sábado, fevereiro 09, 2008

Cebola

Aparentemente o Christián Rodríguez afirmou que seria difícil continuar na Luz. Digo 'aparentemente' porque também não me custaria nada acreditar que notícias destas (que aparecem em conjunto com outras que noticiam o interesse do Porto no jogador) aparecessem apenas com o intuito de desestabilizar o Benfica e um dos jogadores mais valiosos do seu plantel.

Mas, a ser verdade, para mim a solução seria simples. Pura e simplesmente este jogador não voltaria a jogar no Benfica até ao final da época. Temos jogadores jovens no plantel, que são mesmo nossos, e que devemos valorizar e dar experiência, como são os casos do Di María e do Adu. Se calhar o 'Cebola' (alcunha que, no grau de ridículo, só encontra rival à altura naquela tentativa d'A Bola de chamar 'Manelelé' ao Manuel Fernandes) já se esqueceu do desastre que foi a sua anterior experiência na Europa, em que chegou ao ponto de nem sequer ser convocado no PSG, e acabando desempregado e sem clube no final da época. Agora só porque faz meia-dúzia de bons jogos no Benfica já se julga alguma coisa especial? Se ele na verdade não vai ficar, porque razão andaremos nós até ao final da época a valorizar um activo de outros? Por caridade com os seus empresários? Por mim, se se quer ir embora, que faça bom proveito. Daqui a uns meses já nem me vou lembrar que ele jogou no Benfica. E bem podem acenar com o papão do Porto (que eu até duvido que seja verdade, e não me admiraria nada que fosse apenas uma manobra para levar o Benfica a tomar alguma decisão precipitada) que pouco me preocupo. Ele até pode ser muito bom jogador, mas o Benfica é mais importante.

P.S.- Ontem ou anteontem li n'A Bola uma entrevista ao Yuran (jogador por quem, por acaso, eu sempre tive simpatia enquanto esteve na Luz, apesar de todos os seus defeitos fora do campo), em que este critica a postura e atitude dos jogadores do Benfica. Ao que isto chegou! O Yuran, esse exemplo de profissionalismo, a dar lições de moral. Pelos vistos as noitadas, o chegar completamente embriagado aos treinos matinais, ou o assassínio de uma pessoa no Porto - de que obviamente escapou incólume, ou não fosse o Porto uma cidade onde também se pode, por exemplo, ordenar impunemente o espancamento de alguém que nos incomoda, que depois enviam os Keystone Cops para fazer a (des)necessária investigação (mas estas leis de excepção são válidas apenas para uma casta de cidadãos selectos) - já se lhe varreram da memória.

7 Comments:

At 2/09/2008 3:25 da tarde, Anonymous Filipe said...

Apoiado e digo mais este Cristian é um jogador muito raçudo, mas não é o que querem fazer dele. Não é um Simão, um Quaresma, um Nani...está longe disso. É um jogador de equipa, não é um jogador que individualmente nos resolva os jogos!

O Rodriguez é um jogador raçudo e admiro essas características em campo, agora temos no plantel jogadores com muito mais talento em condições, se bem orientados, de virem a ser incomparavelmente melhores.

 
At 2/09/2008 3:27 da tarde, Anonymous Filipe said...

Adu..Di Maria, Fábio Coentrão isto para não ir aos juniores...têm muito mais talento. Haja treinador que os saiba utilizar...de preferência nas posições certas!

 
At 2/09/2008 3:47 da tarde, Anonymous Starblade said...

O problema ao está no jogador: o problema real está no cabrão do orelhudo andrade trazer resmas de jogadores que só duram 6 meses. E caros! Vamos lá contar de memória:
- Marcel
- L. Robert
- Kikin
- Derlei
- Bergessio
- (Cebola ?)

É assim que o vendedor de pneus e de ilusões quer construir a "espinha dorsal da selecção"? É assim que "em 2006 teremos equipa para ombrear com o Real Madrid"?

Enquanto andarem a discutir jogadores e se esquecerem de quem é o responsável, de quem trouxe tanta porcaria e tanta negociata (60 jogadores em 4 anos, mais de 20 esta época), o Benfica jamais sairá do marasmo.

 
At 2/09/2008 4:25 da tarde, Anonymous Filipe said...

O Cebola foi comprado juntamente com o Maxi, porque o orelhas percebe tanto de futebol como o Camacho Tinham uma equipa montada, perdem Simão e Manuel Fernandes e ao invés de os substituirem, desatam a comprar extremos! Idiotas

 
At 2/10/2008 2:02 da manhã, Anonymous Dias Pereira said...

D'Arcy,

Concordo em absoluto com o teu comentário. Julgo, mesmo, que ele representa, também, o sentimento da esmagadora maioria dos benfiquistas a propósito deste assunto.
Os contornos de mais este caso ilustram bem o que tem sido o Benfica nos últimos (longos) anos: os valores individuais têm sido, impunemente, sobrevalorizados, em detrimento do clube, da equipa. É uma política desastrosa, que arrasta o clube para a vulgaridade, que o caracteriza à imagem de todos os outros, enquanto antes sempre se valorizou a instituição em detrimento das individualidades.
Infeliz opção...

PS - A propósito de C. Rodriguez, aconteça o que acontecer, teremos sempre de comparar a sua postura (de mercenário...) com a de Leo, este sim, um verdadeiro SENHOR, que me deixa muita pena ver partir, porque nos empobrece, indubitavelmente. Quer a equipa de futebol, quer a instituição SLB...

 
At 2/10/2008 8:10 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

...no more heroes anymore!
no more heroes anymore!
no more heroes anymore!

 
At 2/10/2008 1:02 da tarde, Anonymous Americano said...

Ele disse mesmo isso, eu vi a entrevista, mas como fala espanhol vai continuar a titular enquanto o Adu lá continua nos seus aquecimentos. Aqui parece que quem não chora não mama, e o Adu ainda não percebu isso.

 

Enviar um comentário

<< Home