domingo, fevereiro 17, 2008

Luta

Vitória difícil mas importante num jogo feio e mal jogado de parte a parte, e que significou o fim da malapata na Figueira. Até esta época ainda não tínhamos conseguido vencer a Naval em jogos para o campeonato, mas desta vez acabámos com essa história. E a importância desta vitória é ainda maior quando o Benfica iniciou o jogo sem Nélson, David Luíz, Di María, Rui Costa e Petit.

Novamente a aposta nos dois pontas-de-lança, e no 4-4-2, com o regressado Binya a fazer dupla com o Maxi Pereira no centro do campo, e as alas entregues ao Rodríguez e ao Assis. O jogo começou praticamente com um grande susto, já que a Naval enviou uma bola ao poste. Na resposta, o Benfica ia marcando quando um defesa da Naval enviou a bola ao poste da sua própria baliza. Exceptuando esses dois lances, o jogo foi quase sempre mal jogado e sem grandes motivos de interesse. A bola andou muito pelo ar, o vento forte que soprava também não deve ter ajudado, e ainda houve a sinfonia de apito do árbitro do jogo, que interrompia por tudo e por nada. Com o regresso do Binya regressou também o perigo nos lançamentos laterais perto da área, e foi precisamente assim que o Benfica, aos dezoito minutos, se colocou em vantagem. Após um lançamento lateral o Cardozo tocou a bola para trás e o Rodríguez, aproveitando a saída disparatada do guarda-redes, enviou a bola de cabeça para a baliza (o Benfica voltou a tentar esta mesma jogada mais algumas vezes, mas sem sucesso). Até ao final da primeira parte, pouco mais se passou digno de registo. Conforme disse, o jogo foi muito mal jogado, com a bola quase sempre na zona do meio-campo, e com constantes interrupções por parte do árbitro, por isso foi com naturalidade que o resultado de 1-0 se manteve.

Na segunda parte a Naval entrou decidida, e pressionou o Benfica na busca do empate, tendo conseguido criar alguns lances perigosos (quase sempre na sequência de livres laterais, que iam sendo assinalados a um ritmo vertiginoso). Ainda assim, nunca me senti particularmente preocupado, já que o ascendente da Naval nunca chegou a ser sufocante. A partir do meio da segunda parte, o Benfica conseguiu acalmar o jogo e passar a controlar mais, mantendo a Naval longe da sua baliza e começando a ameaçar marcar o segundo. E quando a cinco minutos do fim o Rui Costa entrou, viu-se a diferença que ele faz na equipa, já que naqueles poucos minutos o Benfica conseguiu criar jogadas com princípio, meio e fim. Já depois de, numa dessas jogadas, o Makukula ter 'roubado' o golo ao estreante Sepsi, o romeno entrou na área, guardou bem a bola, e centrou atrasado para o Nuno Assis colocar um ponto final no jogo, no ultimo minuto do tempo de compensação. Nada mau para uma estreia de menos de cinco minutos, começar logo com uma assistência.

O jogo foi, como já disse, mau. Não houve nenhum jogador que se possa dizer que tenha brilhado, já que a equipa foi bastante homogénea. Saúde-se no entanto o regresso do Binya, que foi bastante importante esta noite. Não apenas pelos seus lançamentos, mas também pela capacidade de luta que dá ao nosso meio-campo. Ele tem uma zona de acção muito grande, e não desiste das bolas. E foi muito bem ajudado por todos os outros jogadores dessa zona. Já que não houve muita arte em campo, pelo menos houve luta e suor.

É importante ganhar jogos destes. Em que se joga mal e em que nos falta quase meia equipa. Seria bom era que não andássemos em casa a estragar o que de bom se vai fazendo fora dela. Pelo menos este resultado deve permitir alguma tranquilidade durante a semana, até ao jogo em Nuremberga.

27 Comments:

At 2/17/2008 10:51 da tarde, Anonymous Americano said...

Já disseste quase tudo, uma vitória importante num jogo em que o mau futebol foi disfarçado através de muita luta. Uma nota para a exibição positiva do Luis Filipe, muito bem.

 
At 2/17/2008 11:11 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Mais um jogo fora mais uma vitória. A mudança no nosso jogo quando entrou o Rui Costa (já se tinha visto um bocado após entrar o Adu) foi impressionante. Há jogadores que sabem guardar a bola outros não. Embora tenha falhado passes (normal para quem quase não joga) no Adu via-se a vontade de pensar o jogo, algo que Nuno Assis ou Maxi Pereira não são capazes.

Estou um bocado preocupado é com o Rodriguez, deu completamente o berro neste jogo, é bem capaz de estar novamente lesionado. Espero que não seja nada e jogue na quinta-feira.

Cinco minutos é pouco para avaliar um jogador, mas a calma do Sepsi impressionou-me. É algo que se nota por exemplo também no Adu, mas que falta sobremaneira ao Di Maria.

Parece habilidoso e talvez faça um bom flanco esquerdo com o Léo.

 
At 2/17/2008 11:13 da tarde, Anonymous Ubualdo Chóriça said...

Ainda que o cromo em questão não mereça sequer que lhe dêem confiança, impõe-se ainda assim uma referência ao asno do ulisses morais e às suas declarações inqualificáveis.
A postura deste "senhor" já constitui, de facto, imagem de marca sua. Dele e de outros seus semelhantes: basta que o oponente seja o Benfica para haver "razões de queixa".
PQP a estes sabujos mete-nojo de merda!

PS: um dos piores jogos de futebol a que já assisti na minha vida

 
At 2/17/2008 11:19 da tarde, Anonymous Americano said...

O Ulisses é do mais nojento que há! Espero que desça na última jornada após ser escandalosamente roubado!!!

 
At 2/18/2008 2:35 da manhã, Blogger Ricardo said...

Futebol tão fraco que já não vale mais a pena falar do mesmo. Parece que estamos talhados a ver este futebol até ao fim da época. Mas há quem diga: "ganhámos", mas há quem diga: "o que é que interessa se jogamos mal?" O que interessa se jogamos mal é que estamos mais longe de jogarmos bem e se estamos mais longe de jogarmos bem, estamos mais longe de poder ganhar o maior número de jogos. Ganham-se estes, mas perdem-se os importantes. Casos do jogo contra o FC Porto ou alguns da Champions. E tê-los-emos na Uefa, se passarmos o Nuremberga. Esta fragilidade é tão exasperante que qualquer jogo do Benfica se tornou num suplício.

Quim - Bem, como é normal.
Luís Filipe - Seguro a defender, ainda apareceu na frente. Bom jogo.
Luisão - Intransponível. Está a subir de forma.
Katsouranis - Seguro. É melhor aposta a central.
Binya - O jogador que dá intensidade e luta ao meio-campo. É muito importante para o que resta da época.
Maxi Pereira - É melhor no meio do que é como extremo. De qualquer forma, fraco.
Rodríguez - Está cansado. Culpa de Camacho. É, mesmo assim, dos jogadores que melhor futebol consegueem fazer. 5º golo, 4º de cabeça.
Assis - O patinho feio lá vai jogando à bola e mostrando como se faz posse de bola e se queimam linhas, mesmo que numa posição que não é a dele. Se fossem todos como ele...
Makukula - É absurda a falta de técnica individual deste jogador. Não consegue manter a posse de bola mais de 5 segundos. Fez, no entanto, um trabalho de luta, ajudando os médios, que é de louvar.
Cardozo - Mais perdido na área, não teve hipóteses para mostrar o seu valor. Precisa de aprender a jogar com Makukula. Bom livre.


Adu - Desta vez teve direito a 20 minutos de jogo. Apesar de alguns pormenores interessantes, está muito longe, psicologicamente, para aparecer em grande na equipa. Terá de ter mais minutos.
Rui Costa - Parece estúpido, teve menos de 10 minutos, mas é o melhor em campo. Pelo futebol, pela classe. Por ser o Maestro.
Sepsi - a boa notícia do dia, além da vitória. Temos jogador.

 
At 2/18/2008 2:59 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Viva!! Viva!! Ganhamos à Naval!!
Fizemos dois golos,mais nada.
Futebol jogado nada.
No entanto foi moralizador.

 
At 2/18/2008 10:27 da manhã, Anonymous Starblade said...

Só vi os últimos 20 minutos e mesmo assim repartidos com os Simpson. Aquilo até metia nojo ver. E o árbitro sempre a interromper o jogo por causa de faltinhas de merda.

 
At 2/18/2008 10:29 da manhã, Anonymous Starblade said...

Ah e uma vez mais o Quim safou-nos defendendo uma bola que levava o selo de golo. Só o burro do seleccionador (e alguns benfiquistas) é que não vêem o óbvio.

 
At 2/18/2008 11:16 da manhã, Anonymous JFilipe said...

Agora até os lançamentos de linha lateral do Benfica passam a ser polémicos. Está-se a arranjar mais uma campanha para condicionar os árbitros. Já havia o Bynia caceteiro, agora há o Bynia de pé no ar. À mínima dúvida lá nos vão anular os lançamentos.

Mas a controvérsia até tem aspectos bons, o Bynia tem que corrigir aquele tique de levantar o pé. Se nos anulassem um golo na europa, por exemplo, por um disparate desses seria frustrante.

 
At 2/18/2008 12:28 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

Particularmente interessantes os comentários da TVI:
1) O pé levantado do Bynia
2) O penalty: não existiu, mas como o árbitro tem marcado muitas faltas a meio campo que não existem, devia ter marcado também o penalty
3) O árbitro devia ter um processo (!!) por não mostrar amarelos (!!)
Enfim, o Big Brother ao pé destes comentários parece um filme do Ingmar Bergman

 
At 2/18/2008 1:48 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mais uma vez ajudados pelos árbitros. Vocês e os outros dois do sistema, morcões e lagartos

 
At 2/18/2008 2:37 da tarde, Blogger Pedro said...

Bem Starblade...se o Quim não defendesse aquilo ....medo...

 
At 2/18/2008 2:44 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Hoje sou português,amanhã sou alemão, 5ª Fª sou um Índio Benfiquista suiço, sexta feira se as coisas não correrem bem, nem sei de que terra sou.A vida de um Índio benfiquista é tudo menos monótona.

 
At 2/18/2008 4:38 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Às vezes fico tão triste... Mesmo com gajos com piada na tristeza (http://obrigadosapinto.blogspot.com/) fico triste.

 
At 2/18/2008 4:51 da tarde, Blogger Mr. Shankly said...

"Hoje sou português,amanhã sou alemão, 5ª Fª sou um Índio Benfiquista suiço"

Muita atenção dão vocês a quem não a merece.

 
At 2/18/2008 6:51 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Como Mr. Shankly à TVI, I suppose...

 
At 2/19/2008 2:11 da manhã, Anonymous Dias Pereira said...

Boa noite, meus caros...

Mais uma exibição inimaginável, neste pesadelo que parece não ter fim...
De bom, quase só o resultado.
E, sejamos justos, a atitude de alguns, repito, alguns, jogadores.

Alguns apontamentos mais:
a) Katsouranis rende mais a central
b) Binya é um cavalo de força
c) Nuno Assis é um jogador de grande classe
d) Rui Costa é inigualável
e) Adu tem que correr muito mais

Para passar a eliminatória da UEFA será preciso jogar muito mais...

... e Camacho não inventar!!!

 
At 2/19/2008 11:41 da manhã, Blogger Mr. Shankly said...

"Como Mr. Shankly à TVI, I suppose..."

Touché, mon cher Indio! :)

 
At 2/19/2008 12:00 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Pardon me, Mr. Shankly but malgré tout

Heute, ich bin ein Königsblauer!!! Schalke uber alles!!:))

 
At 2/20/2008 10:20 da manhã, Anonymous Índio Nelson said...

Ah!! trigo limpo farinha amparo!

Cá não ouvem conselhos de Índio.:( Medicina de Benfica estar enganada, precisar novo feiticeiro pra fazer danças e sacrificios ao Grande Manitu!! Assim Manitu não ajudar e Índio pereder emprego!!!Bah! Índio já não acreditar na boca de chefes benfiquistas!! Eles só ter spin, única solução ser fogueira!!

É triste o que o José Marinho escreve aqui, http://eternobenfica.blogspot.com/

sobre o Miccoli e não só, é triste muito triste..

 
At 2/21/2008 11:55 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Em relação ao que se passou com o Miccoli, não é surpresa nenhuma. Eu já o tinha escrito aqui.

 
At 2/21/2008 12:56 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Sim D'Arcy, mas é mais uma confirmação da relevância da perda, que é para mim cada vez maior à medida que a época decorre. Cada vez que me lembro do que poderia ser uma dupla Miccoli/Cardozo, até me arrepio...

Bem hoje sou um Índio Benfiquista com uma costela suiça devido ao facto de um dos meus desportistas favoritos ser um tipo suiço que joga ténis, que quando era novo jogou futebol e é um fervoroso adepto do Basel. Bem para não ser hipócrita, obviamente que não é só por isso :)))
O Benfica hoje tem que actuar com muita cabecinha, mas confio que vamos passar. Vamos bravos guerreiros!!Força!!!

 
At 2/21/2008 1:06 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Hoje Índio não poder fazer danças nem sacrificios para ajudar guerreiros da tribo. Última vez que Índio ajudar foi domingo contra Naval, Índio entusiasmou-se e fez muita dança da chuva e resultado ter sido desastroso
com muitas cheias. Manitu ficou muito chateado com Índio, e proibiu de exercer mais medicina dos grandes espiritos sem tirar um novo curso de formação.
Índio confiar no poder do pé de grande guerreiro Costa para levar grande tribo à vitória!!

 
At 2/21/2008 6:12 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Acho que ainda assim já deves ter andado a fazer alguma coisa, que o prognóstico do tempo para os próximos dias é chuva ;)

 
At 2/21/2008 6:18 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Miccoli e Cardozo seria muito difícil. A menos que o Miccoli baixasse muito o salário ia criar sentimentos de injustiça na equipa (um dos problemas que vejo em contratar o Rodriguez).

De qalquer forma acho que o Cardozo nunca se vai adaptar convenientemente ao nosso campeonato, mas também acho que vamos fazer uma pipa de massa com ele, sobretudo se aprender a jogar melhor de cabeça. Fez uma boa CL, e conto com ele para hoje.

 
At 2/21/2008 6:46 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Bem...Índio anda a preparar jogo com o Braga em segredo...eheheh!!

 
At 2/21/2008 10:11 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Índio, a tua medicina é poderosa, pá!

 

Enviar um comentário

<< Home