quarta-feira, março 30, 2005

Selecção


Enquanto assistia à nossa selecção satisfeita com um empate feliz contra uma selecção da segunda divisão europeia, dei comigo a pensar: afinal, que trabalho é que o nosso seleccionador faz? Pensava eu que uma das funções de um seleccionador seria assistir aos jogos em que potenciais seleccionáveis actuassem, escolher aqueles que estão em melhor forma, e chamá-los à equipa nacional. Scolari, em vez disso, chama sempre os mesmos, quer estejam em forma ou não. Há vários jogadores, que hoje até jogaram, que estão nitidamente em péssima forma, e no entanto continuam a ser seleccionados e titulares. Hoje por acaso até conseguimos o empate, com o golo a ser marcado por um desses jogadores que estão num péssimo momento de forma, e assim evitámos ter que andar a fazer contas sobre o apuramento no grupo de qualificação para o Mundial mais fácil da zona europeia. Mas se esta tendência se mantiver (e de certeza que isso vai acontecer), o que é que podemos esperar do Mundial, onde de certeza encontraremos equipas mais fortes?

Não me agrada esta política de lugares cativos na selecção. A selecção deve ser precisamente uma selecção dos melhores jogadores, e não um clube com um plantel quase fixo. Está-me a parecer que o Figo, por exemplo, tem lá a almofadinha a marcar a cadeira. Se nos apurarmos, como tudo o indica, será que ele vai ter a lata de aparecer para jogar no Mundial? Se isso acontecer, para além de injusto para o jogador que eventualmente será excluido, parece-me também imoral.

9 Comments:

At 3/31/2005 12:16 da manhã, Blogger Ahab said...

Muito bem!

Há já muito tempo (desde o europeu!) que eu penso exactamente isso.

Ele tem tudo para impor uma ruptura: tem jogadores novos e ambiciosos (o fabuloso Manuel Fernandes, por exemplo, cujo único defeito é jogar no Benfica) e até tinha liberdade para o fazer porque veio de uma boa performance no europeu.

É óbvio que depois do golo do Postiga o Scolari vai dizer que ele é que tinha razão ao convoca-lo.

O problema aqui é que o Scolari nem sequer deveria convocar avançados com ZERO golos marcados no campeonato em que competem! Ou será que o Scolari tem uma fé "oliveiresca" no Helder Postigo que, com a Senhora do Caravaggio, que tanto o ajudaram no mitico Portugal-Inglaterra do Europeu?

 
At 3/31/2005 12:26 da manhã, Blogger Ahab said...

O que o Scolari vai fazer no Mundial? Simples, vai fazer o mesmo que no Europeu: fazer no torneio as experiencias que deveria ter tentado na preparação (este grupo de qualificação não passa disso, para falar verdade)

Esperemos apenas que tal, como no Euro 2004, a Senhora do Caravaggio esteja connosco...

 
At 3/31/2005 8:13 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Parece-me claro que o problema da selecção é a falta de um número razoável de jogadores de qualidade europeia. A esse nível temos apenas os centrais (Carvalho e Andrade), o defesa direito (Miguel) e dois médios (Deco e Ronaldo). Simão na selecção vacila, Costinha e Maniche estão em péssima forma. O crónico problema de Portugal não está, nem nunca esteve resolvido com Pauleta: falta-nos um avançado centro de nível europeu. As outras selecções com que temos por vezes a pretensão de nos querermos bater têm 2/3/4 avançados de topo.
Obviamente que o facto de termos um selecionador que deixa de fora o melhor medio organizador (Tiago) da convocatória e o melhor trinco a actuar em Portugal actual no banco (M. Fernandes) deixa muito a desejar. Mas não vale pena ter ilusões. Não dá para muito mais.
O Lidador

 
At 3/31/2005 10:36 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Os dois laterais ontem estiveram um desastre. O Costinha e o Maniche, conforme dito, estão em muito má forma (por algum motivo o FCP está a fazer a época que se vê), o Simão ainda não conseguiu fazer na selecção um jogo que se aproxime sequer do nível que ele atinge no Benfica, o Pauleta é uma nódoa, que vai marcando golos contra os adversários fraquinhos que temos no nosso grupo de qualificação (no Europeu, contra equipas mais fortes, foi o que se viu). Mas jogadores como estes estão lá sempre, faça chuva ou faça sol.

 
At 3/31/2005 7:00 da tarde, Blogger koelhone said...

Momentos de forma? Isso é um conceito que só atrapalha...

N.Valente, Costinha, R.Carvalho, Maniche e Deco estavam o ano passado num momento de forma fabuloso. Pois tivémos que perder o primeiro jogo do Euro para eles conseguirem entrar na equipa.

N.Valente, Costinha e Maniche estão agora num momento de forma pavoroso, mas o lugar é incontestavelmente deles.


Eu não percebo, mas já nem tento. Este seleccionador não faz qualquer sentido para mim. É um disparate pegado!

 
At 3/31/2005 10:02 da tarde, Blogger Ahab said...

Concordo com a apreciação do koelhone em relação ao nuno Valente. Discordo em relação ao Costinha e ao Maniche.

Porque não a aposta em força do Manuel Fernandes? Ou no Petit?

Lá á frente e só para aumantar a confusão: porque é que o Sa Pinto não é convocado? Anda a jogar que se farta no SCP e já marcou 4 golos no campeonato o que o põe manifestamente à frente do Postiga!

 
At 3/31/2005 10:07 da tarde, Anonymous aestevao said...

De acordo contigo!

 
At 3/31/2005 10:08 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Acho que o Koelhone não estava a defender que o Costinha e o Maniche têm direito aos lugares. Estava apenas a constatar um facto.

Neste caso específico o Petit até estava lesionado, por isso não podia fazer parte das contas. Quanto ao Manuel Fernandes, é verdade que ele anda a jogar que se farta, mas é ainda muito novo, e para o seleccionador se calhar seria um risco apostar nele para um jogo importante. E já deu para ver que este seleccionador não gosta mesmo nada de correr riscos.

Quanto ao Sá Pinto, acho que está englobado no grupo das vacas sagradas que foram postas fora da selecção quando o Scolari chegou. Não creio que, a exemplo do Baía ou do JVP, volte alguma vez a ser selccionado.

 
At 4/01/2005 10:04 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O problema da seleção continuará a ser o de marcar golos: basta analisar a frente de ataque de TODAS as selecções que ganharam competições (excluindo a Grécia): Van Basten (88), Voeller e Klinsmann (90), Polvson (92), Romário e Bebeto (94), Klinsmann e Bierhoff (96), Henry e Trezeguet (98 e 00) e Ronaldo (02). Com Pauleta, Gomes e Ltd. não vamos lá. Essa é que é essa.

PS: Sá Pinto?!?!? Give me a break! Felizmente o Oliveira se lembrou de não o pôr a titular no Euro00...

O Lidador

 

Enviar um comentário

<< Home