terça-feira, novembro 06, 2007

Frustração

Foi um daqueles jogos que me deixam pior que estragado. Porque a vitória pareceu sempre estar ali tão ao nosso alcance. E no final fica a sensação que se calhar o único motivo pelo qual perdemos acabou por ser falta de sorte, porque o Benfica fez esta noite, e em particular na primeira parte, uma exibição que não merecia a derrota.


Foi até surpreendente a forma como entrámos no jogo. Com um meio-campo reforçado devido à subida do Katsouranis (entrou o Edcarlos para a defesa), foi nessa zona que conseguimos ter uma supremacia que eu não esperava. Mantendo a bola junto ao chão, e trocando-a em passes curtos e ao primeiro toque, o Celtic ficou praticamente a ver-nos jogar durante o primeiro quarto-de-hora. Quase sempre com o Rui Costa em destaque, inventando passes e assumindo-se como um verdadeiro maestro, as oportunidades de golo foram surgindo, e o suposto inferno do Celtic Park mal dava sinal de si. Passados esses primeiros quinze minutos, o Celtic pareceu finalmente acordar, e durante cerca de dez minutos conseguiu ter o seu melhor período no jogo, pressionando-nos e rematando várias vezes à baliza, com o Quim a corresponder sempre bem. Mas findo esse período reestabeleceu-se o equilíbrio, já que o Celtic parecia mostrar algum receio do Benfica, e portanto não se viam grandes dificuldades para controlarmos o jogo e, pelo menos, manter o empate, que matematicamente já não seria um mau resultado. Infelizmente, mesmo em cima do intervalo, surgiu o momento de pouca sorte, com o golo dos escoceses a aparecer às três tabelas (autoria do McGeady, o único jogador que eu realmente respeito naquela equipa), dando-lhes uma vantagem que eu já não pensava que conseguiriam alcançar. Pouco antes disso, deu para ter um ataque de fúria devido a, mais uma vez, o Benfica ter tido um livre perigosíssimo a seu favor, e mais uma vez os jogadores optarem pela idiotice de darem toquezinhos para o lado em vez de rematarem directo à baliza. Claro que sempre que fazem isso acabam por rematar já com um adversário em cima, com o resultado previsível.


A segunda parte foi pior do que a primeira. O Celtic, graças à vantagem no marcador, teve uma atitude muito mais expectante, tentando explorar o contra-ataque sempre que o Benfica se balanceava mais para a frente. O Benfica raramente conseguiu a mesma qualidade de jogo da primeira parte. Começámos a recorrer mais aos passes longos e a bolas pelo ar (de certeza que os escoceses agradeceram), e foram muito menos as vezes que conseguimos criar perigo. Ainda assim estivemos muito perto de marcar, quando um 'cabeceamento' do Cardozo passou muito próximo do poste. Na fase final do jogo o Camacho resolveu apostar em dois avançados, retirando o Cardozo e o Rui Costa. É verdade que o Rui Costa já estava em nítida desaceleração nessa fase, mas depois da sua saída o nosso jogo perdeu ainda mais racionalidade, aumentando muito a quantidade de passes falhados ou sem nexo.


Se ainda alimentávamos alguma esperança para os cinco minutos finais do jogo, o Binya encarregou-se de destruí-las. Eu já disse várias vezes que durante um jogo estou sempre à espera que ele consiga ser expulso, e desta vez confirmou os meus receios. Uma entrada verdadeiramente animal valeu-lhe, muito justamente, um vermelho directo. Senti-me envergonhado com aquele lance. Não me identifico com atitudes daquelas, e espero que ele seja exemplarmente punido pela UEFA. E já agora, acrescento eu, também não ficaria nada mal ao Benfica castigá-lo. Nos poucos minutos que se seguiram até final, e mesmo apesar de estarmos reduzidos a dez, o Celtic dedicou-se a assegurar-se que não se conseguiria jogar mais à bola, segurando uma vitória preciosa.


Melhores do Benfica para mim o Quim, Luisão, Léo e Rui Costa, sobretudo pela primeira parte que fez. Fiquei desiludido com o Rodríguez, de quem esperava muito mais neste jogo, tendo em conta o que tem feito ultimamente. Desilusão também pelo Binya: nem sequer quero saber o que é que ele fez durante o jogo, se jogou bem ou mal, porque aquele lance fica marcado. Há uma diferença clara entre agressividade e violência, e parece que o Binya ainda anda com dificuldades em perceber isso.


Matematicamente ainda é possível o apuramento, mas acho que é mais realista começarmos a pensar no terceiro lugar. Que, ainda assim, será bastante difícil de alcançar, tendo em conta os jogos que nos faltam. Hoje fiquei frustrado com uma derrota frente a uma equipa que nunca me convenceu ser-nos superior, mas que acabou por ter a sorte do jogo.

25 Comments:

At 11/06/2007 11:55 da tarde, Anonymous Johnny Rook said...

D'Arcy,

Disseste tudo aquilo q eu ainda agora não consigo exprimir tal é o estado de irritação com q estou!

Ouvi o Camacho dizer que "perdemos, como podiamos ter ganho" se calhar tem razão e eu amanhã vou-lha dar, mas hoje só me apetece dizer: " somos uma merda, como podiamos ser bons! ou como diz a música do Piçarra: "uma chama imensa, como podia ser uma tristeza imensa"

Xau, vou dormir a ver se isto passa!

 
At 11/07/2007 12:15 da manhã, Anonymous vosé jeiga said...

bem aquele bynia...fdx! que tristeza de entrada...suspensão exemplar!!!! e cá em Portugal aposto que é expulso nas próximas jornadas...

quanto ao jogo: perdidas surreiais...mais duas de cardozo para a conta...

esta equipa do celtic é banalissima...nem se comprara com a do ano passado com miller e nakamura a fazerem a diferença.

temos uma equipa banal para os pregaminhos do Benfica.

os livres frontais têm de ser marcados pelo rodriguez ou pelo cardozo. já chega ver o rui costa mandar bicos...

para a direcção: porque é que contratamos aquele argentino (juro q nao me lembro do nome do gajo!!!) q veio com o di maria????

com petit e david luizisto vai melhorar mas nao chega...

em dez/jan que se comece a preparar JÁ a próxima época com dispensas e futuros reforços já identificados (nada de revoluções no plantel) e a Direcção q se certifique se camacho quer ou não ficar! este espanhol é manhoso, passe a redondancia...é só chegar um clube qq de espanha e ele bate a asa...

 
At 11/07/2007 12:53 da manhã, Anonymous tutano azul e branco said...

"...(autoria do McGeady, o único jogador que eu realmente respeito naquela equipa)...".
Provávelmente, o problema do Benfica foi (é) mesmo esse. Se calhar essa atitude de respeitar apenas um jogador da equipa adversária, transmitiu-se aos jogadores do Benfica, e, é sabido, quando não se respeita a equipa adversária, regra geral, acontece derrota.

 
At 11/07/2007 1:09 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Por essa ordem de ideias o teu clube perderia todos os jogos que disputasse. Em termos de falta de respeito são inultrapassáveis. Ele é equipas adversárias, jogadores adversários, árbitros, público, etc. Tudo o que vem à rede serve para faltar ao respeito.

 
At 11/07/2007 1:18 da manhã, Blogger Filipe said...

Discordo com muito do que tenho lido. Acho que justamente quando o Camacho pediu uma demonstração de carácter à equipa, faltou-nos isso mesmo:carácter.
O benfica entrou muito bem de facto, mas depois o Celtic equilibrou e o Quim fartou-se de defender. Passado esse período, voltámos a ganhar o meio campo, mas sem criar ocasiões claras de perigo.
Na segunda parte acho q nos faltou garra, chama, personalidade, carácter, n jogámos nada. Estiveram eles mais perto de marcar do que nós.
Acho que é das poucas vezes que discordo com a tua análise D'Arcy. Tirando os minutos iniciais acho que estiveram eles mais perto de fazer golos que nós!Achei vergonhosa a exibição na segunda parte.

O Bynia conseguiu envergonhar toda a gente. Tem de ser castigado pelo clube. Aquilo é inadmissível!!!

 
At 11/07/2007 1:41 da manhã, Anonymous Dias Pereira said...

Este é um daqueles jogos que custa muito perder...
Porque se perdeu, por culpa própria, com uma equipa absoluta e literalmente banal. Vulgar, quase. Custa-me muito perceber como é que perdemos este jogo.

Ou talvez não seja difícil perceber, afinal...
Vamos a factos:
a) A defesa continua a dar abébias a qualquer um que se chegue próximo, seja ele um habilidoso, seja um toco com pernas!...
b) As nossas linhas jogam com quilómetros de distância a separá-las. Enquanto uns correm, os outros adormecem, lá bem longe da bola...
c) O meio-campo é esforçado, mas algo falido... Bynia é esforçado, mas limitado, técnica e taticamente. Rui Costa, embora virtuoso e de excelente leitura tactica, é um travão constante no ritmo do jogo, sempre que a bola lhe chega aos pés, dado que já não tem 20 anos. Katsouranis é um jogador completo e de grande entrega, mas também falha... e não chega para tudo. Maxi Pereira tanto está no 8, como está no 80... e deve estar baralhadíssimo com os papéis tão distintos, e por vezes díspares, que a produção lhe destina.
c) O ataque continua a ser, insistentemente, uma ténue aragem que oscula as defesas contrárias, com Cardozo claramente insuficente e incapaz de dar para as encomendas...
d) A produção e a eficácia estão a um nível absolutamente desastrado (e desanimador), o que é incompreensível para uma equipa que assume disputar todas as competições em que está empenhada...
e) A orientação técnica da equipa faz corar de vergonha qualquer treinador de bancada, mesmo que muito mal esclarecido. Ele é o lateral que joga a médio, o médio que joga a central, o central que joga a médio interior, o extremo que joga a lateral, o outro extremo que joga na posição 10, o camisa 10 que joga a extremo... Bem, um nunca mais acabar de invenções que teriam muita piada se fossem nos nossos adversários (voltem Queiróz, Boloni, Fernandez e Co, que estou a sentir a vossa falta...), mas que na nossa casa só me dão vontade de chorar. As substituições operadas por Camacho no jogo de hoje, então, são dignas de figurar nas primeiras páginas dos anais da idiotice táctica (desculpa, D'Arcy, mas não posso fazer por menos...)

Parafraseando, (muito...) livremente o poeta: "... o que as mulheres portuguesas feias têm de pior que as outras... é que são portuguesas!"

PS - Concordo, plenamente, com uma punição exemplar para o Bynia. Até me parece que, para preservar os valores que a instituição SLB sempre defendeu e pelos quais pugnou, Bynia devia ser castigado internamente. Já, e de forma veemente!

 
At 11/07/2007 2:12 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 11/07/2007 9:44 da manhã, Anonymous Americano said...

Infelzimente, como temia, até a UEFA já está seriamente comprometida. Quanto aos meus destaques:
Positivo:
- Quim: apesar de eu ser "Moreirista", mais uma grande exibição a evitar o tradicional chapa 3 em Glasgow;
- Rui Costa: a nossa única fonte de criatividade, e viu-se bem a partir da sua saída;
- Mcgeady: o que eu dava para ter um extremo direito assim...
Negativo:
- Camacho: mais uma vez falhou. Luis Filipe tem tido uma época para esquecer, Maxi tem jogado bem a lateral e mal a médio, o que é que ele faz: Maxi a médio.
Adu tem resolvido (em 10 minutos e fora de posição), Bergessio nem em 90 minutos dá uma para caixa, o que é que ele faz: lança Bergessio, deixa Adu no banco. Deve ser porque era um jogo para homens, fez bem. A desorientação da equipa é total, viu-se naquele "lance de laboratório", deve ser a 1ª vez que vi uma equipa inventar num livre directo a 1 metro da área. E os gritos do Rui com toda a gente não enganam. O que vale é que segundo ele a jogar assim ganhamos ao Milão, só faltou dizer que éramos campeões europeus com exibições destas.
- Cardozo: acho que tem pormenores de ponta de lança de eleição, mas não se podem falhar golos daqueles. A jogar de cabeça é medícore, já é a 2ª vez (em Milão foi a 1ª) que começo a gritar golo após ver a trajectória dum centro, e em ambos ele faz o mais difícil, cabecear sem marcar.
- Di Maria: tanto talento, mas o futebol é um jogo de equipa, alguém lhe explique isso, se faz favor.
- Bynia: se queres fazer aquela merda, veste um trapo azul e junta-te ao Bruno Alves e ao Quaresma, com o manto sagrado se voltas a ter uma atitude daquelas por mim voltas a nada para a Argélia no dia a seguir. Que vergonha!!!

Quanto à integração inteligente que Camcacho está a fazer com Adu, deixo uma frase de José Augusto (espero que este ainda seja um benfiquista insuspeito para a maioria):
"Tem jogado bem e marcado golos, precisa de jogar, se não o faz aos 18 anos quando fará, aos 81?"
I rest my case...

 
At 11/07/2007 10:08 da manhã, Anonymous Starblade said...

Há que correr IMEDIATAMENTE e a PONTAPÉ com a corja andrade infiltrada no Benfica. A começar pelo VENDEDOR DE PNEUS e de BANHA DA COBRA ("melhor plantel dos 10 úlitmos anos") e a acabar no Jorge Gomes, o braço direito do PC que levava as prendas aos árbitros.

Só quando o Benfica for devolvido aos benfiquistas poderemos ser grandes outra vez.

 
At 11/07/2007 10:17 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Já há algum tempo que não comentava,mas hoje não me consigo conter.
Nunca fui a favor de FS mas também nunca achei o Camacho um grande treinador(alguém me explica o que é que ele já ganhou como treinador??).Já na sua anterior passagem os seus erros tácticos foram mais que muitos e vê-se que ainda nada mudou.No entanto,aquilo que ele tinha de bom,que era a sua garra no banco,a motivação que transmitia de fora para dentro,já nem isso eu vejo.Vejo um treinador quase que resignado,já para não falar das suas opções no minimo discutiveis.
Bem sei que não foi ele que escolheu o plantel,mas se o aceitou treinar tem que se "mexer".Dá-me a impressão de que ele está á espera do mercado de Inverno para poder escolher os jogadores...Prevejo uma autentica revolução neste plantel.
É óbvio que há coisas a serem mudadas na equipa,mas também ali há talento que precisa de ser "polido".E não me parece que se esteja a fazer tudo para isso.
Há coisas que qualquer leigo na matéria,como eu,percebe...O Luis Filipe,o Bynia(ainda nunca percebi as razões porque se elogia tanto um jogador que em 80% das jogadas que entra faz falta e a maioria delas para cartões e não só amarelos),o Bergessio,Miguelito,etc.
Agora também temos matéria prima...DiMaria(alguém que diga ao Camacho de o meter a jogar na sua posição),o Adu(começa-me a fazer lembrar o João Coimbra,só entra quando já quase não se pode fazer nada,mas ele tem resolvido)o Rodriguez e chegamos ao Cardozo.
Continuo a manter que é o melhor ponta de lança que temos desde há muitos anos...é fraco de cabeça??Sim,não é um Jardel...falha golos? Pois falha,mas ele cria ocasiões e não vejo o Nuno Gomes também e não cria metade das oportunidades que o Cardozo cria.
Só que já se percebeu que não pode jogar só na frente...Ou melhor quase todos percebemos,só já falta o Camacho perceber isso.
Falando agora do Rui Costa...é,de facto,um excelente jogador,fora de série mesmo,mas começa-me a enervar aquelas "coisinhas" que por vezes ele faz,além de muitas vezes "prender" o jogo da equipa.
Quanto ao jogo de ontem...pois é...entrámos á grande equipa(que não temos) mas á primeira contrariedade(o golo deles perto do intervalo) não soubemos responder e fizemos a segunda parte que todos vimos.
Uma nota final...acho "engraçado" que agora se critique o Bynia,quando ele tem feito coisas do género em quase todos os jogos,adivinhava-se mais cedo ou mais tarde.Fico triste quando um jogador (banalíssimio) como o Bynia merece tantos elogios como eu já ouvi de benfiquistas.O homem corre muito,mas aquilo não é atletismo,por isso dava jeito que ele fizesse ao menos um passe(de primeira não acerta um).Aquele livre a um metro da baliza em que se dá 3 toques na bola deve de ser das coisas mais ridiculas que já vi.Como dizia um amigo meu(benfiquista) que viu o jogo comigo...já que era para dar tantos toques atrasava-se a bola para o Quim e começava-se outra jogada.
Abraços gloriosos

Rui

 
At 11/07/2007 11:15 da manhã, Blogger ratogoleador said...

Fonix pessoal, não entendem?
O Camacho não disse que era um jogo para homens?

Aquela entrada do Bynia é só para homens e de barba rija

 
At 11/07/2007 11:22 da manhã, Blogger ratogoleador said...

Agora mais a sério, não contem comigo para criticar após uma derrota.

Prefiro faze-lo noutra altura.

Lá estarei a puxar por vós, nestas alturas é que vale a pena.

Abraços e força Benfica

 
At 11/07/2007 11:48 da manhã, Blogger Pedro said...

Qd é preciso q do banco venha alguma alteração, algua mudança táctica, uma substituição acertada, etc com Camacho não vem nada!!!

Nada.

Tirar Camacho para pôr Bergessio qd estamos a 15 minutos do fim, aproxima-se a fase do chuveirinho e ele tira o mais alto jogador da equipa é, simplesmente, errado. Muito errado.

 
At 11/07/2007 12:02 da tarde, Blogger Coluna D'Águias Gloriosas said...

as substituições foram tardias é um facto

e para além disso acho que Pereira devia ter começado a defesa-direito e Di Maria logo atrás de Cardoso

Imaginem os primeiros 15/20 minutos que tivemos COM Cardoso e Di Maria na frente, se calhar tínhamos marcado, mas não se vive de se calhares e perdemos

Não percebo a insiténcia em Bergessio e o facto de Camacho encostar Fábio Coentrão

Coentrão pode jogar a extremo-esquerdo e Di Maria ao lado ou logo atrás de Cardoso

E Assis ontem? da maneira como jogámos nos primeiros vinte minutos tinha dado jeito na frente

Gostei da dinãmica da equipa ontem, o problema do Benfica é o de sempre e que já referi várias vezes

Não temos um Serial Killer na frente, um jogador que resolva

Com um jogador como Liedson ou Mcarthy ontem se calhar tinhamos o jogo

O Sporting não joga a puta dum corno e Liedson salva-os sempre ou quase sempre, como na taça da liga e neste fds em casa contra a Naval

do nada e de costas prá baliza marcou um golo de fora de área

Não temos um jogador destes

Somos a equipa que mais remata e ataca e remata na Champions, estamos em último no grupo

Nuno Gomes entrou e nem se viu

não estou a dizer mal de cardoso, o benfica tém que ter paciéncia e o apoiar, para o ano, depois de ter férias condizentes e estar ambientado vai render mais concerteza

agora precisamos de mais um avançado e que seja muito forte e isso camacho felizmente já viu e pediu

o Benfica tém que se concentrar em absoluto na Liga e na taça de portugal

desculpem lá mas Binya fez um grande jogo pá, tém é que ensinado e controlado para não fazer faltas daquelas

é um tank ali no meio campo e enche o campo e vai melhorar

agora o que interessa é apoiar a equipa contra o boavista e ganharmos o jogo e presionar o porto

 
At 11/07/2007 12:30 da tarde, Anonymous Xelb said...

Em casa ode não há pão, todos ralham e ninguém tem razão.
Há já muito tempo que não escrevo nada (mas passo por aqui quase diariamente) e só tenho a dizer aquilo que deveria estar à vista de todos.
O Benfica tem uma equipa de jogadores razoáveis (aí meio da tabela da Europa), onde faltam um ou dois jogadorers que na realidade façam a diferença. O jogo de ontem então foi gritante:
Entrámos a dominar, conseguimos cortar as vazas às pretensões deles, quer dizer, fizemos tudo bem e o que deveria ter sido feito em termos de equipe. Depois de os escoceses já estarem em sentido, era a altura de entrar o Benfica dominador que ganharia este jogo com naturalidade se... se tivéssemos esses tais dois jogadores acima da média e que é o que nos separa de ser uma equipa temida na Europa.
Lembram-se do jogo em Liverpool? Embora com alguma sorte aguentámos os gajos primeiro e depois tivemos os tais jogadores acima da média a fazer a diferença e a fazê-la efectivamente.
Sinceramente:
Acham que estes jogadores fariam a mesma coisa? Pricipalmente a segunda parte da equação?
Necessitamos urgentemente de um médio de ataque e de um avançado ambos rápidos (que é coisa que não existe neste Benfica), e que sejam acima de tudo jogadores com categoria acima da média.
Não me esqueci do Rui Costa, apenas acho que ele deveria ser o jogador que emprestaria à equipe o toque de classe e magia que muitas vezes dá as vitórias e não, como tem sido obrigado, o jogador que carrega a equipe às costas. Já não tem capacidade física para fazer esse lugar permanentemente, e vai acabar por baixar drásticamente a qualidade do seu jogo (o que aliás já está a acontecer)

 
At 11/07/2007 1:34 da tarde, Anonymous Starblade said...

Tinhamos cá 2 jogadores acima da média: Simão e Miccoli. Os 24 M € gastos a ir buscar merda davam para para segurar ambos.

Mas sem entrada de novos jogadores não há comissões, logo o que é preciso (segundo o vendedor de pneus) é ir buscar mais um camião de novos jogadores.

 
At 11/07/2007 4:26 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Esta frase devia estar afixada no Centro de Treinos do Seixal, para todos verem, TODOS:

"It's not enough that we do our best; sometimes we have to do what's required."

Sir Winston Churchill

 
At 11/07/2007 4:36 da tarde, Anonymous Filipe said...

Grande frase!

 
At 11/07/2007 4:59 da tarde, Anonymous Johnny Rook said...

É ! É uma grande e muito célebre frase!

O problema ao colocá-la no Centro de Estágio é que não há quem a entenda!

Se nem o "E pluribus unum" conhecem quanto mais essa!

 
At 11/07/2007 5:26 da tarde, Anonymous JFilipe said...

Ainda não foi desta que não perdemos naquele estádio.

Interessante como num jogo em que mais uma vez Cardozo foi uma nulidade há que aproveite para dizer mal do... Nuno Gomes.

O Camacho teve azar com a primeira substituição. Com o Di Maria passámos a jogar com menos um. No jogo com o Celtic cá foi ele que fez a diferença. É uma daquelas coisas que não se adivinham.

Os adeptos comportam-se sempre como se do outro lado também não existisse um treinador com qualidades. O Camacho surpreendeu-o mas aquele golo caído do céu permitiu-lhe fazer um jogo pouco arriscado na segunda parte, e fez duas substituições que reforçaram o tipo de jogo recuado da equipa quando viu o Camacho a mexer no Benfica.

Quanto ao Binya, enfim...

 
At 11/07/2007 5:30 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Tens razão Johnny, o problema é esse, a cultura do Benfica vem-se perdendo, agora é tudo mercantilismo barato e discursos ocos.

 
At 11/07/2007 5:38 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Filipe, O Churchill teve muitas tiradas célebres,é normal isso acontecer aos grandes Homens, como era o caso.
Ele tinha uma sobre o desporto, que se bem me lembro, ele disse que tudo o que tinha conseguido o devia ao desporto...pois nunca tinha praticado desporto a sua vida inteira:))
Jardas destes já não existem.

 
At 11/07/2007 8:53 da tarde, Anonymous JFilipe said...

«Tens razão Johnny, o problema é esse, a cultura do Benfica vem-se perdendo, agora é tudo mercantilismo barato e discursos ocos.»

Conversa da treta. A equipa tem mostrado querer, não desistindo até ao último minuto, e chegando ao ponto de marcar num jogo em que estávamos com um jogador a menos.

Neste jogo fizémos 15 remates cinco deles enquadrados com a baliza. O Camacho tem jogado bem com as substituições, mas neste jogo o Di Maria entrou mal e o Binya deu cabo dos nossos últimos dez minutos. Apesar disso no cômputo geral até jogámos bem.

Eu até vou fazer umas centenas de km para ir à Luz no próximo fim de semana e aplaudir os jogadores, eles merecem.

 
At 11/07/2007 11:25 da tarde, Blogger jose said...

Eu so nao percebo, e que esta equipa banal do Celtic (como muitos aqui dizem) desde 2002, so perdeu com o Barcelona em casa
Jogam pouco? Jogam. Sao uma miseria fora de portas? Sao
Mas la no quintal deles, quem manda sao os donos
P.S-O ano passado com um equipa supostamente "melhor" leva-mos la tres abebias. E ate jogamos bem nesse jogo

 
At 11/08/2007 8:22 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Parece que me saiu na rifa o Filipe errado:))

 

Enviar um comentário

<< Home