quarta-feira, agosto 09, 2006

Sofrível

Mais um jogo sobre o qual não me apetece escrever muito, nem fazer grandes considerações. Durante o jogo a televisão mostrou umas imagens de uns adeptos do Benfica no Prater, com um ar absolutamente amorfo: é assim que eu começo a sentir-me quando vejo o Benfica jogar como estava a jogar naquela altura. É que já passei a fase em que me irrito tanto que desato a vociferar para o televisor. Parece que o Fernando Santos consegue contagiar todos com aquele conformismo inato. Mas lá acabámos por conseguir um resultado que nos permite manter em aberto todas as possibilidades de nos qualificarmos para a Champions League. Na minha opinião, no entanto, a nossa exibição deixou muito a desejar.

A táctica mudou, e apresentámos o 4-2-3-1 que se tornou típico desde os tempos de Camacho, mas não vi grande evolução na qualidade do nosso jogo. Talvez a diferença mais evidente tenha sido alguma maior consistência defensiva, só que em termos ofensivos a nossa equipa continua a deixar muito a desejar. Foram pouquíssimas as oportunidades de golo, e consequentemente também foram poucas as vezes que rematámos à baliza. Na primeira vez que lá chegámos, e numa jogada bonita em que a bola passou por vários jogadores, marcámos, após uma finalização de calcanhar do Nuno Gomes. Esse golo pôs um ponto final na entrada mais impetuosa dos austríacos no jogo, e depois disso pareceu que o Benfica estava a conseguir assentar o seu jogo, e a controlar o adversário. Só que o adversário conseguiu empatar, e voltou tudo à estaca zero.

A segunda parte foi até irritante de ver, de tão mal jogada que foi. Os austríacos tentavam mas não podiam, e o Benfica parecia satisfeito com o resultado. Mesmo as substituições feitas não mudaram nada em termos tácticos, entrando sempre um jogador para assumir exactamente as mesmas funções daquele que saía. Houve alturas em que até me senti tentado a fazer zapping, porque nunca me pareceu que houvesse grande probabilidade de haver alguma alteração no resultado. O empate acaba por ser um resultado aceitável, mas foi conseguido contra uma equipa que me parece bastante fraquinha. O problema é que o Benfica neste momento também me parece muito fraquinho. E o resultado, apesar de positivo, não nos deixa a salvo de uma surpresa na segunda mão. Espero que até lá consigamos melhorar muito a qualidade do nosso jogo.

53 Comments:

At 8/09/2006 10:06 da manhã, Blogger Sempre Atento! said...

Caros combloggers e voyeurs unicelulares.

Pois é. O jogo de ontem foi de criar bocejos até mais não!!! Muito mal. As desculpas da falta de ritmo, para mim já não chegam. Falta chama e alma em alguns jogadores. Apenas o Nuno Gomes e o Paulo Jorge se mostraram com alguma vontade de fazer mais e chegar mais longe. Mas uma equipa não são 2 jogadores, e os outros 9 mais os substitutos nada fizeram para que a decisão da eliminatória ficasse logo ali carimbada para o nosso lado. A exibição de ontem dá muito que pensar. Será que há esperança. Faço fé em que sim. Esperemos...

 
At 8/09/2006 10:12 da manhã, Blogger Mr. Shankly said...

Não há milagres. Em relação à época passada, jogam P. Jorge e Manu em vez de Simão e Geovanni. Queriam criatividade ofensiva?
Que voltem depressa Miccoli e Leo, e já agora o Simão...

 
At 8/09/2006 10:14 da manhã, Blogger tma said...

Tal como tu, e apesar de o resultado, numa perspectiva de competições europeias, ser bom, considero que, dado o valor do adversário, foi mau, tal como a exibição. E ao contrário do Santola, não me conformo com isso...
No entanto, e nesta fase em que as espectativas estão bastante baixas, vejo-me forçado a pensar que, apesar de tudo, houve alguma melhoria (no aspecto defensivo, essencialmente), e não podemos esperar que de um dia para o outro a equipa comece a jogar bem. Gostaria de ver este jogo como um passo nesse sentido (se compararmos, por exemplo, com o jogo com o Sion, equipa de nível similar ao do Áustria de Viena).
Ainda assim, creio que o Benfica tem tudo para se apurar.

 
At 8/09/2006 11:03 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Não podia concordar mais com a análise do D`Arcy. Voces jogaram muito mal! Na segunda parte eu adormeci a ver o jogo. Aquilo parecia-me um Gil Vicente- Paços de Ferreira!

De qualquer forma estou contente com o facto de voces terem grandes hipoteses de continuarem na CL.

É que despedir o Fernando Santos agora é um desperdicio. Despeçam-no só para o Natal, quando o home já tiver destruido completamante a vossa época. :)))

PS. Já agora, andava para lá um tipo chamdo Rui Costa... pá, não percebo o que é que um jogador como ele anda afazer numa equipa como o Benfica.

PPS. E não venham com coisas em relação aos meus desejos de continuidade do FS. Eu conheço os sentimentos que a lampionagem nutria em relação ao Peseiro na época passada.

PPPS. Um abraço para o TMA. Mooo!

 
At 8/09/2006 3:03 da tarde, Blogger dezazucr said...

Eu bem dizia... o problema não é a táctica, mas sim o empenho que os jogadores colocam no jogo. O Benfica a jogar é, de facto uma equipa amorfa, não pressiona, deixa jogar e fica na expectativa. E isso não vai mudar quer se jogue em 4-4-2, 4-5-1, 4-3-3, 4-2-3-1 ou o que seja.
Espero sinceramente que seja um problema de falta de ritmo.
Agora continu ainda a torcer para que o negócio Simão dê para o torto e ele fique, pois Simão é 60% do jogo do Benfica, os últimos 4-5 anos comprovam-no. Saindo a equipa fica orfã e não é com Paulos Jorges e Manús que se compensa a saída dele, independentemente da táctica.

 
At 8/09/2006 4:07 da tarde, Blogger último! said...

Caros Benfiquistas:


É completamente aceitável o jogo de ontem onde o resultado interessa mais do que a exibição, o FS quer o Benfica a dominar o jogo e isso para mim basta (beneficio da duvida) agora não é num mês que se muda um sistema de 4 anos.

Fico triste que após um torneio de pré época, já a maior parte dos benfiquistas exige a cabeça do treinador, não era a minha escolha mas está feita e agora é apoiar mas vocês é que sabem.

É absolutamente natural que o Benfica em pré época, não consiga um grande jogo contra um Áustria de Viena já no inicio da época, motivado pela champions e por receber o Benfica.

O Benfica no torneio estava mal fisicamente mas os críticos esquecem que ontem é que era importante e já se notou muito mais disponibilidade física.

João, o Paulo Jorge (que não entendo como?) já é criticado!?!?! continuará a ser a minha aposta para nosso jogador sensação, ontem fez mais duas assistências perfeitas para golo a ultima não aproveitada pelo Marco Ferreira e se repararem sabe para onde centra ao contrário do Manu que tem velocidade mas centra sem olhar.

Até aposto contigo que se o Paulo Jorge fosse da formação do SCP ontem era considerado o melhor em campo pelo que jogou mas foi eleito o Nuno Gomes pelo golo de calcanhar a passe do Paulo Jorge (o Nuno Gomes não fez mais nada mas eles os especialistas é que sabem), não estou com isto a dizer que não gosto do Nuno mas ontem o melhor em campo foi o Paulo.

Tenham calma é um apelo que faço, serei o primeiro a pedir a cabeça do FS mas acho importante dar-lhe tempo, entraram jogadores novos e o sistema que quer implementar é novo.

Força Benfica

 
At 8/09/2006 4:36 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

rato, só digo que não se pode comparar o Paulo Jorge ou o Manu com o Simão. Como é evidente espero que ele seja ainda melhor, mas duvido :)
Ontem com o Simão em campo tinhamos morto o jogo sem grandes dificuldades.
Mas não alinho pelo que dizem alguns benfiquistas, acho que a exibição foi razoável, segura na defesa e com mais ideias e velocidade no ataque. E ao contrário dos habituais mimos que lagartos e tripeiros reservam aos adversários do Benfica (muito fraquinhos, se fosse o FCP ganhava por 7, o Sporting por 14, etc.) convém não esquecer que era o campeão e vencedor da Taça da Áustria. E que vai na 4ª jornada do campeonato.

 
At 8/09/2006 4:42 da tarde, Blogger último! said...

João,

Longe de mim querer fazer comparações Paulo Jorge vs Simão mas para mim o Simão enquanto não jogar não conta e o Paulo Jorge acredito que vai dar muito dinheiro ao Benfica porque é muito bom se tiver sorte (sem lesões) tem tudo para ser bom jogador aliás já fez mais em 3 ou 4 jogos do que o Carlitos em 3 épocas

 
At 8/09/2006 5:18 da tarde, Blogger último! said...

Já agora, viram as defesas do Quim para a frente?
Se fosse o Moretto dava para 1ª página mas como foi o outro...

Gostei da atitude do treinador assim defende o guarda redes, decidiu e acabou a polémica mas foi nitidamente um ataque de alguns orgãos de comnicação social.

Aliás só assim se prova que o Moretto com 1 golo sofrido seja o 3º guarda redes atrás do Moreira 6 golos em dois jogos e Quim 3 golos 1 jogo

 
At 8/09/2006 6:34 da tarde, Blogger BP said...

Boas.
Rato goleador, tiraste-me a oportunidade de comentar. disseste TUDO o que queria dizer. 100% ctg.
Criar meecanismos de ataque com jogadores diferentes e sem aquele à volta de quem girou todo o ataque benfiquista nos últimos 5 anos... não há rui costa (que goste de ver ontem) que resista...
Abraços

 
At 8/09/2006 6:35 da tarde, Blogger BP said...

Ah. Faltou dizer ao d'arcy, que provavelmente nao tem gostado das exibições porque ainda ontem o jogo do glorioso parecia o tempo do trap... ;)

 
At 8/09/2006 10:25 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ao contrário do D'Arcy, eu continuo a vociferar protestos na direcção do televisor... embora o dito não tenha qualquer culpa pelo que aqueles "infelizes" continuam a fazer em campo!...

O jogo foi, mesmo, miserável. Como benfiquista, estou decepcionado, triste, muito triste, frustado mesmo, por aquilo que o Benfica está a (não) jogar. O que mais me aflige, porém, é que as perspectivas são negras, muito negras, mesmo.
A equipa não tem um modelo de jogo, não tem garra, não tem ambição, não tem condição física e, sobretudo, não tem quem a molde nem quem a construa, isto é, faça de um conjunto de jogadores uma equipa. Fernando Santos não é treinador para o Benfica.
Eu só gostei dele enquanto ele foi treinador dos "andrades" e dos "verde-ranho"...

Foi gritante a mediocridade patenteada, para mais tendo em conta que o adversário de ontem é uma equipa que teria muita dificuldade em manter-se na nossa "Superliga".

Por este andar, vamos ver-nos gregos... se não pusermos o "grego" a andar enquanto é tempo!

A propósito do desfecho desta pré-eliminatória... estou com o D'Arcy: não estamos a coberto de uma surpresa desagradável na Luz, a jogar desta maneira.

A propósito dos guarda-redes... estou com o ratogoleador: Moretto deu um frengo, nem convocado é. Moreira e Quim enfardaram golos em barda na pré-época (e acumularam erros em demasia, também...), mas continuam a merecer a confiança.
Já agora, no golo do Austria, Quim não podia ter feito mais qualquer coisa?
Se o guarda-redes ontem tivesse sido o Moretto e tivesse as mesmas fífias que teve o Quim, já tinha sido linchado...
Sem querer perpetuar esta discussão, para mim Moretto é muuuito mais guarda-redes!

 
At 8/10/2006 3:59 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O Rato tem toda a razão relativamente ao P.Jorge. Está ali um potencial excelente jogador. Joga simples, em velocidade e para a frente. É inteligente e sabe centrar. Só não faz é trivelas da treta e chinquelinas. Mas como isto é futebol...

 
At 8/10/2006 10:13 da manhã, Blogger Mr. Shankly said...

"o adversário de ontem é uma equipa que teria muita dificuldade em manter-se na nossa "Superliga".
Alguém reparou no resultado do Valência ontem? Suponho que o Valência tivesse dificuldades em manter-se na primeira liga, também? É que perdeu com o Salzburgo, que ficou atrá do Áustria. Curioso, não é? É fantástica a facilidade com que os befiquistas são comidos pela falácia de que os adversários do Benfica são sempre maus, e o Benfica tem sempre sorte nos resultados que consegue e nos sorteios.

 
At 8/10/2006 12:12 da tarde, Blogger Harry Lime said...

joão,

Desculpa lá, eu sei que sou lagarto e por isso o que te vou dier é previsivel.

A defesa que tu vens aqui fazer da força do campeonato austriaco e perfeitamente estroboscopica.

É como se eu viesse agora dizer que o campeonato israelita é forte só porque o Liverpool se viu aflito para vencer o Maccabi Haifa. O futebol austriaco tanto quato sei esgotou-se nos anos 40 ou 50 (ou até antes da guerra!).

E depois quando tu lá em cima escreves acerca do Austria de Viena:

era o campeão e vencedor da Taça da Áustria. E que vai na 4ª jornada do campeonato

Estás a desculpar o facto do Benfica não estar preparado convientemente. Pá, se uma equipa tem um jogo "a doer" na primeira semana de Agosto tem de estar pronta para jogar decentemente nessa altura dê por onder der.

O Austria de Viena pareceu-me uma equipa banal. E o problema (para os Benfiquistas) é que o Benfica nãoi esteva melhor do que os austriacos.

PS. Atenção! É óbvio que isto não garante que o Sporting fizesse melhor. o que se tem visto nos jogos do sporting é que, com menos tempo de preparação do que o SLB, o Shrek já tem a equipa mais ou menos encarrilhada. Voces deviam-se perguntar porque é que isso não acontece no vosso clube. Eu se fosse benfiquista fazia essa questão...

 
At 8/10/2006 12:22 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Então e o Manel Fernandes sempre está em condições para ir para o Portsmouth ou não?

Aparentemente, os médicos lampiões têm de aprender com a bifalhada a a curar lesões de jogadores da bola. Ridiculos.

 
At 8/10/2006 1:02 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

Não fiz defesa nenhuma do campeonato austríaco. O que eu digo é que a maioria das equipas que estão aqui não são de coxos. Vocês sentiram isso o ano passado, em que foram arrumados sem apelo nem agravo. Houve poucos jogos desequilibrados na pré-eliminatória, e por exemplo o Milan só ganhou 1-0 em casa e corre o risco, tal como o Valência, de ficar pelo caminho.
Mas é um tique vulgar vocês dizerem que os adversários do Benfica são fracos, até conseguiram dizer isso do Man Utd e do Liverpool o ano passado.

 
At 8/10/2006 1:12 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

Já agora, "estroboscópico" não devia ser a palavra que querias usar. A não ser a minha defesa do campeonato austríaco tenha sido um "processo de observação e decomposição de movimentos muito rápidos, baseado na persistência retiniana das imagens". E isto eu acho que não foi!

 
At 8/10/2006 4:22 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Bem, os próprios austríacos consideraram que o Benfica era uma equipa muito superior ao Austria Wien, mesmo depois de uma exibição fraquinha como a que fizemos (os austríacos têm esta mania tão estranha aos media portugueses de admitirem as evidências... nós mesmo quando jogamos contra equipas que nos são nitidamente superiores só não ganhamos por causa do árbitro, do azar, de um dia menos inspirado de alguns jogadores, porque a UEFA não quer que as equipas portuguesas cheguem longe, etc).

Mas tens razão num aspecto: é que neste momento já é muito difícil haver jogos fáceis nestas competições, mesmo quando no papel existe uma diferença grande entre as equipas. Por isso acho que temos que nos dar por satisfeitos por termos conseguido um resultado que nos dá todas as possibilidades de nos apurarmos. Tendo em conta o que foram os nossos resultados fora nas duas anteriores tentativas de apuramento que fizemos (1-3 e 0-3), o empate com golos não está nada mal.

 
At 8/10/2006 6:15 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

"Já agora, no golo do Austria, Quim não podia ter feito mais qualquer coisa?"

Claro que não. Tem um avançado mesmo à sua frente, como é facilmente constatável na repetição por trás da baliza. Aliás, se o petit tivesse sido lesto a subir, seria assinalado fora de jogo por clara interferência na jogada.

 
At 8/10/2006 7:41 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Para quetzal guzman,

"Já agora, no golo do Austria, Quim não podia ter feito mais qualquer coisa?"

Claro que não. Tem um avançado mesmo à sua frente, como é facilmente constatável na repetição por trás da baliza.


Pois, de facto tem um adversário a obstruir-lhe a visão. Mas, fez o que devia para se posicionar melhor? Nunca fui guarda-redes, mas sempre fui ouvindo que o gurada-redes nunca pode, em circunstância alguma, perder a bola de vista...

Meu caro, o que é facto é que, se a exibição do Quim tivesse sido feita pelo Moretto, não haveriam de faltar "benfiquistas" a dizer que ele provocou um pontapé de canto quando a bola ia a sair pela linha de fundo, que ele não agarrou uma bola cruzada, antes as socando todas, que ficou "pregado ao chão" no golo do Austria, que defendeu para a frente um lance aparentemente simples, etc., etc,. etc...
O que é mais triste é que, neste caso como em outros, o treinador vai atrás dos adeptos, os quais, com muito sentimentalismo e muito pouca objectividade, opinam acerca do que sabem e do que não sabem, embalados ao som de uma comunicação social àvida de criar casos para melhor vender jornais.

E se nos reportássemos a factos, e nos deixássemos de sentimentalismos bacocos e de credos patéticos, alimentados sabe-se lá porquê?

A propósito, para o joão, deixo a minha opinião, muito pessoal, é certo, mas baseada no jogo que eu vi na passada terça-feira:
é que, o Austria de Viena, a jogar o que jogou, dificilmente ganharia um jogo a qualquer equipa do último terço da tabela do campeonato português. O que até nem admira, já que nem no campeonato austríaco consegue ganhar...

Sejamos sinceros, este é o pior Benfica das últimas décadas. E aqui incluo, também - embora encontre alguma paridade, algum empate técnico, nas situações - o Benfica de Manuel José e o de Artur Jorge...

Um benfiquista, se quiser honrar o passado e a história do clube, não pode dar-se por satisfeito com "este" Benfica. Tem que exigir mais, muito mais...
Porque pode haver muito mais do que "isto"!!!
Porém, tem que haver competência (aos vários níveis), muito empenho e entrega. E, sobretudo, capacidade de liderar e coragem de decidir.

E... nada disto se tem visto nos últimos tempos.

 
At 8/10/2006 7:55 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

"Sejamos sinceros, este é o pior Benfica das últimas décadas"
E a época ainda nem começou. É esse o espírito que proporciona o aparecimento de Vales e Azevedos: a equipa faz um mau resultado, temos que mudar tudo, chega um vendedor de promessas e está feito!

 
At 8/10/2006 7:58 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Dias Pereira,

Não acho o Benfica assim tão mal, acho que temos muito melhor equipa do que o ano passado (se o Simão ficar).

Dá tempo para o técnico implementar a nova táctica pois ele quer um Benfica a mandar no jogo (saudades) e não um a jogar em contra ataque e isso é o que nós queremos há muito tempo.

Sobre o que escreveste acerca do Moretto e do Quim concordo plenamente acho que houve interesses em lixar o homem assim como tentaram e conseguiram lixar o Ricardo (aliás são os mesmos para objectivos diferentes)
Agora a tua opinião (válida) sobre a equipa também poderá ser o mal do Benfica é que na 1ª derrota o sistema a táctica e o treinador vão ser postos em causa pelos mesmos que atacam o Moretto só para destabilizar e assim nós (benfiquistas) não ajudamos, repara que ainda estamos em pré época e tu já desististe, não achas cedo?

 
At 8/10/2006 8:08 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

É complicado... A bola vem bombeada de um cabeceamento... Há muita gente na área, o que dificulta sempre a visão. O Quim jogou pelo seguro e ficou no centro da baliza. Não lhe atribuo culpas como não atribuiria a Moreira ou a Moretto. É um lance muito complicado.

 
At 8/10/2006 8:33 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Quim cometeu dois erros no jogo, e nenhum deles foi o lance do golo. Foi ter cedido um canto desnecessariamente, e ter largado para a frente um remate rasteiro na sequência de um livre.

Eu já tornei claro aqui não ser exactamente um fã do Moretto, mas obviamente que quando ele joga não estou a torcer para que falhe, ou ando a inventar erros não cometidos de facto. Se o treinador por agora optou pelo Quim, óptimo, tomou uma opção e agora vou apoiar o Quim sempre que jogar. Além disso o Quim neste momento tem uma 'desculpa' para alguns lapsos: é que ele está praticamente sem jogar há nove meses, e ter rotina de jogo é uma das condições fundamentais para um guarda-redes estar bem.

 
At 8/10/2006 8:35 da tarde, Blogger D'Arcy said...

E apesar de eu não ter muita fé no FS, e de ter torcido o nariz mal ele foi anunciado, tenho esperança que o Benfica possa melhorar, e muito. A perspectiva de um tridente de ataque constituído pelo Simão, N.Gomes e Miccoli, servidos pelo Rui Costa é aliciante. Nem o F.Santos consegue estragar uma coisa dessas (espero...).

 
At 8/10/2006 8:39 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Broncas,

oxalá que tenhas muita razão a propósito da valia da equipa. Eu, sinceramente, pelo que vi, estou muito céptico...
Compreendo que há que dar tempo para que as coisas aconteçam. Porém, se reparares, quer a qualidade exibicional, quer os resultados (que, na pré-época, até nem são muito importantes, excepto para a moralização da equipa...), têm vindo sempre em decrescendo.
No fundo, nem a equipa tem mandado no jogo (como Fernando Santos anunciou querer), nem tem mostrado querer fazer isso (material e mentalmente)...


O joão,

disse "a equipa faz um mau resultado, temos que mudar tudo, chega um vendedor de promessas e está feito!, em resposta ao que escrevi no meu último comentário.
Como é evidente, a equipa não fez um mau resultado. Corrigindo, pode dizer-se que a equipa tem feito (quase só) maus resultados e, pior do que isso, muito pobres exibições.
E, já agora, eu não acredito em vendedores de promessas. Não votei em Vale e Azevedo, nem nunca lhe dei o crédito que sempre achei que ele não merecia. Agora, aqui entre benfiquistas, que ninguém nos "ouve" (a não ser o Guy, mas também que se lixe...), tem havido ultimamente algum vendedor de promessas maior que o Luís Filipe Vieira?


Ao Quetzal Guzman,

gostaria de dizer que reconheço que, no lance do golo, o Quim tem a seu favor o facto de ter havido falhas imperdoáveis dos colegas de equipa que deveriam ter coberto, de modo mais eficiente, a cabeça da área, bem como do Petit (que, no resto, fez um bom jogo...), que não foi eficaz no "ataque" à bola centrada para a área.
Eu até gosto do Quim, muito mais do que do Moreira (que me parece ser um guarda-redes normal, sem grandes atributos...), mas que o Moretto tem sido "queimado" pelos próprios benfiquistas, lá isso tem...

 
At 8/10/2006 11:34 da tarde, Blogger Harry Lime said...

João,

Eu usei estroboscopico no sentido noctivago do termo... quando chegas aquela hora da noite (entre as 7 e as 8 da manhã) em que um gajo vê tudo aos saltos por causa dos copos que já bebeu e da porcaria que já fez durante a toda a noite. Só nesse estado extremo de confusão mental é que se fazem associações de ideias como

Campeonato Austriaco = Campeonato Bom e Competitivo

Pá, o vosso resultado foi muito melhor do que a exibição (como soi dizer-se). Mas o problema não é o austria de Viena ser boa equipa (que não é) é o facto do Benfica não jogar nada.

Um dia mau acontece a todas as equipas no entanto, em ralção ao Benfica está-se e estabelecer um padrão de mau futebol. O FS pos-vos a jogar genuinamente mal!

 
At 8/11/2006 12:00 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Então e o Simãozinho, fica ou vao embora?

Agora é que o menino vai começar a fazer birrinha! BUUUUUU!

 
At 8/11/2006 10:11 da manhã, Blogger Mr. Shankly said...

Guy: Li e reli os meus comentários (OK, é mentira) e continuo sem perceber onde escrevi isso acerca do campeonato austríaco. E não acho que o resultado tenha sido melhor que a exibição: jogámos o suficiente para empatar, e empatámos.

Dias Pereira,
Não disse que tinha votado no JVA, apenas disse que a mania dos benfiquistas em criticar tudo o que fazemos (quando a época mal começou, volto a lembrar) é o que gera condições para o aparecimento de figuras como o JVA. Lembra-se como é que ele foi eleito da primeira vez? Salvo erro depois da demissão do Damásio à 3ª jornada...

 
At 8/11/2006 3:02 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Da primeira e única vez, João ;) Antes disso ele tinha sido derrotado pelo Damásio, e depois disso foi derrotado pelo Vilarinho.

 
At 8/11/2006 4:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

apenas uma chamada de atenção aos mais distraidos: os fcp`s são conhecidos no norte e principalmente na cidade invicta por "andrades". Será bom que os tratem assim mesmo e não façam o jogo do pinto da bosta que pretende a todo o custo impor o nome de "dragões".

 
At 8/11/2006 5:21 da tarde, Anonymous Anónimo said...

pq andrades?

 
At 8/11/2006 5:50 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

Tens razão, D'Arcy. Tinha a ideia que tinham sido duas. Normalmente quando não gostamos do que se passa parece que o tempo passa mais devagar...

 
At 8/11/2006 7:46 da tarde, Blogger Harry Lime said...

João

O que querias dizer quando escreveste o seguinte:

Alguém reparou no resultado do Valência ontem? Suponho que o Valência tivesse dificuldades em manter-se na primeira liga, também? É que perdeu com o Salzburgo, que ficou atrá do Áustria. Curioso, não é? É fantástica a facilidade com que os befiquistas são comidos pela falácia de que os adversários do Benfica são sempre maus,

 
At 8/12/2006 3:53 da tarde, Blogger Vail said...

Coloquei um artigo intitulado "O animal anti-benquista!" em

http://katedraldaluz.blogspot.com/

Gostava de saber a vossa opinião!

Obrigado

 
At 8/13/2006 8:50 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Então agora vão vender o grego?

Antes iam vender o Simão ao Chelase. Era certinho: o Mourinho até já tinha mandado o Duff para o Newcastle.

Depois iam vender o MF ao Portsmouth (infelizmente, o MF estava coxo)...

Depois iam vender o Simãozinho ao Valencia... Depois iam vender o Simãozinho ao Valencia com a troca do Kluivert envolvida (por uma qualquer razão misteriosa o Kluivert preferia ficar no banco do Valencia a vir jogar para o Glorioso)...

Depois iam vender o Simãozinho ao Valencia mas afinal o Simãozinho não concordou com o salário (estranho!).

Por fim, parece que vão recambiar o grego para a terra dele... enquanto o negocio do MF continua em banho-maria.

Estranhas estas inflexões de rumo para um clube gerido sob a Magnifica Visão Estratégica da dupla VV.

 
At 8/13/2006 8:50 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 8/14/2006 12:17 da tarde, Blogger Tiago said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 8/14/2006 12:19 da tarde, Blogger Tiago said...

Dias Pereira:
Em relacao ao GR, acho que se tivesse jogado o Moretto, em vez de comentares a defesa para a frente, estarias a comentar a derrota, com (mais) 1 pato!
Moretto pode ser o melhor GR do Mundo, ficar 1 volta do Campeonato sem sofrer golos em equipas sem a mediatizacao do SLB... Para o Benfica, não serve:
1o - Porque (jà) é o terceiro GR... E oportunidades para agarrar o lugar nao faltaram;
2o - Porque nao caiu no "goto" do 3o Anel, e se és benfiquista como eu, sabes perfeitamente que nao agradando aos so'cios nunca sera jogador para o SLB!

Ao Guy:
Jà é a terceira/quarta vez que te vejo comentar a pseudo-saida do Simao... Medo?

 
At 8/14/2006 12:30 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 8/14/2006 12:34 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

Oh Guy, tu não existes, pa... chegas ao cúmulo de inventar factos. Sendo verdade que o passe do Kluivert iria ser incluído nas negociações (o que é substancialmente diferente daquilo que já estás a insinuar), desafio-te a encontrar uma notícia que mencione a sua vinda para o Benfica? O negócio ruíu porque o Simão não quis ir e nada teve a ver com o holandês, que, em nenhum momento, iria integrar o plantel do Benfica. O passe seria entregue ao Mendes que, depois de lhe conseguir clube, entregaria parte da verba negociada ao Benfica. Era uma forma de compensar os 2 milhões de diferença entre o que o Benfica pedia e o que o Valência oferecia.

Acho piada ao recurso á expressão "inflexões". Quem te ler pensa que é o Benfica que ansa desejoso de vender jogadores. Mas lá está, vocês precisam de criar argumentos à força para aquela velha e gasta teoria do "ninguém se interessa pelos vossos jogadores", sempre relacionada com as teorias "equipa fraca" e "levados ao colo".

 
At 8/14/2006 4:24 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O que me incomoda no jogo é que o FS devia ter tentado ganhá-lo, mesmo arriscando sofrer um segundo golo. Os austríacos até ao próximo embate vão ter mais dois jogos a sério nas pernas.

Quanto ao guarda-redes não vale a pena estar a arranjar uma guerra com os adeptos até as coisas serenarem. Mas gostava de ver um estudo que mostrasse o número golos vs o número de remates que vão na direção da baliza e o número de jogadas com um adversário isolado que dão golo. Infelizmente não encontro em lado nenhum esses números.

 
At 8/14/2006 7:55 da tarde, Anonymous Anónimo said...

A realidade é que os jogadores do Benfica são cobiçados (M.F, Simão, Quim, Karagounis) e do Sportém? Ninguém lhes pega. Para quê?

E olha que o Benfica não precisa de vendê-los. Não tem deficit de tesouraria e o passivo até é menor que os tipos que estão junto da paragem de camionetas do Campo Grande.

 
At 8/15/2006 1:35 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Tiago,

Não será tempo de os benfiquistas verdadeiros se deixarem de lugares comuns e de recusarem dançar ao som da música que certa comunicação social lhes dá, com o intuito (único?)de vender jornais?
Uma qualquer análise desapaixonada mostraria que Moretto é um potencial grande guarda-redes, com lugar em qualquer equipa, e não apenas em Portugal. Porque tem qualidade técnica, tem "estampa" física, é muito forte mentalmente (tem grande confiança nas suas capacidades) e é um verdadeiro jogador de equipa, capaz de assumir os seus erros, sem andar sempre a jogar culpas para terceiros (como faz Moreira, e como já começa a fazer, também, o Quim...)...

Estou com o JFilipe, quando diz que não vale a pena estar a "arranjar uma guerra" por causa dos guarda-redes, mas, se pudéssemos, como ele sugere, fazer um estudo (baseado em factos e não em subjectividades...) iríamos concluir que o Moretto levaria a melhor...
Mas, seria necessário sermos objectivos, imparciais, justos.
Porém, isso não é de esperar de sócios e/ou simpatizantes como tu, que avalizam os jogadores consoante eles caem, ou não, no "goto", conforme tu próprio referes...
Quanto a objectividade, estamos conversados, pois claro!

(Porque será que o Moretto foi tão disputado, quando da sua tranferência para o Benfica?...)
O Moretto, num clube que lhe dê estabilidade, e onde coloquem os melhores a jogar, independentemente das opiniões apaixonadas e irracionais dos sócios (... e onde o treinador pense pela sua cabeça e não se deixe enrolar em folhetins...), Moretto será, sempre, uma grande mais-valia para o grupo. Entre nós, infelizmente, as coisas estão como estão.
Lamentavelmente...

 
At 8/15/2006 6:47 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Dias Pereira, a questão é que eu de facto não sei qual o valor real dos guarda-redes. Eu tenho uma grande dificuldade em avaliar o valor real do Quim e posso estar a ser injusto com ele.

Parâmetros como o fracção de remates na direção da baliza que dão golo, parecem-me uma forma melhor de avaliar o desempenho que o número de golos sofrido, embora a distância do remate também conte. Não me interessam comparações com o Moretto (que infelizmente não tem futuro no Benfica) mas sim com o Helton e o Ricardo por exemplo. A minha impressão é que quer o Quim quer o Moreira estão vários furos abaixo desses dois e se os sócios não querem o Moretto temos que ir buscar outro guarda-redes.

 
At 8/15/2006 9:42 da manhã, Blogger Tiago said...

Oh Dias, parece que estas a analisar jogadores da NBA ou Baseball... O futebol não é um desporto de médias e a maior prova disso é a Grécia ter ganho o Euro. Ou outro exemplo: o Co nao disse que em 10 jogos com o Artmédia ganhava 9, e em 2 quantos ganhou?? (Em qualquer outro desporto a melhor equipa acaba por ganhar a série)
Ou tu nao achas que o SLB ganhou ao MAN UTD pelos/por causa dos adeptos e da sua forca no estàdio?
Se fossemos ver o futebol apenas por estatisticas o V. Baia nunca seria um grande GR, porque com a defesa do Porto nos anos 90 (que nao deixava os adversarios rematarem), ele nao tinha estatisticas para ser considerado um bom GR...
Para mim, o Moretto nunca serà GR para o Benfica, porque chegou, jogou e enterrou!!! E isso, ninguém no 3o anel esquece!
Nao achas que o Quim merece um oportunidade, depois de ser o titular na fase final da época que ditou o SLB Campeao, e também sendo o GR da melhor fase da época passada, com pouquissimos golos sofrido, até chegar o "Gigante" super star Moretto e remetê-lo ao banco?

 
At 8/15/2006 10:46 da manhã, Anonymous Anónimo said...

"Uma qualquer análise desapaixonada mostraria que Moretto é um potencial grande guarda-redes"

Pois, o problema é que todo esse potêncial traduz-se em passes para os adversários, frangos, pontapés falhados, etc. Quando nascemos todos temos potêncial para ser uns Einsteins, e depois...?

E olhem que oportunidades ele teve em barda. Não me lembro de um recém-chegado ao Benfica ter tido tantas oportunidades quantas ele teve. E o tipo não tem já 27 ou 28 anos? Ainda dizem que o Quim é "velho".

 
At 8/15/2006 7:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

JFilipe,
Quando dizes que tens a "impressão é que quer o Quim quer o Moreira estão vários furos abaixo desses dois" (Helton e Ricardo), estás a justificar o porquê de o Benfica ter ido buscar um guarda-redes em Dezembro passado.
Quanto ao Moreira, parece-me, de facto, bem pior do que os guarda-redes que referes. O Quim, sinceramente, mereceu-me sempre algum crédito, embora me tenha desiludido bastante a sua prestação, uma vez que não se consegue diferenciar da mediania (por vezes, até, da vulgaridade...). São poucos os remates (mais complicados, entenda-se...) que vão à baliza que ele consegue defender, além de que me parece inseguro nas bolas cruzadas para a área (defende quase sempre a soco, e nem sempre para o melhor sítio...) e não é nada de especial a sair da baliza.
Por outro lado, os parâmetros que referes parecem-me acertados para fazer uma avaliação mais objectiva, e talvez possamos estar mais atentos a eles, a partir de agora.
Quanto ao Moretto, pelas razões referidas no meu anterior comentário, merece-me, sinceramente, crédito. Acredito que será um grande guarda-redes, após serenar e depois de passar esta contestação que, muito honestamente, não compreendo de todo, por ser "fraticida" e enfraquecedora. (Também foi assim com o Luisão, lembras-te?...).
Quanto a mim, Moretto é o melhor guarda-redes que o Benfica contratou, depois de Preud'homme...

De resto, ao Tiago e ao anónimo que colocou um post recente, apesar de respeitar as suas opiniões, julgo que não valerá, mesmo, a pena argumenar mais, porque a vossa análise nunca será objectiva. Pelo contrário, será sempre baseada em preferências e subjectividades que, no meu entender, apesar de poderem resultar aqui e ali, nunca serão consistentes nem duradouras.
Afinal, apesar de todos nascermos com a capacidade de desenvolver raciocínios lógicos e coerentes, nem todos o fazemos, não é verdade?...

 
At 8/15/2006 10:18 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 8/15/2006 10:24 da tarde, Blogger Quetzal Guzman said...

Não me parece que o Quim seja inseguro por socar bolas em cruzamentos. Pelo contrário: isso só revela que tem consciência do que pode fazer e que lê bem as jogadas. Um guarda-redes da sua envergadura não se pode armar em herói e tentar agarrar a bola em disputas físicas com avançados mais possantes (já para não falar dos próprios centrais que, sem querer, acabam muitas vezes por chocar com os seus próprios gurada-redes). Já o Moretto, nem agarra, nem soca. Já o vimos ter falhas imperdoáveis para um guardião com a asua altura! E é com pena que digo isto, porque o rapaz, na verdade, tem tudo para ser bom guarda-redes. Só que falta-lhe concentração.
O Quim não só é um guarda-redes extremamente seguro - fez a qualificação para o Mundial do Oriente; no ano do título, jogando mais jogos, sofreu menos golos que o Moreira; no ano passado, mesmo actuando lesionado em 2 ou 3 jogos, sofreu menos golos que a concorrência, inclusivamente registando sete jogos sem sofrer golos (em nove) - como tem uma característica que falta aos outros dois guarda-redes: espírito de liderança. Um guarda-redes líder, que saiba ler o jogo e comunique eficazmente com a sua defesa, como o Quim o faz, é meio caminho andado para não se sofrer golos. Por aqui há quem insinue que o Quim recebe menos remates... Nem me espantaria que isso fosse verdade. Agora pergunto: porque razão isso acontece? Qual é o motivo que leva os defesas encarnados a actuar com maior segurança quando tem o Quim nas suas costas?

 
At 8/16/2006 12:04 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Quetzal Guzman,

O Quim não é um mau guarda-redes. Porém, não é um grande guarda-redes, daqueles que façam a diferença. Não é preciso recuar muito para entender isso. De facto, o jogo com o AEK mostrou, à saciedade, o que eu quero dizer: um guarda-redes normal, que não compromete (pelo menos não compromete muito...), mas que também não faz a diferença, isto é, que não salva a equipa quando os outros falham.
Aliás, o mesmo filme se viu com o Austria, onde Quim foi apenas um guarda-redes regular, e até, bem vistas as coisas, com algumas responsabilidades no golo do Austria, em virtude da sua má colocação e da sua lentidão na resposta ao remate...

Quer queiram, quer não, quem, objectivamente, faz a diferença é o Moretto.
Acompanhei com muita atenção a sua actuação na 2ª parte do jogo desta noite com o Estrela (jogo miserável, uma vez mais, diga-se em abono da verdade...).
Esteve quase irrepreensível. Apenas se lhe pode apontar uma menos boa reposição da bola em jogo (após passe de um defesa), quando aos 71 min. coloca a bola no círculo central, onde um adversário (sózinho) ganha a bola, e aos 73 min., na sequência de um pontapé de canto, quando, apertado, socou a bola para a frente, indo esta cair a 2 ou 3 metros (fora) da linha limite da grande área, sobre o seu lado esquerdo.
De resto, absolutamente impecável. Nas reposições da bola para a frente, sempre a colocou na intermediária da equipa adversária (ou seja, no nosso ataque...), sobre as faixas laterais, como mandam as regras. Defendeu tudo o que havia para defender (e foi obrigado a trabalhar mais que Moreira...), por vezes em situações de dificuldade extrema (69 min., por exemplo, com defesa muito difícil para canto), e até o penalty assinalado ao 77 min. (e, atenção, porque a defesa é, de facto, de grande dificuldade, porque é feita com a mão esquerda, para o lado seu direito, ou seja, para o lado do poste mais próximo, quando Moretto vai em queda para esse mesmo lado...)

Do outro lado, infelizmente para nós, tivémos Moreira ao seu nível. Com culpas no golo, a jogar sistematicamente mal com os pés, a não apanhar algumas bolas cruzadas para a área... e a fazer uma defesa (fácil, muito fácil...) para a fotografia quando, sem ninguém por perto, aos 16 min. da 1ª parte, voou para uma bola cruzada para a sua pequena área...

Enfim, as evidências falam por si...

 
At 8/16/2006 9:08 da manhã, Blogger Tiago said...

"Quer queiram, quer não, quem, objectivamente, faz a diferença é o Moretto."

Pois aqui, Dias, é que disseste tudo! Mas o que eu gostava é que ele nao fizesse tanta diferenca, e comecasse a defender as bolas!
Quem se diz objectivo a analisar o desempenho dos GR, e nao consegue ver que o Quim é, dos 3, o que dà mais seguranca à defesa, e consequentemente, o que sofre menos golos, nao perceb muito disto!
És tanto ou mais subjectivo na analise que fazes...No fundo, defendes o que jà toda a gente viu que não dà, apenas porque te foi "vendido" que o gajo era bom! Quando o Moretto chegou ao SLB, tambem eu pensava que seria um grande GR, mas depois com as exibicoes da época passada...

 

Enviar um comentário

<< Home