/10/paulinho-santos.html
O fácies do Paulinho diz tudo...

E já que falaste no que os adeptos do Celtic vão fazer, não resisti à curiosidade e fui lá ao site ver: uma homenagem ao Fehér! Sem dúvida um magnífico exemplo a seguir de como uma claque pode ser 'fanática' pelo seu clube e ao mesmo tempo respeitadora dos adversários.

Não há dúvida que Paulinho Santos e claque do Celtic tem tudo a ver, ao ponto de estarem no mesmo comentário ;-)

 
At 10/30/2006 10:41 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Em primeiro lugar, lamento a lesão do Anderson e desejo que recupere brevemente.

Quanto ao resto, já está praticamente tudo dito sobre o brilhante post do D'Arcy e sobre mais um texto cómico escrito pelo Ricardo Araújo Pereira (hã? o quê? aquilo não é dos "Gato"? é um comunicado oficial dos andrades? Não pode...)

Apenas queria acrescentar 3 coisas:

1. Que pena o mentecapto que escreveu o comunicado ainda não saber escrever quando o Costinha (guarda-redes) partiu a perna do JVP, ou quando o Marco Tábuas teve aquela entrada sobre o Nuno Gomes. Gostaria de saber o que escreveria sobre esses lances.

2. D'Arcy, como te pudeste esquecer de mencionar artistas da bela arte da "porrada à moda do porto" tais como Jaime Pacheco, Frasco, Secretário, Sérgio Conceição ou Capucho? Tudo bons rapazes. O Conceição, ainda há pouco tempo, ensinava aos belgas tudo o que aprendeu na escola das Antas.
É preciso desfaçatez!

3. Espero que a direcção do nosso Sport Lisboa e Benfica reaja a este comunicado. Por mim, compilavam-se os melhores momentos de porrada dos andrades e fazia-se uma conferência de imprensa. Passava-se um lance dos andrades e em seguida o lance do Katsouranis, um lance dos andrades e mais uma vez o lance do Katsouranis, etc. (tma, não é falta! Ele apenas joga a bola e depois toca no puto, apenas porque vai a escorregar. Se fosse falta alguém refilaria naquele antro. Alguém refilou?).


"É nestas pequenas coisas que se revela a pequenez daquele clube. Porque por mais que ganhem, ainda não sabem ganhar."

Mai nada!

Cumprimentos

 
At 10/30/2006 10:55 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 10/30/2006 11:43 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Há um ano foi Lisandro Lopez, derrubado ao minuto 21. Desta vez foi Anderson, ao minuto 31. E o cenário de coincidência sai reforçado com nova constatação: o árbitro era o mesmo e a opção de não sancionar o lance e o agressor, da mesma nacionalidade e adquirido na respectiva época, foi decalcada..."

Este é uma parte o comunicado do Fc Porto....eu pedia que mudassem a palavra nacionalidade por raça e o voltassem a ler...

 
At 10/30/2006 11:46 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O que se passou ontem no Estádio do Dragão foi mais um atentado ao futebol espectáculo, uma coincidência lamentável que roubou ao desafio um dos seus maiores pólos de interesse. Precisamente como na temporada passada, no mesmo local do terreno, no meio-campo, junto aos bancos de suplentes, o jogador que mais podia desequilibrar foi intencionalmente atingido com violência por um grego, confirmando a teoria de quem vê estes casos como manobras planeadas.

O exercicio é o mesmo que o anterior, mas agora onde se lê grego leia-se judeu, ou preto ou cigano

 
At 10/30/2006 11:55 da tarde, Blogger Super Esbutenado said...

JFilipe, so para esclarecer que quando escrevi "tripeiros" me queria referir a esmagadora maioria dos socios e adeptos do fcporco. Sei muito bem que ha bastantes benfiquistas na cidade do Porto, inclusive alguns amigos meus.

 
At 10/30/2006 11:59 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Em questões de TRAMPA, MERDAS do mesmo sinal, atraiem-se uma à outra. É a lei da Física, digo da Merda.Tudo isto para justificar a oportunidade e sapiencia manifestada no comunicado dos "andrades", relativamente à lesão do Anderson. A culpa de tudo está nos efluvios da ETAR de Paredes que ultimamente tem fedido mesmo muito mal, cheira mesmo a muita Merda!. Garante quem conhece bem o ambiente, que esta merda atraiu merda do mesmo sinal, concentrada no "andar das três fiteiras". Pois, é à sombra das três fiteiras que o porco da costa tem levado uns valentes apertos de orelhas da substiputa da carolina, confirmando a regra: merda só pode atrair merda! E duma cabeça cheia de merda só pode sair um comunicado de MERDA!

 
At 10/31/2006 10:18 da manhã, Blogger Pedro said...

E parem com essas lamechices dos votos de melhoras ao Anderson...dá a ideia q estamos com peso na consciência.
Não temos peso nenhum. O lance foi perfeitamente normal e se o pseudo prodigio é feito de papel a culpa não é nossa.

Alguem pediu rápidas melhoras para o Maestro Rui Costa q tem mais futebol no dedo mindinho do q o plantel todo dos andrades?

 
At 10/31/2006 11:20 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Eu expunha o comunicado à UEFA e FIFA para aquilatarem do teor xenófobo do mesmo. Havia de arranjar maneira de esta coisa ser exposta na praça pública do futebol de maneira a lixar o Porco da Costa.

 
At 10/31/2006 11:44 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Gostei da resposta do Benfica. Felizmente não desceu ao mesmo nível dos andrades (também era difícil).

 
At 10/31/2006 12:43 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Parabéns pelo comentário, acertou na mouche!

 
At 10/31/2006 12:45 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caro Pedro,

O facto de desejarmos as rápidas melhoras ao Anderson (mesmo sabendo que a jogada é limpa e o Katsouranis não é culpado de nada) é o que nos distingue dos Filhos da Corrupção.

Alguém desejou as melhoras ao JVP quando partiu a perna num lance com o Costinha (que por acaso até chegou a ser guarda-redes dos andrades)?
Alguém pediu as melhoras do Mantorras, quando era uma real mais-valia do Benfica?
Alguém pediu as melhoras ao Nuno Gomes quando foi atropelado pelo Marco Tábuas ou pelo defesa do Belém? (até tiveram o desplante de dizer que não era falta e ninguém se preocupou que o Benfica tivesse de ir jogar a Camp Nou sem o Nuno)
Alguém pediu as melhoras do Simão quando, em grande forma, se lesionou ao serviço da Selecção?
Alguém pediu as melhoras do Rui Costa?

A resposta é sempre NÃO! E é não porque esta gente não gosta de futebol e tem um ódio de morte ao nosso Sport Lisboa e Benfica!

Outro assunto: é necessário a direcção do nosso Benfica estar atenta ao que os paineleiros e "comentadores" televisivos andam a fazer. Desde o Rui-gravatasbonitas-Santos até Guilherme Aguiar, andam todos a preparar o caminho para a suspensão do Katsouranis. Só alguém com muita má fé pode pensar que aquela entrada é maldosa, ou é com a intenção de algo mais do que jogar a bola.
Continuo a afirmar: para mim, nem sequer é falta. Não terão estas manobras de diversão apenas a finalidade de encobrir o péssimo trabalho do departamento médico dos andrades? Como se admite que um jogador que tem a perna partida em 3 sítios possa voltar ao campo e que, no final do jogo, esteja a comemorar no relvado com os colegas? Isto sim, é grave!

Ai se fosse no nosso Benfica, o que não diriam os abutres do costume.

Cumprimentos

P.S.: Estão todos borrados porque sabem que não têm equipa. Ninguém se lembra que nós andamos a jogar sem Rui Costa, sem Karagounis, sem Miccoli (havia tanto para dizer) e sem Paulo Jorge e, mesmo assim, estamos a 6 pontos do 1º lugar e com um jogo a menos.

 
At 10/31/2006 3:32 da tarde, Blogger Cannibal said...

Sinceramente creio que este é daqueles assuntos em que ganhamos mais ao ficar calados!

Eles que se enterrem sozinhos neste caso nem de ajuda precisam e dar-lhes importância é cair no ridículo como eles.

O clube que sempre abusou das entradas maldosas para intimidar com a protecção dos árbitros vem agora com lérias num lance normalíssimo...enfim

Resposta à gato fedorento:
-Diz que é falta, diz que sim!

 
At 10/31/2006 5:02 da tarde, Anonymous Anónimo said...

GUERRA ABERTA
Hoje gostaria de não escrever este post. No entanto, depois de ler o comunicado do FCP acerca de Katsouranis e a opinião de alguns ilustres portistas (Miguel Sousa Tavares), não posso ficar calado.
No entanto, deixem-me dizer que não concordo nada com as atitudes de Veiga a festejar o golo do Benfica, assim como critico Vieira pela "guerrilha" acentuada com o Porto. E acho que o Benfica perdeu o jogo por culpa própria.
Hoje, no jornal "A Bola", Miguel Sousa Tavares diz que Anderson foi "arrumado" por Katsouranis e que tal foi propositado. E mais, comentando a actuação do árbitro, "jogadores como o Anderson merecem de quem gosta de futebol e os defenda. E não é só com lágrimas de carpideira".
Sinceramente, não me parece que Katsouranis tenha premeditado a falta, nem tão pouco me parece ser falta para amarelo. Foi futebol, o que aconteceu. Mais grave pereceu-me ser a entrada de Fucile sobre Nuno Assis....
Mas, falando de agressões bárbaras, que tal MST comentar só algumas atitudes como a de Bruno Alves na época passada quando agrediu barbaramente Nuno Gomes, o estalo de Jorge Costa em Simão em 2002/2003 (Mourinho disse que tinha sido "só" um encosto), ou aqui há uns anos atrás uma entrada assassina de Secretário sobre João Vieira Pinto. Para não falar das constantes agressões de Paulinho Santos....
Quanto à arbitragem, por acaso MST não repara que Petit sofre falta antes do segundo golo do Porto? E voltando à arbitragem, já se esqueceu da expulsão de Leo o ano passado, ou da simulação de Deco que valeu a expulsão de Ricardo Rocha? Ou então um célebre jogo da Supertaça, em que um árbitro chamado José Pratas fugiu dos jogadores do Porto e não teve coragem de expulsar nenhum? Pois, esse mesmo árbitro que num Varzim - Benfica (o do célebre deixem jogar o Mantorras) conseguiu dar 7 minutos de desconto e mais 3 minutos sobre esses mesmos descontos??
Pois, a memória é curta....
www.malucodofutebol.blogspot.com

 
At 10/31/2006 5:03 da tarde, Anonymous Anónimo said...

GUERRA ABERTA
Hoje gostaria de não escrever este post. No entanto, depois de ler o comunicado do FCP acerca de Katsouranis e a opinião de alguns ilustres portistas (Miguel Sousa Tavares), não posso ficar calado.
No entanto, deixem-me dizer que não concordo nada com as atitudes de Veiga a festejar o golo do Benfica, assim como critico Vieira pela "guerrilha" acentuada com o Porto. E acho que o Benfica perdeu o jogo por culpa própria.
Hoje, no jornal "A Bola", Miguel Sousa Tavares diz que Anderson foi "arrumado" por Katsouranis e que tal foi propositado. E mais, comentando a actuação do árbitro, "jogadores como o Anderson merecem de quem gosta de futebol e os defenda. E não é só com lágrimas de carpideira".
Sinceramente, não me parece que Katsouranis tenha premeditado a falta, nem tão pouco me parece ser falta para amarelo. Foi futebol, o que aconteceu. Mais grave pereceu-me ser a entrada de Fucile sobre Nuno Assis....
Mas, falando de agressões bárbaras, que tal MST comentar só algumas atitudes como a de Bruno Alves na época passada quando agrediu barbaramente Nuno Gomes, o estalo de Jorge Costa em Simão em 2002/2003 (Mourinho disse que tinha sido "só" um encosto), ou aqui há uns anos atrás uma entrada assassina de Secretário sobre João Vieira Pinto. Para não falar das constantes agressões de Paulinho Santos....
Quanto à arbitragem, por acaso MST não repara que Petit sofre falta antes do segundo golo do Porto? E voltando à arbitragem, já se esqueceu da expulsão de Leo o ano passado, ou da simulação de Deco que valeu a expulsão de Ricardo Rocha? Ou então um célebre jogo da Supertaça, em que um árbitro chamado José Pratas fugiu dos jogadores do Porto e não teve coragem de expulsar nenhum? Pois, esse mesmo árbitro que num Varzim - Benfica (o do célebre deixem jogar o Mantorras) conseguiu dar 7 minutos de desconto e mais 3 minutos sobre esses mesmos descontos??
Pois, a memória é curta....
www.malucodofutebol.blogspot.com

 
At 10/31/2006 6:09 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Por acaso o árbitro desse jogo com o Varzim, se não estou em erro, foi o Isidoro Rodrigues, não o Pratas.

 
At 10/31/2006 6:53 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

Não estás errado, D'Arcy: foi mesmo esse o artista. Uma arbitragem que entra para o quadro de honra dos anos de Apito Dourado.

 
At 10/31/2006 7:13 da tarde, Blogger último! said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 10/31/2006 7:14 da tarde, Blogger último! said...

Caro anonynous,

Em relação ao Miguel Sousa Tavares é escusada a tua preocupação provavelmente é plágio.

ehehheheh
;)

 
At 11/01/2006 8:57 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O que o PC quis dizer é que quando os jogadores deles têm entradas que tocam nos adversários, ou aquelas mais durinhas para cartão, isso não tem a ver com o calor do jogo, foi estudado antes, eles levam instruções para aviarem os adversários.

A isto responde-se bem sem palavras, basta uma sequência de imagens dos jogadores deles a aviarem os adversários. Nem é preciso procurar muito, estou a lembrar-me de uma sobre o Nuno Assis neste jogo, e na semana anterior, contra o essecepe, só na primeira parte, houve duas que me ficaram na retina.

Quanto ao puto, é azar, e duas lesões graves em tão pouco tempo não auguram nada de bom.

 
At 11/01/2006 11:51 da manhã, Anonymous Anónimo said...

eNtão o que se passa com o Gay Fakes? Não vem cantar hosanas ao etíope dos supermercados, nem vem chatear-nos o juízo com as suas teorias da treta. Deve estar doente...

 
At 11/01/2006 4:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

EU ADMITO!!!
Ando há 2 anos a tirar 2 cursos intensivos denominados "Como lesionar gravemente um jogador brasileiro de 18 anos com uma camisola às riscas azuis e brancas" e outro "Como escrever em grego para todos os portugueses perceberem na perfeição, razão pela qual estou a escrever em grego e vocês percebem.

Estou ainda a pensar tirar mais uns cursozitos que vi para breve no centro de estágio do Benfica: "Como lesionar jogadores de raça cigana que vestem camisolas azuis e brancas" e outro denominado "Como partir os queixos a jogadores adversários sem ser apanhado por 20 câmaras de tv", mas este curso já é na cidade do Porto e o formador é um tal Dr.Paulo Santos.....ouvi dizer que é uma autoridade na matéria...

 
At 11/01/2006 10:30 da tarde, Blogger Filipe Nuno said...

Isto merece ser visto:

http://www.youtube.com/watch?v=0H9X6xgOYHU&eurl=

 
At 11/04/2006 2:03 da tarde, Blogger João Pedro said...

Eu fui ver esse jogo do Varzim : eles empataram já nos descontos, com um auto-golo do Cabral.
Pelo meio houve um penalty sobre o Mantorras não marcado e outros casos duvidosos.

 

Enviar um comentário

<< Home