domingo, janeiro 27, 2008

Cardozaço

Foi sofrida, sim senhor. Mas nem por isso menos merecida, a nossa vitória desta noite. E o sofrimento só acaba por lhe dar um sabor ainda melhor, particularmente quando ficamos com a sensação de que não foram apenas os jogadores do Guimarães os adversários que estiveram hoje a defrontar-nos dentro do campo.

Novamente a alinhar em 4-2-3-1, com o Cardozo na frente, o Benfica teve uma entrada em jogo inesperadamente forte. A equipa apareceu muito personalizada, com grande espírito de entreajuda, e a pressionar o adversário. Resumindo, apareceu com a atitude que os adeptos reclamam, e que tem andado ausente nos últimos jogos. E cedo essa diferença de atitude foi recompensada com um cardozaço. Finalmente o paraguaio marcou um daqueles livres que muitos de nós andámos a ver no YouTube, e só espero que isto signifique que o vão passar a deixar tentar marcar livres mais vezes (estão a ouvir, Petit e Rui Costa?). Ao contrário de outras ocasiões, a equipa não abrandou após o golo, e manteve a mesma atitude. Como resultado disto, o Guimarães pouco se viu durante o primeiro tempo, e foi o Benfica quem voltou a marcar, ainda antes da meia-hora. Numa iniciativa pela esquerda o Di María não desistiu de uma bola que parecia perdida, ultrapassou dois adversários e, já dentro da área, assistiu de trivela (não é exclusivo de ninguém, embora às vezes até pareça) para um golo fácil do Maxi Pereira, que fixou o resultado com que se atingiu o intervalo. Nesta altura, estando eu agradavelmente surpreendido com o que vira durante o primeiro tempo, não pensei que o Benfica viesse a ter grandes dificuldades para vencer este jogo.

Infelizmente, tal não aconteceu. Primeiro houve a lesão do David Luíz, que obrigou à entrada do Nuno Assis e ao recuo do Katsouranis para central. Depois houve a entrada do Guimarães na segunda parte, que foi muito forte e nos empurrou para junto da área. Apesar da boa vontade do Maxi, notou-se a ausência do Katsouranis no auxílio ao Petit, e perdemos o controlo do meio-campo que tínhamos na primeira parte. Foram uns vinte minutos muito difíceis, agravados com o golo do Guimarães após quinze minutos, mas a verdade é que após o golo o ímpeto do Guimarães foi diminuindo, e foi-nos sendo um pouco mais fácil ir reequilibrando o jogo, e manter a bola longe das imediações da nossa área. De tal forma que se chegou a um ponto em que o Guimarães optava por despejar a bola lá para a frente em todos os livres que iam conquistando com o beneplácito do árbitro, na esperança de criar perigo, mas foi sem grandes sobressaltos que o tempo se foi escoando. O Camacho até surpreendeu na altura das substituições, mantendo o Cardozo em campo, e foi recompensado com o golo da tranquilidade já em período de descontos, tendo o mesmo Cardozo aproveitado uma asneira do guarda-redes Nílson (e foi muito bem-feito, porque desde a célebre eliminatória da Taça em que fomos gamados e eliminados pelo Guimarães na Luz graças a um golo irregular que eu tenho um pó enorme a esta criatura - ainda me lembro do número de vezes que ele simulou estar lesionado durante esse jogo para queimar tempo).

Não vou mencionar melhores ou piores, porque esta noite gostei do Benfica como equipa. Vou apenas agradecer ao Cardozo os dois golos, e a infinita paciência que tem, porque passar jogos como ele passa, isolado na frente e a sofrer todo o tipo de faltas dos defesas sem serem assinaladas seria o suficiente para qualquer pessoa normal perder a cabeça. Treze golos já lá estão, e continuo, como desde o início da época, a achar que muitos mais se seguirão. Parabéns também ao Nuno Assis pela boa entrada em jogo - houve períodos em que foi importantíssimo a segurar a bola e a refrear os ânimos do Guimarães, numa autêntica demonstração de futebol trapattoniano.

Aquilo que acabou por mais me irritar mesmo durante o jogo foi a arbitragem. O ror de asneiras foi tal que seria possível fazer um post inteiro sobre esse assunto, mas não gosto de perder tempo com isso. Eu considero o João Ferreira um árbitro muito fraco, mas há coisas que já são difíceis de justificar apenas com aselhice. Depois da arbitragem do Paulo Costa contra o Leixões, espero que isto não seja uma tendência a manter. Eu até acho que onze pontos já são suficientes para descansar, por isso a agenda neste momento já deve ser outra.

Esperemos então que esta difícil vitória possa ser, de facto, um prenúncio para o tal fugidio 'ciclo de grandes vitórias'.

12 Comments:

At 1/27/2008 8:18 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Quero agradecer especialmente a três pessoas.

Gracias Inca Cardozo.
É um grande jogador e só não marca mais porque ninguem se apercebeu das suas potencialidades, basta ver a forma como o FS (sim o "Nandinho") o metia a jogar nos jogos iniciais para ver onde ele deve jogar, mais fora da grande área e com espaço para o remate e para combinar com os colegas, marcar os livres. É pena que seja o próprio a ter que se mostrar aos colegas nos jogos.

2º Di Maria - para a troupe Camachista e amadores entendidos de futebol via You Tube, quando fizerem a apreciação de um jogador de futebol, observem-no ao menos onde ele aprendeu a jogar, neste caso na esquerda, pois é aí que normalmente os jogadores rendem, onde aprenderam e lhes ensinaram a jogar.Não por acaso este jogador joga numa selecção argentina, País medíocre na apreciação e prospecção de jogadores que habitualmente nem sequer chega às fases finais dos Campeonatos do Mundo.

3º Nuno Assis - Um verdadeiro cérebro, que congelou o jogo quando ninguem o sabia fazer e o benfica mais precisava.Foi ele que roubou o ímpeto ao Guimarães nas alturas mais criticas.Assinou alguns lances se lhe tirar o chapéu. Ratice, ratice, ratice, jogador!!

4º Humberto Coelho - Obrigado pelas tuas palavras capitão. Elas acertaram na mouche e foram ouvidas.O Benfica não é o Club Med nem um retiro de férias para treinadores em fim de carreira. O sr. Camacho preparava-se para um ano sem stress a ganhar trinta mil p/mês, com o apoio obvio de alguns idiotas. Mexa esse cu gordo e pare de se desculpar, nós não lhe devemos nada a si, o sr. é que é bem pago demais para o que conseguiu fazer até agora. Existem milhares de sócios que passam sacrifícios pelo Benfica , para o acompanhar e ver jogar e não se queixam.
O Benfica não é um clube de derrotados, o Benfica joga sempre para o título.

PS- Só espero que o Paulo Bento faça hoje a sua parte como benfiquista:)) Se o Porto perde o Campeonato está relançado, embora saiba que pela mente de um certo treinador gordo o melhor resultado seria a vitória do Porto, fica com menos stress, o que é mau quando se está de Férias a receber 30 mil por mês!!

PPS- Nelson!! Quem com tão pouco tempo,faz na esquerda aquilo que fazia e bem na direita, só pode ser um grande jogador!!!

 
At 1/27/2008 10:03 da manhã, Anonymous juiz vermelho said...

Mais uma arbitragem nojenta!

 
At 1/27/2008 10:33 da manhã, Blogger Nuno said...

Joao Ferreira rimou mesmo com roubalheira... os apitos continuam dourados (e as bandeirinhas dos fiscais de linha tambem...)

 
At 1/27/2008 12:12 da tarde, Anonymous Xelb said...

Não há duvidas de que recordar é viver.
E ontem recordei as arbitragens dos tempos heróicos de há vinte anos atrás em que estas actuações ficariam muito bem a Silvanos, Calheiros e outros que tais. Em que se consegue empurrar uma equipa para o seu meio campo e não a deixar sair de lá a poder de "faltinhas" a meio campo, pinceladas de vez em quando com outras mais graves.
Assim de cabeça lembro-me de três foras de jogo não assinalados ao ataque do Guimarães, dois foras de jogo mal assinalados a nós, o livre sobre o Rui Costa, o amarelo à mão do Petit, nenhum amarelo às três ou quatro mãos do Guimarâes, os mergulhos para a piscina nunca punidos e acima de tudo a maneira verdadeiramente vergonhosa como o arbitro consentiu ser pressionado durante grande parte do tempo.
A aliança para o Benfica não chegar sequer ao segundo lugar continua de pé.
...mas isto sou só eu a desabafar...

 
At 1/27/2008 12:46 da tarde, Blogger Pedro said...

E o pior é q parece mesmo q o outro gajo levou dois amarelos e ficou em campo...
O amarelo ao Rui é escabroso.

Espero q a direcção do SLB não se cale e denuncie ponto por ponto esta arbitragem manhosa. Temos a moral de termos ganho limpamente. Vamos a eles carago!!!

Nuno Assis é um grande jogador. É pena a maioria dos benfiquistas não perceber isso. É dos poucos jogadores do SLB q sabe o q fazer com a bola nos pés.

 
At 1/27/2008 1:38 da tarde, Anonymous Americano said...

Finalmente uma exibição com garra, uma vitória sofrida mas merecida, e importante para arrancar para uma 2ª volta à Benfica.
A arbitragem nojenta do costume, não há dúvidas que está na "agenda" tirar o Glorioso do 2º lugar. E bonita a forma como a TV coloabora, num atraso de bola muito mais evidente do que o que deu a vitória do Porto contra o Sporting, aqui nem tivemos direito a repetição. Enfim, o costume...

 
At 1/27/2008 10:33 da tarde, Blogger Rod The Leven de Portugal said...

Nem de propósito Americano. Lembrei-me desse lance durante o jogo. Corte para o GuardaRedes, e siga o jogo.

É a escandaleira completa. Onde é que foi que eu li que na Polónia, prenderam o presidente do clube de futebol que ganhou mais títulos nos últimos anos, por comprovada fraude desportiva? Subornos, "meninas", viagens aos trópicos, foram os métodos mais utilizados.

Na Polónia!!! Ali não foi permitido meter requerimentos em tribunal a dizer que vigarizar jogos de futebol não é crime!

Houve um passarinho que me disse que é nessa base que o presidente que envergonha o nome da cidade que o clube ostenta lá no norte (não, não falo nem de Braga nem de Guimarães), e os seus compadres se vão refugiar. E parece que a coisa vai mesmo ficar assim.

Só se vão meter em assados por causa dos energumenos dos Supercagadoresdefogo, misturarem o clube com a noite... parece que foi com o pretexto de controlarem os jogadores da bola a saírem à noite que se meteram no business. Agora, parece que a coisa andava a evoluir por outros caminhos, qual ramo de árvore que cresce por um caminho diferente dos outros ramos. Viram o escrito do Pacheco Pereira, não viram?

Quanto ao mais importante, e peço desculpa pela aquela introdução, - não volta a acontecer, prometo - gostei da atitude no jogo. Só assim se aproveitam as poucas falhas que as equipas que nos defrontam cometem nos jogos. Se assim não fôr é que a "bola não entra" Sr. Camacho, percebeu?

Adorei ver o Nélson a lateral esquerdo. Era ali que jogava no Boavista, não era? Quando está bem fisicamente, nota-se logo outro estofo.

Apesar de tudo, e vocês já referiram a pseudo arbitragem, a equipa comportou-se como tal. Como uma equipa, e assim, com mais ou menos sofrimento as coisas correram de feição.

Com os treinos durante a semana, e com atitude nos dias dos jogos, acho que a coisa vai lá.

Reforços? Puxem pelos putos... sempre nos deram alegrias...

Saudações Benfiquistas,

PS: Olha, e não é que os corruptos perderam na casa-de-banho?

 
At 1/28/2008 12:46 da manhã, Anonymous JFilipe said...

Se há alguém que tem tido paciência com Di Maria e Cardozo é o Camacho, outro gajo qualquer já teria desistido deles.

Usar Di Maria e Cardozo para dizer mal do Camacho só revela mesquinhez de carácter. Já que neste jogo não houve por onde pegar inventa-se. Eu até acho que esses jogadores têm tido oportunidades a mais para o que rendem.

Lista dos marcadores, minutos para golo, apenas na liga, sem penaltis:

----000 a 090---- (Excelentes)
não há

----090 a 180---- (Bons)
Lisandro 1464/13 = 113 min para golo
Edinho 0821/06 = 137
J.Paulo 1131/08 = 141
Makukula 0976/06 = 162
Wesley 0850/05 = 170
Linz 1371/08 = 171
Ghilas 0863/05 = 173

----180 a 270---- (Sofríveis)
N.Gomes 0992/05 = 198
Lipatin 0997/05 = 199
Vukcevic 1127/05 = 225
Matheus 1165/05 = 233
Rodriguez 0955/04 = 239
Marcelao 1292/05 = 258
kanu 1032/04 = 258

----270 a 360---- (fracotes)
Mrdakovic 1362/05 = 272
Lito 1374/05 = 275
Fajardo 1201/04 = 300
Cardozo 1220/04 = 305
Quaresma 1413/04 = 353

----360 a 450---- (maus)
Liedson 1694/04 = 424

 
At 1/28/2008 8:32 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

LINHAS CRUZADAS

- Pepe! Pepe!

- Qui es? Jose Antonio?? Es tu...? Que pasa hombre??

- No lo sabes?!! Qui coño, Porto perdeu, estamos jodidos!! Estes benfiquistas antigos, lo conejo , ahora lo Bento...

- A si?!! Que mala suerte. Tenemos que hacer algo, coño!!

- Si!! Ja no resultan dizer mal de los jogadores, ni mentalidad ni nadie. Tenemos mesmo que hacer-lo.

- Si. Tenemos mesmo que hacer-lo. Mas mira ainda hay una oportunidad de tenermos unas semanitas más con esto assunto de lo President y los arbitros, qui pensas?

- No me parece. Si lo Presidente se marcha a la Liga y habla con ellos, sai de la como un corderito.

- Mira e los de la peña?

- Los de la penã?!!?

- Si, coño, tu club de afficcionados!! Puedem hacer algo!

- Ah si!!!Los chicos tienem talento, escreveram una carta a lo
balneário e fue una grand broma com los jogadores. A mi me gustó, me parecia las novelas de Corín Tellado que eu costumava ler en los estagios de Madrid. Ah que saudades!!!

- Atento Jose António!! Tenemos que hacer algo, entonces?!

- Si tera que ser. Manda-me los DVD de los jugadores y los livros de tacticas para estudar. Coño que mala suerte, que stress!!

-...Calma Jose Antonio, hombre...veras que los DVD te ajudaran y las tacticas...bueno, no es dificil.

- Pepe una otra cosa, poderias entrenar lo equipa amañana, tengo que ir a Madrid...

- Que?? Otra vez... Conõ, puta madre...

-....

 
At 1/28/2008 11:36 da manhã, Blogger Pedro said...

Genial Indio...genial!!!

 
At 1/28/2008 11:44 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 1/28/2008 11:45 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O primeiro golo do Cardozo é um monumento ao futebol! O segundo é um monumento à estupidez do GR do Vitória.

Em relação ao resto da jornada, tudo tranquilo: o Estrela da Amadora empatou no campo sempre dificil da Naval 1º de Maio e mantem-se acima da zona de despromoção. De resto, não aconteceu mais nada de relevante... :):):):):)

 

Enviar um comentário

<< Home