quarta-feira, junho 08, 2005

Treinador


E pronto, já temos treinador. Confesso que a escolha que mais me agradaria seria a de Camacho, por representar uma certa continuidade do trabalho que tem sido desenvolvido nos últimos anos. Mas não me desagrada nada a escolha por Ronald Koeman. Em princípio deveremos voltar a ter o Benfica a jogar um futebol marcadamente ofensivo, o que confesso já tinha algumas saudades de ver. Para além disso, o nosso novo treinador gosta de trabalhar e apostar em jovens (se a memória não me falha, foi ele o responsável pelo lançamento de jogadores como John Heitinga, e Wesley Sneijder, para além da explosão do Rafael Van der Vaart), e como eu deposito algumas esperanças nesta nova geração de jogadores que temos na equipa B, pode ser que para o ano vejamos alguns deles na equipa principal. A grande maioria dos jogadores históricos do Benfica vieram precisamente dos nossos escalões de formação, e foram 'lançados às feras' ainda muito jovens.

Estou optimista para a nova época. Mas temos que esperar para ver o que é que Ronald Koeman trará de novo à nossa equipa campeã.

P.S.- A ser verdade o que se diz, Álvaro Magalhães vai abandonar o Benfica. Confesso que é com pena que o vejo partir. É um homem que tem um amor enorme ao clube, e que parece ser capaz de motivar quer os adeptos, quer os jogadores precisamente devido ao seu entusiasmo pelo Benfica.

34 Comments:

At 6/09/2005 12:12 da manhã, Blogger Ry said...

Concordo, quanto ao Álvaro. É ter um adepto no banco. :)

Ry
http://antiantibenfica.blogspot.com

 
At 6/09/2005 12:12 da manhã, Blogger Pedro F. Ferreira said...

Estou confiante! Quanto ao Álvaro... a sua saida não é um dado adquirido.

 
At 6/09/2005 5:03 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Fico contente por Alvaro não continuar, como dizem é ter um adepto no banco, mas isso só não chega, por vezes isso até é prejudicial, imaginem cada um de nós no banco, treinadores de bancada.
Temos que analisar, o protagonismo não iria dar com este treinador, Trappatoni era muito experiente e sabia lidar com todas as situações, vejam o que ele disse de Camacho que não lhe deu protagonismo.

 
At 6/09/2005 7:53 da manhã, Blogger Lynch said...

Não acho que o Álvaro seja só 1 adepto no Banco, também serve para enquandrar os treinadores que ainda não conhecem o Futebol Português, veremos se saí ou não.

 
At 6/09/2005 8:27 da manhã, Blogger Álvaro de Campos said...

Acho que o Álvaro é um treinador "de trazer por casa", isto é, é o treinador ideal para o Benfica na Taça de Portugal, pois é uma competição a eliminar, cada jogo é uma final e ele é bom a incentivar os jogadores. Mas não tem aquela fibra para aguentar uma Liga dos Campeões. Portanto, o Koeman orienta o Benfica na Liga dos Campeões e Superliga, e o Álvaro na Taça de Portugal.

 
At 6/09/2005 9:35 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Sinceramente, acho que o Álvaro já deu provas suficientes que não é exactamente um treinador qualquer, e que tem algum valor. Um treinador que leva o Gil Vicente ao 5ºLugar no campeonato, e o Lusitânia de Lourosa às meias-finais da Taça de Portugal não pode ser muito mau...

 
At 6/09/2005 10:50 da manhã, Blogger Ahab said...

Em relação ao vosso treinador: acho que foi uma boa escolha (não estou a ironizar!). Tem o perfil adequado: jovem, vencedor, ambicioso, apoia as camadas jovens (ou não viesse do Ajax!). Estiveram bem, a sério.

Eu essoalmente preferia algo do estilo do Luis Campos, do alvero ou do Couceiro mas isto sou eu a falar :))))

Só uma nota em relação ao Alvaro. O D`Arcy diz num comentário anterior o seguinte:

"Um treinador que leva o Gil Vicente ao 5ºLugar no campeonato, e o Lusitânia de Lourosa às meias-finais da Taça de Portugal não pode ser muito mau... "

Pá, tirando as meias da finais da Taça, não é um curriculum muito diferente do do Peseiro, já pensaste nisso? Porque é que o Peseiro com um 4º lugar pelo Nacional da Madeira é um treinador da treta e o Alvaro com um 5º lugar no Gil Vicente é um gajo porreiro?

Na minha opinião o alvaro ainda não provou nada a ninguem (tal como o Peseiro não tinha provado antes de chegar ao SCP). O Peseiro depois de chagar ao SCP provou que é um nabo.

A única virtude (?????) do alvaro é ser benfiquista desde pequenino.

Mas pronto mais uma vez sou eu a falar, que estou fora dos meandros misteriosos da Grnadiosa Alma Benfiquista!

 
At 6/09/2005 10:55 da manhã, Blogger Ahab said...

Pois, pois...

O Eusebio e o Coluna vieram directamente das camadas jovens do SLB...

PS. Comentário só para chatear!

 
At 6/09/2005 11:06 da manhã, Blogger D'Arcy said...

O Peseiro conseguiu um 5ºLugar. No ano seguinte é que o Casemiro Mior conseguiu um 4ºLugar com a mesma equipa. E é diferente conseguires resultados com o Gil Vicente, ou com um clube subsidiado pelo Governo Regional da Madeira (ou seja, por todos nós).

Humberto Coelho, Chalana, Nené, Shéu, Jordão, João Alves, Rui Costa, Paulo Sousa, José Augusto, Simões, Diamantino... só para citar alguns hque vieram das camadas jovens. É preciso continuar?

 
At 6/09/2005 12:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É impressão minha ou os únicos treinadores a trabalhar na 1º liga portuguesa que já ganharam campeonatos nacionais são o Koeman e o Jaime Pacheco?

 
At 6/09/2005 12:29 da tarde, Blogger Ahab said...

Desculpa lá, tens os numeros do orçamanto disponivel para o Nacional e para o Gil Vicente? Até lá não venhas com especulações (ia dizer demagogia mas parei a tempo) acerca do "dinheiro de todos nós".

Já agora uma análise racional a toda esta problemática (porque afinal de contas somos todos engenheiros, ó caraças!). Ei-la:

Facto I: o Peseiro agarrou numa equipa menor e levou-a ao 5º lugar no campeonato.

Facto II: O Alvaro agarrou numa equipa menor e levou-a ao 5º lugar no campeonato.

Dedução duma pessoa normal: O Peseiro é um treinador com tanta experiencia e provas dadas como o Alvaro.

Dedução dum Benfiquista: O Peseiro é um nabo inexperiente. O Alvaro é um treinador com experiencia mais do que suficiente para conduzir o Glorioso aos pincaros da glória no Campeonato, na Taça de Portugal e na Cahmpions League.

 
At 6/09/2005 12:37 da tarde, Blogger Ahab said...

Mais "simbolos" do Glorioso saidos directamante das suas excelentes camadas jovens:

Mantorras, Petit, Nuno Gomes, Poborski, Ricardo Gomes, Schwatrz, Jonas Thern, Valdo, Mozer...

Maniche, Stromberg, Maniche (ooops... este foi campeão pelo Porto), Mats Magnusson.

.... e........Senhoras e Senhores! Meninas e Meninos!..................................................... o maior de todos:
VATA GARCIA!

PS. eu não estou a dizer que são maus jogadores. Pelo contrário, com a excepção do Vata (que foi iluminado pela Mão de Deus, como o Maradona), todos eles são excelentes jogadores. Mas acho que não foram fabricados nas escolas do SLB.

PPS. E falta-me falar de gente como o Brian Deane, o Scott Minto ou o Van Hoydonk que iam constituir a espinha dorsal da selecção nacional portuguesa. Esse não só são portugueses como forma feitos nas escolas do Benfica.

 
At 6/09/2005 12:42 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Essas pseudo-conclusões não fazem sentido nenhum.

Não faço especulações nenhumas sobre o 'dinheiro de todos nós'. Os clubes da Madeira são subsidiados pelo Jardim há anos, e o orçamento de qualquer um deles só ficará abaixo do dos três grandes e pouco mais.

O facto que se pode concluir é: o Peseiro já provou que é um nabo à frente de uma equipa grande. O Álvaro ainda não provou nada. Eu pessoalmente não o quereria como meu treinador principal. Nunca disse, nem sequer insinuei qualquer uma das tuas conclusões tresloucadas acerca da valia do Álvaro como treinador principal do Benfica. O que eu acho é que ele já deu provas que não é um mau treinador, e que portanto pode ser útil como membro da equipa técnica. É um treinador agressivo, que gosta de jogar ao ataque, e gosta do Benfica como poucos. Jogadores e adeptos gostam dele, Por isso tenho pena de o ver sair. É tudo.

As tuas conclusões apenas mostram que o teu ódio irracional pelo Benfica te está a conduzir lenta mas determinantemente à demência.

 
At 6/09/2005 12:45 da tarde, Blogger Ahab said...

É pá!

Falha imperdoavel!

Outra Grande Simbolo do Benfica que foi feito nas escolas do Benfica:

o JOÃO PINTO!

Lembremo-noa que o João Pinto e o o Eusébio foram os únicos jogadores a levar nota 10 da bola.

Está-se mesmo a ver a qualidade das escolas de formação do Benfica....

 
At 6/09/2005 12:46 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Harry Lime: o Peseiro pode ter tanta experiência e provas dadas como o Álvaro, só que o Peseiro é o treinador principal e o Álvaro é adjunto. Eu não queria o Álvaro treinador principal do Benfica, mas como adjunto acho que tem um papel importante. Quanto ao Peseiro, desejo que fique no teu clube o mais tempo possível...

 
At 6/09/2005 12:47 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Epá, acho que vou ter que deixar de te responder. Estás a deixar de fazer sentido, e agora apenas comentas o que quer que te passe pela cabeça, mesmo que isso seja simplesmente parvo.

Mais uma vez aplicas a lógica da batata: eu digo que muitos dos jogadores históricos do Benfica foram formados nas suas escolas (até porque estamos a falar de um clube que até ao final dos anos 70 não permitia jogadores estrangeiros na equipa), e tu mandas-me com uma lista de jogadores estrangeiros ou formados noutros clubes.

Hello? McFly? Muitos não é o mesmo que todos. O que tu estás a tentar fazer nem sequer é discutir, estás simplesmente a ser um troll. E eu já disse aqui que não tenho muita paciência para trolls.

 
At 6/09/2005 12:54 da tarde, Blogger Ahab said...

As conclusões fazem sentido na medida em que é impossivel, com base no facto do alvaro ter chegado ao 5º lugar com o Gil vicente, deduzir se ele é ou não treinador para o Benfica.

Até pode ser que ele seja bom treinador mas não podes tirar nenhuma conclusão desse facto.

O mesmo se passou em relação ao Peseiroa há um ano. E o que tu disseste na altura acerca dele não é muito diferente do que eu estou agora a dizer acerca do alvaro.

Com a diferença que na altura eu até te dei alguma razão... porque um 5º lugar num campeonato como o nosso é um bocado pouco!

 
At 6/09/2005 1:03 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Epá, mas eu já te disse que não queria o Álvaro para treinador principal! Se ele fosse eleito para o cargo, provavelmente diria dele o mesmo que disse sobre o Peseiro há um ano. O que o Álvaro fez até agora apenas permite dizer que o homem sempre percebe alguma coisa de bola, e que não é exactamente um Luís Campos.

 
At 6/09/2005 1:05 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Meus caros amigos: vocês estão a partir de pressupostos errados. O Peseiro na época 2002/03 não levou o Nacional ao 5º lugar, mas sim ao 11º! (cf. http://www.lpfp.pt/default.aspx?SqlPage=historicoSL&lpfpEpocaId=4). Na época seguinte é que o Casimiro Mior terminou sete lugares acima, em 4º. Ou seja, o adjunto do Benfica tem melhor currículo que o técnico principal do clube do outro lado da 2ª circular! :-)

 
At 6/09/2005 1:13 da tarde, Blogger Ahab said...

D`Arcy,

Eu limito-me a ser minimamente racional. Se o Benfiquismo está para lém de toda e qualquer racionalidade. O que é que eu tenho a ver com isso?

S.L.B.

Concordo contigo quando dizes que o Alvaro deve ser um bom adjunto: conhece o clube, as suas tradições e a sua cultura (tal como o era o Octavio Machado que se revelou posteriormente como um mau treinador principal).

A questão aqui é a capacidade do alvaro para ser treinador principal duma equipa grande como o SLB (como pretendia o D`Arcy). Eu penso que ele ainda não demonstrou nada que o habilite a isso. Ou pelo menos demonstrou tanto como o Peseiro tinha demonstrado até há um ano atrás.

Aliás, já que falas nisso, o Peseiro era capaz ter dado um bom adjunto. Treinador principal duma equipa grande é coisa que ele, definitivamente, não é!

 
At 6/09/2005 1:19 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Harry Lime: então estamos os três de acordo. O Álvaro é bom, mas para adjunto.

 
At 6/09/2005 1:20 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Quanto ao Peseiro, eu não o queria no Benfica, mas gosto muito que esteja no teu clube... :-)

 
At 6/09/2005 1:30 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Epá, já me estás a irritar com essa conversa de surdos em que repetes que eu pretendia o Álvaro para treinador principal do SLB. Eu nunca disse isso!

Quanto ao Peseiro, é de facto surpreendente... eu quase que podia jurar que ele tinha conseguido ficar em 5º num campeonato... não sei de onde é que terá vindo esta confusão.

 
At 6/09/2005 1:51 da tarde, Blogger tma said...

Eu não sei se o Camacho seria melhor que o Koeman: embora o Camacho já conheça o grupo de trabalho, durante este ano a estrutura do futebol do Benfica mudou, sobretudo na maneira de actuar.
Por outro lado, creio que o Koeman irá trazer novos métodos de trabalho e, de um modo geral, mais método, ou não fosse ele holandês e ex-discípulo do van Gaal.
O Camacho teve a grande virtude de conseguir consolidar e motivar a equipa (que nestes 2 últimos anos resistiu ao "vendaval" de vendas/contratações, sobretudo se pensarmos nas presidências Damásio e Vale e Azevedo), mas tenho a impressão que como treinador, é mais instintivo do que metódico.
A vantagem de manter o Álvaro é aquela que já foi apontada: conhece o clube, poderia ajudar a dar continuidade aos aspectos positivos o trabalho de Camacho e Trap e transporta a mística benfiquista! Na verdade, o que gostava é que Benfica tivesse um lateral esquerdo como foi o Álvaro foi...

 
At 6/09/2005 1:54 da tarde, Blogger Ahab said...

ok, D`Arcy então parece-me que entendi mal.

Eu tambem estava honestamente convencido de que o Peseiro tinha tido uma boa posição com o Nacional.

Bem, parece-me que toda a minha argumentação foi por água abaixo. Acontece. É a vida.

 
At 6/09/2005 1:56 da tarde, Blogger tma said...

Harry Lime,
Só agora acabei de ler o teu comentário o Vata...
Diz-me uma coisa: em que é que o Vata é pior que o Liedson? Na verdade, até resolveu mais que ele, pq no ano em que o Vata foi o melhor marcador, pelo Benfica, o Benfica foi campeão (época 88/89)...
De resto, e tirando as qualidades goleadoras e teatrais do Liedson, que mais qualidades tem ele?

 
At 6/09/2005 1:57 da tarde, Blogger tma said...

Qto ao 5º lugar do Peseiro num campeonato, pode ser que seja este ano :-P

 
At 6/09/2005 1:58 da tarde, Blogger Ahab said...

S.L.B.

Serias um mau benfiquista se não estivesses contente com a permanencia do Peseiro à frente do sporting

:)))

 
At 6/09/2005 2:36 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Liedson tem a qualidade de pensar apenas nele próprio. Foi por isso que ia andando à batatada com o Sá Rafeiro sobre quem marcava aquele penalty (dois vaidosos a quererem dar nas vistas), e foi também por isso que fez de propósito para falhar o jogo decisivo com o Benfica, de forma a que pudesse estar nas melhores condições para se mostrar na montra da final da UEFA. Só por isso, subiu em flecha na minha consideração ;)

 
At 6/09/2005 4:01 da tarde, Blogger tma said...

Se fosse responsável por um clube qq que fosse, eu pagava para me ver livre do Liedson.
Ok, não sejamos tão severos: se calhar, o aspecto frágil do Liedson (que se nota sobretudo qdo ele está dentro da área, dado o nº de quedas que tem lá dentro) é pq provavelmente o Rochemback e o Rogério lhe comem o almoço e o jantar...

 
At 6/09/2005 4:03 da tarde, Blogger tma said...

... e se fosse árbitro, mostrava um amarelo ao Sá Pinto só de o ver entrar em campo...

 
At 6/09/2005 4:36 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Não era preciso entrar em campo. Podem-se mostrar amarelos no túnel.

 
At 6/09/2005 9:53 da tarde, Blogger Ahab said...

O Liedsno é um avançado muito bom: oportunista, bom de cabeça e com os pés. E marcou 25 golos no campeonato (marca que não envergonha ninguem). E acho muito bem que ele seja egoista e se tente mostrar o mais possível para melhorar a sua situação. a última coisa que uma equipa deve querer são gajos acomodados como o Pedro Barbosa (a quem de resto já foi dada guia de marcha).

não entendo a comparação com o Vata. O Vata marcava que se fartava mas tecnicamente era muito mais tosco do que o Liedson.

Voces falam mal do Sa Pinto porque ele não joga no vosso clube. Como já escrevi por aqui, considro o Sá Pinto como um homem com uma entrega ao jogo extraordinaria que por vezes se excede e um jogador desses é sempre útil numa equipa e é sempre apreciado pelos adeptos. Voces têm tipos como o Petit e o Manuel Fernanades (jogadores de que gosto muito) no vosso plantel com a mesma atitude.

Acredito é que não sejam tão burros porque, verdade seja dita, o Sá pintas às vezes é muito burro! Mas, pronto, ninguem é perfeito.

 
At 6/09/2005 9:55 da tarde, Blogger Ahab said...

tma,

em termos de quedas dentro da área, os avançados do Benfica não têm nada a aprender com o Liedson. A vossa menina da frente (Nuno gomes) por exemplo também é muito fragilzinha...

 

Enviar um comentário

<< Home