sábado, maio 24, 2008

Novelas

E pronto, acabou a novela sobre o novo treinador do Benfica. Quique Flores foi o escolhido, e já foi apresentado. Sobre o novo treinador, acho que o melhor será mesmo esperar para ver. Confesso que não é uma escolha que me deixe particularmente entusiasmado, já que outros nomes seriam mais do meu agrado. Não estou à espera que o futebol atractivo seja uma das imagens de marca do novo Benfica, mas a verdade é que neste momento estamos mais necessitados de resultados do que de futebol bonito. Mas quanto à nova equipa técnica, e a ser verdade, digo que me agradará muito ver regressar à Luz o Diamantino, um dos meus antigos ídolos como futebolista.

Agora podemos entrar em força na novela dos reforços. Passando os olhos pelos jornais de hoje, já dá para ver que um deles afirma que o novo treinador exige o Caneira e o Carlos Martins (na minha opinião o primeiro teria utilidade; o segundo seria um disparate), outro já dá como uma exigência do Quique o Albelda (o que para mim não tem pés nem cabeça), e outro ainda fala do francês Gouffran como possível reforço (e este sim, a ser verdade agradar-me-ia bastante). O que eu espero é que se faça um esforço para tentarmos integrar jogadores da formação no plantel principal. Se alguém tem prestado alguma atenção à qualificação para o Europeu de sub-19, onde estão cinco dos nossos jogadores, já deve ter reparado que a sua contribuição está a ser tudo menos discreta.

39 Comments:

At 5/24/2008 2:40 da tarde, Anonymous Filipe said...

Como já aqui escrevi, para mim, contrariar a classe do Quaresma, do Lucho e os 24 golos do Lisandro eu apostaria primeiro numa grande coesão defensiva. Nessa medida era essencial para mim um treinador mais táctico.

Olhando à distância a que ficámos dos rivais, é mais seguro para nós assumir que não temos uma equipa ao nível dos adversários(ainda que tenhamos) e apostar na maior segurança táctica.


Quanto aos sub 19, foram 5-1 no primeiro jogo e 3-1 no segundo. 8 golos, 7 marcados por jogadores do Benfica. Um deles ainda Juvenil(sub 17). Foram 5 jogadores do Benfica e poderiam ter sido 6 se Miguel Rosa não estivesse lesionado!

 
At 5/24/2008 3:43 da tarde, Blogger Passaralho said...

Está resolvida essa para agora.
E para já, o Quique Flores passou a ser o melhor treinador do mundo, para mim :):)
Também tenho esperança que a sua visão e postura mais tácticas e exigentes venham a dar frutos.
Agora é esperar para ver. E para ver também quem vamos ou não conseguir contratar.
A questão da malta nova é mais complicada do que parece... Neste momento é complicado lançar jovens no Benfica, mesmo que sejam foras-de-série, uma vez que não há um grupo, uma base, uma estrutura equilibrada e fundamentada que os suporte. Não é pior pô-los a rodar um ou dois anos noutras equipas onde possam ter mais tempo de jogo e ganhar experiência, sem lhes perder o rasto e os vínculos até se ter uma noção mais exacta do que vão ser e poder fazer...

Cumprimentos :)

 
At 5/24/2008 4:56 da tarde, Anonymous O Outro Ciclo said...

Agora é que é. Chegou um novo ciclo e ninguém mais vai gozar com o Glorioso.

Viva o Sport Lisboa e Benfica

 
At 5/24/2008 5:36 da tarde, Blogger Passaralho said...

Rais'.... :):):)

Nunca mais começa a nova época... ;;);)

 
At 5/24/2008 6:09 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Tambem gostava mais de outro treinador mas este foi a escolha este será o "meu" treinador. Olhando para trás o Quique é claramente um upgrade
em relação a escolhas mais recentes, e se existe sintonia entre ele e o Costa acerca de objectivos e o que ambos querem para o Benfica, melhor.
Se a esta conjunção, fizerem a triangulação com os adeptos (vitórias), melhor ainda.
Mas uma coisa é certa, vai ser preciso muito trabalho e humildade e não embandeirar em arco como se tudo fosse já certinho.Não! O Quique tem dois anos para fazer Flores.
Suerte chico!!

 
At 5/25/2008 1:36 da manhã, Anonymous Filipe said...

Porque é que falámos nos sub 19??? Foram eliminados :s... Os jogadores do Benfica não deixaram de dar nas vistas por causa disso :)

 
At 5/25/2008 2:13 da manhã, Blogger D'Arcy said...

A jogar na Hungria, contra a equipa da casa, e com o árbitro a mostrar sete amarelos e um vermelho à nossa equipa, não admira.

 
At 5/25/2008 2:22 da tarde, Anonymous Hattori Hanzo said...

Concordo com o teu post. Preferia também outro treinador. Contudo foi este escolhido, vamos portanto apoiá-lo.... e dar-lhe tempo para expôr as suas ideias. Não é pedir resultados logo ao princípio. Quanto a reforços não penso que precisemos de muitos, apenas na ala direita é que estamos verdadeiramente necessitados. É preciso essencialmente é dar tempo ao tempo (e não deixar o vieira abrir a boca).

 
At 5/27/2008 1:11 da manhã, Anonymous Filipe said...

Esta insistência toda com trincos...primeiro o Yebda, agora o Albelda.... estão a preparar a saída do Katso!

 
At 5/27/2008 8:00 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Nem mais Filipe, parecemos as Chaves do Areeiro!
E atenção o Quique foi falar com o Camacho, preparem-se para o pior!!:)

 
At 5/27/2008 9:55 da manhã, Anonymous Americano said...

"E atenção o Quique foi falar com o Camacho, preparem-se para o pior!!:)"

Só de pensar nisso já fiquei mal disposto...

 
At 5/27/2008 10:12 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Acho perfeitamente natural, e até louvável que o Quique tenha ido falar com o Camacho. Neste momento ele deve tentar recolher o máximo de informação possível sobre o plantel. E eu continuo convencido que o Camacho foi o menos culpado do que se passou. Muito mais culpa tiveram os próprios jogadores, o que aliás se viu quando conseguiram fazer ainda pior após a saída do espanhol.

Quanto à questão dos trincos, também me parece que estarão a preparar a saída do Katsouranis. Embora o Yebda não seja exactamente um trinco, e deve ser visto mais como uma alternativa ao Pereira.

 
At 5/27/2008 10:16 da manhã, Anonymous Americano said...

"E eu continuo convencido que o Camacho foi o menos culpado do que se passou. Muito mais culpa tiveram os próprios jogadores, o que aliás se viu quando conseguiram fazer ainda pior após a saída do espanhol."

Pois eu não, e sempre entendi que se uns jogadores jogam mal constantemente, deve-se tirá-los e pôr outros a jogar. Mas por exemplo Di Maria e o Bynia poucas vezes foram apostas a titulares, já para não falar na vergonhosa gestão de Adu, logo o(s) treinador(es) tiveram culpa e não foi pouca.
Espero que o Quique tenha falado com ele apenas para descobrir tudo o que NÃO deve fazer.

 
At 5/27/2008 10:36 da manhã, Anonymous Johnny Rook said...

Não sei se a novela acabou!

Quique noutras circunstâncias agradar-me-ia muito! É jovem, ambicioso e inteligente!

Mas o problema do Benfica não é de treinadores. Com o plantel que temos, o dinheiro que não temos e com o presidente que temos, não ha treinador que consiga o que quer que seja.

Este plantel precisa de uma razia completa. Seis ou sete jogadores para mandar embora, 2 ou 3 para vender.

Os que são para vender nunca renderão mais do que 20M euros. Curto , muito curto! Sendo que a próxima época já levou um enorme rombo orçamental.

Não vai haver apostas em jovens, vão-se comprar jogadores impensaveis (J.Ribeiro e C. Martins).

Eu não acredito na próxima época! Se me enganar...óptimo!Por isso, quem é o treinador pouco me importa!

 
At 5/27/2008 11:02 da manhã, Anonymous Americano said...

Johnny discordo completamente, este plantel (e as nossas camadas jovens) tem qualidade, só precisa de 3/4 reforços (LD, MD e AV). Vende-se ou empreste-se 6/7 que não prestam mesmo, contrate-se 3 jogadores, e promovam-se 3/4 putos, e facilmente se chega aos 25.

É que mesmo neste momento, contando apenas com os que já temos, podemos ter o seguinte 11:
Quim/Nélson/Luisão/David Luiz/Leo
Petit/Katsouranis/Amorim
Di Maria/Cardozo/Adu

Fraco? Tomara o Paulo Bento ter um 11 destes na mão, com bem pior limpou 2 competições aos corruptos.

 
At 5/27/2008 11:43 da manhã, Anonymous Filipe said...

Eu também acho que precisamos de poucas compras. O problema é que para ficarmos mais fortes que o foculporto, essas poucas compras têm de ser de enorme qualidade.

Acho que se devia apostar no mínimo em mais um grande central, um lateral direito mais forte defensivamente. E alguém que substituisse o Rui, mas que conseguisse não descurar o trabalho defensivo.

Em relação aos avançados, se não houvesse dinheiro, eu ficaria com os que estão e apostava na evolução dos jovens Di Maria e Adu.

 
At 5/27/2008 2:38 da tarde, Blogger Passaralho said...

O que nos falta não é plantel. O do porto não é assim tããããooo melhor que o nosso. Tudo bem, precisa de um ou dois ajustes, dependendo também de quem saia, e à parte desses, a prata da casa preenche bem o que sobrar.

O que nos faz falta é humildade, organização, balneário unido e fechado, e vontade de vencer. E trabalhar para isso!

Cumprimentos

 
At 5/27/2008 3:07 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Concordo com o Americano e o Passaralho, o que nos falta é competência e muito trabalho. Ah! e amarrar o Vieira à quilha do catamarã no Seixal!!:)

Se o Quique foi aprender o mantra "Hay que salir a gañar" bem pode tirar o cavalinho da chuva que a rapaziada já não vai nessas conversas.

 
At 5/27/2008 3:15 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Acho que o Camacho já disse ao Quique qual é o principal problema na equipa do Benfica, chama-se Luis Filipe.....Vieira!!

 
At 5/27/2008 3:34 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Atenção!Afinal o que o Camacho disse ao Quique tem a ver com a tal "titularidade gratuita"...estão a ver quem não é? Pois...O gordo até afirmou que o Benfica tem um bom modelo...publicitário. :)

 
At 5/27/2008 3:35 da tarde, Anonymous filipe said...

:D

 
At 5/27/2008 4:32 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Por outro lado estou a dar uma certa atenção ao que acontece com os nossos vizinhos lagartos, não porque me preocupe com a sua saúde mas porque começa a despontar um pouco o que penso que será (para o bem ou para o mal)uma tendência futura no futebol português.Todos sabemos que eles são uns tesos mitómanos que já venderam quase todos os anéis e não fora um benfiquista (P.Bento) de cepa e escola antiga a dar-lhes uma mãozinha, o mais certo era andarem pela enésima vez a pôr fumos na lapela e a desancar os àrbitros. No entanto, e como a necessidade aguça o engenhoe convem malhar enquanto o ferro está quente, o Fra(n)co tirou da gaveta um mais que previsivel "novo" projecto que visa, no espaço de cinco anos, abrir a maioria do capital da Sad a accionistas privados de referência.
Vendo a envolvente do futebol português em que as empresas apostam cada vez menos, com as receitas televisivas hipotecadas por muitos anos e as restantes receitas de quotização insuficientes para tapar todos os custos mais a divida galopante aos bancos e ainda com a obrigação de satizfazer uma massa associativa (?)irrealista e calimera, a única solução parece ser o clube abrir mão da blindagem da Sad.
É claro que para isso necessitam da aprovação dos sócios, para isso (e como em momentos anteriores) já começou a entrar em acção uma poderosa máquina de convencimento e manipulação, composta pelos media do costume, Tv's e jornais.
Se este projecto passar e fôr avante, muita coisa mudará no futebol português pois não acredito que outras sad's não lhe sigam o caminho, umas por necessidade outras nem tanto. Será curioso ver as movimentações.

 
At 5/28/2008 11:57 da manhã, Anonymous starblade said...

"Todos sabemos que eles são uns tesos mitómanos que já venderam quase todos os anéis"

E mesmo assim ganham mais troféus que nós. E acabam sistematicamente à nossa frente. E ainda são mal geridos pelo Drunk. Isto diz mais da péssima gestão do cabrão do orelhas, que nem consegue fazer frente a estes viscondes tesos.

 
At 5/28/2008 3:47 da tarde, Anonymous Americano said...

Makukula, shut up and learn:

"«Ainda sou muito jovem, mas o meu sonho é jogar mais no Benfica. Na primeira época o mais importante foi aprender o máximo durante os treinos. Agora, o meu desejo é jogar com mais regularidade», afirmou Adu, em declarações à imprensa local."

É bom saber que tem tanto de humilde como de bom jogador, só espero que não seja prejudicado por isso...

 
At 5/28/2008 6:53 da tarde, Anonymous Filipe said...

Esses comentários do Adu, também servem para o Coentrão, que não teve inteligência suficiente para perceber que o seu empréstimo, é só para o bem dele, para poder evoluir jogando mais. Não foi por não acreditarem no seu valor!

 
At 5/29/2008 9:48 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

Zé Gato, Ruço, Humberto e Messias, Malta da Costa ; R Rodrigues, Néné,Eusébio, Simões, Artur Jorge e Jordão.

O resto é conversa! :)

 
At 5/29/2008 9:53 da manhã, Anonymous Indio Nelson said...

...só mais um pequeno pormenor, irrelevante, mas o seu a seu dono, o Presidente era um tal de ...Borges Coutinho.

 
At 5/29/2008 10:03 da manhã, Anonymous Índio Nelson said...

Errata- o Malta é da Silva não da Costa.

 
At 5/29/2008 12:02 da tarde, Anonymous Filipe said...

Isso é um onze inicial Indio? São só avançados..

R rodrigues?!
Eclarece-me :)

 
At 5/29/2008 1:18 da tarde, Blogger Frederico said...

É bom recordar a miséria de há cinco anos atrás...dá para fazer 4 Grande equipas!!! Meu Deus, por onde andámos nós...

Bossio, Dudic, Tahar, Ronaldo, El Hadrioui, Thomas, Chano, Luis Carlos, Taument, André e Tote.

Nuno Santos, Okunowo, Sérgio Nunes, Sérgio Soares, Rojas, Marco Freitas, Peixe, Dani, Escalona, Mawete e Porfírio.

Zack Thornton, Gary Charles, King, Paredao, Pesaresi, Éder, Uribe, Machairidis, Cabral, Cadete e Pepa

Toni,Cristiano, Toni, Diogo Luis, Harkness, Paulo Almeida, Fernando Aguiar, George Jardel, Toy, Karadas

 
At 5/29/2008 2:53 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Sim, Filipe é um onze inicial, o Benfica era uma equipa de ataque, esta era uma formação de 72/73, período Hagan.
Rui Rodrigues, grande jogador injustamente "esquecido",jogava no meio-campo, que classe, a jogar parecia o Shéu, veio da Académica para o Benfica,assim como o Artur Jorge, o Toni e antes acho que o M.Wilson.

Vai a http://equipasdobenfica.blogspot.com/

 
At 5/29/2008 3:19 da tarde, Anonymous Indio Nelson said...

Disseram-me agora que o R Rodrigues era defesa, eu iria jurar que pelas cada vez mais distantes memórias que tenho, que me lembro de o ver jogar ali a médio defensivo à frente da defesa, mas isso pouco importa, foi um Graande Jogador!!

 
At 5/29/2008 3:24 da tarde, Anonymous Johnny Rook said...

Posso?

Rui Rodrigues era defesa central, embora, como tinha uns pezinhos de ouro e uma inteligência acima da média, pudesse jogar no meio campo. Nos anos do Hagan o SLB chegava a dar 12 e 13 jogadores à selecção. O que quer dizer q até os suplentes iam!

Acrescente-se ainda Adolfo, Vitor Martins e mais tarde Toni e Vitor Batista.

 
At 5/29/2008 4:06 da tarde, Anonymous Filipe said...

Não sou desse tempo, mas estranho a equipa, dado que até na década de 60, jogávamos com dois homens no meio campo e 4 no ataque. Nesse onze tens 5 avançados e 4 deles(Jordão, Eusébio, Néné e Artur Jorge) são pontas de lança! É no mínimo curioso!:D Mas pronto, tendo na defesa um Humberto e um Artur Correia devia ser o suficiente para não me espantar tanto!:D

 
At 5/29/2008 4:07 da tarde, Anonymous Filipe said...

O Vitor Batista e o Toni não estavam já no Benfica em 72/73?

 
At 5/29/2008 4:45 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Nené começou a carreira como médio ala/extremo direito. Era onde jogava com o Hagan, e só mais tarde foi convertido em ponta-de-lança.

 
At 5/29/2008 7:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É isso Johnny, tinha a impressão/memória de vê-lo jogar ali à frente da defesa e pelos vistos não me enganei, até porque esta equipa tinha o Messias mais o Humberto, logo o R Rodrigues tinha que estar mais à frente. Xiça o garoupa pá, ganda jogador!!

O Toni já fazia parte da equipa o Vitor "O Maior" baptista acho que chega depois, após a saída do Jordão. Quando ele marca aquele golaço e perde o brinco eu estava mesmo atrás da baliza do Sporting. Tinha tanto de maluco como de grande jogador.

Pois era o Néné era veloz como o vento e acho que chegou a jogar com o Moinhos (que não era menos veloz) na outra ala.Aquilo era uma máquina , perdão um TGV!

 
At 5/29/2008 8:54 da tarde, Anonymous starblade said...

Coitado do Nené. Era Maria Amélia, mas matava-nos a fome muitas vezes.

Quem aqui se lembra dos 3 golos do Nené a 3 passes de Shéu na dobradinha de 80/81?

Já para não falar no golo à Roménia que nos meteu nas 1/2 em França?

Por isso eu digo: Eu ví o verdadeiro Benfica e não me conformo com o benfiquinha, e acima de tudo, com a passividade de quem aceita toda esta mediocridade e ainda pede mais...

 
At 5/29/2008 9:52 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Dos da dobradinha não me lembro , mas o do Europeu lembro-me pq aquilo não atava nem destava e eu estava sempre a dizer "Eh pá metam o Néné, caraças!!" e assim foi, quase no fim entra o Néné e no primeiro pontapé que dá na bola, GOLO! Ia sendo "despedido" de um restaurante onde na altura estava a jantar, tal a folia.
Era um jogador do caraças, com uma intuição,inteligência e frieza acima do normal.
Havia um jogador mais recente do Man United que me fazia lembrar o Néné, o babyface Ole Gunnar Solskajer. Eram muito iguais na intuição, inteligência e no oportunismo.Um descuido de um defesa e uma falha de atenção e não perdoava e era capaz de andar um jogo na "clandestinidade", ninguem dava por ele, de repente em 10/15 minutos marcava 2 ou três. Era fenomenal.

 

Enviar um comentário

<< Home