quarta-feira, julho 23, 2008

RTP


Não sei se mais alguém terá a mesma opinião, mas quando hoje li a notícia que informava que os jogos da nossa Liga vão regressar à RTP, fiquei satisfeito. Se calhar é um pouco um efeito nostálgico, já que me habituei a ver a bola na estação pública quando era miúdo, ou então apenas um reflexo do desprezo total que sempre senti pela TVI (em minha casa a televisão sempre esteve programada para saltar do canal 3 para o 5). De uma coisa tenho a certeza: é que um serviço pior do que aquele que a TVI prestou ao nosso futebol nos últimos anos, é difícil a RTP fazer. Duvido que seja necessário esperar até à uma da manhã para poder ver os resumos da jornada, por exemplo. E mesmo quando tenho paciência para esperar, ter que ver alguns partidos ao meio, com anúncios e outros resumos pelo meio.

Um bónus extra poderá ser deixarmos de aturar as análises doutas do Sr.Coroado (embora não ponha as mãos no fogo - ele trabalha também para a RDP, por isso até é bem capaz de conseguir arranjar o tacho na RTP). Fico também na expectativa de um eventual regresso do senhor ali de cima à RTP, ou até do José Nicolau de Melo, que apesar de ser incapaz de disfarçar o seu facciosismo andradiano, muito me ensinou na arte da pronúncia dos nomes de jogadores de leste. Quem pode esquecer nomes como 'Muénárchique', 'Záhhhóviche', 'Félque', ou o incomparável 'Querálhe'?

15 Comments:

At 7/23/2008 11:51 da tarde, Blogger Passaralho said...

Finalmente! Finalmente vou poder desprogramar a TVI das televisões todas cá de casa! Yuupii!

Cumprimentos

 
At 7/24/2008 12:05 da manhã, Blogger jose said...

Quer isso dizer que o Sobral tambem vai deixar de dizer calinadas?
Ou esse anda na SIC?

Sao todos tao maus que ja nem sei

 
At 7/24/2008 1:41 da manhã, Anonymous JFilipe said...

RTP = andrade, em geral os mais broncos, aqueles de tal forma imbecis que só com cunha no estado arranjam emprego.

Isto cheira-me a jogada para apertarem ainda mais o cerco. A TVI podia ceder às pressões e cair para o outro lado. Com sportv e rtp aquela malta agora tem controlo total do que vale ou não a pena repetir nos jogos.

 
At 7/24/2008 5:31 da manhã, Anonymous Robespierre said...

Algumas considerações sobre esta questão:
em primeiro lugar estou em sintonia com o autor do blog e do post sobre a nostalgia e as saudades que tinha de ver o nosso campeonato na RTP (embora preferisse que fosse no canal 2, como noutros tempos). Já estava pelos cabelos com os 10 minutos iniciais de cada jogo onde ouvíamos as mais rebuscadas e desnecessárias "notas históricas" sobre os onzes iniciais dos ultimos encontros entre as duas equipas em jogo. O mesmo se passava com as inenarráveis estatísticas do inenarrável João Querido Manha. E com os comentários dos repórteres de campo da TVI, momentos históricos da futilidade da TV à portuguesa (entrevistar espectadores no decorrer de uma partida não lembra a ninguém, muito menos comentar exasperadamente a expressão facial de um jogador num lance qualquer). Aparentemente esta estação ficou à rasca com o investimento feito no Euro 2008, onde contava com pelo menos mais um jogo da equipa de Scolari e sus muchachos.

Por outro lado a RTP sempre foi uma escola de portismo descarado. Nunca me hei-de esquecer de um famoso comentador dessa casa que justificou uma mão do Deco porque "estava frio". Ou dos longos silêncios em vários lances duvidosos. E quem não se lembra da vergonha que foi ouvir os comentadores da RTP a ironizar sobre o Calado no auge do "caso Melão" num jogo em que o Benfica perdeu 3-0 na Madeira e onde só lhes faltou brindar?


Por último, gostaria de questionar a legitimidade e até a legalidade de tudo isto. Tanto quanto sei, jogos da Primeira Divisão não serão considerados "serviço público", ao contrário de jogos internacionais ou da Selecção. Se a RTP é financiada, e ainda bem que assim é, com os nossos impostos, deveria haver mais rigor com a sua programação. E um negócio destes não é a mesma coisa que um qualquer Preço Certo, certamente.

 
At 7/24/2008 8:31 da manhã, Anonymous Índio Nelson said...

Estou de acordo com o Robespierre, a RTP serviu e branqueou durante décadas o poder dos mânfios e foi a sua principal emissora, quem não se lembra da agressão do Paulinho Santos ao João Pinto cujas imagens tinham misteriosamente desaparecido no Monte da Virgem e que por acaso foram "recuperadas" e transmitidas pela TVI.
Se da TVI podemos criticar o mau gosto, o mau jornalismo, da RTP por ser pública e paga com o dinheiro dos contribuintes, podemos dizer que é mais um caso onde o poder público se submeteu a interesses privados e onde o tráfico de influências se fez sentir.Foram anos e anos de autêntico desvirtuamento e manipulação da verdade desportiva.
Esta aproximação não é inocente, e já me estou a preparar para enviar longos mails ao provedor e ao "Desporto" que é a única forma de protestar contra aquela canalha com alguma urbanidade.

Como contribuinte questiono o interesse público das transmissões televisivas de jogos da 1ª Liga, se quiserem fazer alguma pedagogia desportiva, aconselho a transmissão de um episódio dos "Sopranos" (ou do "Polvo") imediatamente a seguir ao resumo dos jogos e com debate Antena Aberta.

Não se iludam naquela casas (RTP/SportV) mora o anti-benfiquismo mais primário e esta junção não é inocente.

Para mim é uma má notícia.

 
At 7/24/2008 9:57 da manhã, Anonymous Americano said...

Para mim também não é uma boa notícia, já que a RTP a nível de isenção não me merece nenhuma credibilidade.
Mas só por essa brilhante foto, valeu o post! :)))

 
At 7/24/2008 10:34 da manhã, Anonymous Índio Nelson said...

Harry Lime, vê lá se abres o teu blog a comentários verdadeiramente independentes como o deste pobre e humilde Índio, sem ter que me estar a inscrever em organizações de caras pálidas (google, blogger,etc...).
Resumindo, de que me valem as minhas expectativas se tu não me "aceitas", Harry?

 
At 7/24/2008 10:37 da manhã, Anonymous Adamastásio said...

Para os que criticam a porcaria que os jogos eram na TVI, é talvez melhor esperarem sentados por um incremento da sua qualidade pelo facto de os ditos passarem a ser transmitidos pela RTP.

Em si (e sem referir, até, as conhecidas manobras de bastidores que envolvem sobretudo uma agremiação corrupta nortenha), os jogos do campeonato português são, em mais de 90% dos casos, uma boa de uma bosta. Quanto aos comentadores, é ela por ela. Sim, os mentecaptos do Gabriel e do Nicolau tinham alguma graça, embora não esse fosse, de todo, o seu objectivo… E, tanto quanto sou capaz de me recordar, a mim e à tantas já me enjoava aquela acumulação de imbecilidades debitadas por qualquer um deles. Ribeiro Cristovão e Rui Tovar estavam situados noutro patamar, mas esses é que não voltam de certeza a comentar jogos da RTP.

Estavam fartos da TVI, e dos seus desmandos relativos à transmissão dos jogos e resumos? Eu também. Mas se calhar ainda vamos ter saudades de uma estação onde é menos evidente o compadrio com os amigalhaços do futebol corrupto do porto. Esperem para ver, e para ouvir. E vivam as indemnizações compensatórias.

Para mim, acaba por ser um bocadinho igual ao litro. Embora isso me irrite sobremaneira e prejudique a percepção do evento, quase sempre acompanho a bola na tv com o som reduzido ao mínimo possível. E anseio pelo dia em que os operadores finalmente possibilitem aos espectadores a opção – tecnicamente possível desde o tempo da idade da pedra lascada – de acompanhar um jogo de futebol apenas com o ruído próprio do local de onde está a ser emitido.

 
At 7/24/2008 10:38 da manhã, Anonymous Hattori Hanzo said...

Concordo com os comentários anteriores... Se sinto nostalgia pelos relatos de alguns comentadores da RTP, também sinto desprezo pelos "jornalistas desportivos" que a RTP tem neste momento quase todos vindos da RTP Porto e de um anti-benfiquismo primário.

 
At 7/24/2008 10:56 da manhã, Blogger D'Arcy said...

A sensação que eu tenho é a de que esses 'jornalistas desportivos' vindos da RTP Porto acabaram quase todos na SportTV. Eu neste momento nem sei quem são os comentadores/jornalistas da RTP. O Tadeia acho que faz comentários, e até é um dos que menos me incomodam. Provavelmente o Paulo Catarro também deve andar por lá, e esse também nunca me incomodou particularmente.

 
At 7/24/2008 11:22 da manhã, Anonymous Americano said...

Sim, o Tadeia não é dos piores de Portugal, sem ser brilhante.
E há uma coisa que penso que estarão TODOS de acordo comigo, se for para a Inês Gonçalves apresentar o "Domingo Desportivo", já valeu a pena a mudança, eu irei ver sempre!!!!!!!!!!!

 
At 7/24/2008 12:31 da tarde, Anonymous Johnny Rook said...

É mais do mesmo!
Ou pior ainda! A RTP tem muitos mais vadios q a TVI.

A lógica de estação privada impõe q tenha 1 ou 2 gajos para o futebol. A estação pública colecciona vadios.

Por isso vamos levar com a cambada de Catarros , Tadeias, Louras, etc. Se muitos foram para a Sport Tv, dadas as relações e os interesses comuns , muitos hão-de regressar. E não desesperem q ainda vai haver comentadores escolhidos a dedo. Não foi a RTP q reatou ha pouco tempo as relações com o Futebol Corrupção do Porto? Há q não fazer zangar o dono!

Com excepção de Carlos Daniel e Jorge Baptista o resto venha o diabo e escolha. Mas, tambem não é por caso q esses dois raramente fazem jogos de futebol nacional e não poucas vezes foram afastados.

Vem aí um anno horribilis no q diz respeito ao futebol comentado - RTP e Sport Tv. Juntas para o branqueamento.

Mas, sinceramente, não estou preocupado pois q não vejo futebol nacional com som.

Na era do digital não percebo porque não existe a possibilidade de seleccionarmos se queremos ouvir os comentarios ou só o som ambiente! Era uma medida excelente e julgo que seria o fim do tacho para muito fdp!

 
At 7/24/2008 3:32 da tarde, Blogger ratogoleador said...

Tirando a besta do Coroado, os resumos às 02:00 e os cortes com publicidade no meio, creio que estavamos bem melhor com a TVI por alguma razão tiveram de ser "afastados"... lá vão alguns lances desaparecer misteriosamente

 
At 7/24/2008 5:21 da tarde, Anonymous Índio Nelson said...

Não duvides rato.
E é uma vergonha uma estação pública abdicar dos direitos de edição de um produto que compra.
Ou faz os próprios resumos ou não há negócio.
A questão é que a Sportv impõe o estilo e os comentadores à cadeia televisiva que os transmite em sinal aberto, isso notava-se claramente nos comentarios em directo.Aquilo é um franchise da Sportv dentro de uma televisão, neste caso mais grave porque é pública, e como é pública é financiada pelos contribuintes, e como o clube que tem mais contribuintes é (em principio) o Benfica, não será errado dizer que os benfiquistas andarão a financiar a Sportv durante pelo menos dois anos.
Fazem o que querem e nós é que pagamos, e eles riem-se que nem uns perdidos.
Sinceramente não consigo ver nenhum lado positivo nesta "associazione".


PS- Como estamos a praticamente um ano de eleições, será curioso ver o comportamento dos media Oliveira a partir deste momento.Uma mão lava a outra as duas lavam o rosto.

 
At 7/28/2008 4:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Para mim as transmissões de futebol deveriam ser feitas apenas com o audio do estádio e sem comentadores!

simples e realista

 

Enviar um comentário

<< Home