domingo, abril 10, 2011

Miserável

Exibição miserável da segunda equipa do Benfica, e consequente e natural derrota miserável, frente a uma das mais miseráveis equipas da Liga. Bem sei que as prioridades do Benfica são outras, e compreendo que se poupem jogadores e se faça alinhar uma equipa como a desta noite. Mas isso não significa que estes jogadores não tenham a obrigação de fazer melhor, ou não fizessem eles parte do plantel do Benfica.

Foi de facto, a exemplo do jogo com o Portimonense, uma equipa completamente secundária aquela que o Benfica apresentou de início esta noite. Sídnei, Carlos Martins e Jara eram aqueles que costumam ser mais vezes chamados à titularidade, mas depois, começando com o Júlio César na baliza, daí para a frente vimos Luís Filipe, Carole, Roderick, Aírton, Meneses, Peixoto e Kardec. E a verdade é que pouco ou nada fizeram para mostrar que não merecem o estatuto de suplentes. Eu nem sei bem o que escrever sobre o jogo. Foi de tal forma mal jogado e desinteressante que tive muita dificuldade em manter-me atento. Muito má a forma como a nossa equipa quase nunca mostrou, durante todo o jogo, capacidade para ultrapassar uma (má) defesa em linha, pura e simplesmente porque os jogadores caíam em posição de fora-de-jogo e depois deixavam-se lá ficar. Foram tantas as vezes que isto aconteceu que ao fim de algum tempo já me parecia que os auxiliares já assinalavam sempre fora-de-jogo, mesmo quando este não existia. A Naval chegou ao golo aproveitando uma saída infeliz do Júlio César, após um livre da esquerda da nossa defesa. O golo tanto podia ter surgido para uma como para a outra equipa, porque o equilíbrio foi a nota dominante - e quando uma equipa do Benfica faz um jogo equilibrado com a Naval, creio que está quase tudo dito sobre a qualidade do nosso jogo. O empate surgiu pelo Kardec, que desviou de cabeça um canto marcado pelo Carlos Martins, e o empate ao intervalo era um reflexo justo daquilo que se passou na primeira parte.

A segunda parte nada trouxe de novo. Pareceu-me que o Benfica teve um pouco mais de bola, mas o equilíbrio continuou a ser a nota dominante, com muita falta de qualidade no passe e muita disputa no meio campo. Mais foras-de-jogo para o Benfica (alguns deles muito mal assinalados, mas conforme disse, os nossos jogadores estavam tantas vezes acampados que aquilo já devia ser reflexo do auxiliar).
Até tivemos também a tradicional cena do Carlos Martins sair lesionado/tocado e tudo. Tentando alterar alguma coisa, ainda lançámos mão do Salvio e do Aimar (e também do Weldon), mas pouco mudou. Perto do final, o Naval marcou mesmo, num lance em que ainda antes da bola chegar aos pés do jogador que fez o remate, já eu estava a reclamar com o Roderick, tamanha foi a displicência com que abordou a jogada. Aproveitando o facilitismo na zona central da defesa, o jogador da Naval teve todo o tempo de que precisou para colocar o remate da zona da meia-lua. O Benfica ainda esboçou uma reacção, e no minuto seguinte atirou uma bola ao boste, pelo Sídnei após um canto. E no último lance do jogo, uma situação que espelha perfeitamente o jogo: após, finalmente, uma jogada em que ultrapassámos a defesa em linha da Naval (com um passe do Aimar), o Luís Filipe viu-se completamente isolado em frente ao guarda-redes. Teve tempo para tudo: parar, tirar as medidas à baliza, ver a posição do guarda-redes e escolher para onde queria mandar a bola. E revelando uma frieza imperturbável, conseguiu chutar a bola direitinha ao guarda-redes (deve ter fechado os olhos, posto a língua de fora, e cá vai disto).

Não sei quem foram os melhores do Benfica, nem quero saber. É que não consigo mesmo escolher. Só consigo dizer que fiquei triste com muito do que vi.

O jogo não contava para quase nada, e conforme disse, compreendo as escolhas, tal como as compreendi no jogo com o Portimonense. Mas o facto do jogo não contar para quase nada não desculpa tudo aquilo que vi em campo. Mesmo sendo segundas escolhas, aqueles jogadores podiam e tinham a obrigação de fazer melhor do que aquilo que fizeram.

13 Comments:

At 4/11/2011 10:03 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Miserável !!!

Pois é.
Foi o comentário que efectuei ao jogo com o Portimonense e aqui temos mais uma réplica.
Mas o pessoal dos Blogs não gosta de ver e analisar a reliadade, os factos, preferindo empreender a abordagem do "somos os maiores".

Para além da falta de capacidade, têm falta de vontade e de empenho, ou seja, não servem para vestir aquela camisola.

O treinador tem grandes responsabilidades. Muitos dos jogadores que ontem actuaram são contratações suas e se nem esses consegue motivar...

Tenho a certeza que ontem muitos dos que estavam iludidos ficaram a sabar, com factos, que o Roderick é um grande flop e que não servirá nem para central da Naval.

7 derrotas. Mais que o Sporting que, afirmam, está a fazer uma péssima época.

Nos ultimos 5 jogos para o campeonato, o Benfica ganhou 1.

Este grupo, desde Junho do ano passado, apenas tem oferecido aos seus adeptos desilusões e desgostos, o que aliás e atendendo às duas ultimas décadas, apenas teve uma pequeníssima excepção com a conquistas do ultimo campeonato na ultima jornada.

 
At 4/11/2011 11:14 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O Campeonato não interessa.


Jogamos com jogadores sem qualquer brio e sem sentido de responsabilidade do que é representar um clube com aquela camisola


Temos um treinador que para além de falhar rotundamente na preparação da presente época, não sabe incutier os valores de competir com uma camisola encarnada.
Um treinador que não soube aproveitara "embalagem" da época passada e que quase todas as aquisições por ele apontadas são um perfeito fiasco.


Nos ultimos jogos para o campeonato o clube não foi minimamente respeitado mas, brevemente, vão querer vender lugares cativos para os jogos do próximo campeonato.

 
At 4/11/2011 12:30 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Miseravel e inacreditável.

é esta a diferença para os grandes clubes.
Jogadores profissionais que ganham todos mais que o melhor ordenado da Naval e não conseguem sequer estar no jogo.

Mas esta Direcção e este treinador concordam com esta abordagem ?
é assim que querem associados ?


O JJ continua a marcar records negativos.

Que grande diferença para outros clubes, esses sim concetram-se e trabalham para Ganhar

 
At 4/11/2011 12:35 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas quase todos os jogadores que actuaram ontem vêm de uma opção clara do JJ.

Não sabe escolher jogadores, não sabe gerir o plantel, não sabe preparar uma época decentemente.

MAs sabe envergonhar-nos como tem acontecido inumeras vezes.

O Fernandez jogou bem ontem. e só custou 1,5M€

 
At 4/11/2011 12:41 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas esta gente tem noção do que estão a fazer ao clube ?

Quantos milhares de euros vamos perder na Bilhética até ao final do Campeonato ?

Mas esta gente não sabe o que é vestir a camisola encarnada.

Ganhar não sabem.

 
At 4/11/2011 12:43 da tarde, Anonymous Anónimo said...

e o Jara ?

... é só aquilo que sabe fazer ?

Na 3ª Divisão há jogadorse que fazem muito mais do que estes jogadorse fizeram ontem e à 2 jornadas com o Portimonense.

 
At 4/11/2011 12:50 da tarde, Anonymous Anónimo said...

E os GRs do Benfica não treinam ?

Todos falham em lances similares ?

penso que não será necessário ser muito inteligente para constatar que se existe treino para o GRs, este é MAU.

Nova metodologia de treino e novo treinador de GR será crucial, a não ser que o JJ não tenha mais amigos para por lá e isso seja mais importante que o Benfica.

 
At 4/12/2011 11:20 da manhã, Blogger Filipe said...

Custou-me menos esta derrota que o empate em casa com o Portimonense. Jogadores sem rodagem, a jogarem fora com uma equipa motivada é complicado.

A Naval não é tão miserável assim. O Mozer em 12 jogos leva 18 pontos, média suficiente para lutar pela Europa. Jogámos contra uma equipa que na segunda volta tem conseguido mais pontos que Guimarães ou Nacional.

 
At 4/12/2011 2:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Filipe,

é porque termos essa mentalidade nas ultimas 2 décadas, que o Benfica passou a ganhar apenas de vez em quando.

Antes, não era essa a mentalidade que perdominava em toda a estrutura do Benfica, por isso ganhámos quase sempre.

Quando é essa a abordagem que se faz a um conjunto de jogadores e equipa técnica é, de facto, retirar-lhes a responsabilidade de ganhar.
Se não tens conhecimento, eu digo-te que o conjunto de jogadores que representaranm o nosso clube na Figueira da Foz, custaram-nos 30M€.

 
At 4/12/2011 3:30 da tarde, Blogger Filipe said...

Anonymous, vai argumentar dessa forma com quem te fez as orelhas. Tenho mais anos de Benfica do que provavelmente tens de idade. O Real Madrid, que foi o ano passado eliminado por uma equipa das divisões inferiores, valia muito mais de 30 milhões. Os argumentos que avanças são idiotas. Seria um problema de mentalidade se aceitasse que a equipa principal do Benfica fosse lá perder.

Jogámos fora contra uma equipa com rendimento na segunda volta semelhante ao do Guimarães. É irrealista esperar que as reservas não apresentem debilidades, sobretudo a nível da marcação.

As derrotas da primeira equipa, sobretudo na champions, preocuparam-me e levam-me a não desejar a continuidade do Jesus, a quem não vejo estaleca para estar à frente do Benfica. Agora neste jogo não me vou por a crucificar jogadores que não esperaria que funcionassem bem como equipa.

 
At 4/12/2011 3:47 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Idiotas são os teus argumentos.

Então esses jogadores não foram contratados pela actual estrutura ?

Então esses jogadores não são treinados à largos meses pelo actual treinador ?

Então o treinador desses jogadores não trabalha diariamente para desenvolver processos, construir equipas e incutir vontade de ganhar ?

Então temos uma duzia de jogadores apenas para "cumprir horário de trabalho".

Sobre argumentar com quem me fez as orelhas, é mais um comentário infeliz que tens neste blog, pois não sabes se tenho essa possibilidade

 
At 4/12/2011 6:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

tanta guerra para pouca uva e muita parra ..


mas quem fica satisfeiro por perder! Quem.... !

os jogadores ! não me acredito..

saber ver um jogo e ler um jogo e muito bonito mas não e para todos ...

do resto e futebol pontape pra frente e sai um a correr e dificil não fazer destes esquema de treinadores de bancada ...

o futebol não e para todos ,e preciso ver ler e saber dar muitas horas muitos dias e muitas vezes as pernas e não só por um detalhe a bola bate na trave no poste ou o arbitro ,pois o arbitro diz que não vê...

PS: 7 derrotas. Mais que o Sporting , mas não dizes que temos muitas mais vitórias que os viscondes pois não e que temos PALETES DE PONTOS AFRENTE e mais isto Benfica
26 18 17 5 3-25553SC
Braga26134944-31434
Sporting 26 11 9 6 36-26 42 ..

NEM A LAVAR COM OMO FICAM A FRENTE ....

 
At 4/12/2011 8:07 da tarde, Blogger joão said...

Anonymous 4/11/2011 10:03 AM, concordo contigo sempre tive a opinião que o Miguel Vítor era melhor que o Roderick mas este treinador sempre achou o contrario e ao preterir um em relação ao outro é que induziu em erro muita gente.

Filipe a mim custou-me mais este não só pela derrota, como neste jogo em comparação ao outro foram criadas e desperdiçadas mais e melhores oportunidades de golo foi irritante a quantidade e a qualidade das falhas, aceito melhor um jogo em que nem sequer consegue oportunidade por jogares tão mal do que um em que jogando mal consegues criar oportunidades mas falhares escandalosamente.

Quanto aos outros Anonymous vão ser tratados como um só, mais uma vez relembro a historia e vejam o que já antes tinham feito o Sven Goran e o Toni em idênticas situações.
O argumento do orçamento é e sempre será pouco ético além de falacioso ganha quem marca não é quem tem mais orçamento.
Metade dos jogadores desta equipa titular foram escolhas pessoas do treinador a outra metade não foi o que não tira de algum modo as responsabilidades destes, mas nenhum clube nem treinador do mundo só faz escolhas certas. Temos que saber distinguir entre os jogadores que jogam mal mesmo que inseridos na equipa principal, por exemplo o Filipe Meneses, e aqueles que jogam bem na equipa principal mas que inseridos numa equipa que joga mal não conseguem contrariar esse mau jogo como por exemplo o Jara.
Não sei se o treinador dos guarda redes é bom ou é mau o que eu sei é que estes guarda redes sempre foram mau nas bolas pelo ar antes de virem para o Benfica e isso nem o melhor do mundo consegue modificar é urgente muito urgente contratar um bom guarda redes que saiba sair ás bolas pelo ar. Depois até o melhor treinador do mundo trabalha e sempre trabalhou com os seus amigos.

 

Enviar um comentário

<< Home