sexta-feira, março 11, 2005

Poesia

Momento poético da noite: o Nacional prepara-se para bater um livre à entrada da área do FC Porto. No silêncio sepulcral do Dragão, perante o resultado negativo de 0-3, ouve-se nitidamente Baía gritar, enquanto orienta a barreira: "Quatro! Quatro! Quatro!". E o Bruno fez-lhe a vontade.

Foi também particularmente aprazível escutar o tom fúnebre dos comentadores de serviço durante os últimos minutos do jogo, em nítido contraste com a histeria habitual sempre que o Benfica está a perder contra uma equipa menor.

Vamos ver se amanhã conseguimos aproveitar a benesse desta noite.

3 Comments:

At 3/12/2005 4:43 da tarde, Blogger PF said...

Essa do baia é óptima.

 
At 3/12/2005 6:22 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Quando estava a ver o jogo e ouvi o Baía gritar 'Quatro!', pensei logo 'Era bonito se isto agora desse mesmo o quarto...' :)

 
At 3/14/2005 10:12 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Será que foi impressão minha, ou ao treinador do Nacional , nos comentários pós jogo, só faltou pedir desculpa ao F.C.do Porto, por ter ganho.
Será que o Sr. Pinto da Costa lhe prometeu que poderá vir a ser treinador do F. C. Porto (antes ou depois do jogo). De certeza que já não é ao primeiro que faz esta promessa. Sócio nº. 7495 do SLB

 

Enviar um comentário

<< Home