sábado, dezembro 13, 2008

Lotaria

Confesso que só escrevo este post por deferência a quem está à espera dele, porque a verdade é que não me apetece mesmo nada estar agora a escrever sobre o jogo desta noite. Custa-me perder assim; detesto a lotaria dos penáltis, e nesta Taça já tínhamos passado uma eliminatória desta maneira, por isso tinha a sensação de que a vitória não nos sorriria uma segunda vez.

O jogo, sendo frente ao segundo classificado da Liga, foi levado a sério. Jogou a mesma equipa que tinha derrotado o Marítimo, com apenas a alteração na baliza, para onde entrou o Moretto. Os primeiros minutos mostraram logo que o jogo seria bastante disputado de parte a parte, com bastante intensidade e muita luta no meio campo. Aliás, foi quase uma constante ver-se a bola andar muito afastada das balizas, já que foram poucas as oportunidades de golo para qualquer uma das equipas. A maior de todas surgiu na sequência de um canto, em que o Sídnei conseguiu acertar no guarda-redes a poucos metros da linha de golo (mérito também para os reflexos dele). A primeira parte foi quase sempre jogada da mesma forma, com as equipas a alternarem períodos de ligeiro ascendente, mas com muitos passes errados a não permitirem que mantivessem a posse de bola durante muito tempo. No fundo, era um jogo muito bem disputado, mas relativamente mal jogado. O maior factor de diversão para mim foi ver os sucessivos mergulhos do Wesley, todos eles recompensados com uma saudação de apito. Parece-me que o mergulhador-mor do Lumiar tem ali um concorrente à altura, embora a técnica do Wesley seja muito menos refinada. O nulo com que chegámos ao intervalo justificava-se pois plenamente.

A segunda parte foi algo diferente. O Benfica conseguiu assumir com alguma consistência o controlo do jogo, empurrando o Leixões para dentro do seu meio campo, sende que eles só respondiam a espaços através de lançamentos compridos, e iam conseguindo respirar um pouco de cada vez que o Wesley, com a elegância de um paquiderme, tombava sobre o relvado. Este ascendente do Benfica durou uma boa parte do segundo tempo, até que o Quique substituiu o Aimar pelo Nuno Gomes, sendo que a partir daqui voltámos a cair na tendência da primeira parte. O Aimar não fez um bom jogo, até porque o terreno pesado como estava não parecia favorecê-lo grandemente. Mas o seu posicionamento e movimentação nas costas do Suazo criava problemas de marcação ao meio campo do Leixões, e dava-nos mais opções de passe. O Nuno Gomes foi jogar de uma forma diferente, mais encostado ao Suazo e fixo na frente, e isso afectou negativamente o nosso jogo. Para além disso, à medida que nos aproximámos do final do jogo, as duas equipas pareceram começar a temer mais sofrer um golo nessa altura, e portanto começaram a arriscar muito menos, pelo que a dez minutos do final já se adivinhava o prolongamento, que inevitavelmente aconteceu mesmo.

Este prolongamento para mim resumiu-se a ver trinta minutos escoarem-se sem que nenhuma das equipas decidisse arriscar grandemente na procura do golo, parecendo ambas continuarem na mesma disposiçaõ com que tinham terminado a segunda parte. Ou seja, muito medo de sofrerem um golo, e isto a parecer condicionar a forma como jogavam. O prolongamento foi mesmo o período mais penoso de ver da partida, e apesar de eu suspirar para que não fôssemos para penáltis, isso acabou mesmo por acontecer. Nestes, o Moretto decidiu escolher sempre o mesmo lado para se atirar, mas quando ele quase defende o quinto do Leixões e a bola acaba mesmo por entrar, fiquei logo com um mau pressentimento. Não foi preciso esperar muito, porque logo a seguir o Reyes marca o seu penálti pouco colocado e estávamos fora da Taça.

O melhor jogador do Benfica, julgo que indiscutivelmente, terá sido o Luisão, já que pouco ou nada passou por ele. Aliás, o Moretto teve uma noite tranquilíssima durante os cento e vinte minutos de jogo (acho que só teve que fazer uma defesa digna desse nome) muito por culpa do Luisão. O Maxi também esteve num nível bastante aceitável, embora a sua preponderância tenha diminuido à medida que os minutos se lhe iam acumulando nas pernas. Quanto ao pior, pareceu-me que o Suazo teve um jogo abaixo do seu normal, sendo no entanto de considerar que não foi servido muitas vezes em condições.

Se a eliminação da UEFA já me tinha custado, a eliminação da Taça, ainda por cima desta forma, custou-me muito mais. Estou simplesmente irritado e desiludido com o resultado. A verdade é que até gostaria de encontrar um motivo concreto para embirrar com a equipa pelo que se passou esta noite, pelo menos para descarregar esta irritação, mas a verdade é que não consigo. Acho que não houve falta de atitude ou de vontade em vencer, apenas apanhámos pela frente um adversário difícil, num terreno igualmente difícil, e as coisas nem sempre correram pelo melhor. Mas mesmo quando isso aconteceu, nunca deixámos de jogar como uma equipa, nunca baixámos os braços, e nunca deixámos de lutar. Se calhar é por isso que esta eliminação me custou tanto: é que olhando para o que se passou durante todo o jogo, fico com a sensação de que se alguém merecia vencer, éramos nós.

22 Comments:

At 12/14/2008 1:45 da manhã, Anonymous JFilipe said...

Para mim o ponto de viragem não foi a saída do Aimar, foi o cartão ao Binya, a partir daí parece que toda a equipa sentiu que não podia avançar tanto. Cartão que diga-se de passagem não percebi. Foi uma falta banalíssima.

O Leixões parece-me ter perdido o gás. Basta ver o sufoco que foi o jogo para o campeonato face à relativa tranquilidade deste. Continuam no entanto a ter uma defesa razoável.

 
At 12/14/2008 9:09 da manhã, Anonymous Filipe said...

O teu útimo parágrafo do post, explicam o meu sentimento oposto ou teu, ou seja, como sinto que não houve falta de querer ou atitude por parte dos jogadores, a derrota não me custa tanto. Os adversários tb são sérios, tb querem ganhar...marcaram mais um penalti que nós, paciência...passam eles!

 
At 12/14/2008 9:56 da manhã, Anonymous Índio Ruço said...

É evidente que a saída do Aimar influenciou o resto da partida. O Quique já chegou à letra K da sua videoteca mas é notório que ainda não chegou à letra N. O NGomes não é jogador para aquele tipo de jogo (sêlo-à para algum?) e o Cardozo seria o jogador ideal para fazer dupla com o Suazo (este nunca deveria ter saído). Esteve mal o numerário nas substituições e já não é a primeira vez. Mas não foi por aí que perdemos. Parabens ao Leixões.

Apesar (ou por causa?) da indiferença renovo os parabens ao blog.

 
At 12/14/2008 3:37 da tarde, Anonymous Hattori Hanzo said...

Também fiquei desapontado por não termos passado. Acho que apesar de tudo fizemos o suficiente para passar, e os jogadores mostraram que o queriam fazer. Tivemos algum azar. Acho que de facto o problema foram as substituições em conjunto com o amarelo ao binya (e como o indio o diz já não é a 1ª vez que as substituições saem mal ao nosso treinador).

PS - é de mim ou agora nos jogos do Benfica os árbitros só se lembram dos amarelos para um lado (Expliquem-me como Vasco Fernades e Wesley acabaram o jogo sem sequer um amarelo) se não se importarem.

 
At 12/14/2008 3:42 da tarde, Anonymous Redhawk said...

"Obrigado" Benquerança por nos teres posto a pensar somente no campeonato.
No entanto uma duvida me assola (embora concordando com os restantes comentários): se o boi preto tem marcado um dos penaltys (já dou de barato a suposta mão do gonçalves), um deles que seriam dois (!!), mão na bola e agarrão á perna do nuno qd ele se preparava para virar, e se fosse convertido gostava de ver certos paineleiros falarem esta semana de apitos...
Como tal não aconteceu (mais uma vez com o benquerença)resta desejar ao leixões parabéns pela lotaria, porque nos 120 parece-me inquestionável quem fez mais por merecer.

 
At 12/14/2008 4:55 da tarde, Anonymous 1benfiquista na Inbicta said...

D'Arcy

Espero ansiosamente o teu comentário e partilho-o (referindo a fonte) com uma série de benfiquistas e mesmo adeptos do clube regional.

Não o deixes de fazer!

Quanto ao jogo, não consigo tb encontrar um bode expiatório para explicar a eliminação. O Balboa n jogou mal, o Aimar tem sp a minha admiração porque sei o que pode valer e do NG não espero nc nada.

Fica apenas a ideia que temos a obrigação de ganhar ao Leixões. Somos mais fortes, temos mais recursos, temos outros objectivos...somos do BENFICA

Objectivamente já saímos de 2 competições e estamos em Dez ainda. Focus no campeonato agora...

Os juniores perderam com o Nacional da Madeira. Porque será que a gestão do foot jovem do SLB não me convence de todo?

Saudações benfiquistas

 
At 12/15/2008 1:39 da manhã, Blogger Gloriosasfera said...

A nova versão da Gloriosasfera apresenta mais de 150 blogs sobre o Glorioso Benfica listados por actualização e por ordem alfabética.
Foram ainda introduzidas diversas fontes de informação sobre o Benfica com actualização automática.

gloriosasfera.blogspot.com

porque os blogs sobre o Benfica são um património Glorioso.

Viva o Benfica

 
At 12/15/2008 10:34 da manhã, Blogger joemorales said...

Pois é, esta semana ando eu com azia. Realmente custou ser eliminado e pior é recordar isso na segunda feira seguinte.

Pelo que jogamos também sou da opinião que merecíamos ganhar o jogo. Na primeira parte o Maxi foi claramente a nossa melhor unidade, só com o Binya a acompanhar. Foi uma primeira parte em que poderíamos ter acelerado mais e talvez a sorte nos tivesse sorrido. Na segunda metade, todos subiram de rendimento e o Maxi desceu até se apagar completamente e o Aimar é substituído na sua melhor fase pelo capitão. A mim pareceu-me um erro e foi o que se revelou.

Depois do mais que certo afastamento da UEFA não estava nada à espera da eliminação da Taça de Portugal. Este ano já sonhava com a dobradinha. Espero que o campeonato vá resistindo.

O Moretto nem um penalti, fiquei desiludido mais uma vez. É certo que nos 120 min mal tocou na bola e nem deu para ver em que forma ele se encontra, talvez naquele lance em que agarra a bola à 2ª. Mas esperava mais nos penaltis. 1m90 (ou mais) tem que agarrar pelo menos1...

 
At 12/15/2008 6:34 da tarde, Anonymous Índio Ruço said...

A culpa deste resultado é nitidamente do Orelhas. Perguntem-se aonde foi ele quando a equipa mais precisava, aquando das penalidades? Pirou-se da tribuna presidencial.

Benfiquistas isto revela bem o estado de desapego e desamor que o Orelhas nutre pelo Benfica.

Querem fazer dele um mártir mas mártir só há um o de Gaia e mais nenhum.

Pior do que isto só um blog com os comentarios moderados, não vá a secreta do Vieira ver opiniões fora do padrão servil habitual.

 
At 12/15/2008 11:55 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Sabes muito bem porque é que os comentários estão moderados.

 
At 12/16/2008 12:42 da manhã, Blogger joemorales said...

Pior que isso é ver um Benfiquista a insultar o seu presidente. Todos têm direito à sua opinião e de certeza que o L.F. Vieira não é adorado por todos, mas orelhas é o que os outros chamam, não os nossos.

Caro Índio, também deves ser daqueles que vai ao estádio assobiar, ou nem metes lá os pés mas vais para o tasco dizer mal de todos e mais alguns que equipem de encarnado? Só para ser chamado de Benfiquista com quem se pode falar.

 
At 12/16/2008 9:11 da manhã, Anonymous Índio Ruço said...

Oh! que cabeça a minha...
esqueci-me que a razão porque existe moderação de comentários é(segundo as tuas ultimas palavras sobre o assunto)o facto de ele aumentar a qualidade dos mesmos. Serependity.
Só que conforme se pode ver pelo comentario acima, isso é muito duvidoso.

Joe, a parte mais pertinente do teu comentario merece o seguinte reparo: .....................!

Para rematar tenho a dizer que tudo o que eu quis na vida foi ser filantropo, como a fortuna não me deixou, limito-me a ser um reles e miserável misantropo, não só porque rima com filantropo (e numa apresentação social rápida pode levar alguns ao engano) mas essencialmente porque me vi despido dos utensilios sociais básicos para poder conviver saudavelmente com o resto da mole humana. Agora, todo eu sou espirito e renuncia.Manitu é o Caminho!!

 
At 12/16/2008 12:25 da tarde, Anonymous Índio Ruço said...

O Orelhas como se esperava (e como aqui foi largamente preconizado por mim e alguns poucos mais nos idos de Verão) vem, ao primeiro vislumbre de falhanço da época, fugir com o rabinho à seringa, pondo-se de lado a "exigir o retorno do investimento".
O que ele quer dizer é, "eh pá, se isto der para o torto, a minha responsabilidade é tão somente a de lhes ter proporcionado o guito para a equipa, ouviram? Não confundam as coisas é que estamos em ano de eleições, fónix..."
Ainda por cima no discurso de Natal. Leio e fico espantado. Que líder!!!

Costa, a facada que custa mais é só a primeira, o resto é sempre a aviar!!

 
At 12/16/2008 5:47 da tarde, Anonymous Índio Ruço said...

Acho que o Benfica devia contratar o
Muntazer al-Zaidi no mercado de inverno.O gajo tem um "chanato" do caraças!!

 
At 12/16/2008 7:06 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Os penaltis são uma coisa engraçada quando uma das equipas é o Benfica e o Benfica perde. :):):):)

Aliás, é engraçado sempre que o Benfica perde :):):):)

 
At 12/16/2008 7:10 da tarde, Anonymous Índio Ruço said...

Para quem gosta de futebol e não só da sua equipa, o que está a acontecer com o E.Amadora é vergonhoso. O encolher de ombros das principais entidades FPF, Liga, Governo, principais jogadores das principais equipas, principais clubes, etc...e tambem a maior parte dos adeptos. O alheamento é total.
De repente um punhado de jogadores de valor mediano e com alguma ambição vêem-se a braços com uma decisão que pode mudar o futebol português e muito mais importante do que isso as próprias vidas, já que no sistema vigente jogador que tome uma atitude destas poderá ter o seu futuro em risco já que estará banido dos principais clubes.É uma lei não escrita do nosso futebolzinho.Eles estão sós e ninguem parece se importar.
Para mim são uns bravos.

Desde que a nossa equipa não seja prejudicada, que o próximo árbitro não seja o tal, que o treinador ponha a equipa a jogar no sistema táctico adequado e que ganhemos todos os jogos por 10 a zero, eu gosto de futebol, adoro o futebol.

 
At 12/16/2008 10:30 da tarde, Blogger joemorales said...

Bem, dizes meias coisas e coisas sem nada.

 
At 12/17/2008 11:16 da manhã, Anonymous Índio Ruço said...

Joe, cada um vê nos outros aquilo que se lhe assemelha.
Segue Manitu, vê a Luz.

 
At 12/17/2008 8:29 da tarde, Blogger Harry Lime said...

Então e voces vão ver os Metalistas? :):):):)

 
At 12/18/2008 10:58 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Aparentemente, a estratégia de internacionalização da marca Benfica está a dar frutos. Eis a prova:


http://www.youtube.com/watch?v=QbFgj87p9LY&feature=channel_page

Até o Chow Yun Fat analisa (com particular agudeza) a situação benfiquista.

 
At 12/18/2008 1:04 da tarde, Blogger D'Arcy said...

Não consigo levar o Chow Yun Fat a sério se ele não tiver uma pistola em cada mão, e não estiver a mover-se em super slow-motion.

 
At 12/18/2008 8:47 da tarde, Anonymous XauXauTaçaUefa said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Enviar um comentário

<< Home