quinta-feira, junho 07, 2007

Juniores

Como a época este ano foi mais curta, e a fome de futebol não perdoa, aproveitei a oportunidade para ir ver o jogo dos nossos juniores no Estádio da Luz, contra a lagartagem. Primeira contrariedade: nem num jogo dos juniores um tipo se consegue ver livre do remaldito speaker da Luz. Agarrado ao seu microfone de estimação, ele lá estava, azucrinando os ouvidos dos espectadores enquanto se deleitava com o som da sua própria voz. Felizmente hoje esteve um bocado mais calmo do que é costume, talvez por se aperceber que o pessoal não lhe ligava nenhuma. Depois uma desilusão: então hoje que eu até estava numa posição privilegiada, perto do relvado (estava mesmo ao lado da tribuna presidencial) não há cheerleaders? Não há direito, pá!

Tinha alguma curiosidade em ver esta nossa equipa de juniores, que tem estado a dar boa conta de si, e obviamente que a principal curiosidade (como julgo que também seria a de muitos benfiquistas) era ver o Yu Dabao ao vivo. Também já tinha algumas saudades de ver futebol assim de uma forma mais descontraída, em que os jogadores até têm alguma liberdade para cometer erros (e não foram poucos os que se viram) porque ainda estão a aprender. Fiquei com pena de não ter jogado outro dos jogadores que eu queria ver, o Milan Jeremic. Nem sequer foi convocado, por isso não sei se estará lesionado, ou se foi apenas por opção.

O jogo era muito mais decisivo para a lagartagem do que para nós. A eles só a vitória interessava para não ficarem dependentes de outros na luta pelo título, enquanto que para nós o empate já não seria mau de todo. E viu-se logo desde o início do jogo que a lagartagem vinha disposta a ganhar. Tomaram conta das operações, e o Benfica foi sendo ligeiramente empurrado para o seu meio-campo, embora sem nunca ser sufocado, já que os visitantes quase não criavam oportunidades de golo e muito do jogo era disputado perto do centro do terreno (a quantidade de passes falhados e de bolas perdidas devido a iniciativas individuais falhadas, de ambas as partes, foi enorme, por isso não se assistiram a muitas jogadas elaboradas). Pareceu-me um bocado notória a diferença física entre as duas equipas: a nossa equipa era constituida maioritariamente por juniores de primeiro ano, e a verdade é que os jogadores lagartos eram mais rápidos e mais fortes no corpo a corpo. Ainda assim, o Benfica poderia ter ganho vantagem, já que dispôs da melhor oportunidade de golo nos primeiros quarenta e cinco minutos, quando após um bom trabalho o Dabao conseguiu colocar o Miguel Rosa isolado à frente do guarda-redes adversário, só que este permitiu a defesa do Rui Patrício. Perto do final, foi a lagartagem quem se colocou em vantagem, quando o Tiago Pinto arrancou pelo lado esquerdo sem que nenhum dos nossos jogadores o conseguisse acompanhar, fez um centro largo e, quando parecia que a jogada estaria mais ou menos perdida, uma intervenção infeliz do nosso central Nuno Ferreira acabou por resultar num autogolo. Os lagartos iam assim em vantagem para o balneário e, diga-se, com justiça, já que durante a primeira parte mostraram ser mais e melhor equipa do que nós.

A segunda parte foi diferente. A lagartagem pareceu satisfeita com o resultado e resolveu dedicar-se a defendê-lo, recorrendo ao anti-jogo sempre que possível. Isto permitiu ao Benfica aproximar-se mais da baliza adversária, embora nem sempre da melhor maneira. O jogo continuou a não ser bonito de ver. Foi sempre muito disputado, com muita luta pela posse da bola, e raramente uma das equipas conseguia mantê-la na sua posse durante muito tempo - regra geral, os já referidos passes transviados ou iniciativas individuais acabavam por resultar na perda da bola. No Benfica a entrada do Patafta pareceu-me dar um pouco mais de amplitude ao nosso jogo, já que o australiano foi jogar um pouco mais pelo lado esquerdo, que até então tinha estado um pouco abandonado e no qual o lateral-direito da lagartagem tinha demasiada liberdade para subir. Mas parecia difícil chegar ao golo, já que os nossos adversários defendiam com eficácia e aproveitavam cada oportunidade para se estenderem no chão a gastar tempo enquanto eram assistidos, ou então a gastar um minuto em cada substituição. Até cãibras eles conseguiram arranjar. Mas felizmente aconteceu aquilo que me dá sempre um gozo danado ver quando uma equipa passa o tempo todo a queimar tempo: sofreram um golo nos descontos. Numa altura em que o Benfica já jogava praticamente com uma linha avançada de cinco elementos, beneficiámos de um livre na direita. Ao cruzamento do Carlitos (tinha entrado para o lugar do Miguel Rosa) correspondeu o central Miguel Vítor com uma cabeçada para defesa do Rui Patrício, e na recarga surgiu o 'Grande Tesouro' na zona do ponta-de-lança a fazer o empate. Daqui até final, e ao verem o campeonato a fugir-lhes, assistiu-se à cura miraculosa do cansaço dos lagartos, que se lançaram em desespero de causa ao ataque, e até se viu o guarda-redes deles passar largos segundos a jogar ao ataque. Animados por uma expulsão patética do Nuno Ferreira (auto-golo e expulsão, há dias em que não se pode sair de casa), eles bem tentaram, até recorreram ao tradicional mergulho nas imediações ou dentro da área (parece-me que o Liedson de vez em quando deve ir lá à academia fazer uns workshops), mas ficou o empate, que a eles não serve de nada, e que a nós nos obriga a pelo menos não perder no Porto se queremos alimentar a esperança de sermos campeões. Ficam os parabéns aos nossos jogadores, pela forma como se bateram até ao fim, conseguindo arrancar este resultado menos mau.

Quanto aos jogadores, houve alguns que me deixaram boa impressão. Nota-se claramente que o Dabao é um jogador que está num patamar mais evoluído. Passou muito tempo desacompanhado, sobretudo na primeira parte, mas recuou para vir buscar jogo. Sabe movimentar-se na zona do ponta-de-lança, e apesar de ter estado pouco em jogo, quase sempre que interveio mostrou um bom nível, a segurar a bola e a combinar com os colegas. Na altura certa, apareceu no lugar certo para marcar. Gostei do central e capitão Miguel Vítor e do lateral-esquerdo Ruben Lima. O André Carvalhas mostrou boa técnica, mas nas funções em que jogou, tendo que disputar muitas bolas com os médios defensivos e defesas lagartos, teve sempre o óbice da altura contra si. Gostei também bastante do Romeu Ribeiro (que já tinha deixado boas indicações nos amigáveis do final de época), que foi quase sempre o jogador mais esclarecido na altura de passar a bola e distribuir jogo, para além de ter recuperado diversas bolas. De quem eu esperava mais era do Miguel Rosa. Tenho esperança nele, nota-se logo pelo toque de bola que é bom jogador, e do pouco que vi nos tais amigáveis fiquei curioso. Mas hoje esteve quase desastroso no passe, e ainda falhou uma oportunidade flagrante. Como é apenas júnior de primeiro ano, ainda tem tempo para evoluir.

Já agora, a lagartagem tem ali jogadores bastante interessantes. A começar pelo nosso 'conhecido' Tiago Pinto. Ao contrário do pai, é canhoto, e joga a lateral-esquerdo. Fez um jogo muito bom, e pode ser que esteja ali um jogador de futuro. O guarda-redes Rui Patrício também me impressionou muito. Tem um grande porte atlético, e é daqueles guarda-redes que comanda a grande-área, saindo sempre aos cruzamentos para agarrar a bola. Safou a já referida oportunidade do Miguel Rosa, e revelou sempre uma tranquilidade e atitude que nos deixam sempre confiantes em relação a um guarda-redes. Outro jogador que provavelmente, mais dia menos dia, vai dar o salto é o número dez Adrien Silva. Muito bons pés, e sobretudo uma grande atitude. Não é daqueles 'criativos' que só jogam com a bola nos pés, ele luta muito no meio-campo e tem uma enorme disponibilidade física. Na altura em que a lagartagem queimava as últimas substituições para gastar tempo pareceu-me que foi ele quem acabou por recuar para lateral-direito (digo 'pareceu-me' porque o Benfica marcou pouco depois, e a partir daí foram as tácticas todas para o galheiro e era quase tudo ao molho). A lagartagem tem também ali um palhaço, o extremo-direito deles, que joga com o número sete e parece julgar-se uma espécie de Cristiano Ronaldo. Tem lá quase tudo: as habilidades inúteis com a bola, o individualismo atroz, os inúmeros mergulhos na tentativa de sacar faltas (o que ele fez já após o golo do Benfica, na tentativa de sacar um penalti, foi brilhante), os tiques de vedeta, etc. Claro que em relação ao Ronaldo falta-lhe 'só' o pequeno pormenor do talento, porque a um tipo com o talento do Ronaldo dá para desculpar todas as outras palhaçadas. Para os que não têm esse talento (caso do jogador em questão) sobra o epíteto de 'palhaço'.

No final do jogo foi bonito ver a educação de vários dos lagartitos, a reclamarem com o árbitro (vá-se lá saber porquê; se há quem se queixe do nível da arbitragem dos jogos da Liga, deviam ver a desta tarde - é incrível como o assistente não vê uma mão deliberada na bola dentro da área que é feita mesmo à sua frente, isto para não falar na dualidade de critérios em relação às faltas assinaladas e à amostragem de cartões), a provocarem os nossos jogadores (o já referido número sete foi dos mais activos) e a insultarem o público da Luz. Nota-se que estão no bom caminho. Pelo menos já revelam o mau perder que faz tradição naquela casa.

É pena que não tenha muitas oportunidades para ver mais jogos das camadas jovens (ir até ao Seixal não me dá muito jeito), porque me divirto bastante com este futebol mais descontraído. Gostava que houvessem mais jogos na Luz, e não serei o único, já que os números dizem que estiveram cerca de 13.000 pessoas no estádio. E pelos vistos, muitas ficaram por entrar, já que como sempre deixou-se para a última da hora a compra de bilhetes, e depois só haviam duas bilheteiras a funcionar. Se o jogo contra o Boavista acabar por ser decisivo para o título, se calhar não seria má ideia voltar a fazê-lo na Luz. Eu iria ver os juniores jogar outra vez.

35 Comments:

At 6/07/2007 10:27 da tarde, Blogger slbcarlitos said...

Dos jogadores que estiveram presentes neste jogo só dois me parecem ter futuro de vermelho vestidos: Kaz Patafta e Yu Dabao. Não que os outros não tenham qualidades para se imporem no futebol profissional, mas não estou a ver a alguem que lhes dê uma oportunidad0e, a não ser que passe pelo Benfica um treinador que aposte em lançar jovens como se não houvesse amanhã, tipo Boloni ou Bento. Dabao parece-me que já na próxima época ganhará o seu espaço no plantel principal, enquanto que Patafta tem tudo para daqui a dois ou três anos passear classe também pela equipa principal. Quanto aos outros Miguel Vítor, André Carvalhas, Ruben Lima, Miguel Rosa ou Romeu Ribeiro parecem-me talentosos mas que quanto a mim não terão espaço no Benfica para crescerem. Espero estar enganado, mas se saírem dois desta fornada já não é nada mau.

 
At 6/07/2007 11:03 da tarde, Blogger Bakero said...

Também estive no estádio e não há dúvida que há ali algum talento. E, lá está, não nos podemos esquecer que são quase todos juniores de 1º ano.

O Yu Dabao é um jogador à parte. Aquele passe que ele fez a desmarcar o Miguel Rosa é de craque! E no golo, esteve no sítio certo à hora certa, como se pede a um ponta-de-lança. Só não percebi é porque é que o puseram a jogar tão descaído para a esquerda...mas o chinoca, em certos movimentos, faz lembrar o Magnusson :-)

De resto, a destacar a boa afluência de público, a vergonhosa arbitragem e a tristeza de ver que no Sporting, ensinam desde cedo a simular, a fingir lesões e a provocar o adversário.

A "melhor escola de formação do país" dificilmente vai ser campeã. Quanto a nós, é esperarmos pelo que acontece no FCPorto-Benfica...

 
At 6/08/2007 12:23 da manhã, Anonymous Johnnt Rook said...

D´Arcy,

O Milan está lesionado (hernia) e já não joga mais este ano.

Desta equipa só subirão a seniores: Milan, Dabao, Kaz e Nuno Ferreira.

De realçar que ontem o Diego "Diz FS Que Não Presta" Souza fez mais uma excelente exibição, marcou um golão e caregou o Grémio para a final da Libertadores.

Viva Fernando Santos! Viva! dizem os Gremistas. F....o FS! Digo eu!

 
At 6/08/2007 12:27 da manhã, Anonymous Starblade said...

Estão mesmo a ver o Santolas aaproveitar juniores não estão...? Vejam só que bem aproveitadinhos foram Diego e David Luís...

 
At 6/08/2007 12:38 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Acho que o Sami também está no último ano de júnior.

Quanto ao Diego, já não há palavras. Eu também fiquei a ver o jogo na SportTV2 só por curiosidade de o ver. Pode vir a ganhar a Libertadores (a Champions lá do sítio), mas no Benfica nem um minuto teve.

 
At 6/08/2007 12:46 da manhã, Blogger ratogoleador said...

Também aproveitei para dar um pulinho à Catedral, afinal era um “dia santo qualquer”

Gostei do jogo e concordo com o D’Arcy o Benfica mereceu o empate pelo anit-jogo do Sporting, pensei que nestas idades isso ainda não acontecia mas felizmente fez-se justiça.

SlBCarlitos, sinceramente não gostei muito do Kaz Patafta mas também entrou tarde no jogo mas segundo rezam algumas crónicas o Australiano tem sido uma desilusão ao contrário do Dabao, também gostei do nosso nº 10, pequenito mas muito lutador e com boa técnica e fisicamente muito parecido com o nosso Paulo Jorge.

Quanto as criticas ao Nandinho por não apostar na formação acho que ele respondeu bem a essa questão na entrevista dada à RTPN, para apostar nos putos tem de haver putos e apesar de estarmos no bom caminho (daqui a dois ou três anos) ainda não temos neste momento jogadores para a equipa principal, esta equipa ainda é muito nova e necessita mais tempo.
O Dabao já vai ter hipótese este ano e outros o seguirão, temos de ter paciência.

Starblade, não sejas mauzinho o David Luís teve hipóteses e cá para mim até ganhou o lugar, já sei que criticam pela não aposta nele no jogo das Aves mas o Benfica até ganhou esse jogo e se foi pela derrota com o PSG vê lá que até passamos a eliminatória.
Nem no defeso do acalmas rapaz, tu tem cuidado ainda te dá uma coisa.

:)

Quanto ao Diego não tenho a certeza se foi o Nandinho a não apostar nele ou se foram “politiquices” a decidir.

 
At 6/08/2007 2:00 da manhã, Anonymous ay-a-tola said...

"se o Diego entrar por uma porta eu saio pela outra" ass.ex presidente da casa do porto no luxemburgo

 
At 6/08/2007 7:34 da manhã, Anonymous QuinhentinhosOle! said...

Eu tinha preferido ver este jogo do que a monotonia que foi o Portugal-Franca do tourneio de Toulon. 80 minutos da minha vida mal gastos com aquela miseria. Nao ha paciencia

 
At 6/08/2007 9:54 da manhã, Anonymous Americano said...

Eu vi o jogo até aos 70 minutos, e depois tive que sair, mas basicamente estou de acordo com o D'Arcy, até nos jogadores que mais me impressionaram. No geral confesso que fiquei um pouco desiludido, mesmo com o Dabao já que acho que fugiu exageradamente da zona de ponta de lança. Gostei muito da raça do LE e do Miguel Vítor (jogou bem melhor que o Nuno Ferreira). Nos lagartos o Adrien encheu as medidas, e também gostei do Alison. O número 7 mostrou-se um ser nojento, como a maior parte da cantera daquele "clube diferente".
Já não vi o nosso golo, mas nos jornais vem como sendo do Sami. Têm a certeza que foi o Dabao?

 
At 6/08/2007 11:53 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Acho que foi o Sami e o Dabao 'a meias'. Eles apareceram ambos a finalizar e a meter o pé. Como depois a festa pareceu ser feita pelo Dabao, fiquei convencido que o golo era dele.

 
At 6/08/2007 12:24 da tarde, Anonymous Glorioso Adepto said...

Visto da bancada Sagres é do Dabao. Visto na televisão é do Sami. Mas como os jogadores comemoraram com o Dabao... Em relação ao jogo, estava muito curioso em ver se as afirmações do inginheiro tinham razão de ser (não haver miúdos de qualidade). Pois bem, acho que o inginheiro está uma vez mais enganado. Embora ache a equipa junior do Glorioso (sem meio-termo - ou são bons ou são maus), e descontando que isto advem unicamente do jogo de ontem, parece-me que o Benfica tem ali futuro para aproveitar. Basicamente, já foi aqui dito quem: Miguel Vítor, André Carvalhas, Ruben Lima, Romeu Ribeiro e Yu Dabao. Como desilusões o Sami, o Patafta e o Nuno Ferreira. Não gostei mesmo nada nem do João Ferreira, nem do Miguel Rosa. De referir que não deixei de ter esperanças no Patafta (pois gostei de o ver o ano passado na pré-época) pois ir ao mundial, com aquela idade, chamado por um treinador como o Guz Hiddink não é para qualquer um (mesmo considerando que estamos a falar da Austrália). No Sporting (não) gostei do Adrien Silva e do Alison Almeida, e os centrais são muito homogéneos. Já nã oconcordo com a generalidade dos comendaores daqui, pois não me pareceu que o Rui Patrício ou o Tiago Pinto tenham mostrado alguma coisa de jeito. Aliás, no nosso golo o guarda-redes da lagartagem é mal batido, pois defende para a frente o remate do Miguel Vitor. Quanto ao filho do Menino de Oiro, não o troco pelo Ruben Lima. No entanto o Sporting demonstrou ter uma equipa melhor que a nossa, eventualmente com menos individualidades, mas mais homogenea. De realçar a má educação dos lagartinhos, e aquela necessidade de se atirarem para o chão. Desde que me lembro que eles têm um grande historial nisso com três bandeiras do salto para a piscina - Manuel Fernandes, Futre e Ronaldo. São coisas que se aprendem na academia, está visto.

Ficaram pelo menos dois penalty's por marcar: um por mão do Tiago Pinto e outro por corte também com a mão a um remate do Patafta.

 
At 6/08/2007 12:39 da tarde, Blogger BP said...

A verdade é que não ali matéria para apostar no imediato! Daqui a um/2 anos não é jogador pra epoca 2007/2008, ou é? Tirnado o Chinês (q ate devia rodar num Vitoria de Setubal ou assim...), nao ha mt pra espremer... e se as noticias de hoje forem verdade... Edgar? Purovic? OK, sao esperanças, mas da forma como temos a equipa precisamos é de certezas! Ou isso ou entao nao exijam vitorias! querem milagres? Com oplantel que (nao) está a ser construido, ate pode vir o Eriksson...
abraços

 
At 6/08/2007 2:38 da tarde, Blogger HERMIONE said...

Começo pelo fim provalvelmente tambem iria ver o Boavista!!
A minha curiosidade referia-se ao Dabao e não me desiludiu no entanto vai ser dificil com o engenheiro ter uma oportunidade a sério.
Quanto aos restantes sendo a maioria juniores de 1º ano significa que ainda vão poder evoluir mais e daqui a um ano ou dois quem sabe ter uma oportunidade.
Aqueles que vão a passar a seniores na minha opinião o Benfica terá que enquadrá-los em alguns clubes onde possam evoluir, não vi excepção ao Dabao nenhum com qualidade para vingar já no Benfica.
Adorei o empate no fim o scp mereceu pelo que não jogou na segunda parte e o nº 7 foi realmente um dos piores.

 
At 6/09/2007 12:52 da manhã, Blogger N.M said...

Agora é ganhar ao porto para sermos campeões!!Atenção ao jogador chines do slb!!!

 
At 6/09/2007 4:30 da manhã, Blogger Filipe said...

Purovic???Carlos Alberto???Seriam boas aquisições?Que acham?

 
At 6/09/2007 12:31 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Melhores que o Edgar ou o Devic seriam de certeza...

 
At 6/09/2007 2:01 da tarde, Blogger Pedro said...

Purovic não conheço. Já o Carlos Alberto agrada-me muito. Se bem q tenho alguma dificuldade em enquadrá-lo na nossa táctica com os jogadores q temos...

 
At 6/09/2007 4:58 da tarde, Blogger Filipe said...

Pode jogar como segundo avançado...O Simão tb pode ser o nosso segundo avançado alternando com Carlos Alberto. É preciso é opções!

 
At 6/09/2007 8:25 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Eu sei que isto é far-off-topic mas têm de ouvir isto:

http://www.youtube.com/watch?v=2hc4ej4Nie4&eurl=

(é de assinalar que alguns destes yiidish-surfers parecem primos do Barbas)

Chillem, Lampiões! Para o ano há mais Taças para perder!

 
At 6/10/2007 12:00 da manhã, Blogger T-Rex said...

Arbitragem nojenta e atitude absolutamente anti-desportiva dos leõezinhos.

Eu estava encostado ao relvado a ver se caçava o bandeirola da treta e parece-me que o golo é do Dabao.

Com valor para singrar no futebol mais a sério só vejo Patafta, Dabao, Miguel Rosa e Ruben Lima. Os outros são fraquitos...

Vedeta ou Marreta ?

 
At 6/10/2007 2:51 da manhã, Anonymous satar said...

achei o Miguel Rosa muito fraquinho...

 
At 6/10/2007 4:10 da manhã, Blogger Filipe said...

Não é por um jogo que se avalia um jogador...

 
At 6/10/2007 12:50 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Miguel Rosa teve um jogo fraco, é verdade, mas continuo a achar que ele é um jogador promissor. É preciso ver que aquele jogo foi feito em circunstâncias muito especiais: eles nunca tinham jogado na Luz, nem com tanto público a assistir. E diga-se de passagem que algum do público não ajudou nada, já que começaram logo a armar-se em entendidos e ao fim de alguns minutos já estavam a assobiar jogadores e a mandar bitaites ao treinador...

 
At 6/10/2007 4:44 da tarde, Anonymous 1benfiquista na Inbicta said...

Bom seria o Van Nistelroy mas nem para o Edgar temos dinheiro...e n concordo nada que Edgar e Devic sejam maus jogadores... Edgar no Brasil é conhecido por Edgol...aliás lembra-me o Zé do Gol do Braga...que marca golos!!!!

Claro que nós preferimos o Nuno Gomes Mantorras e Miccoli que juntos n fazem 20 golos época...

Passou mais uma semana e comprámos um defesa da Costa do Marfim e um trouble-maker de Vila do Conde...

Miccoli pode sair para o FCP e Simão para o estrangeiro..

Isto n me agrada mesmo nada....

Felizmente o Real de massamá vai comprar o NG com o dinheiro do Nani..

Saudações benfiquistas

 
At 6/10/2007 8:08 da tarde, Anonymous satar said...

tem razão! só vi ainda este jogo dos Juniores mas achei o Miguel Rosa dos mais fracos...

Acabamos de perder o titulo para os do porco mas acho que há qualidade coisa que não se via há algum tempo!!

 
At 6/10/2007 8:43 da tarde, Blogger Filipe said...

Gostava de saber quantos juniores de primeiro ano teve o Porto na equipa que defrontou o Benfica.

Estou bastante confiante que iremos ter vários jogadores de qualidade vindos da escolas do clube nos próximos anos. Já na próxima época só acredito no Dabao, mas posso sempre ser surpreendido (e espero sê-lo) com mais um ou outro junior a mostrar serviço.

 
At 6/10/2007 9:00 da tarde, Blogger D'Arcy said...

A equipa do Porto (que se sagrou hoje campeã ao vencer o Benfica por 1-0) é praticamente a selecção nacional de sub-19. A discussão do título era entre o Porto e a lagartagem, o Benfica estaria sempre na posição de outsider. Ainda assim conseguiram fazer um brilharete, ainda para mais se tivermos em conta as dificuldades que tiveram para se apurarem para a fase final.

 
At 6/10/2007 11:42 da tarde, Blogger Filipe said...

Sendo assim, fico extremamente orgulhoso do percurso dos nossos rapazes...Muito fizeram eles.

 
At 6/11/2007 9:53 da manhã, Anonymous Johnny Rook said...

Essa equipa dos Porcos é toda de 2º ano. Se é a selecção de sub-19 gostava de saber quem é o seleccionador. Esta equipa não é grande espingarda. Tem é espingardas muito grandes.
Vi o jogo no Seixal, que ganhamos, e só vi que têm jogadores muito fortes fisicamente. Quanto a jogar à bola...As osgas são muito superiores a eles.

 
At 6/11/2007 10:07 da manhã, Anonymous Johnny Rook said...

A propósito do Diego Souza e do quanto este Fs nunca devia ter posto os pés no SLB, cito uma passagem da entrevista dele ao CM:

"Fernando Santos no CM :

Atento à evolução do jogador, Fernando Santos explicou ao CM as razões por que ainda não é chegada a hora de o primeiro vingar na Luz. “O Diego disse há dias que não singrou no Benfica porque foi colocado como trinco, coisa que não é. A mim, disse-me sempre que era o pivô defensivo do meio-campo, que era o segundo homem a meio-campo. Ora, o Benfica não joga com um segundo homem a meio-campo.”

“Agora, no Grémio – onde parece estar a jogar bem, eu já vi um ou dois jogos e pareceu-me que continua com as mesmas virtudes e defeitos –, diz que é o 4.º homem”, observou Fernando Santos, não deixando sem resposta o jogador: “Aqui, eventualmente o 4.º homem do meio-campo é o Simão ou o Rui Costa. E, assim, não vale a pena comparar. O Diego revela algumas qualidades, como a forte capacidade de remate e boa qualidade de passe, mas é lento nas decisões que toma e principalmente na capacidade defensiva.”

Para o técnico encarnado, quando assim sucede, não restam muitas alternativas: “Quando se tem um miúdo de 21 anos, que até pode ter alguma capacidade, mas a quem faltam outras que lhe permitam vingar no futebol português, ou se perde claramente o investimento, porque se ficar não vai jogar, ou se procura emprestá-lo e tentar rentabilizá-lo.”.

Não lhe fizeram o teste do balão, pois não? Só isto chegava para o despedir com justa causa.

Este protozoário diz que o jogador lhe disse onde jogava? Mas ele não sabia? Não faz ideia do que tem em casa? O Luisão também lhe disse que estava curado, jogou e lesionou-se! É uma espécie de treinador! Funciona por diz que disse!

Também não é de admirar! Ele não sabia o que valia o David Luiz embora já estivesse com ele há 3 meses consecutivamente.

Não serve par o futebol português, oh Anemona? Porquê? Por ser lento? Quem? O futebol português? Ou a tua inteligência? Mas desde quando o futebol português é rápido? Deve ser porque cerca de 35% dos jogadores que jogam aqui serem brasileiros!

A tua Santa maezinha é que devia ter sido muito mais lenta a pensar em dar-te à luz!

Como hoje me sinto especialmente azedo, só vos quero dizer que ontemassisti a um ensaio do que vai ser o dia em que o Flatulência falecer e estivermos na Luz a assistir ao minuto de silêncio(??!!?).
Ontem na Seixal, no jogo de Juvenis, houve uma tentativa de minuto de silêncio pelo Bandido nº2 Adriano Pinto. Foi um vê se te avias de revolta, insultos e assobios. O povo não esquece.

 
At 6/11/2007 10:36 da manhã, Blogger Pedro said...

O ridiculo é o Santos ainda tentar dar estas explicações q apenas são mais tiros no pé.
Q esteja caladinho...já todos sabemos q de futebol e de apreciação a um jogador sabe muito pouco...

 
At 6/11/2007 4:14 da tarde, Anonymous Starblade said...

Não bastou o futebol sénior, o andebol, o basket e o hóquei terem perdido para o Porto agora também foram os juniores. FDX mais o LFV que teima em não acordar!!! E se juntarmos os salários em atraso no basket e na natação, e a descida de divisão do basket e a (quase?) extinção do atletismo, esta direcção já me está a cheirar muito mal.

E tenho a entrevista do Santolas ainda para ler, mas o que já li foi o suficiente para dar volta ao estomago; diz que o David Lui's não presta porque jogava noutra posição (e QUEM é que o punha a jogar fora do lugar? Se calhar fui eu querem lá ver!) e que os sócios ainda o vão levar aos ombros. Esqueceu-se é que disse exactamente a mesma merda quando o campeonato ainda não tinha acabado. Por mim eu ofereço-me para o levar aos ombros, sim... com uma corda ao pescoço.. E depois deixo cair o cabrão !!!!

 
At 6/11/2007 4:39 da tarde, Blogger Filipe said...

william, ratinho, o que acham? Alguém tem dados sobre estes jogadores?

 
At 6/11/2007 7:58 da tarde, Anonymous 1benfiquista na Inbicta said...

Sobre o Willian e Eduardo Ratinho recomendo:http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2007/06/11/ult59u122958.jhtm.

Saudações benfiquistas

 
At 6/14/2007 10:46 da manhã, Blogger zeist b skool said...

d'arcy. essa diferença fisica que se nota é apenas uma das razões pela qual os juniores do Sporting vingam e os do Benfica não, para além da aposta clara na prata da casa. A verdade é que a maioria dos jogadores do Sporting nos juniores deste ano também são ´juniores de primeiro ano, nomeadamente o Adrien que estará ainda assim já na pre-época nos seniores. Quanto ao 7 o Matias, é um puto com a mania que é vedeta. tem de levar muito nas orelhas. basta vê-lo na rua para perceber isso... nem é preciso vê-lo num campo ...

 

Enviar um comentário

<< Home