domingo, janeiro 03, 2010

Regresso

A crónica será curta, porque a vontade que tenho de escrever sobre este jogo para esta competição martelada no calendário nacional é praticamente nula. Primeiro porque a competição não me diz muito. Depois, porque o jogo em si também não foi particularmente interessante.

No regresso da pausa de Natal, o Benfica apresentou o onze mais forte que era possível apresentar nesta altura, assinalando-se em relação ao jogo com os andrades apenas o regresso do Fábio Coentrão, que apareceu no lugar no Ramires. Quanto ao jogo, foi o que se esperava, com o Nacional a aparecer em campo apostado em segurar o empate, tentando o contra-ataque para explorar eventuais erros do Benfica. O Benfica teve o domínio natural do jogo, e até começou a dar uma boa imagem, pressionando alto e conquistando vários cantos, mas após os primeiros quinze minutos a exibição deixou de ser particularmente inspirada. O domínio manteve-se sempre, mas não conseguimos criar muitas oportunidades para marcar, falhando na altura do remate. O lance de maior realce acabou por ser um golo do Nacional, que me pareceu mal anulado, por fora-de-jogo inexistente. Ou seja, não me admira nada que mais uma vez tenhamos uma decisão errada a favorecer-nos na Taça da Liga para servir de aríete à tese dos nossos adversários que diz que somos beneficiados na Liga.

Para a segunda parte pareceu-me que o Jesus acertou com a entrada do Weldon, que se encostou à esquerda. Nem sempre acabou por decidir bem as jogadas, mas veio causar mais problemas à defesa adversária, e o Benfica passou a conseguir incomodar mais frequentemente a baliza do Nacional. As jogadas de perigo iam aparecendo, quase sempre com a intervenção do Saviola, mas o golo ia tardando. E mais uma substituição feliz lançou o Nuno Gomes para dentro do campo, que com o seu primeiro toque na bola desmarcou o inevitável Saviola sobre a direita, que depois fez o golo. Depois disto, o Nacional cresceu e nos minutos finais poderia ter chagado ao empate, o que não aconteceu apenas por aselhice do seu avançado.

Melhores do Benfica neste jogo, para mim, Saviola no ataque e Luisão na defesa. Se calhar houve mais jogadores a merecerem destaque, mas confesso mesmo que não consegui prestar a devida atenção ao jogo. Esta competição não me interessa mesmo nada. É sempre bom ganhar, mas pouco mais que isso.

Ao menos este jogo terá servido para ganharmos ritmo para o jogo do próximo fim-de-semana, esse sim, de grande importância.

13 Comments:

At 1/03/2010 11:56 da tarde, Blogger Filipe said...

Grande exibição do Saviola, irritante exibição do Martins. Odeio as paragens de Dezembro.

 
At 1/04/2010 12:10 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Eu entendo que competição que o Benfica disputa, é para ganhar,.. é essa a história deste grande clube.

Claro que em termos de preferência, dou mais "valor" à Taça de Portugal (ainda não me passou a azia), todavia, já que estamos fora dessa prestigiada competição, que nos empenhemos na Taça da Liga )competição nunca ganha por Porto e Sporting).

Mas ganhar assim não,... começámos esta edição da Taça da Liga como terminámos a anterior,... beneficiados pela equipa de arbitragem:
- Golo mal anulado ao Nacional à passagem do primeiros 15 minutos.
- Grande penalidade não assinalada a favor do Nacional quando o David Luís varre o seu adversário dentro da área.
- Agressão, com direito a expulsão da autoria do Luisão (onde estavas com a cabeça Luisão ? ) Deve vir aí sumaríssimo.

O Benfica hoje não fez o suficiente para ganhar este jogo,... e aquela oportunidade para o Nacional empatar a partida quando o jogador da equipa visitante cabeceia ao lado, depois da bola passar entre o Maxi e o Luisão,... e o Quim que estava lá completamente a dormir o que sustenta que é um GR incompleto. Todas as bolas em que tem que sair debaixo da trave da baliza, ele faz questão de não sair mesmo...
Vejam com atenção este lance e depois comentem a actuação do Quim nesta jogada.

O Jorge Jesus prometeu que a equipa, na próxima semana, em Vila do Conde, vai render muito mais,... assim esperamos.

Quantos espectadores estiveram hoje na Luz ?

 
At 1/04/2010 10:17 da manhã, Anonymous djeiti said...

Eu dou valor a esta competição. Pode nao ter tradição, mas espero que a conquistemos uma vez mais!
Mas devo acrescentar que para além do penalty do David e expulsão do Luisao (e eventual golo mal anulado, mas deste lance nao vi repetições na tv e no estádio nao é claro. Só sei que na radio dizem que é ilegal, pois tem a cabeça fora de jogo e os pés em linha, sendo que conta qq parte do corpo, na RTP dizem que é legal e na TVI é ilegal...há dúvidas), há penalty sobre o Coentrão, e 2 expulsões perdoadas para o Nacional (Aurélio por acumulação de amarelos e Amuneke por agressao na mesma jogada em que o Luisao se passou da cabeça).
Acrescento que nao pode haver sumarissimo nenhum, pois o árbitro viu e deu cartão amarelo. Sumarissimo era se o árbitro nao tivesse visto ou nao tivesse agido disciplinarmente.
Ao menos nao choveu...

 
At 1/04/2010 1:10 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Bom jogo do Weldon, que agitou as águas, embora não devesse falhar tantas ocasiões de golo.

O golo é bem anulado e se tivesse sido um jogador do Benfica os palermóides da sportv teriam tecido loas ao árbitro. Idem aspas aspas para o pretenso penalti.

Isto é tudo arranjar polémica para ninguém notar o desinteresse da imprensa pela questão do Hulk e companhia. Só agora é que começam a sair notícias e de forma tímida, apesar de se saber há muito que havia mais jogadores envolvidos. Com uma justiça desportiva a sério, metade dos titulares do Porto não jogavam pelo menos até final da época.

 
At 1/04/2010 4:23 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Já vi o lance do golo anulado ao Nacional diversas vezes,... e é mal anulado.

O César Peixoto voltou a fazer uma exibição fraquinha...

Quantos espectadores estiveram na Luz ?

 
At 1/04/2010 7:28 da tarde, Blogger joão said...

Boa síntese como nos tens habituado.


Anonymous quem ler o teu comentário e não tenha visto o jogo até pensa que Benfica foi levado ao colo o que de facto não aconteceu.
- Na minha opinião o golo é mal anulado mas vendo as imagens em câmara lenta, o jogador tem a cabeça e um braço para alem do jogador do Benfica. De qualquer modo este lance não é unânime na sua análise nos diversos meios de comunicação.
- Omites completamente o penaltie que foi cometido sobre o Fábio Coentrão este muito mais claro que o pretenso a favor do Nacional.
-É verdade que o Luisão podia ser expulso mas omites que na mesma jogada foi poupada a mesma expulsão a um jogador do Nacional.
-Voltas a omitir que foi poupado segundo amarelo a um jogador do nacional por entrada por trás ao Saviola.
- No lance do pretenso penaltie é minha opinião que não existe porque o David Luíz toca primeiro na bola e depois no jogador, mas aceito outra opiniões.
- Por fim omites duas faltas completamente inventadas pelo árbitro já no fim do jogo que poderiam ter causado muito perigo.

Sobre o sumaríssimo o djeiti já disse tudo

 
At 1/04/2010 9:08 da tarde, Anonymous JFilipe said...

João, se tem a cabeça à frente do jogador do Benfica como é que o golo é mal anulado? É daquelas coisas que não percebo como pode haver polémica, as leis de jogo não referem os pés mas o corpo.

 
At 1/04/2010 10:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

João,

Eu assisti ao encontro e é esta a minha visão.
Não é minha pretensão que tenhas a mesma visão que eu.

Os 3 itens que mencionei são reais e efectivos.
Seja qual for a tua visão, nada altera os predicados dos lances.
Podes apelar ao teu mais egocêntrico Benfiquismo, mas voltas a não ter predicados para alterar o que se passou ontem,... o Benfica foi beneficiado.

É esta postura, atitude e independência nesta análise que me permitem amanhã, com a mesma limpidez, afirmar que o Benfica foi prejudicado ou o Porto Beneficiado (como é habitual).

E tudo isto não implica nem adere a qualquer menor sentido Benfiquista, pois sou-o desde que comecei a ver futebol (à muito tempo)

 
At 1/04/2010 10:09 da tarde, Anonymous Anónimo said...

djeiti,

"Acrescento que nao pode haver sumarissimo nenhum, pois o árbitro viu e deu cartão amarelo. Sumarissimo era se o árbitro nao tivesse visto ou nao tivesse agido disciplinarmente."

Muito bem, não tinha essa informação.

Mas então isto repudia-me, pois foi assim que o Porto ganhou muitas das suas conquistas nos ultimos anos.

Se afirmas que "pois o árbitro viu e deu cartão amarelo", pois estamos perante um acto grave por parte do arbitro.
Se ele viu o que se passou, então não mostrou o vermelho apenas e só porque não quis,... o que pode revelar vários "aspectos"

 
At 1/04/2010 10:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Uma notícia que está relacionada com o comentários do JFilipe:

A Bola considera "sem sentido" o "blackout" do FC Porto

O director do jornal A Bola considerou hoje "sem sentido" o corte de relações do plantel do FC Porto, na sequência da manchete de domingo sobre os incidentes no túnel do Estádio da Luz, após jogo com o Benfica.

Em declarações à agência Lusa, Vítor Serpa confessou sentir "um pouco de confusão por, em pleno século XXI, se continuar com a tendência de querer matar o mensageiro" e sublinhou a veracidade da notícia de que os jogadores portistas Fucile, Helton e Cristian Rodriguez também estiveram envolvidos, juntamente com Sapunaru e Hulk, nos desacatos com os "stewards".

"Estamos 100 por cento certos daquilo que escrevemos e dissemos. A notícia corresponde a uma realidade que nós afirmamos e de que estamos absolutamente seguros", referiu o director do diário desportivo, acrescentando que a "Comissão Disciplinar (CD) da Liga vai observar com certeza um vídeo que tem um determinado tipo de cenas que envolvem aqueles jogadores de que demos conta".

Salientando que os responsáveis editoriais de A Bola têm a notícia "como absolutamente confirmada", Vítor Serpa observou que foi aplicado "todo o cuidado na formulação da informação".

"Não fizemos qualquer tipo de juízo de valor. Sabemos que a CD da Liga vai ver as imagens e existe também uma queixa feita na Polícia, que decorrerá no âmbito da justiça que não será a desportiva. Não dissemos se as pessoas são culpadas, se foram agressoras ou não. Apenas damos conta de que essa situação é real", esclareceu.

Vítor Serpa lamentou que estas situações de corte de relações institucionais sejam recorrentes e recordou que o "há mais de um ano que a SAD do FC Porto tinha estabelecido que os jogadores não davam entrevistas" ao jornal A Bola.

"Gostaríamos de ter mais abertura para falar com os jogadores e nem sequer entendemos muito bem este tipo de comunicado porque o plantel do FC Porto sabe que não está autorizado a falar para A Bola há muito tempo, por razões várias que se prolongaram no tempo e que lamentamos, como essas guerras Norte/Sul", referiu, aludindo ao prestígio nacional e internacional do diário desportivo, que completa 65 anos a 29 de Janeiro.

Referindo-se à história da publicação, Vítor Serpa, que defendeu que o jornal não pode ser "vilipendiado por dar uma notícia com todo o sentido de verdade", acentuou que jamais se cometeria "o sacrilégio de publicar, com o destaque que teve, uma notícia que não estivesse devidamente confirmada".

"É uma notícia desagradável para alguns jogadores do FC Porto? Bom, a nossa ideia é que não podemos pensar que as notícias são agradáveis ou desagradáveis. Qualquer notícia é desagradável para alguém. Se quisessemos esconder notícias que seriam eventualmente desagradáveis a terceiros, os jornais morreriam, acabavam-se as notícias", disse.

Apesar do "blackout", Vítor Serpa salientou que "o acesso à informação é inatacável" e notou que A Bola "não vai abdicar de todo o tipo de direitos" consagrados na lei no acompanhamento noticioso da equipa do FC Porto.



Não sei se leram esta notícia de ontem no Jornal ABola, mas é super interessante.

 
At 1/06/2010 3:23 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Aquele pasquim nojento chamado reco-reco falou finalmente das agressões do túnel. Depois de dizer que as efectuadas por Hulk e Sapunaru são muito violentas começa a falar de atenuantes e de que as penas podem ficar por três meses!

Um benfiquista que se preze não pode comprar aquela merda.

 
At 1/07/2010 10:20 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Faz tudo parte da campanha de intoxicação da opinião pública, necessária para desviar as atenções do que aconteceu.

Eles sabem bem que os jogadores fizeram asneira da grossa, e que a coisa é séria. Por isso é que começaram logo a seguir ao jogo a dizer que não se tinha passado nada, e se têm mantido calados até agora. Precisam é de outros que façam o trabalho por eles.

 
At 1/08/2010 2:43 da manhã, Anonymous JFilipe said...

Finalmente estamos a arrumar a casa.

Dois milhões e meio por Sepsi+Edcarlos. Custaram na altura 1.7 milhões (Sepsi) e 1.8 milhões (Edcarlos).

Contratações "baratas" de estrangeiros que resultaram lembro-me de David Luiz (custou 1 milhão de euros) Luisão (milhão e meio) e Urreta (1.3 milhões). O Menezes (custou 1 milhão) ainda não me convenceu.

 

Enviar um comentário

<< Home