quinta-feira, julho 17, 2008

Aimar

Custou, mas foi. A novela durou tempo a mais, já andávamos todos fartos de ver diariamente as capas dos jornais dizerem que ele já vinha a caminho, mas desta vez as coisas acabaram de forma satisfatória para nós. Confirmou-se a contratação do médio argentino, e o nosso novo director desportivo só pode mesmo sair bem na fotografia neste caso, sobretudo em comparação com um passado mais recente.

Não sei que Aimar é que vamos ter, mas que pelo menos ele é, potencialmente, um jogador claramente acima da média da Liga portuguesa, é, e é também a primeira contratação para a nova época que eu posso confessar que me entusiasma verdadeiramente. Parabéns ao Rui Costa pela paciência e perseverança na defesa dos interesses do Benfica em toda esta história, e em particular pela acção decisiva que terá tomado ao saber da existência de 'interferências' de terceiros (sejam lá quem forem) neste negócio.

53 Comments:

At 7/17/2008 9:34 da manhã, Anonymous Americano said...

Há uns anos foi um dos melhores nº10 do futebol europeu, o ano passado teve mais lesões musculares que golos marcados. É uma contratação de risco, que eu não aprovo, mas reconheço que se voltar o "velho" Aimar, será certamente o melhor jogador da nossa Liga.
No entanto parabéns ao Rui pela vitória nesta novela.

 
At 7/17/2008 9:51 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Ele o ano passado teve uma pubalgia, à qual foi operado em Janeiro e que o deixou afastado durante mais de dois meses. Não é propriamente uma lesão muscular. Acabou por fazer vinte e dois jogos na liga espanhola, pelo que não me parece correcto estares a dar uma imagem de que ele é um jogador que passa a vida lesionado, ou com um historial de lesões crónicas

 
At 7/17/2008 10:02 da manhã, Blogger Passaralho said...

Boas! :)

Parabéns ao Rui Costa pelo final feliz desta "novela", para o qual o seu empenho foi decisivo.

Reiterava era o pedido de alguma contenção informativa, ter muito cuidado nas relações com a imprensa e com os bufos, para de futuro se poder trabalhar com outras condições, pelo menos com menos "ruido".

Sr LFV, por favor faça o trabalho de casa bem feito antes de ir à RTP logo, sim?...

Boa sorte, Aimar. Força Rui.

Cumprimentos

 
At 7/17/2008 10:31 da manhã, Anonymous Americano said...

D'Arcy eu disse que ele tem um historial de lesões crónicas ou que ele teve mais lesões o ano passado que golos marcados? Disse alguma mentira?
Que mania de querer que toda a gente alinhe pela mesma onda de euforia!

 
At 7/17/2008 11:34 da manhã, Blogger Passaralho said...

Ah!

E ainda bem que já comecei a "engolir" o que disse num comentário "Céptico" aqui há uns dias!
Uma das previsões era o Aimar não vir, ainda bem que se provou que me engane, como pedia nesse mesmo comentário!

Cumprimentos,

 
At 7/17/2008 11:57 da manhã, Anonymous JFilipe said...

O Aimar tem mais de 50 internacionalizações pela Argentina. Foi uma pechincha, embora agora pareça que o Coentrão está envolvido no negócio. Espero é que seja só empréstimo e sem cláusula de compra como se tinha no negócio com os holandeses.

Entretanto, a FPF disse já ter sido informada do recurso do Boavista aos tribunais civis. Vamos ver o que aí vem.

 
At 7/17/2008 12:01 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Normal Passaralho chegou a ser um pouco desesperante, mas se virmos bem o mesmo acontece com a novela Ronaldo, com a novela Quaresma acabou de acontecer com o Ronaldinho,etc...tudo clubes com capacidade muito superior à do Benfica,cada vez mais o mercado de transferências requer paciência e nervos de aço.Mas ainda não acabou...ainda faltam mais fichajes.

espero que o Vieira hoje à noite esteja bem e não se estique muito,acredito que assim seja porque eu não resisti a enviar-lhe uma carta só com uma frase:

SEI O QUE FIZESTE NO VERÃO PASSADO

 
At 7/17/2008 12:03 da tarde, Blogger D'Arcy said...

O Coentrão, pelo que sei, vai por empréstimo e sem cláusula de opção.

Americano: O Aimar o ano passado não marcou nenhum golo. Portanto o que disseste é uma verdade de La Palisse, já que bastava uma unha encravada para que fosse verdadeira. Ninguém te obriga a ficares eufórico, mas porque é que tens que vir falar de lesões nesta altura?

 
At 7/17/2008 12:27 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Essa do Coentrão (sem cláusula) deixa-me mais sossegado, é que o puto é bom jogador só precisa de mais maturidade e jogar mais, espero que o consiga no Zaragoza.

Tambem não discordo que se emprestem os miúdos mais prometedores desde que tenham sido bem avaliados e a sua dispensa tenha o propósito de os fazer evoluir e não tenha sido mais um lavar de mãos.

 
At 7/17/2008 12:41 da tarde, Anonymous Filipe said...

Acho que o Benfica tem estado muito mal. Andar a contratar jogadores que o Porto está interessado só para fazer pirraça, penso que não se faz.
Começou no Carvalhas, depois no Balboa, depois o Carlos Martins, agora é o Aimar. Parem lá de desviar jogadores, deixem o PC contratar os jogadores que pretende em paz...

 
At 7/17/2008 12:50 da tarde, Anonymous JFilipe said...

O maisfutebol diz que o empréstimo tem opção de compra no final da época.

Mas se o Fábio pode vir a ser um jogador interessante, a grande promessa parece ser o Nelson Oliveira (tem 16 anos). Alguém aqui já o viu jogar?

 
At 7/17/2008 1:51 da tarde, Anonymous Filipe said...

Não vi, mas um jogador que com 16 anos, é convocado para os sub-19, é titular e marca golos é obra!O André Carvalhas pode ser bom, juntamente com os jogadores emprestados ao Aves, mas as maiores promessas de craques são o Nelson Oliveira e o Lassana Camará. Diz quem os viu jogar...

 
At 7/17/2008 1:55 da tarde, Anonymous Americano said...

Filipe, então imagina um que aos 14 anos faz um hat-trick num mundial sub-17, e que depois aos 17 faz um hat-trick num Mundial sub-20 :)))))))))))))))

 
At 7/17/2008 2:03 da tarde, Anonymous Filipe said...

Ahahaha, o nosso Adu :D Há de lá chegar também...

 
At 7/17/2008 7:19 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

O que mais me impressionou quando vi as imagens da chegada do Aimar e do Costa foi o magnifico cavalo dos céus que estava em fundo.Se o Benfica quiser ter um marketing agressivo na recolha de novos sócios aproveitando a vinda do Aimar pq não fazer uma promoção com sorteio de umas "voltinhas" com as cheerleaders como hospedeiras de bordo a cada novo sócio aderente?
É só uma ideia...

Tambem não era má ideia construirem uma estação TGV no Estadio da Luz, não só devido à florescente comunidad de nuestros hermanos mas tambem porque se nosotros seguimos roubados como até ahora queremos jugar em la Liga Espanhola.Coño.

 
At 7/17/2008 10:18 da tarde, Blogger Passaralho said...

Estou admirado! :)

As minhas "previsões" estão a sair ao contrário até agora. :) FELIZMENTE!

Estive a ouvir o sr LFV e desta vez ele fez bem o trabalho de casa! Nem o hum, hum, hum lá apareceu nem nada!
Talvez tenha falado um bocado a mais em relação a alguns temas/pessoas, mas por outro lado, se é como ele diz, quem não deve não teme!

Cumprimentos,

 
At 7/18/2008 10:28 da manhã, Anonymous Índio Nelson said...

O Vieira esteve bem, embora um pouco tímido de início (impressão minha)e tambem um pouco confuso na questão do protesto do Benfica na UEFA.
Com o decorrer do jogo foi acertando as posições e começou a jogar num esquema claramente ofensivo
tendo obtido alguns golos com jogadas bem delineadas. No fim e com o resultado assegurado remeteu-se à defesa (questão interna, gestão do futebol)gerindo a posse de bola à espera do apito final.

Para mim a melhor jogada foi esta:

“Em Portugal para ter razão é preciso ganhar".

É uma frase com peso literário.
Queres ver que o Vieira ainda escreve um tratado filosófico?


O Costa por sua vez no seu fato cinzento claro, pontuado por uma gravata vermelha (confesso que não gostei da camisa branca)tambem teve
a sua frase "humoristica" dizendo ao Aimar para não o "corromper" quando este se referiu à camisola 10. Caramba Costa não queiras transpor o processo Apito Dourado para o balneário, embora após o Rodriguez todas as cautelas sejam poucas.:)))

 
At 7/18/2008 10:36 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Por acaso essa foi também a frase de que mais gostei na entrevista dele, Índio. E aliás, aquilo foi tão inesperado (se fosse outra pessoa a dizê-lo seria classificado de ´fina ironia') que a própria entrevistadora não pareceu ter percebido o alcance e o sentido que o LFV estava a dar a essa frase.

Eu achei que o LFV esteve bem, embora tivesse perdido algumas oportunidades para responder de forma mais decisiva a perguntas idiotas sobre alguns temas em que a Judite (ontem parecia estar parvinha, ou mal preparada para a entrevista) insistiu. Por exemplo, não percebo como é que ela pode dizer que o fóculporto ainda não foi considerado culpado de corrupção pela justiça desportiva, quando todos sabemos quais foram os veredictos do CD da Liga e do CJ da FPF.

Gostei também de o ouvir dizer que, por ele, o Benfica não ocuparia a vaga na Champions caso o fóculporto fosse excluído, embora isso não fosse uma decisão só dele. Eu sei que esta não é uma posição unânime entre todos os benfiquistas, mas pelo menos eu tinha a mesma opinião.

 
At 7/18/2008 11:45 da manhã, Blogger Harry Lime said...

O aimar parece ser um daqueles argentinos perguiçosos que só jogs quando quer. Mas a verdade é que as melhores épocas dele foram no Valencia do Quique.

PS. Deem umaolhadela pelo meu perfil :):):):)

 
At 7/18/2008 12:10 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Tambem gostei de o ouvir dizer que na sua opinião era contra a ocupação do lugar do Porto na CL- embora eu tenha opinião contrária - e ainda mais quando disse que a decisão seria colegial, porque é aqui que reside a cultura benfiquista.
Quanto à Judite de Sousa ela faz o papel dela e tem que apertar atraves da dissimulação e/ou outros métodos o "convidado" que tem à frente, mas curiosamente achei que aquelas perguntas eram demasiado "fáceis" de responder de tão contrastantes com a verdade dos factos.Aliás acho que o script da entrevista era previsivel, basta ouvir o argumentário diário do dragon. Mas uma coisa é estermos aqui a falar outra é estar lá.
Mas não esqueço o facto de há muito tempo atrás - pelo menos 15/20 anos??- a Judite ter permitido ao sr.Pinto Octopus Costa uma entrevista/monólogo de cerca de 30 minutos num Telejornal, uma autêntica publireportagem não paga.

 
At 7/18/2008 12:16 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Um blogger que reiniciou hoje a actividade após um tão longo interregno e decide tratar como preguiçoso um talentoso jogador argentino só pode ser um perigoso anti-benfiquista:)))

 
At 7/18/2008 3:35 da tarde, Anonymous JFilipe said...

O Valentim já é um condenado. Pouco importa se a pena foi suspensa ou não.

O importante neste acordão é que neste momento é uma goleada em relação à validação das escutas: 25-1 (o 1 é o juiz do TIC do Porto).

Estou à espera da reacção do badocha Laurentino. A Liga tem nos seus quadros um condenado a três anos de prisão.

 
At 7/18/2008 4:18 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

O mais importante é realmente a validação das escutas como prova,não sei se isto poderá fazer jurisprudência e "contaminar" outros casos que estão a caminho do arquivamento.
O que é incrivel é que haja meios (como a Bola on line e a SicN)cuja "cacha" seja o facto de eles não terem sido condenados por corrupção, ao invés de terem sido condenados, até parece que o que é normal em Portugal é alguem ser condenado por crimes de corrupção, por isso a excepção (o cão que mordeu o homem)é que eles tenham sido absolvidos.
Eu não me lembro de alguem ter sido condenado em Portugal por crimes de corrupção...não me lembro mesmo.

 
At 7/18/2008 4:49 da tarde, Anonymous JFilipe said...

A desinformação vai ao ponto das gordas na página do JN dizerem "Valentim ilibado" e só depois em pequeno e em baixo se diz que poderá ser obrigado a deixar a câmara.

Mas no caso do Valentim não me espanta que seja ilibado de corrupção. Mesmo na liga a acusação foi de coacção.

Aguardo a reacção da Liga e da secretaria de estado do desporto. Devem estar à espera do resultado do recursos...

 
At 7/18/2008 5:05 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Podemos esperar sentados...

 
At 7/19/2008 2:48 da tarde, Anonymous Filipe said...

Espero que o Benfica continue a informar a uefa de todas as decisões que se vão tomando por cá, no processo apito dourado. Eles ainda hão de ter a consciência que puseram um clube corrupto na liga dos campeões.


Finda que está a novela Aimar, não há tempo a perder, daí que surjam agora na órbita do Benfica: Fernando Meira, Drenthe, Smolarek, Luis Garcia, Belleti, Codina, Micolli. Novidades só os 3 primeiros...É claro que se algum interesse for mais real, lá estará o clube corrupto na forma tentada...a tentar! :D

 
At 7/21/2008 11:12 da manhã, Blogger Harry Lime said...

Indio Nelson,

Podes crer que sou um perigos anti-benfiquista.

Mas não faço mal a ninguem. :):):):)

 
At 7/21/2008 12:24 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

O blog 'tá bom, caramba és mesmo um agent provacateur:))

 
At 7/21/2008 12:58 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Gostei de alguns momentos da 1º parte joga contra o Estoril, na segunda parte foi um autêntico jogo de casino.
De inicio e durante os primeiros 10/15 mts deu para ver alguns movimentos e posicionamentos interessantes da equipa.
Tambem deu para ver que o Yebda é bom jogador , o Balboa um autêntico TGV, e o Miguel Vítor um autêntico Imperador.
Já vi alguns comentários que dizem que o Yebda é um tronco e que não tem pés, acho que não é nada disso, O Yebda tem um futebol simples e esclarecido, joga ao primeiro toque não porque não saiba fintar mas porque vem de uma escola diferente onde naquela área de terreno a recuperação para ser eficaz tem que ser rápida e imediatamente convertida numa situação ofensiva.O mesmo se aplica tambem ao Balboa que tem um tipo de futebol rápido e directo, utilizando a finta mais como recurso.É uma outra gramática futebolistica.
Espero que o Quique não tenha muitas contemplaçôes com o tipo de jogo de fintas e fintinhas, rodopios sobre si próprio e outros adornos muito a "nosso" gosto.

O Miguel Vítor é um líder nato, um central de se lhe tirar o chapéu.

O Dabao apesar de ter andado perdido teve um ou dois pormenores interessantes.

Na 2ª parte houve uns pormenores do Carvalhas, uma finta do Sepsi e pouco mais..

Ainda é preciso muito trabalho.

 
At 7/21/2008 4:48 da tarde, Anonymous Ntiago said...

Não achei nada de especial em Carvalhas. Aliás nenhum dos miúdos saltou à vista, com a excepção do Nelson Oliveira (tendo em conta que ele ainda só tem 16 anos).

Não foi um jogo espectacular nem nunca seria tendo em conta que era o primeiro jogo competitivo desta pré-época. Gostei de Yebda. Certinho no posicionamento, esteve sempre presente em ocupar os espaços do meio-campo abrindo sempre uma linha de passe para os colegas (alias notou-se um decréscimo do controlo do meio-campo quando foi forçosamente substituido por R. Amorim). Balboa mostrou alguma entrega e empenhamento na faixa direita o que também me agradou. Carlos Martins é que foi um desastre em jogo corrido muito pouco para quem se esperava mais maturidade e um adeus definitivo ao "velho Carlos Martins".
Para variar Nuno Assis esteve impecável em perder bolas estupidamente. Já não há pachorra para este jogador que não serve para estar no meio e não serve para estar na ala. Simplesmente não serve. Luis Felipe foi outro infeliz dentro campo, estranhamente com dificuldades para acompanhar um avançado bem mais lento e duro de rins. Edcarlos começou mal e menos bem acabou. Outras desilusões: Makukula que supostamente parece rejuvenescido e tem estado em foco nos treinos (Dabao pareceu mais concentrado e empenhado), Bynia, desastre atrás de desastre nos passes e Carvalhas, para quem quase criou uma novela por causa da renovação (falava-se que já tinha acordo com o Atl. Madrid e que o Porto e o Sporting andavam já aliciar para assinar por eles) sinceramente nada mostrou, foi no fundo previsível.

Palavras ainda para Moreira, que pouco trabalho teve em jogo e que (a meu ver) podia ter estado melhor no golo que sofreu, Sepsi, que fez uma jogada de luxo sozinho (a finta é sublime mas aquele cruzamento é de pura beleza) que Assis fez o favor de ser displicente e mostrou que merece mais oportunidades (só espero que não o queimem) e Miguel Victor, melhor do nosso lado nos primeiros 45 minutos. Boa exibição fez o miúdo.Ah, e sem esquecer o jovem N. Oliveira que parece ser bem mais interessante que Carvalhas.

 
At 7/21/2008 5:29 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

É, o CMartins não esteve muito bem assim como o RAmorim, mas ainda existe pouquíssimo tempo de adaptação e treino e as coisas ainda vão melhorar muito.Não dá para fazer grandes juízos.O que é certo é que para o tipo de jogo que o Quique quer as transições e os outros processos têm que ser muito mais rápidos para serem eficazes.Não se pode desperdiçar jogo com voltas e lateralizações, senão o jogo não chega à frente como se viu ontem.
Ele joga com a defesa em linha, e isto exige uma grande coordenação e concentração e rapidez, não penso que seja o ideal para o Luisão.
Houve um ou dois pressings que pela forma como foram feitos ( ataque ao jogador (defesa) que tem a bola e simultâneamente aos outros dois que constituem opção de passe)me pareceram ter já a mão do Quique o que parece querer dizer que vamos procurar recuperar a bola logo à frente.O posicionamento da equipa sem bola e como se movimenta coordenadamente para cobrir espaços.Sinceramente gostei de algumas ideias, já há ali dedo de treinador, e treinador actualizado, que foi o que não abundou muito nos últimos anos. Bem para mim na era Vieira/Vilarinho actualizados só dois, Mourinho e Koeman.

O que custa a ver é a quantidade de jogadores que o plantel ainda tem, uns a sair outros a entrar, outros nem chegam a entrar, tudo fruto dos erros cometidos pelo Vieira.Foram dois annus horribilis
cujas repercussões ainda se fazem sentir.

 
At 7/21/2008 9:16 da tarde, Anonymous Filipe said...

Adu emprestado ao Mónaco e eles ficam com direito de opção!
ESTUPIDEZ

 
At 7/22/2008 12:55 da manhã, Anonymous Triste Pingolim Encarnado said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 7/22/2008 1:01 da manhã, Anonymous Ntiago said...

"O Aimar é óptimo jogador, até conseguiu o "título" de descida de divisão para o Zaragoza. Grande contratação sem dúvida. E baratinho! 6,5 milhões por um jogador que faz 29 anos em Novembro, para um clube português, é uma pechincha, sem dúvida. Caro era o Rodriguez, por mais ou menos o mesmo preço, com um salário mais baixo apesar de tudo, com 22 anos e que já tinha mostrado o muito que valia no SLB. Com esta "mestria" negocial encarnada, o Porto vai continuar na mó de cima por muitos e bons anos. Xau, trouxas."

Sim, 6,5 Milhões por 100% do passe é mais caro que 7 milhões por 70%. Ouve-se com cada uma...

 
At 7/22/2008 2:32 da manhã, Blogger D'Arcy said...

Esta do Adu é que me deixou chateado.

 
At 7/22/2008 2:49 da manhã, Anonymous Filipe said...

Só gostava de saber quanto é o direito de opção. É ridículo de qualquer modo. Se se pensar exercer o direito de opção, é porque o jogador valerá muito mais que isso! É um erro brutal. Se já não me agradou no caso do Coentrão...no caso do Adu é infinitamente pior!

 
At 7/22/2008 2:54 da manhã, Anonymous Filipe said...

O Benfica podia ter perfeitamente uma segunda linha composta por Adu, Coentrão e André Carvalhas. Foram todos emprestados...só faltava incluir direito de opção no carvalhas também...

 
At 7/22/2008 8:08 da manhã, Blogger águia_livre said...

Aimar é um jogador fantástico que nos vai porpocionar imensas alegrias.

O Benfica está a construir uma grande equipa capaz de lutar em todas as frentes, assim o clube dos árbitros o permita.
.

 
At 7/22/2008 9:59 da manhã, Anonymous Ntiago said...

Filipe, direito de opção apenas permite que o Monaco tenha preferência em caso de algum clube faça uma proposta de compra aceite pelo Benfica. Esta cláusula permite mais margem de manobra que uma clausula de compra num empréstimo (como parece ser o caso do Coentrão).
Sempre quero ver quais são os miúdos que o Quique quer ficar, porque segundo palavras dele ele quer um plantel de 25/26 jogadores com 3 miúdos das escolas.
Será que já mudou de ideias...?

 
At 7/22/2008 10:36 da manhã, Anonymous Americano said...

Já se esperava este final para a novela Adu, os palhaços mudam, mas o circo é sempre o mesmo.

 
At 7/22/2008 11:48 da manhã, Anonymous Índio Nelson said...

Curiosamente acho que para o Adu é melhor esta opção, para o Benfica ainda não sei.

Mas passando por cima dos aspectos mais emocionais e olhando para o quadro ainda inacabado, temos que ver que esta direcção se encontra numa encruzilhada,após tantos e tantos erros cometidos ou ganha qualquer coisa esta época, ou a aposta no Costa e no projecto para o futebol cai que nem um castelo de cartas.Isso já era visivel há muito tempo atrás, era mesmo incontornável, a aposta de Vieira para direcção do clube pode passar pelo Costa (o Vieira já não tem espaço para continuar)ou se não o for, será peça importante na próxima direcção.Esta época joga-se mais que um campeonato , joga-se um projecto.
O Quique tambem está consciente disso e sabe que a um ano de eleições a sua continuação depende dos resultados desta época. Foram-lhe comunicados objectivos e ele por sua vez tambem deve ter posto algumas condições quanto a contratações para que esses objectivos sejam alcançados.Tudo se resume a uma questão de sobrevivência, e as apostas estão altas.

Penso que se o Adu como o Coentrão não estiverem directamente associados a um possível descalabro (vade retro Satanás) na próxima época terão mais espaço quando necessáriamente a direcção mudar e por sua vez mudar o treinador.Se as coisas correrem bem
e a eles tambem, o clube arranjará mais espaço para a sua entrada pois haverá menos pressão de resultados e mais calma para estruturar uma futura equipa.
É tudo um grande SE, mas este ano vai ser uma fogueira ainda maior.

Outra questão são as cláusulas e acredito no que o NTiago diz, a do Coentrão é mau negócio, a do Adu dependerá somente do Benfica.

 
At 7/22/2008 12:13 da tarde, Anonymous Americano said...

"Filipe, direito de opção apenas permite que o Monaco tenha preferência em caso de algum clube faça uma proposta de compra aceite pelo Benfica."

Não, isso chama-se direito de preferência. Direito de opção significa que num espaço temporal e por um valor acordado entre os 2 clubes, o Mónaco só precisa de pagar e o Benfica não tem voto na matéria.
Não se iludam, Adu não volta ao Benfica, foi um negócio de merda, não há outra maneira de o descrever. Mas previsível, só os mais distraídos poderiam esperar outra coisa...

 
At 7/22/2008 12:55 da tarde, Anonymous Filipe said...

exacto, a isso costuma chamar-se direito de preferência!

 
At 7/22/2008 1:00 da tarde, Anonymous Filipe said...

Palhaçada do caraças, cambada de idiotas, tiveram mais pressa em despachar o Adu, do que em se ver livre do Assis, Luís Filipe,Mantorras, Makukula, Zoro...esses é que vale a pena ver bem para ter a certeza que não passam de jogadores de merda! Esta do Adu deixou-me fdd.

 
At 7/22/2008 1:45 da tarde, Anonymous starblade said...

Porque há que ter memória de 2007/08.

Agosto/Setembro

Gonzalo Bergessio (Racing Club de Avellaneda, 2.5 milhões de euros por 50%)
Edcarlos (São Paulo FC, 1.8 milhões de euros)
Fábio Coentrão (Rio Ave FC, 900 mil euros)
Hans-Jörg Butt (Bayer 04 Leverkusen, custo zero)
Marco Zoro (FC Messina, custo zero)
Óscar Cardozo (Club Atlético Newell's Old Boys, 9.1 milhões de euros por 80%)
Sreten Sretenovic (FK Rad Belgrad, custo zero)
Jaílson (Rubin Kazan, valor desconhecido)
Andrés Diáz (Club Atletico Rosario Central, 2 milhões de euros por 50%)
Ángel Di María (Club Atletico Rosario Central, 4 milhões de euros por 80%)
Freddy Adu (Real Salt Lake City, 1.5 milhões de euros)
Luís Filipe (Sporting Clube Braga, 500 mil euros)
Gilles Binya (Mouloudia Club Oranais, 300 mil euros)
Cristían Rodríguez (FC Paris St. Germain, empréstimo)
Maxi Pereira (Defensor Montevideo, 3 milhões de euros por 70%)

Janeiro

Laszlo Sepsi (Gloria Bistrita, 2.5 milhões de euros)
Rafik Halliche (Hussein Dey, 300 mil euros)
Ariza Makukula (Sevilha/Marítimo, 3.5 + 0.5 milhões de euros)

18 contratações, 35 milhões de euros gastos. Apenas 4 jogadores têm lugar assegurado no plantel de 2008/09, sendo que apenas 2 são mais-valias indiscutíveis. Não houve pior na história do clube.



fantástico...só neste país se dá oportunidades a quem faz este tipo de disparates...

ORELHAS CABRÃO PEDE A DEMISSÃO

 
At 7/22/2008 2:45 da tarde, Anonymous Ntiago said...

"Não, isso chama-se direito de preferência. Direito de opção significa que num espaço temporal e por um valor acordado entre os 2 clubes, o Mónaco só precisa de pagar e o Benfica não tem voto na matéria.
Não se iludam, Adu não volta ao Benfica, foi um negócio de merda, não há outra maneira de o descrever. Mas previsível, só os mais distraídos poderiam esperar outra coisa..."

Não foi estipulado (ou pelo menos não foi publicamente em nenhum órgão oficial) algum montante para opção de compra, por isso acredito que aqui se figure o que apelidaste de clausula de preferência. Geralmente figura-se empréstimo com opção de compra por X até data Y ou empréstimo com opção de compra sem valor ou data referido. Eu penso que o empréstimo do Adu figure-se neste último parâmetro ao contrário do Coentrão.

 
At 7/22/2008 3:09 da tarde, Anonymous Americano said...

NTiago, isso é o que se chama de "wishful thinking", os sites de ambos os clubes falam em "opção de compra", não há dúvidas sobre isso, só não revelam o valor da opção porque o Benfica é capaz de ter vergonha de o admitir. Se fosse direito de preferência, era isso que teriam escrito.
Nem todos os dirigentes são parvos como os nossos...

 
At 7/22/2008 5:01 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Acho a reacção quer por aí vai um pouco exagerada...

A questão do excesso de jogadores no Benfica não é uma coisa nova nem tem poucos anos, lembro que a estratégia de Gaspar Ramos era a mesma, consistia em assinar com jogadores promissores mesmo que não tivessem lugar no Benfica para que os rivais não lhes deitassem a mão, isto claro, propocionalmente aos tempos de então.

O Costa está a fazer mal? Não sei provavelmente, mas tem o direito de por em prática aquilo em que acredita e no fim ser julgado por isso. E por em pratica aquilo em que acredita é muitas vezes decidir ir contra o senso comum dos adeptos e pagar o preço da recusa da popularidade fácil.
Até agora ele está a demonstrar caracter, apostou num treinador e com ele irá até ao fim faça chuva ou faça sol, para o bem e para o mal,o caminho é dele e ele é que tem de o fazer. Ao contrário Vieira "apunhalava" qualquer treinador se visse que isso o começava a afectar e a contestação maior.

Digo isto e nem apoio esta direcção, nem prevejo apoiar uma solução futura saida deste projecto, ao contrario de alguns que dantes só viam virtudes e agora só vêem defeitos. Uma coisa digo, tenho muito mais confiança no Costa do que no Veiga ou no Vieira, e tambem começo a ver alguns sinais de melhorias após a curva descendente destes dois últimos anos no que diz respeito ao futebol.Espero que seja o inicio de uma curva ascendente, a competência está lá.

 
At 7/22/2008 5:02 da tarde, Anonymous Hattori Hanzo said...

Mudam os nomes das pessoas e os erros continuam. Quero acreditar que o que foi combinado com o Mónaco foi direito de preferência e não de opção mas conhecendo os negócios do Benfica deve haver uma cláusula baixa até para o comprar (ontem chegaram a dizer-me que ouviram da rádio 4,5 milhões apenas). Entretanto em apenas um ano muda-se completamente de política para o futebol do Benfica e deixa-se de apostar em jovens (supostamente Quique aposta em jovens ... e quase todos já saíram para rodar, grandes jogadores como Nuno Assis ou Luís Filipe continuam no Benfica apesar de já terem mostrado que não servem). Os resultados muito provavelmente irão ser os mesmos e toca a mudar mais uma vez de política para o futebol. O problema continua a ser todos os anos uma nova equipa e não se dar tempo a ninguém (a não ser aos elementos já com nome e aos edcarlos, que ninguém os quer)e os problemas manter-se-ão, pois não existe estabilidade e não se consegue construir a equipa. Porque é que já tratámos das esperanças e não arranjámos equipa para os verdadeiramente maus? Entretanto mais uma boa notícia: Moretto irá-se apresentar segunda porque também não o conseguimos ainda despachar!!!

 
At 7/22/2008 6:10 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Pobre noite Lisboeta.

 
At 7/22/2008 9:04 da tarde, Blogger Rod The Leven de Portugal said...

Permitam-me uma "colherada"...

Não conheço direitos de "preferência". Nos mercados bolsista, usa-se a expressão opção de compra e direito de opção. Tanto quanto percebo são coisas diferentes.

Agora se os clubes estão a usar semântica para disfarçar algo, não sei.

Por via das dúvidas, fui pela net (ir ao google e pesquisar "direito de opção) e encontrei este texto no site do BPI...

Opção
Contrato negociável efectuado num mercado organizado em que o vendedor, em troco de uma contrapartida monetária (prémio), dá ao comprador o direito de lhe comprar (opção de compra - call option) ou vender (opção de venda) um activo, em condições normalizadas e a um preço pré-fixado (preço de exercício - put option). Para além das opções estandardizadas transaccionadas em mercado organizado, existem também opções transaccionadas em mercado de balcão, cujas características são normalmente negociadas directamente entre vendedor e comprador, para fazer face a necessidades específicas das partes.

Opção Americana
Opção que pode ser exercida em qualquer altura até à data de vencimento.

Opção Cambial Call
Contrato entre duas partes, mediante o qual uma delas - a que compra a opção - detém o direito, mas não a obrigação, de comprar um determinado montante em moeda contra outra moeda a uma taxa de câmbio fixada no presente (preço de exercício), numa determinada data futura (data de exercício). Nesta data, a Empresa que adquiriu a opção pode, no momento da compra da moeda, optar entre o preço de exercício da opção e a taxa de câmbio no momento. No caso do comprador da opção exercer o seu direito, o vendedor da opção tem a obrigação de vender a moeda nas condições definidas no contrato de opção. Se o direito de opção não for exercido pelo respectivo comprador, a opção caduca e, simultaneamente, cessa a obrigação do vendedor.

Opção Cambial Put
Contrato entre duas partes mediante o qual uma delas - a que vende a opção - tem o direito, mas não a obrigação, de vender um determinado montante em moeda contra outra moeda a uma taxa de câmbio fixada no presente (preço de exercício) numa determinada data futura (data de exercício). Nesta data, a Empresa que adquiriu a opção pode, assim, escolher entre o preço de exercício da opção e a taxa de câmbio no momento. No caso do comprador da opção exercer o seu direito, o vendedor da opção tem a obrigação de comprar a moeda nas condições definidas no contrato de opção. Se o direito da opção não for exercido pelo respectivo comprador, a opção caduca e, simultaneamente, cessa a obrigação do vendedor.

Opção Europeia
Opção que apenas pode ser exercida na data de vencimento.

Opção sobre Taxa de Juro - Interest Rate Cap
Instrumento financeiro que permite cobrir o risco de taxa de juro para financiamentos indexados a uma taxa de juro variável. Mediante o pagamento de um prémio up front ao Banco, a Empresa compradora da opção define um limite superior para o indexante (taxa de referência). Desta forma, a taxa de juro máxima efectiva que a empresa irá pagar sobre o seu financiamento corresponderá ao Cap negociado (excluindo o custo do prémio). Ou seja, a Empresa compra um seguro que lhe garante uma taxa máxima a vigorar durante o prazo da operação, na medida em que, se as taxas subirem acima do nível do Cap, o Banco a compensará pela diferença entre o nível de mercado da taxa de referência e o Cap. Em simultâneo, a Empresa pode beneficiar das descidas que venham a ocorrer na taxa de referência, abaixo da taxa garantida pelo Cap, ao longo do prazo da operação.

Opção sobre Taxa de Juro - Interest Rate Floor
Instrumento financeiro que permite cobrir o risco de variações nas taxas de juro para aplicações indexadas a uma taxa variável. Mediante o pagamento de um prémio, a Empresa compradora da opção define um limite inferior para o indexante (taxa de referência), fixando, assim, a sua remuneração mínima - a taxa de juro mínima efectiva que a empresa irá receber sobre o seu depósito corresponderá ao Floor negociado (excluindo o custo do prémio). Ou seja, a Empresa compra um seguro que lhe garante uma taxa mínima a vigorar durante o prazo da aplicação. Em paralelo, a Empresa pode beneficiar das subidas que venham a ocorrer nas taxas de mercado, acima da taxa garantida pelo Floor, ao longo do prazo da aplicação.

Operação Cambial a Prazo (Forward)
Contrato mediante o qual duas contrapartes se comprometem a trocar, numa data futura, um determinado montante denominado numa moeda para outra moeda a uma taxa de câmbio que é fixada no presente - Contrato forward.
Independentemente do valor da taxa de câmbio na data de vencimento do contrato, a Empresa está contratualmente obrigada a efectuar a operação cambial com o Banco à taxa de câmbio negociada no início da operação.

Não entenderam?

Pois é... é que eu entendi isto:
"Areia para os olhos"

O único jogador depois de Simão que eu vi fazer cruzamentos depois de olhar para onde colocar a bola... acaba exportado para França, esse campeonato competitivo...

 
At 7/23/2008 6:28 da tarde, Blogger Passaralho said...

Gostei do Adu e gosto que o Benfica aposte em jovens, de preferência da casa, mas de forma sustentada.
Há que criar estrutura para isso primeiro. Uma base experiente e ganhadora, com rotinas e ritmos e hábito de vitória. Uma organização superior por trás de tudo isto. E depois sim, injectar os jovens aos poucos e com devido acompanhamento.
Até lá, não discordo que os emprestem para rodar e assim ganhar outra experiência e ritmo que não conseguiriam no Benfica, e onde toda a gente é tão tolerante ao erro e nunca seriam crucificados.
Voltando ao Adu, há algo de estranho... O desaparecimento repentino dele o ano passado, este empréstimo sem o treinado o ver... O Rui sabe algo que nós desconhecemos. Não sei se são os 18 ou 19 anos que são em cada perna, se é outra coisa qualquer. Mas tem gato...

Cumprimentos

 
At 7/23/2008 9:07 da tarde, Anonymous Anónimo said...

he p somos mesmo uns trouxas a rfazer negoçios
nao vamos a lado nenhum
este benfica esta cada vez pior
sinçeramente

 

Enviar um comentário

<< Home