quarta-feira, novembro 21, 2007

Lindo

Esta foi a maior alegria que tive nesta noite de futebol. Depois da forma ignóbil como os ingleses, e em particular os seus meios de comunicação, trataram o melhor seleccionador que a Inglaterra teve nas últimas décadas, confesso que passei a maior parte do tempo a acompanhar e a vibrar com a vitória dos croatas em Wembley, enquanto a nossa selecção se ia arrastando pela RTP.

P.S.- Sim, Portugal também conseguiu a qualificação esta noite, o que obviamente me agradou.Mas não fez mais do que a sua obrigação, e a única surpresa acabou mesmo por ser a forma quase medíocre como essa qualificação foi conseguida: nem uma vitória contra os seus concorrentes mais directos.

19 Comments:

At 11/21/2007 11:31 da tarde, Blogger T-Rex said...

Tá mal, pá!

Com os bifes de fora a quem é que vamos ganhar nos penalties? ;)

Vedeta ou Marreta ?

 
At 11/22/2007 9:41 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Tambem gostei mas não pelas mesmas razões, embora não gostasse do que fizeram ao Sven e tambem do que fizeram ao Ronaldo no seguimento do Mundial. O que é estranho é que uns gajos que inventaram a maioria dos desportos não sejam bons em quase nenhum deles, até no cricket passam a vida a levar valentes sovas dos seus ex-colonizados (a vingança serve-se à hora do chá), no futebol é a habitual desgraça, no ténis o melhor é um escocês, no automobilismo é o que se vê, quando tiveram uma dupla chance de vencerem o Mundial, zás! Azar dos MCclaren,aliás o único MCclaren competente foi o Malcom, fundou os Sex Pistols e foi um dos grandes farsantes do Rock'n'Roll.
Talvez a melhor explicação tivesse sido dada por um jogador russo que disse ainda antes do jogo Russia-Inglaterra que os russos iam ganhar porque os ingleses já tinham muito dinheiro e já não jogavam futebol com gosto.Verdade ou não, o que é certo é que a relação dos ingleses com o desporto e a competição dava um tratado filosofico, parapsicológico, psiquiatrico e de Feng Shui!!

Apesar da nossa qualificação ter sido penosa foi mais que justa.
Não gosto especialmente de Scolari (e tambem por diversas razões:)) )mas acho que ele ontem esteve bem quando abandonou a conferência de Imprensa. Já não dá para aturar aquela cambada de abutres em que se tornaram os jornalistas (e não só desportivos), o jogo tinha acabado e uns minutos depois já estavam as televisões à porta do estádio a sugestionar respostas negativas para abrirem futuras peças jornalisticas. As pessoas saiam e diziam que tinham gostado e estavam satisfeitas por nos irmos ao Mundial, o que ia aumentando a frustração do reporter (no caso da Sic N). Agora imagine-se que isto se tinha passado com um reporter inglês à porta do Wembley e que a selecção inglesa tivesse ganho o apuramento.

Mas talvez não dure muito até que finalmente os Ingleses abram a pestana e façam uma proposta irrecusável ao Scolari e nós porcá regressemos às vitórias morais para gáudio do jornalismo nacional.

 
At 11/22/2007 9:46 da manhã, Anonymous Americano said...

Desta vez lamento o teu post, justificava-se mais uma foto dos nossos jogadores que fizeram o que os ingleses por exemplo não conseguiram. Tiveram azar, não conseguiram levar o Big Phil e lá vão ver o Euro pela TV!

 
At 11/22/2007 10:27 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Já disse que não sou adepto fervoroso da selecção, e a verdade é que passei o tempo a ver o jogo de Wembley, com uns zappings só para ir dando conta do nosso resultado (já que o jogo em si só dava para duas coisas: sono, ou chamar nomes ao Quaresma e ao Ronaldo por serem individualistas).

Mas gostei da reacção do Scolari na conferência de imprensa. O que os jornalistas mereciam era mesmo começar a levar mais respostas daquelas (o Camacho é gajo para isso), para ver se deixam de ser abutres.

 
At 11/22/2007 10:36 da manhã, Anonymous Starblade said...

Gostei dos bifes não se terem apurado. Tanto mal disseram do Erikson, que os levou a dois 1/4 de final (perderam por penalties) e agora levaram na pá.

E apesar de não gostar nada desta selecção Brasil-B, soube hoje de manhã que o Scolari mandou uma resposta brilhante aos jornaleiros a soldo do Peidos da Costa. Já o Camacho e o Dauto Faquirá são outros dois que os tratam abaixo de cão. E convem relembrar a resposta do R.Costa a um deles "Fico contente por saber que gostou da minha exibiça, já que passa o tempo a criticar-me" :-)

(não me lembro em que jogo isto se passou, mas acho que já foi esta época).

 
At 11/22/2007 10:54 da manhã, Anonymous Americano said...

Sim, ver o Scolari a tratar mal aquela cambada de filhos da puta foi lindo!
D'Arcy, tenta converter-te, ainda vais a tempo do Euro 2008 :)
Como é que foi o jogo da Inglaterra? Jogaram mal? Tiveram azar? Choraram muito no fim?
Eu confesso que não consigo odiar a Selecção Inglesa, tem alguns jogadores dos quais sou fã incondicional, tem adeptos incríveis (misturados com umas bestas nojentas) e perdem sempre connosco, vou sentir a falta deles!

 
At 11/22/2007 4:38 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Johnny Rook, que raio de Presidente és tu? Temos que lançar o nosso manifesto, o grito refundador da tribo vermelha. Se não resultar alinhamos no franchising benfiquista e em vez de jogadores formamos dirigentes, que chegam ao clube já infiltrados pelas nossas ideias e depois é fácil fazer a revolução por dentro.Talvez seja a forma ideal de assalto à direcção da tribo vermelha:))

 
At 11/22/2007 4:39 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Eu gosto muito de diversos jogadores ingleses, até porque sou fã da Premiership, mas detesto a selecção deles principalmente por causa dos adeptos e da imprensa, que são uns arrogantes de primeira. E não aprendem, por mais que levem no toutiço, na vez seguinte já estão outra vez no mesmo. A atitude deles é como se achassem que é um direito divino a Inglaterra vencer tudo e todos.

O jogo foi excelente, porque a Croácia deu um banho táctico aos ingleses. Aos 15 minutos de jogo já estava 2-0 para os croatas (também com alguma sorte, já que o primeiro golo foi um frango do Carson), e a Inglaterra pouco ou nada fez até ao intervalo. Na segunda parte entraram a pressionar mais (o desespero era tal que tiveram que recorrer ao Beckham) e passados vinte minutos já tinham conseguido empatar, graças a um penalti e a um centro teleguiado do Beckham para o Crouch. Nessa altura nada fazia prever que os ingleses deixassem escapar o empate, mas o Bilic (seleccionador croata, e um defesa central de quem eu gostava bastante quando jogava - chegou inclusivé a jogar em Inglaterra) fez duas substituições, e acabaram por ser esses dois a fazerem a jogada do terceiro golo, num remate cruzado de fora da área do Petric. Daí até final a Inglaterra desorientou-se completamente, e parecia até que havia o dobro dos croatas em campo, já que eles mal se conseguiram aproximar da baliza croata, enquanto que os croatas pareciam estar sempre mai sperto de marcar o quarto em contra-ataque. Aliás, no final do jogo a Croácia acabou com quase o dobro dos remates dos ingleses. Gostei muito da atitude dos croatas: já estavam apurados, o jogo não lhes servia de nada, mas lutaram que nem uns heróis para vencer o jogo.

A parte mais divertida é mesmo ver o ar quase incrédulo dos bifes depois de perderem. É que eu acho que os próprios jogadores se convencem que são os 'eleitos', que são os melhores do mundo, e que têm o direito de vencer sempre.

 
At 11/22/2007 4:41 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Não sei porquê mas a cada palavra que escrevo sinto uma sensação estranha de estar a ser observado, deve andar por aí algum voyeur à solta, e tenho a impressão de que é verde.O Voyeur, não a impressão.

 
At 11/22/2007 5:06 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

É isso o que mais detesto nos ingleses a teimosia e a falta de humildade que consiste em não aprenderem com os próprios erros, não apreendem as experiências, é quase um "autismo".
Agora dizem que o problema é do excesso de estrangeiros (sintomático, a culpa é do outro)quando o problema é sim da falta dos seus jogadores jogarem noutras ligas, com outros tipos de jogo e tacticas. Que me lembre o último jogador inglês a sair e ter sucesso foi o Beckham, o Owen nem por isso, e o Hargreaves jogou tanto tempo no Munich que se pode considerar um Continental.
Quanto a técnicos tambem não são brilhantes (O Hagan que me perdoe)e fora o Robson não me lembro de outro a atravessar a Mancha com algum sucesso recentemente.
Na Premiership grande parte dos treinadores vencedores nos ultimos anos são estrangeiros, Mourinho, Wenger, Ferguson (com Queiroz), alem do Rafeiro na Champions.
Na FA estão para aí uns 7 ou mais tipos sentados em cima de uma pipa de dinheiro, sem perceberem um boi de futebol, a tomarem decisões erradas e a pagarem chorudas indemnizações.

PS- Atenção, isto refere-se quase exclusivamente ao futebol, quanto ao resto a Inglaterra é um dos Países que gosto mais, são caras-palidas decentes e fixes.

 
At 11/22/2007 5:16 da tarde, Anonymous Americano said...

Pois D'Arcy, mas parece que os croatas tinham uma motivação "especial" promovida por mais um excêntrico multimilionário russo :)

 
At 11/22/2007 5:21 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Agora o importante é irmos a Coimbra e arrumarmos o assunto. Se no sábado vencermos a Academica o Porto com o Setubal vai ter grandes dificuldades, o Jesualdo não aguenta a pressão (bem a não ser no fino), o problema é se o Pittbull tambem não e como se sabe o Setubal é uma das filiais dos andrades cá em baixo.
Hay que salir a gañar, coño!!

 
At 11/22/2007 7:50 da tarde, Anonymous Anónimo said...

tenho o palpite que os andrades vão ser entubados na etar das antas pelo Setubal. seria um um bom aperitivo para se fazer a festa no dia 1 de dezembro na Catedral da Luz cilindando os andrades. queremos a Catedral repleta de Benfiquistas!a festa vai ser de arromba! os andrades vão levar que contar!

 
At 11/22/2007 11:21 da tarde, Blogger tma said...

De facto, os bifes arrogam-se de tal forma o direito de serem sempre os vencedores, só porque inventaram o futebol, de tal forma que a única vez que foram campeões do mundo (a jogar em casa) foi à custa de roubalheira: obrigaram portugal a ir a londres (quando devia ter sido a inglaterra a ir a liverpool) e na final ganharam com um golo inexistente.
Por isso, jamais terei pena de uma derrota que seja da Inglaterra.

De resto, e como disse o Índio, acho até os ingleses uns tipos porreiros

De facto, as pessoas transformam-se quando se trata de futebol :-)

 
At 11/23/2007 1:04 da manhã, Anonymous 1benfiquista na Inbicta said...

Na selecção gostei do Nulo Gomes...Um espectáculo de coerência...continua fiel a ele mesmo ie não marca...Quanto ao Scolari acho idiota a reacção dele...Foi claramente uma birra de um treinador que não consegue reconhecer que a equipa não está a jogar nada de nada...Também não percebo a vossa reacção anti-inglesa...Os adeptos da Albion não merecem ver o Mundial na TV e eles são claramente os melhores do mundo...

Hoje estou do contra; mas numa coisa de acordo

SLB4EVER...

 
At 11/23/2007 1:29 da manhã, Anonymous Johnny Rook said...

Indio,

O manifesto está na forja ! Mas essa ideia do franchising é boa!

Sempre gostei de dois tipos de treinadores:

O tipo Erickson, racional, inteligente.

O tipo Mourinho, Scolari, Hagan: Excelentes condutores de homens e mal educados. Adoro estes gajos.

Mal educados principalmente para os parasitas dos meios de comunicação aos quais nunca mais apelidarei de jornalistas porque não o são.
Fazem aquilo que eu faria se fosse treinador: usá-los quando bem entendesse necessário; mandá-los para a Grande PQOP quase todos os dias!

Salve Scolari por aqueles momentos orgásmicos da conferência de imprensa. Para a próxima vira-lhes o cu e amanda-lhes uma ganda bosta de diarreia preparada com uma grande feijoada à brasileira com couve galega ou penca!

Qualificá-mo-nos:

1º Óptimo;

2º O grupo era talvez o mais dificil de todos;

3º Somos um povo analfabeto e mal agradecido;

4º Não quero Pepe na selecção porque "não" é português nem precisamos de defesas centrais estrangeiros;

5º Sou condescendente com o Deco porque não temos qualquer nº 10 que se veja depois do Rui Costa. Admito a excepção pela necessidade de colmatar um lugar vital numa equipa de futebol;

6º Depois de Figo e Rui Costa a selecção ficou coxa. Cristiano, Nani e Quaresma não têm perfil de lideres;

7º Muitas lesões condicionaram o equilibrio da selecção Scolari (quando se é obrigado a convocar um Jorge Ribeiro está tudo dito sobre a qualidade das reservas);

8º Só temos 14/15 jogadores de alto nível internacional (com tendência a diminuirem no futuro)o resto são arremedos ou uma espécie de jogadores;

9º Não temos (há muitos anos) defesas esquerdos, extremos esquerdos (canhotos), nº 10 e pontas de lança. Só sabemos produzir centrais, trincos e extremos direitos. Depois do plano Queirós ficou o deserto completo nas selecções de jovens (o filho da puta do seleccionador dos sub-18 lembrou-se de não convocar o David Simão, de longe o melhor jogador da sua geração e o único que pode vir a ser o próximo nº 10 de Portugal);

10º - Aquela espécie de equipa q é a selecção de sub-21, pejada com gajos que não vão ter qualquer futuro como jogadores de futebol.

Por tudo isto, e apesar disto...Muito Obrigado Scolari!

 
At 11/23/2007 8:22 da manhã, Anonymous Jose said...

Ola mocada, da terra dos canguros (3 semanas de ferias, curtir o sol em Perth...)
Nao estou contente que os bifes nao se apraram. Estou "estatic"
Vivendo em Inglaterra, tou farto de gramar com estes arrogantes de merda
Nao ganham um cu, mas sao sempre os melhores
Estive de conversa com os Aussies amigos do meu cunhado. Estes ainda estao mais contentes doque eu que os bifes e lixaram (ja viram, e um sentimento mundial...)
Ja agora, nao confundir os adeptos escoceses com os camones..

 
At 11/23/2007 8:56 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Jose, não dá para montar um franchising aí com os aussies?
Já temos um directivo franchisado do mais alto coturno, é só chegar aí e montar a tenda.Passa a ideia que o Índio embarca já no próximo cavalo dos céus.:))

 
At 11/23/2007 3:21 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Posta muita boa.

E foi óptimo teres-te lembrado do Ericksson.

É que o homem é um daqueles de quem se pode dizer que o seu único defeito é ter trabalhado no Benfica. :))))

 

Enviar um comentário

<< Home