sábado, julho 01, 2006

Vá lá...

O homem merece os parabéns. Estava completamente in the zone hoje, defendeu três penalties (incluindo um do Lampard e outro do Gerrard, que eu acho que raramente ou mesmo nunca tinha visto falhar - e quase defendia mais um) e vai voltar a povoar os pesadelos mais negros que os bifes vão ter esta noite. Por uns tempos vou abster-me de me referir a ele como o Frango do Montijo.

37 Comments:

At 7/01/2006 8:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Só por hoje, Boa Labreca foste o maior!
Os ingleses tambem jogaram bem com 10, e aí vi vir ao de cima a nossa mentalidade do passinho atras, do medo de atacar, da desorientação, da falta de atitude...enfim tudo acabou em bem.
Quanto a mim a expulsão do Rooney é um pouco forçada, mas os ingleses só se podem queixar deles, ou melhor da Sra. Tatcher.Mais uma vez, boa Labreca!!

 
At 7/01/2006 10:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Como é que vamos parar o Henry?
Hoje provou-se que um tipo que é o melhor jogador do mundo, pode estar velho, pode estar lento mas a sua natureza não engana,é genuino, não faz floreados (Ronaldinho Gaucho) nem demagogia com a bola, respeita-a mas trata-a por tu, GRANDE ZIDANE!!!

 
At 7/01/2006 10:39 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Os Ingleses conseguiram sempre ser mais perigosos q nós(acredito que com Deco e com Costinha em forma, seria diferente), mas só se podem queixar deles mesmo e do ricardo. Qd jogadores como o Lampard e o Gerrard falham... é curioso ver que os melhores jogadores do mundial estão a ser os "velhinhos" Figo e Zidane. O único novato que me tem enchido as medidas é o Ribery...Vai ser mt dificil contra a França...a ver vamos!

 
At 7/02/2006 12:19 da manhã, Blogger dezazucr said...

Não sejas assim D'Arcy. Não percebo como algum benfiquista possa falar mal do Ricardo, até agora quase só nos deu alegrias!

 
At 7/02/2006 10:26 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Já repararam nas equipas que passaram ás meias-finais? Alemanha, Itália, Portugal e França. O que têm elas em comum? Serem todas europeias, dizem os leigos (comentadores de futebol da TV), mas como o essencial não é acessivel atraves dos olhos, e como sabemos que o divino se manifesta de maneiras bem estranhas, talvez seja melhor começarmos a "olhar" este Mundial por um prisma menos laico.
Senão vejamos;
Portugal - País catolico, conta com o apoio da Nª Srª de Fátima. O treinador é protegido pela Nª Srª de Caravaggio.
França - País maioritariamente católico, apoiado pela Nª Srª de Lourdes.O treinador não é protegido por ninguem.
Itália - Bem, em Roma fica o Vaticano, não é?
O treinador tem varios cultos, sendo o predominante um culto siciliano recente.
Alemanha - País organizador, luterano, mas que conta com a maior "cunha" junto do divino, o Papa.
O culto deste treinador é mais Mccdonald's e Coca-Cola.

Perante estes factos poderemos com alguma segurança dizer que o maior poder de influencia do Papa fará com que a Alemanha conte com a benesse divina. Mas atenção, mesmo não acreditando no livre arbitrio (obviamente que os arbitros estão na mão da Fifa), não podemos por de parte o que o Priorado do Sião andará a "maquinar" por estes dias.
Não esquecer que o Priorado defende o culto feminino, mais perto de Fátima e Lourdes, e terá agora a sua sede em Tomar, no Convento de Cristo.
Aguardemos novos "sinais" que nos ajudem a decifrar a vontade (ou a falta dela) divina.

Dany Brau

 
At 7/02/2006 6:34 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Por uns tempos vou abster-me de me referir a ele como o Frango do Montijo."

Certo, e no primeiro post a seguir ao feito do homem vais logo buscar o epíteto. Confessa que mesmo depois disto continuas a embirrar com o homem.

Portugal apesar de tudo teve sempre o jogo na mão, excepto por um bocadinho a seguir à saída do Beckam. Eu por acaso tive medo que se empolgassem e abrissem alguma brecha na defesa. É que eles tinham dez mas nós tinhamos Viana e Postiga que só valem meio jogador cada um, ou seja estávamos a jogar com 10 também. Mas o Postiga apesar de tudo tem pinta para os penaltis. O guarda-redes dos gajos ficou parado à espera que ele repetisse a gracinha.

Quanto ao campeonato, está a ser uma seca, as únicas equipas que mostravam querer jogar futebol mais ou menos de ataque (Espanha, Ucrânia e Brasil) cairam face ao cinismo dos Italianos e franceses. O jogo da França valeu pelo Zidane (magistral) mas o resto foi ver os ataques brasileiros a esbarrarem em Vieira e Makelele e os franceses sem ideias a tentarem arranjar faltas ao pé da área do Brasil. No jogo todo não houve uma oportunidade de jogo corrido decente (a melhor foi um quase auto-golo). O jogo só podia acabar decidido por um frango da defesa. E o Zidane bateu aos pontos toda a competição para melhor jogador do torneio. O Ronaldinho nem se viu.

Dada a pouca apetência da França pelo ataque continuado, e dada a forma contida como Portugal joga, que deixa pouco espaço para contra-ataques contrários, está-me a parecer que o agora "não-Frango-do-Montijo" é capaz de ser chamado a mais uma série de penalidades.

Quem sabe, talvez o Pauleta, apesar de tudo o "artilheiro" do campeonato francês, desate a marcar golos.

 
At 7/02/2006 7:52 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Eu nem embirro nem deixo de embirrar. Pelo menos tem algo que eu gosto muito: não é o Vítor Baía, e por ele estar lá o Baía deixou de ir à selecção. O maior defeito que lhe aponto é a incapacidade para reconhecer quando erra.

 
At 7/02/2006 10:34 da tarde, Blogger Harry Lime said...

O Ricardo é um frangueiro quando está desmotivado e quando sai aos centros. Desde que não esteja desmotivado (obra do Scolari) e não saia aos centros (também obra do scolari), é o Maior!

Aliás, o efeito psicológico do Scolari é visivel, não só no ricardo, como também no resto da equipa.

Como o Sporting não é treinado pelo scolari, podemos contar com frangaria de meia noite durante o campeonato na próxima época.

No entanto, eu tenho uma esperança secreta. Talvez ele consiga enganar algum clube escocês ou alemão e o sporting se consiga finalmente ver livre dele :)))

Mas pode continuar a jogar na selecção! Até porque tem a vantagem de não se chamar Victor Baia.

 
At 7/02/2006 10:53 da tarde, Blogger Harry Lime said...

JFilipe,

eu não penso que o futebol dos franceses tenha sido cinico. Os brasileiros é que jogaram de forma displicente. Havia quatro jogarores do Brasil (o famoso quadrado mágico) que pura e simplesmente não defendia...

A partir daí querias o quê? Que os franceses abrissem caminho para V.Exas. dançarem o samba e o "Joga Bonito"? Pá, estes comentários acerca do cinismo no futebol deixam-me sempre de boca aberta.

Uma boa equipa de futebol não é uma equipa que marca forçosamente muitos golos. Uma boa equipa tem de ser equilibrada: tem de ser boa na defesa e boa no ataque.

Se uma selecção se desequilibra num dos sentidos joga mal e tem poucas probabilidades de vencer. é verdade que as más equipas ultra-defensivas têm mais hipoteses de vencer (exemplo: Grecia no euro 2004) mas isso são excepções que confirmam a regra. As equipas que têm ganho europeus e mundiais são quase sempre muito equilibradas. Tal como as quatro semi-finalistas deste Mundial.

A Espanha mostrou futebol de ataque, é verdade mas só contra coxos. Mal apanhou os franceses levou 3-1 e foi logo de carrinho...

A Ucrania não jogou futebol atacante coisa nenhuma. Na fase de grupos foi uma selecção que fez o minimo dos minimos e depois o jogo contra a suiça foi dos mais secantes deste Mundial. É verdade que jogaram ao ataque contra os italianos mas o que é que eles podiam fazer depois de estarem a perder depois dos 5 minutos? E do que é que vale o jogo ofensivo se depois não se consegue impedir o adversário d emarcar "contra acorrente do jogo"?

O Brasil não tem futebol de ataque, tem futebol de quem acha que "isto é um passeio e que já está no papo". Por isso foram de carrinho.

Independentemente de se jogar ao ataque ou à defesa uma equipa tem sempre de ter uma atitude séria em relação ao torneio e o Brasil não a teve.

Com uma equipa muito parecida, o Felipão levou-os ao titulo há 4 anos porque lhes incutiu uma atitude competitiva séria. Não tem nada a ver com jogar ao ataque ou à defesa.

 
At 7/03/2006 12:33 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Guy quando eu digo que estes jogos estão a ser uma seca não é por achar que a Ucrânia ou a Espanha valham qualquer coisa. Aliás a Espanha deve ter sido uma das equipas mais idiotas que já vi. Não têm paciência nenhuma e não sabem dosear o esforço. É só fúria e nenhuma cabeça.

O que me aborre é que os jogos que nos esperam são demasiado tácticos, tudo equipas calmas e sem pressas. Eu gosto de ver goleadas.

 
At 7/03/2006 2:40 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Este Mundial confirma uma suspeita que tenho desde 98.

A sobrecarga de jogos não permitem que os jogadores cheguem aos torneios em condições físicas aceitáveis.

Foi assim em 98, 2002 e agora. Péssimos jogos, ausência completa dos grandes jogadores.

Ou a FIFA reinventa o Mundial ou de cada vez é pior que a anterior.

Diminuição das épocas dos clubes, ou Mundiais em Fevereiro/Março.

 
At 7/03/2006 3:19 da tarde, Blogger koelhone said...

"A sobrecarga de jogos não permitem que os jogadores cheguem aos torneios em condições físicas aceitáveis.
(...)
Ou a FIFA reinventa o Mundial ou de cada vez é pior que a anterior."

Certo, mas as equipas técnicas também têm que saber preparar as coisas. Quando perguntaram ao preparador físico francês porque é que alguns jogadores começaram tão mal o campeonato ele respondeu que tinha sido contratado para ser campeão do mundo. Ou seja, estava tudo preparado para que os jogadores chegassem ao dia 9 de Julho na máxima força.

Acho que se sentiu essa curva ascendente na forma da selecção gaulesa. Felizmente há males que vêm por bem, e quer o Deco quer o Costinha acabaram por descansar nos 4ºs de final, o que vai dar outro fôlego ao nosso meio campo.

Houve também um comentador francês que depois da fase de grupos disse o seguinte: Atenção que a França não esteve brilhante, mas daqui para a frente é um campeonato diferente. Já não contam os pontos, o que é preciso é bater a equipa contrária. E a França é extremamente difícil de bater!

Comentário certeiro. Aquela defesa, com o Makelele e o Vieira à frente, é pouco menos que inexpugnável.

O Pauleta vai voltar a jogar como contra a Inglaterra. A sprintar como um desalmado, e inconsequentemente. Pode até ser que com isso ajude a ganhar espaços para quem entra do meio campo, mas o Nuno Gomes é muito melhor nessas funções.


E é verdade: o Ricardo esteve assombroso!
Mas ajudem-me a contar, quantos centros teve ele que desfazer neste campeonato? Felizmente, muito poucos. Lembro-me de dois contra a Holanda (num deles quase que largava a bola) e mais dois contra a Inglaterra (que socou, bem, para longe).

Espero que esta contabilidade continue assim, baixinha...

 
At 7/03/2006 4:19 da tarde, Blogger último! said...

O jogar bonito ou futebol atacante não resulta em titulos.

Portugal é o menos favorito das 4 equipas pois nunca ganhou nada.

Depois do ultimo jogo da França fiquei preocupado, espero que tenham jogado assim só porque o Brasil não defendia.

Quanto a Ricardo foi muito bom esteve impecavel mas espero que não se deslumbre, pois muitas criticas e ataques fizeram-lhe mal mas os elogios também lhe podem fazer o mesmo, espero que não.

Força Portugal

 
At 7/03/2006 4:19 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Sinceramente, como o Pauleta tem andado, também prefiro o Nuno Gomes, não marca, mas pelo menos consegue jogar à bola. O Pauleta nem uma coisa nem outra! O Nuno tabela mt bem, desmarca-se bem, consegue criar espaços...peca por não ter pontaria e por não ter muita força!

 
At 7/03/2006 4:51 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Anónimo,

Tens razão no que dizes em relação aos grandes jogadores... mas esqueces-te das equipas pequenas.

As equipas pequenas estão a aprender muito depressa. Têm imensa preparação táctica e física e a maior parte dos seus jogadores joga em campeonatos europeus.

Às vezes penso que os defensores do "futebol-espectaculo" gostavam de voltar ao Mundo dos anos 70 e 80 em que havia equipas do primeiro mundo que davam espectaculo e um Terceiro Mundo que de vez em quando dava um brilharete... E toda a gente tripava com os "pretos de estimação" que conseguiam empatar contra a Itália.

Esse tempo felizmente passou, os "pretos de estimação" agora podem ser uma ameaça séria e as equipas grandes têm de se precaver contra todos: pequenos, grandes e médios.

Nesse tempo havia goleadas (das que o JFilipe gosta) porque havia uma diferença acentuada entre as equipas. Agora não há nada disso e eu acho muito bem!

Os nostalgicos, estilo António Pedro Vasconcellos (que curiosamente é benfiquista), que se lixem!

As equipas jogam de maneira cada vez mais inteligente. Se a consequencia disso é ver menos goleadas e menos resultados de 4-2 então seja!

 
At 7/03/2006 5:14 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O preto passou-se de vez...

http://www.abola.pt/nnh/index.asp?op=ver¬icia=104847&tema=3

 
At 7/03/2006 5:38 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Quem fala assim não é gago:

A Alemanha não é melhor que a Costa do Marfim, não tem tantas variações como a equipa africana, tem é mais história

Diego Armando Maradona, o Maior

PS. Ao contrário do "Maior Jogador do Mundo Segundo a FIFA" parece-me que o "Maior Jogador do Mundo Segundo os Adeptos" sabe do que fala quando fala de futebol. O Pele é um palhaço que só pensa em americanizar o nosso futebol em nome dum passado romantico em que havia muitos golos... Infleizmente há muita gente a ir na cantiga.

 
At 7/03/2006 5:59 da tarde, Blogger heidy said...

lol

Ou não fosses do GLORIOSO! Mas dou o braço a torcer... o man estava insoirado! lol Tem feito um grande campionato. :) Jurei que só vou continuar a dizer mal dele, quando as coisas lá da alemanha terminarem.. espero que no domingo. Como é óbvio!

Final? Estou a rezar/torcer por um duelo latino: Portugal- Itália. lol As minhas duas selecções. Ia ser um grande jogo! Mesmo muito grandeeeeeeee! Já sei... se os holandeses se queixaram dos portugueses mauzões, imagine-se esta guerrita. Pano para mangas. Mas... até domingo muito cesto vai ser lavado. lol

 
At 7/03/2006 6:19 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ratogoleador, então o reforço, pá?
É o Jardel?

 
At 7/03/2006 7:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Eu continuo a preferir resultados de 4-2, ou de preferência de 4-3. Os jogos de 0-0 que vão a penalties, sem ocasiões claras de golo, ou a seca da França-Brasil em que uma equipa defendia com quase todos os jogadores, podem ser inteligentes mas aborrecem-me de morte.

Se no Portugal-Inglaterra estava interessado no jogo porque enfim sou português e não tirei os olhos do ecrã, no França-Brasil estive tentado a fazer zapping. Este foi um dos primeiros mundiais em que tendo oportunidade de ver alguns jogos decidi fazer outras coisas.

 
At 7/03/2006 7:34 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Por acaso gostei do Brasil-França, e acho que até foi jogado a um nivel bem aceitavel e não concordo que a França tivesse jogado á defesa, ou melhor, contra o Brasil são necessários certos cuidados defensivos (vide o Gana) mas a França não defendeu excessivamente e foi até quem teve melhores oportunidades para marcar. Mas a verdadeira questão nestes ultimos Mundiais são sem duvida o excesso competitivo actual devido á excessiva mercantilização do futebol e do desporto.Brevemente teremos inevitavelmente grandes casos de doping, como no ciclismo, no atletismo,etc...aliás o mais recente escandalo de doping que aconteceu em Espanha tambem abrange futebolistas, tenistas e outras modalidades.
A Fifa e a Uefa, querem facturar milhões, os clubes querem facturar milhões,mais os jogadores, mais as selecções, e quem paga os milhões quer resultados, vendas e mais milhões.Neste circulo convenhamos alguma coisa se há-de perder,porque simplesmente não é humano (sem substâncias quimicas)alguem jogar 60/70 partidas por ano, mais treinos
e ainda estar em forma para um Mundial.Como não é possivel (sem substâncias quimicas) correr 3600 Km
de bicicleta em 3 semanas e correr mais 3000 na Volta á Espanha ou Itália, durante não sei quantos anos a fio e com as médias que actualmente se alcançam.
Alguma coisa se perde.

 
At 7/04/2006 9:46 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Eu não penso que o dopping seja determinante no resultado dum jogo de futebol (ou nos outros deposrtos de equipa) da mesma forma que o é no ciclismo ou no atletismo.

Nestes o dopping é normalmente usado para o atleta poder aguentar cargas de treino físico cada vez maior. Ora no futebol o treino fisico é, de um modo geral, apenas o "suficiente" para manter o jogador em forma para jogar.

Por outras palavras a performance de um jogador não é proporcional à quantidade de treino fisico a que está sujeito logo o dopping tem uma utilidade limitada. Aliás, há treinadores, como o Mourinho, que desprezam o treino físico estrito e têm uma abordagem mais "holistica" ao treino.

E depois há outra questão: os desportos de equipa exigem dos jogadores inteligência táctica, capacidade de jogo em equipa e mesmo atributos técnicos que não é muito fácil melhorar através do dopping.

Com isto não quero dizer que o dopping deva ser permitido e não deva ser punido, atenção!

 
At 7/04/2006 9:51 da manhã, Blogger Harry Lime said...

JFilipe,

Eu não gosto muito de ver equipas burras. Um jogo de 4-3 significa que as defesas meteram água como gente grande.

Aliás, nunca me lembro, desde que vejo futebol, desse tipo de resultados serem frequentes. Resultados de 4-3 são frequentes no futsal ou no hoquei em patins. No futebol de 11 devem ter passado de moda no tempo dos 5 violinos ou do Coluna, na melhor das hipoteses.

 
At 7/04/2006 12:07 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Fawkes, essa alegada abordagem holistica do Mourinho é mais uma questão de marketing do que real, alias sempre houve treinadores que previligiaram mais o "treino com bola" e psicologico,lembras-te do Meirim? Ele não inovou nada nesse aspecto, é como a abordagem do Klinsmann e os novos métodos de treino importados da América, se ele ganhar são o supra sumo,se perder é um idiota.
Ao que eu me refiro é ao uso de substancias quimicas, que estão na fronteira do doping (a fonteira é muito ténue)como desfatigantes, vitaminicos, mais não sei o quê, e quer o Mourinho queira quer não são hoje utilizadas por todos(ou julgas que eles de manhã comem um prato de cereais e estão prontos para mais um desgastante dia de trabalho?), e (atenção) são legais, mas são a confirmação por parte da industria futebolistica (neste caso) que não é humanamente possivel aguentar estes ritmos competitivos e quanto mais fortes eles forem mais possibilidade existe de aumentar o consumo desses produtos ou do doping. E aqui a decisão até pode não ser do clube ou tecnicos mas sim dos proprios atletas individualmente.
Repara que até no Xadrez existe doping, o doping é uma autentica industria de ponta que factura milhões e que é feita á medida de cada modalidade ou individuo, sem esquecer os avanços a nivel da genética, hormonas de crescimento, etc..

Eu não quero dizer que é tudo uma mentira, mas que existem aspectos escondidos e um outro lado do desporto que não vêm na Bola nem no Record, não duvido.

Agora utilizando o Cohen como inspiração "first we take Munich, then we take Berlin".
Vamos a eles carago, como tarzões!
vamos comer um frango!

 
At 7/04/2006 3:13 da tarde, Blogger último! said...

Anonymous,

lol, não é o Jardel está descansado.

Viram a entrevista do gajo? Quem o viu e quem o vê?

Quanto ao avançado posso acrescentar que o atraso deve-se ao julgamento que está a decorrer sobre alguns clubes italianos e não estou a falar do Micolli.

Só espero que dê certo,
Abraços

 
At 7/04/2006 3:40 da tarde, Blogger Bill said...

É o Lucarelli...

 
At 7/04/2006 5:11 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ratogoleador, vamos lá a ver se é um jarda, dos bons.Agora com a suspensão de tudo o que é Grego por parte da FIFA, vamos lá a ver se não temos que ir ás compras novamente.
Penso que os jogadores gregos não podem ser abrangidos por actos praticados pela Federação e pelo Governo, nem os clubes que os empregam podem ser prejudicados por isso, mas a ver vamos, se o reforço não for o Jardel já não é mau!:))

 
At 7/04/2006 5:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ah! e se o avnçado estiver metido no "escândalo" italiano ainda melhor, cá não temos problemas desses.Não podemos é descuidar muito a guarda porque a delegação mafiosa em portugal pode-se antecipar.

 
At 7/04/2006 8:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É o Inzaghi da juve, digo eu..

 
At 7/04/2006 8:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Do Milan, enganei-me.

 
At 7/04/2006 8:50 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Daqui a bocado o ratogoleador vem dizer que o Del Piero vai para o Benfica...

 
At 7/05/2006 4:17 da manhã, Blogger Filipe Nuno said...

N, mas parece que o Paulo Jorge já lá está!

 
At 7/05/2006 10:11 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Fawkes, mais sobre o doping ou substancias quimicas ou tratamentos biologicos. :)

DICE QUE TAMBIÉN TRABAJÓ CON FUTBOLISTAS, TENISTAS Y ATLETAS
Eufemiano Fuentes desvela que no sólo trataba a ciclistas
Marca.

Eufemiano Fuentes rompió el martes su silencio en los micrófonos de ‘El Larguero’ de la Cadena Ser. El medico, investigado en la operación Puerto’ por dirigir una presunta red de dopaje generalizado en España, salió al paso de las informaciones que se están filtrando sobre los nombres de los implicados y aseguró que sus prácticas no sólo iban destinadas a los ciclistas: “Estoy muy indignado por ese tema. Ni son todos los que están ni están todos los que son. Ha salido nombres de gente ahí que ni conozco y otros que no han salido y no sé por qué, pero mi secreto profesional me impide revelarlos. He sido pionero en muchas cosas y no sé si debo serlo a la hora de desmontar las tramas de hipócritas que he hay en este mundo. ¿Tratamientos sólo para ciclistas? Eso también me tiene indignado. También he trabajado en otros deportes, como el atletismo, el tenis o el fútbol. Faltan muchos nombres, ha habido una filtración selectiva. No sé por qué. He trabajado con equipos de fútbol de la Liga española, de Primera y de Segunda, que han mejorado el rendimiento. Si no he hecho esos tratamientos sí los he recomendado”.

Eufemiano defendió sus prácticas asegurando que nada tenían que ver con el dopaje porque “son tratamientos biológicos para ayudar en la recuperación del deportista. La sangre no se puede manipular. Se saca porque hay problemas de salud o porque había una problema con la reglamentación. Se recolectaba, pero o a lo mejor no se entrega nunca o a lo mejor sí porque la vida del deportista corre peligro. Mi objetivo es cuidar a mis pacientes”.

 
At 7/05/2006 10:13 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Não acho que seja facto nenhum de merecer uma crónica neste blogue assumidamente PORTUGUÊS ( leia-se BENFIQUISTA). Ele não fez mais do que a obrigação dele que é defender. Ele é Guarda-Redes. Logo tem como função impedir que as bolas toquem na rede, delimitada por 2 postes e uma trave. É para isso que ele é pago a peso de ouro. Assim como o Petit fez o seu papel. Destruir o jogo inglês era a sua função no jogo.Não queriam que o homem ainda tivesse cabeça para marcar golos... Nem nunca o vi a marcar um penalty.

Tiago Xunga

 
At 7/05/2006 1:07 da tarde, Blogger último! said...

Parabéns Benfica,

Gostei muito da contratação do Paulo Jorge, é novo, possante, cheio de garra, daqueles jogadores para marcar nos momentos decisivos.

Já ouvi muitas criticas de adeptos a dizer que não o conhecem mas se não o conhecem não deveriam estar calados!?
Ou pelo menos dar o beneficio da duvida.

Pensava que ia para o Porto, felizmente isso não aconteceu, quem já o viu a jogar entende porque digo isto.

 
At 7/05/2006 2:46 da tarde, Blogger Pedro said...

Bolas Rato...vem de Itália...e eu a pensar q vinha de Inglaterra. Bolas.
:)

Espero q não seja o Inzaghi....cruz credo.

Tive com o Jardel no domingo. Muito tem ele q mudar se quiser voltar a vingar no futebol...

 
At 7/05/2006 4:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Sinceramente não conheço, mas se o ratogoleador diz que é bom...
Mas penso que ainda não é a tal surpresa, alias acho que este Paulo Jorge deve ser para colmatar a saída do Simão, já deve ser mais que certa.
Já começo é a estar preocupado com a pre-eliminatoria,e a ver que o Benfica entre lesionados e outros que chegam mais tarde por causa do Mundial, não vai estar "pronto", então se apanharmos uma equipa mais dificil...não sei..
Mas aguardemos.

 

Enviar um comentário

<< Home