sábado, julho 17, 2010

Groningen

Resultado injusto para aquilo que se passou em campo, e que castiga a forma pouco eficaz como defendemos. O lado direito da defesa, em particular, foi sempre um passador, e ainda ficou pior quando o Balboa foi adaptado a lateral. Falta 75% da defesa titular, mas as segundas linhas têm obrigação de fazer um bocado melhor do que isto.

O Benfica entrou no jogo a perder, mas respondeu de imediato pelo Kardec. Depois vimos o jogo esperado, com o domínio quase absoluto do Benfica, mas houve pouca eficácia na concretização. O empate ao intervalo era um resultado injusto, e na segunda parte, com várias alterações, o Benfica continuou a perseguir a vantagem. Vantagem que chegou num bonito golo do Carlos Martins, que marcou num pontapé acrobático. Parecia que o jogo estava resolvido, porque os holandeses pouco incomodavam e era o Benfica quem continuava a desperdiçar oportunidades. Um pouco surpreendentemente o Groningen empatou, e mais uma vez o Benfica respondeu de imediato, com o Nuno Gomes a marcar no seu primeiro toque na bola desde que entrou em campo, finalizando uma bonita jogada de equipa. Já em cima da hora, aproveitando um lance em que o Balboa ficou a dormir, o Groningen voltou a empatar.

O Gaitán voltou a mostrar grandes pormenores, o Jara esteve menos feliz. Movimenta-se bem em campo, abrindo linhas de passe e combinando bem com os colegas, mas na parte da finalização já não esteve inspirado. O Fábio Faria voltou a actuar a central e a lateral, e até acho que como lateral esteve melhor do que o Peixoto. Quanto ao Roberto, sofreu três golos mas não me pareceu que tivesse culpa em nenhum dos lances. Este jogo serviu também para começar a voltar a habituar-me aos árbitros portugueses. Se os auxiliares tiverem acertado em 10% dos lances de fora-de-jogo (para ambos os lados), já foi muito. No que nos diz respeito, um golo mal anulado ao Kardec e um penálti sobre o Jara por assinalar. Business as usual, portanto.

2 Comments:

At 7/18/2010 12:26 da manhã, Blogger Flip Nunes said...

Um jogo chato.. em que as bolas que foram a baliza de Roberto entraram (não, não estou a culpar ninguem mas a verdade é esta)

Saudações Benfiquistas !

Ps: Porque não exprimentar o Moreira tambem, ja que estamos na pré-epoca?

 
At 7/18/2010 7:12 da tarde, Blogger joão said...

Flip Nunes
Como tu dizes é verdade que ele não tem culpa nos golos sofridos mas quando o ano passado se falou em contratar um guarda-redes era com o objectivo de se contratar um que defende-se precisamente estás bolas o que não esta a acontecer, e não levando em conta os falhanços de Sion até agora ele ainda não mostrou grande diferença para os restantes guarda-redes.
Quanto ao moreira a verdade é que aqueles falhanços do roberto no jogo contra o Sion condicionaram toda a estratégia do treinador, o objectivo agora é dar mais minutos ao roberto para ganhar confiança, não dar minutos ao Moreira para que este não seja arma dos adeptos contra o roberto, portanto até o Roberto consolidar o lugar temo que o Moreira não vai ter mais oportunidades.

 

Enviar um comentário

<< Home