quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Cinzenta

Com mais uma exibição cinzenta em casa, o Benfica conseguiu derrotar o Moreirense e carimbar a passagem às meias-finais da Taça de Portugal. Mas foi preciso recorrer mais uma vez ao Rui Costa para resolver uma situação que parecia estar complicada.

Quando vi a constituição da equipa do Benfica, pensei na possibilidade de jogarmos em 4-1-3-2, mas o Camacho manteve-se fiel ao seu 4-2-3-1, alinhando com o Maxi Pereira ao lado do Binya como médios mais recuados, e com o trio Di María/Adu/Nuno Assis no apoio ao Cardozo. Este trio jogou praticamente sem posição definida, já que alternaram bastante de posições e qualquer um dos três pareceu ter total liberdade para se movimentar pelo ataque. Do outro lado apareceu um Moreirense desinibido, sem 'autocarros', mas também, claro, com as limitações próprias de uma equipa da Segunda Divisão B. O Benfica mostrou desde o início alguma atrapalhação para construir jogadas de ataque. Um facto que parece ser evidente é a falta de visão de jogo que a maioria dos nossos jogadores tem. Mesmo tendo colegas desmarcados, raramente os conseguem ver, e acabam por afunilar o jogo e encaminhar a bola de volta para o local de onde veio. Isto facilita imenso a tarefa de quem defende. Assim se explica que o Benfica, mesmo tendo tido posse de bola, a tenha feito circular quase sem progressão, criando muito poucas oportunidades de golo durante toda a primeira parte - recordo-me apenas de duas: uma recarga do Nuno Assis que foi desviada para fora, e um cabeceamento do Cardozo que foi bem defendido para canto pelo guarda-redes do Moreirense. De resto, muitos passes falhados e muita falta de ideias, que resultaram no natural nulo ao intervalo.

A segunda parte pouco demorou até mostrar estar a ir pelo mesmo caminho da primeira, pelo que ao fim de dez minutos o Camacho optou por lançar o insubstituível Rui Costa mais o Makukula, passando a jogar em 4-4-2. O Benfica melhorou um pouco: os dois avançados vieram dar mais preocupações à defesa do Moreirense, e com o Rui Costa em campo passou a haver alguém para segurar a bola e desmarcar os colegas (na primeira parte o único que tentou, a espaços, fazer algo parecido foi o Adu). Quanto ao Moreirense, esteve mais retraído neste segundo tempo, e praticamente nem conseguiu aproximar-se da nossa área. O golo acabou por surgir após um passe do Binya para o Nuno Assis na direita, que em esforço conseguiu centrar para o Cardozo (subiu muito de rendimento nos minutos que esteve em campo acompanhado do Makukula), tendo o paraguaio amortecido para a entrada da área, onde o Rui Costa rematou de primeira para o golo. Alcançado o golo, as coisas facilitaram-se para nós. O Benfica continuou a insistir muito pela direita do ataque (o Rui Costa acabou por posicionar-se sobre esse lado), e uma boa entrada em jogo do Mantorras também veio complicar a tarefa do Moreirense. Muito mexido, o angolano causou dificuldades à defesa adversária, e acabou mesmo por assistir de cabeça o Makukula para o segundo golo, a cerca de cinco minutos do final.

Se vou falar dos melhores do Benfica, tenho que inevitavelmente mencionar o Rui Costa. Não creio que a eliminatória alguma vez tenha estado em perigo para o Benfica, mas se ele não tem entrado se calhar a esta hora ainda lá andávamos, a tentar encontrar uma maneira de chegar ao golo. Os mal amados Butt e Zoro também estiveram bem, seguros e sem falhas ao longo de todo o jogo, tendo o guarda-redes respondido sempre bem quando foi posto à prova, e o defesa sido dos mais esclarecidos. Infelizmente (porque não me agrada estar sempre a bater nos mesmos), nem mesmo contra o Moreirense o Luís Filipe conseguiu fazer uma exibição convincente. Foi substituído aos 55 minutos, e durante o tempo que esteve em campo conseguiu ser assobiado pelos pouco mais de dez mil adeptos presentes na Luz.

Uma palavra ainda para dois jogadores que eu tinha alguma curiosidade me ver a titulares: o Sepsi e o Adu. Quanto ao romeno, pareceu-me um pouco tímido. Teve um par de boas iniciativas a ganhar a linha de fundo na primeira parte, e tentou desmarcar-se mais vezes, mas os colegas não reparavam nele. Na segunda parte quase não dei por ele. Pareceu ser um defesa seguro, mas também um pouco lento para lateral. Quanto ao Adu, foi dos que mais tentou quebrar a monotonia da primeira parte (
foi aquele que mais passes de risco tentou), mas as coisas nem sempre lhe saíram bem, porque complicou em demasia ao agarrar-se à bola mais tempo do que o necessário. Com liberdade para ocupar qualquer posição no apoio ao avançado, acabou por mostrar preferência pelo centro e, sobretudo, pela direita, o que não deixa de ser curioso dado ser canhoto. Pareceu-me sinceramente que sofreu uma falta para penálti na primeira parte, mas o árbitro não entendeu assim e mostrou-lhe um amarelo.

O objectivo da passagem às meias-finais lá acabou por ser conseguido, mas sem grande brilhantismo, ficando mais uma vez a preocupação da dependência que a equipa tem do Rui Costa. É preciso não esquecer que defrontámos uma equipa do meio da tabela da Segunda Divisão B, e mesmo assim foi necessário recorrer ao 'Maestro' para desencalhar o resultado. É que convém não esquecer que só vamos ter mais três meses de Rui Costa.

P.S.- E porque já passa da meia-noite, e já é dia 28 de Fevereiro: Parabéns Sport Lisboa e Benfica!

41 Comments:

At 2/28/2008 1:43 da manhã, Anonymous tcc said...

Olha, VIVA O BENFICA!!!!

Que a prenda chegue no fim de semana com uma vitória no campos dos verdes!!!

Mais 100 Anos de Glória!

 
At 2/28/2008 1:52 da manhã, Anonymous JFilipe said...

Da equipa que iniciou o jogo só o Nuno Assis estava lá o ano passado. Só que contra um adversário destes isso não explica tudo. Começo a perceber a razão de alguns jogadores ficarem no banco.

O Adu desiludiu-me muito, um jogador que vem rotulado de estrela e não consegue fazer melhor contra uma equipa da segunda B estamos conversados.

 
At 2/28/2008 3:46 da manhã, Anonymous JFilipe said...

Caramba, não tinha lido o PS.

Viva o Benfica!

 
At 2/28/2008 7:32 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Viva O Benfica!!
Aos 104 anos é altura de ter juízo e alguma dignidade, Camacho e Orelhas ficam muito mal na "fotografia" de Aniversário desta Instituição, simplesmente não estão ao nível.
Abaixo o nepotismo!
Abaixo a mediocridade!!
Viva a Águia!
Viva o Ruço!
Viva o Benfica!!

 
At 2/28/2008 9:38 da manhã, Anonymous Americano said...

JFilipe, caso não tenhas reparado, o Adu não tem condição física e a confiança demonstrada em si pelo treinador tem sido nenhuma.
Infelizmente não posso avaliar o que fez ontem, só pelo que ouvi na rádio, mas por o que disseram lá foi o único que mexeu minimamente com o jogo da equipa na 1ª parte, e o Record, por exemplo, diz que jogou muito melhor que o Di Maria (que tem ritmo de jogo), e que o argentino é que devia ter saído, não o americano. Mas eu percebo que queiras defender o Camacho, há que arranjar argumentos.

 
At 2/28/2008 9:43 da manhã, Anonymous Americano said...

Aliás, como já disse não vi o jogo, mas deixo cópia do comentário n´"A Ilíada Benfiquista" por alguém que viu:

"P.S.- Da vergonha que isto foi hoje, houve três coisas que me irritaram de sobremaneira: a utilização do Luís Filipe (ainda pior do que em Nuremberga... Será que não há nenhum Júnior para pôr no lugar deste imbecil? Será que o que ele tem feito esta temporada não justificava já um despedimento?), a prestação do Di Maria que, como o jogo não passava na televisão, decidiu arrastar-se em campo e, finalmente, a substituição do Adu em vez da do argentino. Hoje confirmaram-se as minhas expectativas: Camacho tem mesmo algo contra o americano. É pena. Até porque cada vez mais os adeptos têm algo contra Camacho."

I rest my case...

 
At 2/28/2008 9:52 da manhã, Anonymous Americano said...

Prometo que é a última opinião que transcrevo (com a devida vénia ao S.L.B:):
"nomeadamente o inenarrável Luís Filipe (é um sério candidato a PIOR jogador da história do clube), Edcarlos, Maxi Pereira e Di María (este tem um grave problema motivacional quando defronta equipas de escalão inferior). Todos eles tiveram exibições abaixo de zero. O Nuno Assis esteve péssimo, o Sepsi abaixo daquilo que já mostrou, o Cardozo completamente desacompanhado na frente e o pobre do Adu (o único que conseguiu fazer “passes de ruptura” – como se diz agora – na 1ª parte) foi inexplicavelmente o premiado com a saída quando entrou o Makukula também aos 55’. E o Di María continuou em campo... Além disso, o Nuno Assis e o argentino iam trocando de posição a jogar atrás do ponta-de-lança, só o Adu não teve essa sorte."

Se calhar é mesmo de mandar o americano embora, não serve para o Benfica, o Camacho é que sabe.

 
At 2/28/2008 10:35 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Americano, o Adu não jogou nada de especial. O mérito que teve foi sobretudo tentar abanar as coisas, mas a verdade é que não foi muito feliz. Não foi nenhum crime que ele tenha sido substituído. Eu teria preferido que ele tivesse ficado em campo (até porque achei que se era para ter o Nuno Assis a extremo, mais valia que ficasse o Adu), mas a verdade é que estava toda a gente a jogar mal (o Luís Filipe a jogar ainda pior que o resto), e qualquer um poderia ter saído que não seria choque algum.

 
At 2/28/2008 10:37 da manhã, Blogger D'Arcy said...

O S.L.B. tem razão ao mencionar as tentativas do Adu fazer 'passes de ruptura', mas ele não menciona qual a eficácia dessas tentativas. É que a maior parte deles foi interceptada ou para fora.

 
At 2/28/2008 10:39 da manhã, Anonymous Filipe said...

Estava toda a gente a jogar mal, mas o Adu é que saiu...não vale a pena cansá-lo, pois vai jogar contra o Sporting, não é?

 
At 2/28/2008 10:47 da manhã, Anonymous Americano said...

Ok D'Arcy, mas na tua opinião o Di Maria estava a jogar melhor, e/ou a esforçar-se mais? É que as opiniões que li são quase unânimes em dizer que o Di se andava a "arrastar" em campo. E é como dizes "qualquer um podia sair", mas como é que eu (e quase toda a gente) adivinhei quem ia ser? É como diz o Filipe, deve estar a poupá-lo para ser titular contra o Sporting...

 
At 2/28/2008 10:56 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Estavam a jogar ambos igualmente mal, Americano. A diferença é que o Adu parecia estar a esforçar-se um bocadinho mais para alterar isso. Mesmo as avaliações dos jornais mostram isso: A Bola deu 5 aos dois, e O Jogo até deu 2 ao Di María e 1,5 ao Adu (a diferença deve ser porque um jogou 90 minutos e o outro 55).

Tens que convir que estares a discutir a exibição do Adu e as opções do Camacho 'by proxy' é um bocadinho peculiar ;)

 
At 2/28/2008 11:24 da manhã, Anonymous Americano said...

Ahahaahahaa!
Claro que sim, por isso deixei bem claro que me socorri do que li e ouvi na rádio, não quero parecer o outro da Sport Tv :))
Mas já tive oportunidade de ver o lance do penalty, e apesar do Adu talvez já ir em queda, não deixa de ser um atropelo. E irrita-me porque já com o Estrela ele sofreu um penalty e levou amarelo.
Quanto às opções de Camacho, como sabes não é de agora, o que me entristece é este padrão que não engana. Eu ouvi o relato, e no posto que ouvi eles disseram que o Adu foi o melhor, ou menos mau da 1ª parte, mas eu disse logo que como a equipa não estava a ganhar, ele iria ser o 1ª sacrificado, o que ainda se entende menos já que ele certamente não será opção para Domingo, ao contrário do Di Maria e Assis. E depois aquelas declarações dele, diz que houve jogadores que não aproveitaram, mas noutra parte defende o Luis Filipe, é bastante fácil de perceber um dos alvos. Enfim, só quero ver esse pseudo-treinador bem longe e o Adu a continuar de águia ao peito.

 
At 2/28/2008 11:51 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Eu acho que te preocupas um bocadinho demais. Eu acredito que o Adu terá a sua oportunidade, e que será um jogador muito importante no futuro do Benfica. Aliás, o Adu tem uma coisa a favor dele: é que os benfiquistas em geral acreditam nele e querem que ele tenha sucesso. Por isso mesmo é que têm tolerância com ele, e ficam aborrecidos por não o verem jogar mais.

Eu até compreendo que o Camacho mostre neste momento alguma preferência pelo Di María. A diferença em termos de estilo entre o futebol argentino e o português é bem menos radical do que aquela que existe entre o futebol da MLS e o nosso. Eu acredito que com o passar do tempo o Adu comece a ser cada vez mais uma aposta. Eu sei que ele tem valor, toda a gente sabe, e é só uma questão de termos paciência. Com a idade que ele tem, o tempo não será um problema.

Se calhar seria pior se o Adu fosse logo lançado às feras. É que se os primeiros jogos lhe comçassem a correr mal, sabes muito bem como são os adeptos do Benfica, e ele arriscar-se-ia a ficar logo queimado. Aliás, tiveste um exemplo disso, quando o Nandinho o lançou na segunda parte contra o Copenhaga, acabadinho de chegar, e as coisas não lhe correram lá muito bem. Bastaram esses minutos para se começarem logo a ouvir bocas entre os adeptos.

 
At 2/28/2008 12:22 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Americano, eu estava lá. A minha desilusão com o Adu não é por ter sido pior que os outros. É que ele era suposto ser um prodígio com capacidade para jogar como titular entre os seniores. Isso devia ter-se visto ontem, dada a fraqueza do adversário. Ainda é um miúdo. Eu pensava que fosse embirração, mas o Camacho provavelmente está a gerir bem a participação dele na equipa.

A distância dele a um jogador como o Rui Costa, que entrou no jogo com uma facilidade incrível, ainda é muito grande.

Custou-me um bocado ver uma equipa quase só de estrangeiros a começar o jogo.

 
At 2/28/2008 12:26 da tarde, Anonymous Americano said...

Claro D'Arcy, mas também se o vai lançando aos poucos ele nunca vai render porque está "nas lonas", daí que devia ter mais equilíbrio nos minutos dados, coisa que não tem feito. Ou seja, ele vai jogando pouco, está fora de forma, sem rotina, e sem confiança, e aí sim as pessoas vão dizer que ele "desiludiu" e mostra "porque está no banco". Mais, o Adu não é um puto qualquer de 18 anos, é um profissional há vários anos, e este é o momento dele: ou dá o salto e se afirma, ou será apenas mais um jovem talentoso de qualidade média. E não tenhas ilusões, ele não evoluíu nada, ele está a jogar muito abaixo do que fez no Verão passado, por exemplo. Comcluindo, compreendo os teus argumentos, mas na minha humilde opinião, com Camacho, Adu está e vai ser totalmente queimado. Viste alguma palavra de incentivo dele, ou de defesa, como fez com Luís Filipe? Nada.

 
At 2/28/2008 12:26 da tarde, Anonymous Filipe said...

Normalmente um jovem quando entra em campo, muitas vezes joga para se defender, para não comprometer. Outros há que por serem mais atrevidos entram para se recear com a bola.
Dos pouco minutos que vou vendo do Adu, fico com a sensação que ele n faz nada disso. Já tem sentido de equipa e arrisca. Entra em campo para o colectivo e não para ele.
Apesar de ser mais novo, até pelas próprias declarações do Adu, se nota que mentalmente é mais maduro do que por exemplo o Di Maria.
Não discordo dos minutos concedidos ao Di Maria, apenas não compreendo o porquê de não dar mais minutos ao Adu, NA POSIÇÂO DELE.
Acho que o Camacho não gosta de jogadores pequenos, o primeiro indício disso, foi quando preferiu o Fernando Aguiar ao Ednilson.Depois há a substituição do Léo nos primeiros jogos, o não chamar mais vezes o André Carvalhas dos juniores...Estou a especular eu sei, mas é uma ideia que tenho!

 
At 2/28/2008 12:28 da tarde, Anonymous Americano said...

JFilipe, a distância dele para o Rui Costa são 17 anos de futebol ao mais alto nível. Deves compará-lo aos outros, não ao Rui, e se também estiveste lá, diz-me o que tu achaste da exibição do Di Maria, com esse uma comparação faz algum sentido.

 
At 2/28/2008 12:29 da tarde, Anonymous Filipe said...

*Onde está "recear com a bola", deve ler-se recrear :D

 
At 2/28/2008 12:31 da tarde, Anonymous Americano said...

E D'Arcy, faltou referir-me um aspecto fundamental: o Adu é um jogador de equipa, ao contrário do Di Maria. O Di Maria pode entrar num jogo com colegas com quem nunca treinou, o seu futebol espectáculo e algo individualista vai saltar à vista, o de Adu não. Ele precisa de estar mecanizado com a equipa, e se tiveres em conta de que ele não deve ter mais de uma centena de minutos a jogar na posição dele com jogadores normalmente titulares no Benfica, isso nunca vai acontecer.

 
At 2/28/2008 12:32 da tarde, Anonymous Filipe said...

Comparar o Adu com Rui Costa....é muita fruta! MAs deixa-me que te diga que o Rui Costa com a idade do Adu ainda andava nos juniores!

 
At 2/28/2008 12:33 da tarde, Anonymous Filipe said...

Americano,
Estamos em sintonia de novo, acabámos por dizer o mesmo! o Adu é um jogador de colectivo! :D

 
At 2/28/2008 1:26 da tarde, Anonymous Americano said...

Claro Filipe, porque é um aspecto essencial do futebol dele, e que resulta um pouco da cultura americana: por melhor jogador que seja, aprende, desde pequeno, a jogar em equipa, nem Michael Jordan escapava dessa "lei". Ele sabe fazer "os números de circo" que Ronaldo, Quaresma, Di Maria, e outros fazem, mas ele será sempre um jogador mais parecido com Simão, um jogador que precisa de ser integrado para render a 100%, daí Simão ser vedeta no Benfica, e apenas "bonzinho" na Selecção. E para Adu se integrar, precisa de minutos ao lado de Rui Costa e dos restantes melhores jogadores do plantel.

 
At 2/28/2008 1:56 da tarde, Anonymous 1benfiquista na Inbicta said...

Alguém tem uma ideia concreta do que vai ser a equipa para o próximo ano? Quem vem? Quem sai?
...Ou estamos a prepara outro Penta para o clube regional?

Saudações benfiquistas

 
At 2/28/2008 2:31 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

D'Arcy, tinhas logo que meter o Nandinho ao barulho a propósito do Adu para branqueares o Camacho, estou a ver que nem um widescreen e um Home Theater te fizeram mudar de opinião.
Americano, não vás na conversa , o único que não pesca um boi daquilo que está a fazer é o Camacho. Os jogadores não lhe ligam nenhuma, porque a treta dele já não faz sentido nenhum. Ontem voltou a limpar-se com os jogadores. Não vês que os Camachistas estão todos à espera de um milagre para ver se o Don Camacho passe cá mais umas férias de um ano a 30.000/mês.É o único objectivo deles, que o Camacho acabe mediocremente por ganhar algo, para que a mediocridade continue. Pode-se perder e jogar mal, a equipa pode estar feita num oito, desde que o Camacho seja o treinador no se pasa nada.

PS - há um tempo que ando com a sensação de que já conheceia o Orelhas (vulgo LFV) de algum lado anterior à sua vinda para o futebol.Não foi de nenhuma oficina nem de nenhum recauchutador de pneus, Ele ó o gajo dos Village People!! aquele bigode não engana!

 
At 2/28/2008 2:37 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Confesso que estou com uma certa curiosidade acerca dessa história do concurso dos bilhetes duplos.Tenho até a certeza que o dito cujo possa ser impugando.
Aguardo para ver.

 
At 2/28/2008 2:45 da tarde, Anonymous Americano said...

Não te precoupes Indio, a minha sentença para Camacho já está definida há algum tempo: volte para Espanha, ou melhor, fique por lá.
Quero ver este plantel, mais 2/3 retoques na mão doutro treinador para o ano para se provar onde está o grande problema "deste" Benfica.

 
At 2/28/2008 3:10 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Olha tambem eu, (para mim esta época já parece que estamos a jogar nos descontos) mas isso não vai ser assim tão simples. Nada é certo quanto à mudança de treinador, e basta umas flores do Camacho no final desta horrenda época, para saltarem os habituais spinners com os habituais argumentos, para prepararem os benfiquistas para mais uma época de horror.Não te iludas que ainda vais ter que gramar com o Camacho mais, imagina, uns 400 e tal loooongos dias!
É melhor não tirarmos já o champagne do frigorifico!

 
At 2/28/2008 3:15 da tarde, Anonymous Americano said...

Não consigo imaginar, sinceramente. Já vejo esta época como um (longo) pesadelo, não vejo a altura de acordar e voltar a sentir alegria no nosso clube, algo que não tem acontecido. Até as (poucas) vitórias são tímidas e envergonhadas.

 
At 2/28/2008 3:33 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

E o pior é que o futuro pode ser mais do mesmo.A única esperança que eu vejo é que o Costa passe a Director e
que ponha o Camacho a andar, mas mesmo assim tenho dúvidas, não sei se ele vai ter autonomia para isso e segundo se diz andam a planear a próxima época juntos. Nem estou a ver o Costa (que é uma pessoa íntegra) a despachar o Camacho assim sem mais nem menos.Tem que ser uma decisão do conjunto da SAD e não uma decisão técnica, infelizmente. Ou então uma pressão muito forte dos sócios e adeptos, porque eu preferia que não fosse pelos resultados, nomeadamente pelo 2º lugar na Liga, era mau demais.
Mas se Camacho continua vai ser um looongo pesadelo, lá isso vai.

 
At 2/28/2008 5:12 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Índio, não estou a usar o Nandinho para branquear Camacho nenhum. Apenas mencionei o Nandinho porque por acaso era ele quem estava no banco nesse jogo, mais nada. E garanto-te que comecei logo a ouvir bocas e até alguns assobios à exibição do Adu nessa segunda parte contra o Copenhaga. Acho que estava tudo à espera que o rapaz marcasse um hat-trick ou fizesse uma mão cheia de assistências.

Não sei qual é problema que tens em relação aos bilhetes. O Sapo propôs-nos que fizessemos aquilo, e nós acedemos, mais nada. Quanto a 'impugnação', não vejo como. Aquilo não é nenhum concurso oficial, com direito a representante do governo civil e tudo. É como se nós tivéssemos comprado bilhetes e resolvido oferecê-los no nosso blog.

 
At 2/28/2008 6:09 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Americano, o problema é que tentaram vender o Adu como algo que não era. Para já é apenas um miúdo habilidoso demasiado verde para ser titular no Benfica. A impressão que tinham dado era que o Adu era um jogador para substituir o Rui Costa já, não para daqui a dois anos.

Não há problema nenhum, o Cristiano Ronaldo também teve que ganhar o espaço dele no Manchester e foi para lá mais velho.

Mudando de assunto, há muita coisa que começa a fazer sentido.

In Record.

 
At 2/28/2008 6:51 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

A questão com o Adu é que ele já devia estar a jogar mais e a render mais, só não o faz porque este treinador não sabe fazer crescer os jogadores. É essa a questão, a integração dos jovens, o seu crescimento e evolução.Não existe uma linha evolutiva em nada, no jogo de equipa, no crescimento dos jogadores, é tudo um enorme e longo presente contínuo. É essa a questão .

Em relação aos bilhetes a questão (e o interesse) é nulo e verás isso
se fizeres uns exercícios diários de humor. Não, não tentes os antidepressivos, não resulta.:))

 
At 2/28/2008 6:53 da tarde, Anonymous Filipe said...

Pois, e o Di Maria também era para substituir o Simão já! Isto partindo do princípio que o nosso presidente percebe alguma coisa de futebol..claro!

 
At 2/28/2008 7:22 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Acabei de ler a entrevista que o Rui Costa deu à 'Mística', e ele também se refere ao Adu e ao Di María em termos muito elogiosos, como jogadores muito importantes para o futuro próximo do Benfica. Mas sobre o Adu também diz que ele próprio já se apercebeu que não estava preparado para este desafio, e que portanto ainda tem trabalho de adaptação pela frente:

"Penso que o Adu, por exemplo, ficou condicionado pois só mais tarde se apercebeu que ainda não estava pronto para as dificuldades que tinha pela frente. Ele agora caiu nele, vai ter a sua fase de adaptação e, tal como o Di María, será, no futuro, um grande jogador para o Benfica e para o futebol europeu."

 
At 2/28/2008 7:26 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Seja. O que não invalida o facto de não haver evolução a nenhum nível tanto da equipa como individualmente. A questão é essa. Ninguem espera que o Adu ou o Di Maria sejam de um momento para o outro foras de série, o que se passa é que na gestão da equipa são muitas vezes opções muito mais válidas do que os que jogam. É esse o ponto.

 
At 2/28/2008 7:36 da tarde, Blogger Pedro said...

PS: D'Arcy sei q vais a Alvalade. Aconselho-te muita atenção e discrição..mostra-te triste no final do jogo com a vitória do Glorioso, refila, etc. :)

Aquilo vai estar quentinho...

 
At 2/28/2008 8:34 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Eu acho que no WC nem me sentava, é aquela sensação de estar numa casa de banho porca.

Eu não vi nada do jogo deles mas já me contaram que quando marcaram o golo lá vieram com a cantilena do costume. Deve ser o clube mais boçal do mundo.

 
At 2/28/2008 8:47 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Ainda me lembro de uma vez que fui lá era puto e o peão daquilo era de pé nem assentos tinham,parecia um galinheiro, os marqueses!

Ainda sobre o Costa não tenho a certeza de que ele seja um bom líder, oxalá o seja,por enquanto acho-o muito macio e manobrável.Mas talvez seja impressão minha. Curiosamente acho o NGomes com mais qualidades de liderança e pensamento crítico.

 
At 2/28/2008 9:35 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Eu acho que o Nuno Gomes também vai acabar por ser integrado na estrutura directiva do Benfica. Pelo menos eu espero que sim.

 
At 2/28/2008 9:38 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Pedro: eu sou sempre discreto nesse tipo de jogos, porque sei que se há muita gente com desportivismo também há sempre um punhado de doidos.

Eu já consegui ver o Benfica ganhar no Dragão, sentado no meio dos portistas, e ninguém deu por mim. No final do 6-3 até houve um adepto sportinguista que no Metro veio dar-me palavras de ânimo, de tão desconsolado eu parecia estar ;)

 

Enviar um comentário

<< Home