quarta-feira, maio 17, 2006

Praia

Fiquei com pena do resultado da final da Champions League esta noite. O Henry já merecia um troféu destes (a nível de clubes, já que nas selecções já ganhou tudo o que havia a ganhar). Eu que nem gosto muito do Arsenal, dei por mim a torcer pela sua vitória, que até esteve tão perto de acontecer, não fossem as oportunidades falhadas. Durante grande parte do jogo, mesmo reduzidos a dez, conseguiram controlar o Barcelona, mas a entrada do Larsson acabou com eles, e praticamente morreram na praia. Infelizmente cumpriu-se aquilo que parecia já estar escrito há alguns meses, e ganhou a equipa que foi levada nas palminhas até ao Stade de France (independentemente do seu valor, a verdade é que vi demasiadas 'simpatias' e 'deferências' arbitrais para com eles durante esta edição da Champions para que não fique, no mínimo, com um certo amargo de boca ao vê-los levantar a taça). Enfim, a época de clubes acabou, para o ano há mais Champions, e esperemos que connosco lá.

P.S.- Espero que aquela avantesma (cujo nome desconheço) que comenta os jogos do campeonato na TVI tenha visto o jogo hoje, e em particular o Thierry Henry a marcar os pontapés de canto do Arsenal. É que no nosso jogo contra o Paços o referido cromo resolveu que uma boa maneira de embicar com o Benfica era criticá-lo por ser o Miccoli a marcar cantos, insistindo que o Benfica deveria ser a única equipa na Europa na qual era o ponta-de-lança a marcar os cantos. Provavelmente para ele o Miccoli seria mais útil no interior da área, a disputar as bolas aéreas com os adversários...

41 Comments:

At 5/17/2006 11:44 da tarde, Blogger Giovanni Falcone said...

D'Arcy,

Lembrei-me exactamente do mesmo.

Grande besta aquele gajo da TVI!

Também estava a torcer pelo Arsenal. Não deu. Paciência.

 
At 5/18/2006 1:11 da manhã, Blogger CORTO MALTESE said...

Na "mouche"!
Tb eu torci pelo Arsenal sem saber porquê e tb sorri quando a o Henry marcou os cantos!
Um abraço!

 
At 5/18/2006 1:20 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Olhó Corto! Sejas bem aparecido, pá! Estava a ver que depois do 'corte' à última janta também te tinha dado para um certo 'low profile' na blogosfera ;) Um abraço!

Bem, se começamos muitos a dizer que estávamos pelo Arsenal ainda nos acusam de termos mau feitio e de estarmos contra o Barcelona porque eles nos eliminaram. Por outro lado, se dissermos que estávamos pelo Barcelona dirão que estávamos a fazê-lo so para podermos dizer que só fomos eliminados pelos campeões...

 
At 5/18/2006 9:53 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Nesta tenho de concordar contigo, D`Arcy,

Também eu estava pelo Arsenal porque é a minha equipa preferida no Pro Evolution Soccer, porque o Henry é um dos jogadores mais porreiros (e talentosos!) do Mundo e porque o Barça foi levado ao colo até esta final de forma escandalosa (não tem nada a ver com o talento inquestionavel de Ronaldinho, Etoo, Deco & Co).

Também eu fiquei surpreendido por ver o Henry marcar cantos e livres espcialmente porque no PES quando ,eu jogo com o Arsenal, ele vai sempre para a área" à mama" deixando essa responsabilidade para o Robert Pires (que não jogou).

No entanto, depois de ver a forma exemplar como ele marcou o livre que deu origem ao golo do Arsenal cheguei à conclusão de que o Arsene Wenger é melhor treinador do que eu :)))))) E muito melhor do que a besta do comentador do RTP!

 
At 5/18/2006 10:46 da manhã, Blogger dezazucr said...

Eu por acaso sempre fui do Arsenal e o meu jogador preferido é o Henry, mas ai como eu o amaldiçoei quando falhou aquela bola. Só acontece aos melhores.
Fiquei triste, muito triste mesmo, até pela forma como o Arsenal se bateu com um a menos.
O Hleb é muito bom jogador.

 
At 5/18/2006 1:22 da tarde, Blogger antitripa said...

Acho que aquele árbitro será extinto pela uefa...o lance da expulsão...era golo...Lei da vantagem...ou seja prejudicou o Barça naquele lance e parece-me que é contra os padrões da uefa este ano isso acontecer, onde parece pautar o "em caso de dúvida...blaugrana!"

 
At 5/18/2006 1:58 da tarde, Blogger S.L.B. said...

A avantesma chama-se Valdemar Duarte e estou plenamente de acordo contigo. Também estava a torcer pelo Arsenal, precisamente por causa do factor "colo" do Barça e de lá jogar o Deco.

 
At 5/18/2006 2:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

a besta do comentador da tvi é um antigo atleta "andrade", não é?

 
At 5/18/2006 2:27 da tarde, Blogger último! said...

Já li muito na blogoesfera que o Barça foi ajudado (é verdade as equipas ditas favoritas são-no sempre) e muitos questionavam porque não der as repetições dos lances polémicos em vários ângulos (repararam que só mostraram os lances em que o arbitro acertou).
È verdade, só que esta é a grande diferença enquanto a UEFA e a FIFA tentam mostrar o melhor do jogo, as fintas, jogadas, remates, defesas, golos, etc, cá mostram os lances polémicos durante uma semana ou mais.
Lances esses que as vezes só se tornam polémicos vistos de um único ângulo depois de 3 repetições (o arbitro tem de decidir na hora) ou porque são comentados por um jornalista “imparcial” que depois de ver essas repetições todas exclama todo contente
“lá está ficou um pénalti por marcar”, como se fosse esse o seu trabalho, será?
Até estou convencido, que em alguns lances há imagens que nunca são transmitidas porque acabaria a polémica e não é isso que eles querem!

Essa meus amigos é a grande diferença uns defendem o futebol outros...!!?

Abraços

 
At 5/18/2006 2:35 da tarde, Blogger Superman Torras said...

Eu também estava pelo Arsenal.

Chamem-lhe um misto de dor de cotovelo e uma natural propensão para torcer pelos underdogs...

p.s o Rijkaard deu meio jogo de avanço com a ida do Iniesta para o banco. Vá lá que a expulsão de Lehmann por um lado e a aselhice de Henry por outro ainda deram para o Barcelona dar a volta ao jogo. Um pequeno aparte para dizer que a Espanha com Xavi, Iniesta e Fabregas pode formar um meio campo fortíssimo. Ao nivel dos melhores.

 
At 5/18/2006 3:04 da tarde, Blogger D'Arcy said...

ratogoleador: já tinha pensado nisso também. No campeonato português as realizações dão demasiado ênfase aos erros. Às vezes repetem os lances meia dúzia de vezes, até que na última repetição lá se consegue perceber o erro do árbitro. E depois já não se fala noutra coisa. No campeonato inglês, que é aquele cujas transmissões eu devo ver mais frequentemente, também já reparei que as realizações optam por não estar constantemente a repetir lances polémicos. Quando muito mostram uma repetição. Em Portugal existe infelizmente esta cultura que nos leva a passar mais tempo a falar dos árbitros do que do jogo jogado.

Quanto ao Barcelona, eu acho que foi muito ajudado, não por um ou outro lance, mas sim pela sequência de lances a favorecê-lo em várias eliminatórias seguidas. E neste caso até nem se pode falar muito de favorecimento do mais forte, porque entre o Barcelona e o Milan não sei para que lado pende a balança.

SuperMan: A questão é que raramente o Xavi e o Iniesta jogam juntos no Barcelona. Aliás, o Iniesta só teve mais tempo para jogar este ano precisamente devido à lesão do Xavi. Quanto ao jogo de ontem, a entrada do Larsson pareceu-me ser o factor decisivo. Isso, e também o facto de no último quarto-de-hora me ter parecido que o Arsenal deu o berro fisicamente, porque suster Barcelona durante todo aquele tempo com apenas dez jogadores como eles o fizeram deve ter exigido um esforço sobre-humano. Ainda antes do primeiro golo do Barça lembro-me de ver o Henry ir marcar um canto, e enquanto esperava pela realização de uma substituição pôr-se de cócoras. A cara dele quase que dava pena de ver, tal a exaustão.

 
At 5/18/2006 4:12 da tarde, Blogger Pedro Neto said...

Também já tinha escrito na crónica do que fiz ao confronto com o Paços:

"Alguém que informe o execrável Valdemar Duarte que o Karagounis estava castigado pela Liga de Cubes por 5º amarelo – e não foi “castigado” por Koeman – e que um dos finalistas da Champions League deste ano, o Arsenal, tem o seu ponta-de-lança titular a marcar os cantos. Nada mais, nada menos do que um dos melhores jogadores do mundo: Thierry Henry. Não, o Benfica não é o único clube de estatuto europeu onde isso acontece!"

É incrivel como nós, adeptos, por vezes sabemos mais que os ditos "comentadores profissionais" - principalmente os da TVI.

Será estupidez ou plena vontade de dizer mal?!

Em relação ao Barça, estou muito feliz com a vitória na final porque gosto muito daquele clube. Foi plenamente justo pela categoria dos seus jogadores e da própria equipa. Seria uma injustiça tremenda se tem vencido o Arsenal!

PS: Já viram os lamentáveis incidentes em Barcelona? É triste que uma vitória histórica seja manchada por idiotas!

 
At 5/18/2006 4:31 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Pedro: Eu ainda gostava muito de saber quais são as qualificações necessárias para se ser comentador de bola na TV. Pelos vistos conhecimentos futebolísticos não parecem se uma delas.

Quanto à final, tendo em conta a forma como o jogo estava a decorrer até então, se o Lehmann não tem sido expulso não sei até que ponto seria injusta uma vitória do Arsenal. E duvido mesmo que o Barcelona conseguisse vencer contra onze. Eu por acaso não simpatizo muito com o Barça, porque é um clube com um bocado estranho, dado que misturam a arrogância que advém do facto de serem um clube muito grande com uma mania da perseguição que revela uma espécie de inveja, ou sentimento de inferioridade em relação ao Real Madrid. A arrogância até nem é nada de especial, dado que isso faz parte de se ser adepto, mas no caso do Barça essa arrogância manifesta-se sobretudo por menosprezarem e mesmo desrespeitarem na generalidade quase todas as equipas com quem jogam.

Quanto aos incidentes em Barcelona, por acaso ainda não tenho conhecimento disso...

 
At 5/18/2006 4:36 da tarde, Blogger Harry Lime said...

D`Arcy,

o problema com é com o campeonato portugues é com o "mindset" dos adeptos, que também é condicionada pelo comportamento dos jornais e das TVs.

A verdade é que qualquer adepto se lembra dum jogo qualquer há 15 anos em que o Olegário Benquerença se enganou num fora a favor do adversário. Acham isto natural? Alguém se lembra do golo espectacular que o Negrete marcou ao Varzim na época de 86/87?

Na melhor das hipoteses o pessoal lembra-se do show do Isaiais contra o Arsenal há 12 ou 13 anos.

Os media limitam-se a dar à sua audiência aquilo que ela gosta. E a auddiencia em Portugal não gosta de golos, nem boas jogadas nem de discutir tácticas. Gosta é de falar casos e de arbitragens manhosas, usadas normalmente como desculpa para os fracassos próprios.

PS. Esta comentários é aplicavel a adeptos de todos os clubes, sem excepções.

 
At 5/18/2006 4:41 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Já agora, o meu comentário anterior está extremamente gralhudo. Peço-vos desculpa por isso.

 
At 5/18/2006 4:45 da tarde, Blogger último! said...

D'Arcy,

Por outro lado também existe a teoria que quando havia debates na TV com comentadores razoáveis que normalmente concordavam ou aceitavam as outras opiniões as audiências eram baixas ao contrário de hoje onde colocam vários facciosos a puxar cada um para o seu lado com teorias da conspiração.
Só que os números dão infelizmente razão ao "incendiar" do futebol pois as audiências são maiores nesses programas polémicos

Podem-me chamar antiquado mas preferia os programas antigamente, hoje em dia vejo-me obrigado a mudar de canal por já não os poder ouvir...

Lembram-se dos programas antigos em que numa hora dava os golos, as jogadas, as defesas, depois havia a eleição do melhor golo, etc...
E a polémica tinha direito a 5 minutos, agora numa hora, cinco minutos são a mostrar os golos e o resto são as polémicas!?

 
At 5/18/2006 4:56 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Isso é a história do ovo e da galinha. Não sei se é a TV que faz isso porque é aquilo a que os adeptos dão atenção, ou se os adeptos dão atenção a isso porque é o que a TV lhes enfia pelos olhos adentro.

Falando por mim, eu irrito-me com este tipo de comportamento por parte das TVs. Muitas vezes há lances que em velocidade normal não se vê nada de polémico, e passado um pouco eles mostram uma repetição qualquer que poide ou não mostrar um erro arbitral. E se não mostrar, eles ainda assim mostram mais repetições. Muitas vezes parecem estar propositadamente a tentar arranjar polémicas onde, com outro tipo de comportamento da parte deles, não existiriam.

Eu não me lembro bem de muitos casos de arbitragem de há anos, a não ser algumas situações realmente caricatas (ex: o Kostadinov a mandar uma peitada num fiscal de linha depois dele lhe anular - bem - um golo, ou o Pratas a fugir pelo campo fora com a equipa toda do FCP a correr atrás dele), mas lembro-me de imensas jogadas que nunca mais me sairam da cabeça - o post que fiz sobre aquela jogada do Isaías é um exemplo. Eu consigo descrever-te por exemplo um golo do Rui Costa ao Espinho há mais de uma dúzia de anos, num jogo que ganhámos por 5-0. É sobretudo de coisas dessas que eu me lembro, e não de roubos de arbitragem.

P.S.- Acho que um golo espectacular do Negrete no campeonato português é um mito urbano. Só me lembro do golo espectacular dele no México'86, golo esse que foi a única coisa de jeito que fez durante o Mundial e que justificou a sua contratação. Depois disso lembro-me dele a encher a barriga de golos num jogo para a Taça UEFA contra uns cepos nórdicos que levaram uns oito ou nove em casa, e mais seis em Alvalade. Acho que o clube era o Akranes, mas não tenho a certeza.

 
At 5/18/2006 4:59 da tarde, Blogger D'Arcy said...

ratogoleador: o que a TVI faz ao nosso futebol é um nojo absoluto. Foi com muita tristeza que vi a TVI voltar a garantir os direitos televisivos da Liga por mais umas épocas. Por mim, podiam trazer de volta o Domingo Desportivo às dez da noite, com os disparates do Gabriel Alves, que esses ao menos dão para rir em vez de nos obrigarem a mudar de canal.

 
At 5/18/2006 5:34 da tarde, Blogger Harry Lime said...

A questão do ovo e da galinha é interessante. O facto hoje em dia é que o pessaol se preocupa mais com os escandalos da bola do que com a bola dos escandalos!

Em relação aos comentadores, não penso que gajos da TVI sejam substancialmente diferentes dos comentadores das outras estações. São igualmente burros,ignorantes e facciosos. Não importa a tendencia do seu facciosimo: o Tovar e o Gabriel Alves são sportinguistas e os tipos do Norte da RTP são portistas e isso não os impede de serem uns imbecis!

A diferença talvez resida no facto do Gabrial alves ou o Rui Tovar serem idiotas com mistica. Criaram um estilo próprio e toda uma forma de estar que o pessoal acha confortavele acolhedor. A nova geração é constituida por gajos que são apenas idiotas. Limitarem-se a aprender todas as vulgaridades da bola com os mais velhos sem lhes conseguirem copiar a critividade e o carisma :)))))

De qualquer forma, o único comentário decente a um jogo de futebol de que me lembro em anos foi o do Mourinho no Portugal-Espanha do Euro 2004. Por alguma razão, não o voltaram a convidar...

PS. O Mourinho não vai comentar jogos neste Mundial para a SportTV? Ouvi dizer que ele o ia fazer.

 
At 5/18/2006 6:50 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Pior que os comentadores são os reporteres de campo...autênticos estagiarios para a idiotice suprema...
Eu acho que o melhor comentário televisivo num jogo de futebol deve ser o comentador limitar-se a dizer os nomes dos jogadores, acrescentando uma ou outra laracha pertinente tipo o aquecimento dos supelentes etc, estas são as unicas informações utieis para um espectador no caso de este não ser conhecedor das equipas...porque de resto o futebol é universal.
Em Portugal acho que os comentários televisivos estão instrumentalizados pelo poder do futebol no sentido de promover ou destruir jogadores...
Já agora, era um serviço enorme que a tv cabo me fazia se acrescentasse a funcionalidade de se poder ouvir os jogos apenas com o barulho do estadio.....em dolby digital 5.1!!!!Isso é que era...

 
At 5/18/2006 7:00 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Já pensei nisso. E não lhes custava nada fazê-lo através do serviço digital. Só que depois se calhar vinham a descobrir que os postos de comentadores eram desnecessários, porque a maioria dos telespectadores deviam optar por essa solução.

 
At 5/19/2006 2:39 da manhã, Blogger João Pedro said...

Por acaso, em relação à entrada do Larsson, tenho uma opinião diferente: a partir daí é que Arsenal teve as melhores oportunidades, dado os culés estarem todos balanceados no ataque.
E assim lá continua o Arsenal com o título moral de melhor clube que jamais conseguiu ser campeão europeu (título esse inventado por mim, claro).

 
At 5/19/2006 9:43 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Concordo com o João Pedro. O Arsenal teve mais hipótese depois do Larsson entrar. No entanto foi dos pés dele que sairam os dosi golos do Barça. O Larsson foi uma opção de risco do Rijkaard que acabou por resultar.

 
At 5/19/2006 9:46 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Entretanto voltando ao Benfica e ao rumo estratégico que o brilhante Veiga está a tomar podemos ler hoje na Bola que o Queiroz é aprimeira opção e depois podemos ler isto no Reocord. A silly seson recomeçou no Benfica (se é que alguma vez acabou!)

A Bola (melhor jornal desportivo em Portugal) diz que o Queiroz é a primeira opção. Ao Record, Queiroz nega qualquer interesse no Benfica e quaisquer contactos com o clube. Em que é que ficamos afinal? Quem diz a verdade?

Outra história curiosa é a do Petit no Man. Utd.. curiosamente estas histórias só acontecem com o Benfica. Do Porto não se ouve nada e do sporting, apenas a renovação do Polga por mais 4 épocas (uma noticia que não me deixa particularmente feliz).

Entretanto, também há uns turcos interessados no Rui Costa. Para que lado cairá o Rui Costa? Para o lado do Glorioso, por quem o seu Bom Coração Benfiquista sofre ou para o lado dos milhões de euros duns turcos manhosos ?

Eis uma questão que os benfiquistas deveriam discutir.

 
At 5/19/2006 9:54 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Sim, parece que o Queiroz é o vosso novo treinador...

Isto não é difamação da minha parte. Está escrito na Bola.

 
At 5/19/2006 10:43 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Homonatopeia:

Gay Fag Folks



Sevandija!!
Vives do pensionato e boa vontade de um amigo, cobarde!

 
At 5/19/2006 10:56 da manhã, Blogger Nuno Gomes said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 5/19/2006 11:05 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Qué?

 
At 5/19/2006 11:49 da manhã, Blogger Porco said...

SIC Notícias avança que Queiroz é o novo treinador
ASSEGURA CONTRATO DE DUAS TEMPORADAS

Carlos Queiroz é o novo treinador principal do Benfica, de acordo com uma notícia da SIC Notícias, que avançou que o contrato entre as duas partes será válido por duas épocas. De acordo com o canal as duas partes estiveram reunidas ontem à noite num hotel em Lisboa e chegaram a acordo pouco depois da meia-noite. Agora só falta, Queiroz desvincular-se do Manchester.

Ontem, o técnico-adjunto do Manchester United, colocou de parte a possibilidade de treinar o clube da luz devido ao seu compromisso com o clube inglês.

"O Benfica é uma instituição fantástica e tem um prestigio enorme, mas nesta altura é difícil declinar as responsabilidades que tenho com o clube onde trabalho", afirmou à RTP-N.

Data: Sexta-feira, 19 Maio de 2006 - 08:32





A sic-noticias garante que Queiróz assinou mesmo.
Ainda não sei muito bem o que pensar. Tava com esperança do Eriksson.
Não desgosto de Queiróz. Acho que tem muita experiência acumulada pois já treinou nos 4 cantos do mundo tanto selecções como clubes. Acho que falhou no real madrid mais por causa da (inexistente) poliica desportiva da direcção do que por culpa própria. Por outro lado, lembro-me que não gostei muito do trabalho dele no scp. Mas também, isso já foi à largos anos...
Vamos ver se haverá alguma confirmação.

 
At 5/19/2006 12:13 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Eu DETESTO o Queirós! Se se confirmar que é ele o treinador, então é uma grande desilusão para mim.

 
At 5/19/2006 12:28 da tarde, Blogger Porco said...

Mas... Achas que ele é um mau treinador, ou... Simplesmente não vais com a sua cara?

Para o gajo tar no manchester, e o fergusson dizer as maravilhas que diz... alguma mais-valia ele deve ter, ou não?

 
At 5/19/2006 12:31 da tarde, Blogger S.L.B. said...

Espero bem que não se confirme o Queirós! Está bem que o homem nos ajudou no inesquecível 6-3, mas não é preciso exagerar nos agradecimentos. Afinal, já passou muito tempo...

P.S. - Por acaso, se ele voltasse para o Benfica, estava a pensar fazer um post com esse golo do Rui Costa frente ao Espinho...! Presumo que te estejas a referir ao 3º golo dele, num pontapé à Isaías, não? E, já agora, o resultado foi 5-1.

 
At 5/19/2006 1:10 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Porco: acho-o um PÉSSIMO treinador, que ainda anda a viver às custas dos títulos de juniores. Falhou na selecção (não nos qualificámos para o Mundial de '94), falhou no Ceportém (com uma das melhores equipas que eles conseguiram juntar durante essa década), falhou no Real Madrid (o facto de ter exigido o Peseiro como adjunto diz muito da capacidade dele), e regra geral tem falhado sempre desde que deixou de treinar os juniores. Além disso é um treinador que parece não saber lidar muito bem com os jogadores - no Real gerou-se um autêntico clima de guerra no balneário enquanto ele lá esteve. O Ferguson diz maravilhas de quem lhe cair no goto num determinado dia, e no dia seguinte diz cobras e lagartos dele. Um dia Beckham era o menino querido dele, e no dia seguinte estava a atirar-lhe uma bota à cabeça. O Giggs idem, e volta e meia já estava a querer correr com ele do clube. Depois dele passar meia época quase sem jogar, de repente já estava tudo bem e ele voltou à titularidade. O Nistelrooy é outro que sofre com estas variações de humor.

S.L.B.- Exacto, estava-me a referir a esse golo. Não me lembrava que o Espinho ainda tinha marcado um golo, só dos cinco do Benfica. O Rui Costa até marcou mais um ou dois golos nesse jogo, não foi?

 
At 5/19/2006 1:57 da tarde, Blogger último! said...

Espero que não seja o Queiroz!

É um treinador com capacidade técnica não o contesto mas tirando os mundiais de juniores sempre falhou nos momentos decisivos, para mim é o treinador ideal para o SCP, o treinador do "quase"!

Se vier este, não o vou assobiar mas ou a experiência adquirida mudou alguma coisa ou acho uma má aposta

 
At 5/19/2006 2:16 da tarde, Blogger Porco said...

Bom, realmente os argumentos/factos que apresentas são dificeis de contrariar.

Queiroz de facto não venceu nada desde os juniores. E fergusson tem um feitio... complicado (O nistelrooy que eu saiba nem tem jogado e dizem que se quer vir embora).
E tb tenho essa ideia do trabalho do Queiroz no scp. Tinha um bom plantel com vários (na altura) jovens que tinha apanhado na selecção, e só fez asneiras.

O que eu acho é que alguém que tem o percurso que ele teve nos ultimos anos, alguma coisa deve ter aprendido, e algumas capacidades há-de ter.

Mas continuo a preferir Eriksson. Com ele não tenho duvidas sobre as suas capacidades.

 
At 5/19/2006 2:37 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O Eriksson das outras duas vezes que esteve no Benfica levou-nos a uma final europeia e ganhou campeonatos. Eu também o preferia. O Queirós é um problema porque uma grande parte dos adeptos não gosta dele (eu incluído). Era giro se ele viesse com o Peseiro.

 
At 5/19/2006 5:09 da tarde, Blogger Giovanni Falcone said...

Caros,

Praticamente estou de acordo com todos os comentários que vão acima.

1º - Sportv - Aqui há uns meses telefonaram-me da TV cabo para mudar para a power box. Disseram que era melhor, que podia interagir nos jogos de futebol, etc. Perguntei se com tanta tecnologia podia também subtrair o som dos comentadores ficando só com o som ambiente, responderam que não. E eu disse que assim também não queria trocar.

2º - Televisões e médias em geral - É tudo igual. As notícias são copy/paste. Acredito que são eles que influenciam as pessoas porque sabem que o Tuga é iletrado e burro e que só meia dúzia de milhar é que os mandam dar uma volta ao bilhar grande. Tudo isto faz parte de uma estratégia bem montada e que é resultado da concentração dos meios em dois ou três chefões.

3º - Os comentadores da bola na TV - É verdade que eles são escolhidos para criarem confusão. Excepto os do Benfica. Só temos palermas e dondocas.

4º - Treinador Benfica - Não acredito em notícia alguma até agora publicitada. Nem Eriksson, nem Carlos Queirós. Aposto em Scolari.

 
At 5/19/2006 7:51 da tarde, Blogger Pedro said...

Bogalho :"Em Portugal acho que os comentários televisivos estão instrumentalizados pelo poder do futebol no sentido de promover ou destruir jogadores..."

Mas não tenham a menor duvida disso.Mas não tenham mesmo! Há quem seja pago por jogadores para isso mesmo!!!!!

D'Arcy :"falhou no Real Madrid (o facto de ter exigido o Peseiro como adjunto diz muito da capacidade dele)"

Tirando a parte do Peseiro q não consigo contra argumentar (hehe) será q falhou mesmo no RM?
Ele criticou a digressão à China - teve as consequências fisicas conhecidas.
Ficou sem o Makeléle a meio da época (ou no inicio não me lembro), pediu defesas deram-lhe avançados, não tinha banco. Mesmo assim conseguiu, enquanto a equipa não estoirou, manter o RM a disputar tudo e a jogar bem.
Será q falhou mesmo ou foi mais uma vitima do RM?

Atenção...não sou apoiante de Queiroz e tenho muitas duvidas sobre o real valor dele como treinador mas a questão Real Madrid acho q tem sido muito injusta para ele.

 
At 5/20/2006 12:23 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Pedro, basta veres os comentários de diversos jogadores do Real quando ele saiu para perceberes que o trabalho dele não deixou saudades entre eles. Até me lembro de uma situação semelhante à do Peseiro com o Rochemback, em que ele substituiu o Beckham e este à saída disse-lhe com todas as letras: 'Fuck off!'. Um treinador que não sabe fazer-se respeitar não pode ser um bom treinador.

 
At 5/20/2006 11:50 da manhã, Blogger Pedro said...

Sim...nisso tens razão.

 
At 5/22/2006 5:33 da tarde, Blogger S.L.B. said...

D'Arcy: é verdade, o Rui Costa fez um hat-trick nesse jogo contra o Espinho.

 

Enviar um comentário

<< Home