domingo, maio 01, 2005

Mais perto

Vencemos mais um jogo difícil, e assim conseguimos dar mais um pequeno passo na direcção do sonho. O título está agora um pouco mais perto.

Gostei de ver o Benfica jogar. Dominámos e controlámos completamente o jogo frente a uma equipa muito compacta, que sabe cobrir bem os espaços no terreno, e que sabemos ser perigosa no contra-ataque. Para além disso o Benfica soube ser paciente, e lutar pelo resultado sem entrar em ataque desenfreado, o que seria demasiado perigoso contra uma equipa como o Belenenses.


Desde o apito inicial que ficou evidente que só havia uma equipa em campo interessada em ganhar o jogo. O Benfica cedo caiu sobre o adversário, que em termos ofensivos foi inexistente durante toda a primeira parte. As oportunidades de golo foram-se sucedendo, mas pela frente encontrámos, a exemplo do que tem acontecido nas últimas jornadas, um guarda-redes inspirado (embora no caso do Marco Aurélio, dado o valor que lhe conhecemos, isso não seja surpreendente, ao contrário do que aconteceu, por exemplo, com o Costinha). Se, como 'A Bola' dizia a semana passada, 'Foi Deus' quem quis que ganhássemos aquele jogo, ontem parecia o contrário, pois a bola teimava em não entrar (a forma como o cabeceamento do Luisão não deu golo foi incrível).


Na segunda parte pouco se alterou: as oportunidades continuaram a suceder-se apenas para um lado, e a bola não entrava mesmo. Se aquele remate do Petit tem entrado em vez de ir aos ferros da baliza, teria sido um dos golos do campeonato. A resistência belenense foi finalmente vencida a cerca de vinte minutos do final, através de um penalty do Simão, que asim voltou a marcar após um longo jejum. Só após isto é que o Belenenses resolveu sair lá de trás, e dar um ar da sua graça. Mas mesmo assim, não conseguiram sufocar-nos, ou mesmo criar grandes oportunidades de golo (a única de que dispuseram foi-lhes oferecida pelo regressado Quim, que o Lourenço rematou para as nuvens pressionado pelo Ricardo Rocha).


Já só faltam três jogos, que de certeza nos farão sofrer tal como estes últimos. Se, conforme muitos dizem, este é o campeonato mais fraco de sempre (embora eu ache que quem diz isto é já em tom de desculpa para menosprezar uma eventual vitória do Benfica), é também de certeza um dos mais emotivos e disputados dos últimos anos. Vamos esperar que o nosso Benfica tenha força suficiente para ultrapassar os três obstáculos finais que nos separam do sonho.

16 Comments:

At 5/01/2005 10:31 da tarde, Blogger Pedro F. Ferreira said...

A sofrer, a vencer, a sonhar... Viva o Benfica. Um abraço.

 
At 5/01/2005 11:33 da tarde, Blogger Renato said...

nem uma palavrinha sobre os casos???

 
At 5/02/2005 1:40 da manhã, Blogger D'Arcy said...

E desde quando é que eu costumo discutir arbitragens nos meus posts sobre jogos?

 
At 5/02/2005 1:48 da manhã, Anonymous hugbubble said...

ele estava-se a referir à forma como os tripas ganharam com o golo em fora de jogo...

ou entao estava-se a referir àquele penalty q ficou por marcar hoje contra o sporting, quando o resultado ainda estava a zero...

devem ser esses os casos...

 
At 5/02/2005 9:38 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Pois pois....quando não interessa não se discutem casos nem a forma escandalosa como o Benfica ganhou este jogo...
Enfim...desportivismo :-)

 
At 5/02/2005 10:41 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Para escreveres isso só podes ser mal intencionado. Vai lá buscar um post meu sobre um jogo do Benfica em que eu culpe o árbitro por um mau resultado.

Tenho a minha opinião sobre os lances polémicos do jogo, mas não a ponho nos meus posts porque o resultado será sempre o mesmo: para os antibenfiquistas, o Benfica terá sempre ganho por causa do árbitro (p.ex: se o penalty não existiu, isso é o que conta; o facto de ter existido um outro penalty não assinalado a favor do Benfica não interessa). Além disso raramente tenho o privilégio de ver 10 repetições de cada lance para depois poder corajosamente comentá-lo e afirmar peremptoriamente que o árbitro errou.

 
At 5/02/2005 11:00 da manhã, Blogger tma said...

Em relação aos casos, isto tem que ser dito sobre o penalty que foi assinalado:
De acordo com os regulamentos da FIFA «no interior da grande área, nenhum defesa pode jogar com os braços levantados, sob o risco de não beneficiar de casualidade em caso de desviar a bola com a mão, mesmo que não seja de forma propositada».
O Amaral estava com os braços levantados, a fazer a mancha como se fosse um guarda-redes. Logo, de acordo com as regras da FIFA, não há dúvidas que é penalty.
E mai' nada!

 
At 5/02/2005 11:47 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Ainda não vi uma repetição do lance em questão, e no estádio não consegui aperceber-me bem do lance, por isso não posso dar uma opinião válida sobre ele. Mas tenho muito poucas dúvidas que o Neca puxou a camisola do Nuno Gomes na primeira parte, e fez penalty, porque esse lance foi perto de mim e bastante claro (só não percebo como é que o fiscal de linha não o viu).

Também não me parece que tenha havido penalty do Ricardo Rocha sobre o Lourenço no lance que o Belenenses reclama. O Lourenço, pressionado pelo Ricardo, chuta para as nuvens, mas não vi qualquer toque do Ricardo. Mas conforme disse, isto foi o que vi no estádio, e ainda não vi qualquer repetição do lance.

 
At 5/02/2005 1:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

A questão sobre a qual os Benfiquistas se devem debruçar é razão da grande dificuldade com que o SLB tem ganho os jogos. Tal dificuldade, infelizmente, antecipa mais um jogo difícil contra o penafiel (pejado de portistas que darão o litro) e, especialmente, contra o clube do bairro do lumiar. São poucos, aparentemente inofensivos, mas nos últimos tempos têm feito mossa. E temo que o trappa caia na tentação de aferrolhar e meta o bruno aguiar no lugar do nuno assis, a jogar a trinco e está o caldo entornado.
Estamos a jogar pouco, muito pouco e não ve têm visto melhoras. Precisamos de ânimo contra o penafiel e, contra o lumiar fc, precisamos que a defesa esteja segura e que o simão e n. gomes façam o que não têm feito: jogar o que sabem. Se assim não for, temo que não consigamos ganhar...

 
At 5/02/2005 1:47 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Acho que se deve muito a uma questão de ansiedade, aliada a uma motivação extra dos adversários em fazerem uma gracinha contra o Benfica, sabendo que está toda a gente de olhos postos nos jogos do Benfica.

Mas eu até gostei de ver o Benfica jogar este fim-de-semana. Foi apenas por manifesta infelicidade que não conseguimos maracar mais cedo. E achei que o Simão esteve bastantes furos acima dos jogos anteriores.

 
At 5/02/2005 8:48 da tarde, Anonymous hugbubble said...

tem muito a ver com a ansiedade, sim, concordo plenamente.

e, apesar de nao ter sido tao 'escandoloso' como o jogo contra o leiria, foi mesmo muita sorte q o belenenses teve em nao sair do estadio da luz "com a mala cheia".

e, tal como todas as equipas nos ultimos jogos sempre q jogam com o benfica, parecia q a vida deles dependia deste jogo, do nao sofrer um golo contra o benfica.

neste em especial, ate meteu dó ver a forma como eles jogaram, sempre atras da linha da bola e sempre todos acantonados em cima da baliza a defender aquilo com unhas e dentes.

no minimo estranho, para uma equipa com a epoca resolvida, ja q nao tem hipoteses de ir à uefa e tb ja nao desce de divisao...

ah! e amigo d'arcy,

"tenho muito poucas dúvidas que o Neca puxou a camisola do Nuno Gomes na primeira parte, e fez penalty, porque esse lance foi perto de mim e bastante claro (só não percebo como é que o fiscal de linha não o viu)." (d'arcy, 11:47 AM)

é facil. ele viu.
nao quis foi marcar.

 
At 5/02/2005 10:48 da tarde, Blogger João Pedro said...

O grande pecado do SLB é a finalização. Fossem os golos metade das oportunidades e já éramos campeões. É que os rapazes nem jogam mal, mas têm um azar do caneco!
Confirma-se também que os clubes que jogam contra o SLB dão a vida nesses jogos: veja-se o Rio Ave, que desde o golo de sorte do Miguelito não tem feito nada, ou o Estoril, goleado inapelavelmente pelo Nacional. Começo a dar razão ao Petit.
Os jogos mais difíceis vão ser os próximos dois. Se o Benfica precisar de ganhar no Bessa, aposto que o consegue.

 
At 5/02/2005 11:04 da tarde, Blogger tma said...

Utilizando uma expressão típica dos treinadores, devemos pensar "jogo a jogo"...
Para já, contra o Penafiel, uma baixa importante: o Luisão.
Ele tem sido inexcedível, não só a jogar, como a puxar pela equipa.
Mas acredito que, mesmo assim, vamos ganhar. A vontade de ganhar dos jogadores é, neste momento, maior que o medo de falhar que a equipa evidenciou em diversos jogos, sobretudo na 1ª volta.

 
At 5/03/2005 6:16 da tarde, Blogger koelhone said...

Anda tudo espantado porque descobriu subitamente uma coisa em que nunca tinham reparado: os árbitros erram.

Só no último fim de semana, erraram no jogo do Porto, do Benfica e do Sporting, vejam só!...

(Os outros jogos não são mediáticos, por isso não interessam para estas contas)


Que o Benfica ultimamente tem tido mais sorte que os outros dois candidatos, lá isso é verdade... Mas que não é isso que importa nas contas finais, também é verdade.

Tivessem Porto e Sporting conseguido não desperdiçar alguns dos pontos que desperdiçaram vergonhosamente e não estariam sujeitos a estas contigências normais do jogo.


Quanto ao penalty do Amaral: não era, o árbitro errou. Aquela citação "no interior da grande área, nenhum defesa pode jogar com os braços levantados" é uma espécie de mito urbano. Ninguém sabe de onde vem nem para onde vai, mas anda por aí em muitos blogues.

Gostava de saber quantos árbitros conseguiriam ver claramente o contacto da bola com o braço dentro da área, estando dentro de um estádio repleto de benfiquistas, e não marcar o penalty. Talvez o Collina e um ou outro mais cabeçudo... É um erro normalíssimo.

O penalty sobre o Lourenço então, é quase impossível de ter a certeza à vista desarmada. Claro que o homem não o ia marcar tendo dúvidas, nem devia. Mais um erro normalíssimo.

Há mais casos? Não importa, não foram fulcrais. Não foi como a semana passada e a imensidão de livres marcados a favor do Benfica à entrada da área.... :)


Quanto ao jogo do Porto, foram tantas as asneiradas do árbitro contra uma e outra equipa, que ~só tenho uma pergunta: é isto um árbitro de primeira liga? Credo! Estamos entregues à bicharada...


No jogo do Sporting nem me lembro de grande erros, mas devem ter acontecido alguns, com toda a certeza...

 
At 5/03/2005 9:08 da tarde, Anonymous hugbubble said...

ó amigo koelhone,
tu tens cá umas logicas q eu vou-te contar.....

"Gostava de saber quantos árbitros conseguiriam ver claramente o contacto da bola com o braço dentro da área, estando dentro de um estádio repleto de benfiquistas, e não marcar o penalty. Talvez o Collina e um ou outro mais cabeçudo... É um erro normalíssimo" (koelhone, 6:16 PM)

antes de mais nada, o fulano do belenenses tocou com a bola na mão. disso acho q nao ha duvidas.
e qualquer defesa ate da regional sabe q neste tipo de lances, ou se recolhem os braços para tras das costas ou deixa-se fica-los em baixo, na posiçao normal. se de agora em diante todos os defesas fossem a fazer como fez o fulano do belenenses havia de ser giro ver a tua opiniao...

e nao sei qual é o problema do estadio estar cheio ou vazio, ninguem lhe ia bater...

seguindo a tua logica da batata, se nao te recordas o benfica-fcp tb teve estadio repleto de benfiquistas. e o "amigo" olegario nem vacilou nesse jogo. viste-o a sancionar o golo do petit? viste-o a marcar aquele penalty escandoloso do seitaridis sobre o karadas?
pois.. eu tambem nao vi...

quanto ao jogo do sporting, nao sei se comeste muito queijo nos ultimos dias, mas eu lembro-te o q se passou.. aos 50 min, e com o jogo ainda empatado a zero, o "amigo" tello quis ficar com uma recordaçao do wender, tal o amarrão q deu na camisola do bracarense em plena area do sporting. resta saber se o pinilla conseguiria dar a volta ao jogo depois disso...

 
At 5/04/2005 12:55 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Os árbitros erram, é verdade. E sempre erraram, mas dantes não havia tantas câmaras nem repetições de lances de todos os ângulos possíveis e imaginários. O problema é que andam para aí umas pessoas cheias de vontade em fazer crer que eles só erram para favorecer o Benfica, e tentam atirar-nos areia para os olhos em relação ao que se passa nos outros campos.

koelhone, até concordo com a tua apreciação a alguns dos lances mais polémicos do nosso jogo. O lance do penalty do Amaral seria duvidoso em qualquer campo, mas perante 60.000 espectadores, se calhar já tendo conhecimento que tinha deixado um penalty por marcar na primeira parte, e tendo que decidir numa fracção de segundos, é natural que o árbitro apite (desculpa lá hugbubble, mas para mim aquilo é bola na mão... concordaria contigo se a bola tivesse ido directamente ao braço, porque um jogador não pode fazer-se a uma bola como se fosse um guarda-redes a fazer a mancha, mas tendo em conta que a bola lhe bate na perna e ressalta para o braço, a minha tendência é para considerar aquilo um lance casual).

Quanto ao lance do Lourenço, no estádio não me apercebi de qualquer penalty. Nas repetições que vi, confesso que continuo a não ver nenhuma falta. Calculo que exista alguma repetição, de um determinado ângulo, que permita ver qualquer coisa, caso contrário não andariam aí a fazer tanto barulho, mas a verdade é que o árbitro não dispõe dessa repetiçao e, mais uma vez, teve que decidir em segundos. Se errou, é como dizes: é um erro normalíssimo.

Eu normalmente não falo do trabalho dos árbitros porque acho indecente criticá-los apoiado numa dezena de repetições de um lance, quando o árbitro não teve acesso a essas repetições. Quando falo do trabalho do árbitro, faço com base no que vi no estádio, porque aí estou em condições mais parecidas às dele (e é essa também uma das razões pelas quais escrevo sobre os jogos do Benfica em casa antes de ver um resumo do jogo na TV).

Não vou falar sobre o que se passou nos jogos dos outros grandes. Se já não gosto de falar de arbitragens nos jogos do SLB, gosto ainda menos de falar sobre os jogos dos outros. É que esses é que eu não vejo ao vivo de certeza (e na maior parte das vezes nem na TV).

 

Enviar um comentário

<< Home